Nascido das experiências dos jornalistas Tulio Lemos e Bosco Afonso, o DataVero é o novo instituto de pesquisas que começa a atuar no Rio Grande do Norte, objetivando atender as exigências do mercado. Atuando em pesquisas eleitorais, de avaliação de gestões públicas e também no mercado privado, o instituto DataVero chega para preencher uma lacuna deixada pelo professor Mardone França que encerrou as atividades de sua empresa Certus.

“O Instituto DataVero, que traduzido para o português significa Dados Verdadeiros, estará atuando com os melhores profissionais do mercado, quase todos que passaram pelo crivo do professor Mardone, o que nos dá segurança e tranquilidade de que a projeção de questionários, a prospecção de pesquisadores e pesquisados, os trabalhos de campo, tabulação e relatório final serão feitos com a maior lisura, seriedade e total confiabilidade”, disse o jornalista Túlio Lemos.

O Instituto DataVero nasce para atender às maiores exigências do mercado, ávido por conhecer, de forma científica, o pensamento da sociedade a respeito de temas diversos, através de pesquisas Qualitativas e Quantitativas, sempre sob a orientação de profissionais que recorrem à metodologias e técnicas adequadas às necessidades do cliente.

Sobre a atuação do novo instituto de pesquisa no mercado, o jornalista Bosco Afonso afirmou: “Utilizaremos as mais modernas ferramentas tecnológicas para a execução de pesquisas Quantitativas ou Qualitativas, seja no campo político-administrativo ou junto à iniciativa privada, pois estaremos respaldados por profissionais competentes que estarão na retaguarda, sem permitir qualquer contaminação no resultado obtido”.

Segundo o especialista em Tecnologia da Informação (TI), Samuel Lemos, responsável pela área do novo instituto, “O DataVero utilizará tecnologia de geolocalização, que vai possibilitar observar os pontos exatos das coletas de cada questionário, como também estaremos contando com equipamentos que vão viabilizar o acompanhamento de resultados on-line, se assim houver interesse por parte do cliente”.
A partir de agora, o Instituto de Pesquisa DataVero está pronto para atuar no mercado de pesquisa do RN.