Comunicação

26

Nov

Portal da 96FM alcança repercussão e alavanca redes sociais com apenas um mês no ar

Que a 96 FM é uma potência nas ondas do rádio, Natal e o RN já sabem. A novidade agora é que – às vésperas de completar 40 anos no ar – a emissora vem se mostrando uma potência em comunicação também na internet. 

O Portal 96 está no ar há um mês e já conseguiu alcançar marcas expressivas de acessos, visualizações, engajamento e repercussão. São 220 mil acessos nos primeiros 30 dias, com diversas publicações replicadas por outros veículos e, também, nas redes sociais oficiais da 96, gerando um crescimento exponencial das visualizações e do impacto atingidos pela rádio. Nesse período, foram mil notícias postadas.

Após a chegada do Portal (que entrou no ar no dia 25 de outubro), a 96 alcançou 426 mil contas no Instagram, um crescimento de quase 60% na média mensal. No Facebook, o aumento foi ainda maior: 456 mil, um aumento de 907%. Com a chegada do portal, a 96 iniciou mais dois canais no YouTube.

Além do tradicional 96 FM, agora, o veículo também tem o "Portal 96" e "Esportes 96".

Atento ao movimento da comunicação no mercado, Enio Sinedino comemora os números e já trabalha em outras novidades para o início de 2022.

26

Nov

Inscrições para a segunda etapa do Revalida 2021 estão abertas

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) está com inscrições abertas para a segunda etapa do Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira (Revalida) 2021. Os interessados devem se inscrever por meio do Sistema Revalida, até as 23h59 do próximo domingo (28), pelo horário de Brasília. O prazo também vale para as solicitações de atendimento especializado.

As provas de habilidades clínicas serão aplicadas nos dias 18 e 19 de dezembro.

Para participar da segunda etapa, que é um exame prático, é necessário ter sido aprovado na primeira, que contemplou as provas objetiva e discursiva. Os resultados definitivos dessa última fase foram divulgados na sexta-feira (19). Participantes do Revalida 2020 aprovados na prova teórica e reprovados na prática também poderão se inscrever nessa segunda etapa do Revalida 2021 e dar sequência ao exame.

Ao todo, são 7.280 vagas disponíveis, distribuídas entre as 22 cidades de aplicação: Aracaju (SE), Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Campina Grande (PB), Campo Grande (MS), Curitiba (PR), Fortaleza (CE), Florianópolis (SC), Goiânia (GO), João Pessoa (PB), Maceió (AL), Manaus (AM), Niterói (RJ), Pelotas (RS), Porto Alegre (RS), Salvador (BA), São Luís (MA), São Paulo (SP), Santa Maria (RS), Teresina (PI) e Uberlândia (MG).

O exame é estruturado por um conjunto de dez estações, que serão percorridas ao longo dos dois dias de provas, nas quais os médicos deverão realizar tarefas específicas das áreas determinadas. Isso pode incluir investigação de história clínica, interpretação de exames, formulação de hipóteses diagnósticas, demonstração de procedimentos médicos, aconselhamento a pacientes ou familiares, entre outras.

O participante aprovado nessa etapa estará apto a prosseguir com o apostilamento da revalidação do diploma de medicina junto a uma das universidades parceira do exame. Após a divulgação do resultado final, a relação das instituições será disponibilizada no Sistema Revalida. Caso o participante reprove na segunda etapa, ele poderá se reinscrever diretamente nela, pelas duas próximas edições do exame.

Revalida

Aplicado pelo Inep desde 2011, o Revalida busca subsidiar a revalidação, no Brasil, do diploma de graduação em medicina expedido no exterior. O exame é composto por duas etapas (teórica e prática) que abordam, de forma interdisciplinar, as cinco grandes áreas da medicina: clínica médica, cirurgia, ginecologia e obstetrícia, pediatria e medicina da família e comunidade (saúde coletiva).

Fonte: Agência Brasil

25

Nov

Kantar: as tendências e previsões da mídia para 2022

Kantar, empresa responsável por dados, insights e consultoria, divulgou seu estudo anual com as tendências e previsões da mídia para 2022 que possivelmente irão mexer com a indústria de mídia e publicidade, trazendo novos desafios para o marketing.

Baseado nos dados mais recentes da empresa, além de análises e previsões de especialistas, o estudo busca ajudar marcas, anunciantes e veículos a planejar seus negócios e ativações. Dessa forma, os especialistas da Kantar garantem mudanças no cenário de mídia enquanto os players se deparam com transformações por conta da pandemia.

Streaming
O primeiro destaque do estudo é a crescente dos experimentos, paradoxos e suposições equivocadas sobre o streaming de vídeo. A Kantar aponta o quanto é necessário a medição de audiência e que as grandes empresas precisam mais do que seus próprios dados para crescer. O entendimento completo do comportamento do consumidor precisa começar a acontecer e, com a divulgação dos dados, os criadores e produtores de conteúdo irão atrás de melhores acordos de licenciamento e exposição.

As plataformas de streaming para esportes e eSports pedirão mais espaço e, para consolidá-las, será necessário oferecer pacotes de conteúdo cada vez melhores, tentando se sobressair nesse mercado competitivo.

Mídia na internet
Outro destaque dado pela Kantar foi a mudança do modelo comercial de mídia na internet. Com o fim dos cookies, surge uma oportunidade de experimentar novas abordagens. As marcas estão atuando de forma híbrida na estratégia de dados, priorizando a privacidade e coletando diretamente os dados de consumidores. Segundo especialistas, uma remodelagem de como a mídia é comercializada na internet já está em andamento.

Mídia segmentada
Já na mídia segmentada, é esperado um movimento em direção à publicidade contextual, enquanto para a medição de eficácia das campanhas, os investimentos em aferição baseados em integração direta garantirão aos anunciantes uma medição de forma independente do desempenho de suas campanhas publicitárias.

Performance
Além desses insights, o estudo deu destaque para a mídia de performance e marketing, que foram estratégias adotadas por empresas para sobreviver durante a pandemia. Assim, em 2022, é esperado uma competição na alocação de mídia de performance em formatos como social commerce nas redes sociais. Varejistas tendem a investir na sofisticação das suas plataformas de comércio eletrônico e os metaversos devem continuar surgindo.

Os especialistas da Kantar esperam um reequilíbrio entre investimentos de mídia de performance e campanhas de construção de marca, além de medições de campanhas de cross mídia mais avançadas.

Dados
Destacou-se também uma melhor qualificação, integração, uso e abordagem para os dados. O ano que vem traz consigo uma urgência do uso de dados pelas empresas, devido a busca por informações acessíveis, se tornando estratégica para profissionais de mídia.

As marcas vão utilizar seus relacionamentos com seus consumidores para aproveitar ao máximo os dados proprietários que possuem, enriquecendo seus planejamentos com informações de comportamento e atitudes obtidas com outras fontes. É capaz que se desenvolverão novas metodologias para superar a falta de inteligência competitiva.

Pós-Covid-19
O último destaque ficou para a adaptação dos comportamentos na era Covid-19, visto que as marcas precisam refletir e se moldar conforme as mudanças do cotidiano dos consumidores. As novas necessidades de conveniência, valor, sustentabilidade e inovação guiarão o caminho das marcas que investem em dados, insights, pessoas e marketing.

Fonte: Meio e Mensagem

Disponível em: https://www.meioemensagem.com.br/home/midia/2021/11/24/as-tendencias-e-previsoes-da-midia-para-2022.html

23

Nov

Google oferece conteúdo gratuito voltado para mulheres pretas

O Google lançou o programa Cresça com o Google para Mulheres Pretas, uma edição dedicada à discussão de temas relacionados ao desenvolvimento profissional e pessoal das mulheres pretas no Brasil. As pessoas interessadas têm acesso gratuito aos conteúdos pela plataforma online.

“O Cresça com o Google para Mulheres Pretas se soma a outras edições que realizamos do Cresça com o Google em 2021. Desde março, realizamos edições voltadas a mulheres que querem empreender, àquelas que buscam desenvolver suas carreiras, retornar ao mercado de trabalho ou se iniciar no mercado de tecnologia”, disse Susana Ayarza, diretora de Marketing do Google Brasil.

Segundo a diretora, o Cresça com o Google é uma iniciativa global que oferece treinamento gratuito e ferramentas para quem busca oportunidades no mercado de trabalho, desenvolver suas carreiras ou crescer seus próprios negócios. 

Logotipo do Google é exibido dentro de um prédio de escritórios em Zurique, Suíça.

Na programação da edição para Mulheres Pretas, a apresentação de Ana Minuto, que desenvolveu uma metodologia de processo de coaching que atenda as especificidades dos afrodescendentes e afroempreendedores, trata da síndrome da impostora. O conteúdo mostra métodos de identificação de autossabotagem e apresenta dicas para o fortalecimento pessoal diante de desafios profissionais. 

A  Auto Estima da Mulher Preta é o tema liderado por Caroline Moreira, diretora e criadora da startup Negras Plurais, facilitadora afrolab da Feira Preta e gerente de projeto dos Canais Pretos do Ministério Público do Trabalho (MPT), da Organização Internacional do Trabalho (OIT) e da Organização das Nações Unidas (ONU).

Karen Santos, diretora-executiva e Fundadora da UX para Minas Pretas, trata do lugar da mulher na tecnologia. “As questões abordadas [por Karen] destacam os principais desafios de uma carreira formada majoritariamente por homens e pessoas brancas. O protagonismo das mulheres pretas neste ramo também está na pauta do conteúdo. Em outra frente, diretamente relacionada à construção de imagem junto ao mercado de trabalho e aos projetos individuais, a marca pessoal está no centro das reflexões da executiva”, disse Ayarza.

Outras apresentações disponíveis no programa mostram formas de melhorar a própria apresentação, tratam de criatividade, geração de conteúdo e relevância na carreira, além de discutir organização e administração dos papéis da mulher preta nos espaços de atuação cotidianos.

Fonte: Agência Brasil / Foto: Arquivo Reuters/Arnd Wiegmann/Direitos reservados

22

Nov

DataVero: jornalistas lançam novo instituto de pesquisas no RN

Nascido das experiências dos jornalistas Tulio Lemos e Bosco Afonso, o DataVero é o novo instituto de pesquisas que começa a atuar no Rio Grande do Norte, objetivando atender as exigências do mercado. Atuando em pesquisas eleitorais, de avaliação de gestões públicas e também no mercado privado, o instituto DataVero chega para preencher uma lacuna deixada pelo professor Mardone França que encerrou as atividades de sua empresa Certus.

“O Instituto DataVero, que traduzido para o português significa Dados Verdadeiros, estará atuando com os melhores profissionais do mercado, quase todos que passaram pelo crivo do professor Mardone, o que nos dá segurança e tranquilidade de que a projeção de questionários, a prospecção de pesquisadores e pesquisados, os trabalhos de campo, tabulação e relatório final serão feitos com a maior lisura, seriedade e total confiabilidade”, disse o jornalista Túlio Lemos.

O Instituto DataVero nasce para atender às maiores exigências do mercado, ávido por conhecer, de forma científica, o pensamento da sociedade a respeito de temas diversos, através de pesquisas Qualitativas e Quantitativas, sempre sob a orientação de profissionais que recorrem à metodologias e técnicas adequadas às necessidades do cliente.

Sobre a atuação do novo instituto de pesquisa no mercado, o jornalista Bosco Afonso afirmou: “Utilizaremos as mais modernas ferramentas tecnológicas para a execução de pesquisas Quantitativas ou Qualitativas, seja no campo político-administrativo ou junto à iniciativa privada, pois estaremos respaldados por profissionais competentes que estarão na retaguarda, sem permitir qualquer contaminação no resultado obtido”.

Segundo o especialista em Tecnologia da Informação (TI), Samuel Lemos, responsável pela área do novo instituto, “O DataVero utilizará tecnologia de geolocalização, que vai possibilitar observar os pontos exatos das coletas de cada questionário, como também estaremos contando com equipamentos que vão viabilizar o acompanhamento de resultados on-line, se assim houver interesse por parte do cliente”.
A partir de agora, o Instituto de Pesquisa DataVero está pronto para atuar no mercado de pesquisa do RN.

21

Nov

Curso sobre Comunicação Corporativa e Gestão de crise começa em novembro na ESPM

Ministrado por uma das maiores autoridades em marketing do Brasil, Gabriel Rossi, as aulas trazem todas as novidades para quem atua no segmento de comunicação. Inscrições pelo sitehttps://www.espm.br/cursos/dynamic/atualizacao/cursos-de-ferias/comunicacao-corporativa-e-gestao-de-crise/

De acordo com o especialista, o curso visa capacitar os participantes a entenderem a comunicação corporativa de forma integrada alinhando todos os movimentos de comunicação (institucional, marketing, RH, redes sociais, relações com investidores e responsabilidade social) através do direcionamento da marca e da defesa da sua reputação. “As aulas são recomendadas para profissionais de Jornalismo, Relações Públicas, Administração, Marketing, Publicidade e Propaganda e Recursos Humanos”, enfatiza Gabriel.

O conteúdo é essencial para que gestores ou profissionais liberais, que também são marcas e por isso precisam ter cuidado redobrado com a sua imagem.

O programa busca apresentar aos participantes uma visão sólida e integrada da construção da reputação corporativa, assim como dar subsídios para que se sintam mais confortáveis e capacitados para atuarem na prevenção e gerenciamento de crises. “Vamos falar a respeito de comunicação institucional nas organizações empresariais; O papel da liderança, líderes comunicadores; Visão de canais x visão de públicos de relacionamento; Comunicação de RH com empregados e relações comunitárias; Responsabilidade Social; Comunicação mercadológica e redes sociais; Crise e Reputação: Crises e percepção de valor; Os alicerces de um plano de gestão de crise”, destaca o professor.

Além do conteúdo diferenciado e repleto de dicas para o dia a dia, a proposta traz mais uma novidade, que é a possibilidade de ter acesso a todo esse material a distância. “A plataforma EAD da ESPM traz uma metodologia moderna que facilita o estudo. Desta forma, o aluno pode adequar o melhor horário para as aulas não comprometendo a agenda, eliminando horas de trânsito o que também proporciona economia e menos stress”, destaca Rossi.

Gabriel também vai explorar como que as tendências são criadas e como se tornam virais em tempos de mídias sociais. “Vou analisar quais os agentes envolvidos neste processo, entender o mercado e principalmente como que deve ser a evolução dentro do próprio negócio, mudando de acordo com os moldes do cliente, mas sem perder a sua ideologia”, destaca o especialista.

20

Nov

Conheça seis aspectos tecnológicos que ficaram marcados na história da televisão no Brasil e no mundo

No próximo domingo, dia 21, é o Dia Internacional da Televisão. Uma data para celebrar os seus 71 anos e o papel importantíssimo que a TV aberta faz na comunicação e, inclusive, para a sociedade. Presente na cultura do brasileiro desde a década de 1950, a TV Aberta é responsável por conectar pessoas de todas as partes do mundo, com serviços gratuitos voltados a entretenimento, cultura e informação.

Mas, para chegar ao que é hoje, a televisão recebeu uma série de atualizações tecnológicas para que a população usufrua da melhor experiência com áudios e imagens de última geração. Pensando nisso, o Fórum do Sistema Brasileiro de TV Digital Terrestre (Fórum SBTVD), que trabalha intensamente na evolução da TV digital aberta, elencou seis curiosidades tecnológicas que envolvem a televisão. Confira: 

1- Primeira vez de um sinal broadcasting de TV

Há 71 anos, pela primeira vez, um sinal de broadcasting de TV passava pelo céu de São Paulo. Nesta época, iniciavam-se os testes do transmissor de televisão RCA da TV Tupi, Canal 3, direto de São Paulo. As transmissões anteriores haviam sido realizadas em circuito interno. 

2- Transmissão em cores

O P&B ganhou cores! No Brasil, a primeira transmissão em cores da TV aberta foi realizada em 1972, pela TV Difusora de Porto Alegre, durante a Festa da Uva de Caxias do Sul.

3- TV Digital e novas possibilidades de áudio

Com a chegada da TV Digital em 2007, a TV aberta passou a oferecer à população um áudio com muito mais qualidade. Enquanto a TV analógica aberta trabalhava com um canal (mono) ou dois canais (estéreo) de áudio, a TV Digital suporta até seis canais, o chamado Dolby Digital. Agora, em 2021, os televisores já estão se atualizando com a implantação do áudio imersivo.

4- Acessibilidade com Closed Caption ou Legenda Oculta

Você sabia que o Closed Caption (CC), conhecido também como legenda oculta, é usado para legendar o conteúdo audiovisual? Esse recurso torna o conteúdo da televisão acessível a pessoas surdas ou com algum grau de deficiência auditiva. O Closed Caption surgiu nos Estados Unidos, na década de 1970, com outros objetivos experimentais. Já no Brasil, em 2016, a prioridade foi a acessibilidade dos brasileiros. A obrigatoriedade da ABNT NBR 15290:2016 permitiu que essa parte da população (que representa 5%) tenha acesso à informação, entretenimento, cultura e lazer pelas telas da televisão. 


5- O inventor do controle remoto 

O controle remoto foi uma tecnologia pensada em complemento à televisão. E, claro, para o telespectador que está confortavelmente no sofá e gostaria de aumentar o volume ou mudar de canal, sem levantar. Perto de completar 60 anos, o primeiro controle remoto, ainda com fio, foi desenvolvido pelo engenheiro Eugene Polley, em 1950. Já o primeiro controle sem fio, foi criado em 1956, pela mesma empresa em que Polley trabalhava, a Zenith Radio Corporation. O controle remoto atual funciona com comunicação por infravermelha ou por bluetooth. No Brasil, o primeiro televisor com controle remoto foi lançado oficialmente em 1962.

6- Padrão de televisão atual do Brasil 

O padrão de televisão digital adotado no Brasil é o ISDB-TB, uma adaptação do ISDB-T (Integrated Services Digital Broadcasting Terrestrial), padrão japonês acrescido de tecnologias desenvolvidas no Brasil, como a interatividade Ginga.

A história da televisão continua! Com os avanços tecnológicos, a TV foi evoluindo e, hoje, o consumidor pode desfrutar, sem custos, da programação em alta definição, som surround, recepção móvel e os recursos de acessibilidade (linguagem de sinais, áudio descrição e closed caption). Ainda neste ano, com a chegada do DTV Play nos televisores, a TV aberta vai melhorar ainda mais a interatividade, com conteúdos em 4K, HDR e áudio imersivo, que eram recursos somente disponíveis em serviços de streaming pagos.

16

Nov

Clube de Permuta Natal terá Black Week com descontos e condições especiais

Uma semana inteira de descontos e promoções vai marcar a Black Week do Clube de Permuta Natal. As condições especiais vão estar disponíveis entre os dias 22 e 26 de novembro. 

Os associados do Clube tem até o dia 19 para lançarem as ofertas e vai ser possível adquirir uma grande variedade de produtos e serviços bem mais baratos em permuta do que em dinheiro. “É uma oportunidade única para quem já realiza negócios com a vantagem de não precisar mexer no caixa da sua empresa. É a possibilidade de se fazer permuta, adquirindo serviços e produtos sem desembolso, e com valores abaixo do mercado”, explica o diretor do Clube em Natal, Betinho Costa.  

A plataforma online de troca multilaterais oferece soluções em comunicação, marketing e mídia, opções para construir, reformar ou decorar sua casa ou escritório, gastronomia e bebidas para todos os gostos, além de serviços de saúde, bem-estar e qualidade de vida. 

Sobre o Clube de Permuta

O Clube de Permuta é uma alternativa para que empresários possam adquirir produtos e serviços sem mexer no seu caixa, por meio de permutas multilaterais realizadas em uma plataforma virtual. Para ingressar, é preciso ser indicado por uma das empresas participantes. Acessando www.clubedepermuta.com.br é possível ter acesso ao rol de empresas de cada cidade onde o clube atua.

15

Nov

Pesquisa mostra como os recursos visuais orientam o comportamento dos brasileiros em torno da sustentabilidade

Durante a cúpula da COP26, a Getty Images, líder mundial em comunicação visual, revelou uma nova pesquisa que revela que 86% das pessoas que vivem no Brasil praticariam um estilo de vida sustentável se custasse o mesmo ou menos do que custam hoje. A pesquisa também confirmou que a principal barreira para as pessoas que praticam a sustentabilidade no dia a dia é a despesa (22%), enquanto quase um quarto dos entrevistados disseram que precisam de mais informações sobre como viver de forma sustentável.

Os resultados são relatados na pesquisa para a plataforma de insights criativos da Getty Images, Visual GPS, concluída em conjunto com a empresa de pesquisa de mercado global MarketCast.

O público brasileiro também está usando seu poder de compra para enviar uma mensagem às empresas, com 74% das pessoas dizendo que só compram produtos de marcas que se esforçam para serem ecologicamente corretas. No entanto, a maioria das pessoas considera o governo o maior responsável em relação à ação climática e à sustentabilidade, seguido pelas empresas.

O relatório também descobriu que as ações mais comuns que as pessoas realizam em relação à ação climática e sustentabilidade são a reciclagem (70%), seguida de reutilização, reparo ou compra de segunda mão em vez de comprar itens novos (55%), usando produtos ecologicamente corretos (55%), fim do uso de produtos descartáveis (32%) e maior eficiência energética em suas residências (36%). No entanto, apenas 49% dos entrevistados dizem que fazem tudo o que podem para praticar um estilo de vida sustentável.

“A questão da ação climática nunca foi tão urgente e nossa pesquisa mostra que as pessoas no Reino Unido estão dispostas e prontas para fazer mais - mas elas precisam que o governo e as empresas quebrem as barreiras para a ação e mostrem como podem fazer a diferença ”, comenta a Dra. Rebecca Swift, Chefe Global de Insights Criativos da Getty Images.

“A pesquisa também demonstra como o uso repetitivo de recursos visuais em comunicações comerciais e governamentais, mostrando às pessoas os pequenos passos que podem dar em direção à sustentabilidade, pode ter um impacto positivo no meio ambiente”, continua Dr Swift. “Reciclagem, uso de produtos ecologicamente corretos e itens reutilizáveis são todos sinais visuais populares que já há algum tempo são usados para ilustrar uma vida sustentável.”

Tornando a sustentabilidade pessoal

Pesquisas de clientes em gettyimages.com mostram que as empresas estão expandindo como ilustram questões de ação climática e sustentabilidade, com pesquisas ano após ano por 'energia renovável' (+ 780%), 'painéis solares' (+ 342%), 'mudanças climáticas '(+ 438%) e' ecologia '(+ 257%), ao lado de mais representações mais generalizadas  como 'sustentabilidade’ (+ 442%) ou aquecimento global' (+ 188%).

“O que fica claro em nossa pesquisa é que quando as comunicações visuais - seja um anúncio na TV ou no site do conselho local - tornam a sustentabilidade pessoal e mostram as ações que uma pessoa comum pode realizar, isso impulsiona o comportamento real do consumidor. Com as pessoas dizendo que precisam de mais informações sobre como viver de forma sustentável, este é um claro apelo à ação do governo e das empresas para expandir as pistas visuais que estão usando e encorajar mais comportamentos sustentáveis”, conclui a Dr. Swift.

Metodologia de pesquisa: os dados da pesquisa Visual GPS da Getty Images foram coletados de 16 de julho a 11 de agosto de 2021. O estudo teve como alvo uma amostra nacionalmente representativa de consumidores com 18 anos ou mais com base na idade, sexo e região. O tamanho da amostra do Brasil foi de 500 entrevistados.

Para a mídia:

75% - Fico desapontado quando vejo imagens na publicidade e na comunicação de uma marca que não são ecologicamente corretas (por exemplo, canudos de plástico, copos de café descartáveis, sacolas plásticas, etc.) 

87% - Eu prefiro comprar de empresas que participam ativamente e retribuem às comunidades em que atuam

Embora as empresas estejam fazendo mais para expandir sua linguagem visual em torno da sustentabilidade, elas ainda dependem de antigos tropos - retratando vistas aéreas ou de alto ângulo em vez de focar nas pessoas que trabalham com ou com a tecnologia. Nosso teste de imagem nos diz que os consumidores não se identificam com esse tipo de imagem. A próxima etapa é garantir que o conteúdo dos recursos visuais corresponda às demandas crescentes dos consumidores por ação e represente uma visão centrada no ser humano, seja em uma escala pequena ou industrial.

 

11

Nov

Chapa apresenta candidatura de Hudson Tourinho à CRCRN

As eleições no Conselho Regional de Contabilidade do Rio Grande do Norte, marcadas para os dias 23 e 24 de novembro, podem trazer transformações para a classe contabilista do estado. O processo eleitoral será responsável pela renovação de 2/3 do quadro de conselheiros. A chapa 2 “Reconstruir e avançar com respeito”, que tem a frente o jovem contabilista Hudson Tourinho, de 32 anos, quer mostrar sua oposição ao atual cenário de lentidão e regresso nos processos da entidade.

A chapa 2 construiu um plano de reestruturação para o CRCRN, com foco na valorização e reconhecimento dos profissionais da Contabilidade, buscando processos e fiscalizações mais humanizadas. Uma das metas é o reembolso da anuidade de cada profissional.

Uma das ações será a retomada dos grandes eventos para esse novo momento de reconstrução da classe contabilista. Outra proposta é o fortalecimento do CRCRN Jovem em parceria com as Instituições de Ensino Superior (IEs), assim como a recriação das comissões de assuntos profissionais (CPCs, Sped, Simples).

“Nossa proposição quer humanizar a gestão do CRCRN, trazendo mais identidade para essa importante entidade do nosso estado. Nossa classe contabilista passa por um momento de estagnação, sem propostas ativas e sem a presença dos profissionais envolvidos nas atuações do Conselho. Queremos otimizar os processos, resgatar eventos, promover novas parcerias e democratizar a participação de novos agentes nessa função de conselheiro”, planeja Hudson Tourinho, candidato à eleição pela Chapa 2 “Reconstruir e avançar com respeito”.

Com uma composição de 20 profissionais da Contabilidade que vivenciam o dia a dia dos escritórios contábeis e com boas propostas, a Chapa 2 é composta por um quadro de mulheres (55%) e homens (45%), mostrando a representatividade feminina na classe. Desse grupo, 18 profissionais nunca foram conselheiros, o que representa a maior renovação já vista no CRCRN. A chapa 2 é composta por especialistas em Tributação, Contadores Públicos, Analistas em SPED, Auditores, Peritos, Consultores de Finanças e Investimentos, dentre outros.

11

Nov

Orla da praia de Camapum em Macau vai passar por obras de revitalização

Foi assinada nesta quinta-feira (11) pelo prefeito de Macau, José Antônio de Menezes, a ordem de serviço que autoriza o início das obras de revitalização e construção de um novo calçadão na orla da Praia de Camapum. O investimento chega próximo dos R$ 500 mil reais.

O ato solene aconteceu no Gabinete do Palácio João Melo com a presença de representantes da empresa que venceu a licitação da obra, do Secretário de Esporte e Juventude, Rodrigo Menezes e o adjunto da pasta de Infraestrutura, Júlio Sena.

A orla irá ganhar serviços de reconstrução de calçadão, jardinagem, iluminação, academia popular, chuveiros, guarda corpo e outras melhorias. Com previsão de inauguração em fevereiro de 2022, a obra inclui a revitalização do trecho que compreende da Barraca de Jacaré até o final do calçadão.

“É uma obra que Macau precisa. O calçadão será refeito e iremos revitalizar toda a orla. Com isso, toda extensão urbanizada da Praia vai receber benfeitorias na sua infraestrutura”, lembrou o prefeito José Antônio Menezes.

9

Nov

iStock anuncia Bolsa de 5 mil dólares para fotógrafos comerciais, videógrafos e ilustradores da América Latina

A iStock, líder em comunicações visuais acessíveis para as comunidades criativas, empreendedores, estudantes, e pequenas e médias empresas, anuncia hoje o lançamento de sua Bolsa de Inclusão inaugural, projetada para promover o trabalho de artistas comerciais criativos emergentes que buscam chamar a atenção para comunidades sub-representadas por meio de seu trabalho. A bolsa está aberta a fotógrafos comerciais, videomakers e ilustradores baseados nos Estados Unidos, Reino Unido, América Latina e Austrália.

“A iStock está empenhada em apoiar diversos criadores em todo o mundo, lançando esta bolsa para dar-lhes o apoio, exposição e apoio financeiro necessários para ajudar a elevar suas carreiras, ao mesmo tempo que incentiva a criação de imagens, vídeos e ilustrações tão necessários”, disse Claudia Marks, diretora de arte sênior, iStock. “Com nossos parceiros de prestígio, estamos convocando criadores de comunidades sub-representadas para aproveitar esta oportunidade de receber apoio significativo e compartilhar seu conteúdo com o mundo.”

Quatro prêmios de primeiro lugar no valor de US $ 5.000 serão concedidos aos beneficiários de cada uma das bolsas, em parceria com a organização Black Women Photographers, dos Estados Unidos; Creative Access, do Reino Unido; Fotografas Latam; e o Australia Council for the ArtsCada parceiro estabeleceu seu próprio conjunto de critérios para a concessão, a fim de garantir ainda mais que os criativos sub-representados que trabalham em suas próprias comunidades sejam incentivados a se inscrever.

“Considerando que a fotografia ainda é uma indústria dominada por brancos e homens e o fato de que há muito poucas bolsas destinadas a servir mulheres negras na fotografia comercial, é seguro dizer que esta é uma oportunidade única”, disse Polly Irungu, fundadora da Black Women Photographers. “É por isso que, em conjunto com a iStock, estamos nos aliando para nivelar o campo de jogo e apoiar fotógrafas mulheres negras, bem como aqueles em outros grupos sub-representados, fornecendo fundos e recursos.”

Cada uma das quatro bolsas será julgada de forma independente pelos seguintes jurados, em parceria com a equipe de arte da iStock:

  • Estados Unidos — Polly Irungu, fundadora da Black Women Photographers, e Barbara DuMetz, pioneira na fotografia comercial
  • Reino Unido — Josie Dobrin, CEO e cofundadora da Creative Access, e Vanessa Martins, fotógrafa freelance
  • América Latina — Lorena Velasco e Fernanda Pitaño, cofundadoras do Fotografas Latam, e Cristina Otero, fotógrafa comercial e de belas-artes
  • Austrália - Franchesca Cubillo, Diretora Executiva de Artes e Cultura das Primeiras Nações, e Patricia Adjei, Chefe do Desenvolvimento do Setor de Artes e Cultura das Primeiras Nações, ambos do Australia Council.

Os candidatos podem se inscrever aqui a partir de hoje e têm até 23h59 do dia 6 de dezembro, para enviar propostas. Os candidatos devem enviar um projeto existente ou novo com um portfólio de seu trabalho e um pequeno ensaio descrevendo sua intenção e inspiração e devem atender a todos os requisitos de elegibilidade. Além das concessões, todos os quatro destinatários terão a oportunidade de licenciar seus trabalhos vencedores no site da iStock a uma taxa de royalties de 100%.

8

Nov

ABIH Nacional comemora 85 anos em sessão solene no Senado Federal

A Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio Grande do Norte - ABIH/RN, participa na próxima terça-feira (9) da celebração dos 85 anos de atuação da ABIH Nacional. A sessão solene acontece no plenário do Senado Federal, em Brasília, e vai reunir mais de 300 personalidade do setor hotelaria e turismo de todo país.

A solenidade faz parte das comemorações de aniversário  da entidede e incluem o lançamento da edição especial do livro “ABIH Nacional: 85 anos” e do selo postal comemorativo da ABIH Nacional.

Para Manoel Linhares, presidente nacional da entidade, a intenção é marcar a importância e a representatividade do steror de hotéis, numa data em que, não por acaso,  também se comemora o Dia do Hoteleiro.

“A história da ABIH Nacional é a história da hotelaria nacional e uma demonstração de como o trabalho coletivo e a união de um setor pode ajudá-lo a conquistar mais espaço no cenário econômico no país. Desde sua fundação, a meta sempre foi mostrar às autoridades a importância da hotelaria e do turismo e apresentar sugestões de medidas que pudessem estimular sua expansão”, afirmou Manoel Linhares. 

Para o presidente da ABIH-RN, Abdon Gosson, o momento é de congratular com as demais associações. "Fazer parte deste momento é muito especial para nós. O turismo vem se recuperando e aqui podemos comemorar juntos aos colegas. A ABIH Nacional está de parabéns pelas ações realizadas em todo o Brasil e pelo apoio que tem nos dado", disse Gosson.

Para o presidente da ABIH Nacional, o lançamento do livro, do selo postal e do carimbo comemorativo, celebram o sucesso do associativismo na defesa das pautas relacionadas ao turismo e à hotelaria. “Nesses 85 anos, como está registrado no livro, nosso principal foco foi mostrar às autoridades o potencial do setor e apresentar as soluções para sua expansão. Sempre procuramos ressaltar que a hotelaria e o turismo geram emprego e renda por destinos espalhados por todas as regiões, estimulando o crescimento econômico, principalmente, em menores destinos. E essa história precisava ser registrada para que todos pudessem conhecer melhor nossa entidade e o setor de hotelaria brasileiro”, afirmou o presidente da ABIH Nacional.

7

Nov

Sete dicas para formar sociedades vencedoras

A formação de uma sociedade empresarial é sempre um assunto delicado no mundo do empreendedorismo. No melhor dos cenários, uma sociedade pode dar muito certo – sem conflitos, com ótimos resultados operacionais e com ganhos financeiros para todos os envolvidos. No pior, pode dar tudo errado, com desdobramentos que incluem problemas de relacionamento, retorno abaixo do esperado e prejuízos econômicos, culminando com brigas e até disputas judiciais.

                Para evitar que uma parceria que começou com um sonho acabe se tornando um pesadelo, o empreendedor precisa tomar alguns cuidados. Segundo o empresário Leonardo Castelo, vencedor da categoria Emerging na 21ª edição do Prêmio Empreendedor do Ano, considerado o Oscar do empreendedorismo, realizado pela Ernst & Young (EY), uma das líderes globais de serviços de consultoria empresarial, e Presidente da 300 Franchising, a maior aceleradora de franquias do País, a análise do perfil do potencial sócio deve ser feita com muita atenção. Sócio em mais de 80 franqueadoras, Castelo conhece bem os caminhos para a construção de uma sociedade duradoura e de sucesso.

 “A gente tem que evitar de errar na escolha das pessoas”, explica o empresário. “Não existe pessoa ruim. Existe pessoa errada no momento errado, pessoa errada na empresa errada. Ou seja, são ‘pessoas erradas’ por não acreditarem nas mesmas coisas e nos mesmos valores que os sócios”.

  Castelo enumera sete dicas para garantir que uma sociedade seja bem-sucedida, trazendo frutos positivos para os envolvidos no negócio. Confira:

Alinhamento de propósito e valores

Não há problema em os sócios terem visões diferentes sobre o negócio. “O importante é ambos estarem olhando para o mesmo lado”, diz Castelo. Entretanto, os sócios precisam estar alinhados em relação a propósitos e valores como velocidade, humildade e resiliência, essenciais para o desenvolvimento e amadurecimento de um empreendimento.

Definição clara de responsabilidades, direitos e deveres

O acordo dos acionistas e o contrato social devem ter todos os papeis descritos de forma muito clara. “Não é perda de tempo, é investir tempo”, comenta Castelo. “O Abílio Diniz tem uma frase: ‘prefiro brigar antes de assinar um contrato do que brigar depois’. E faz todo sentido.”

Alinhamento de expectativas

Além das questões formais, os sócios também precisam estar de acordo em relação ao que esperam um do outro, em aspectos como previsão de resultados, expansão do negócio, capacidade de investimento financeiro etc.

Complementariedade

Sócios que têm competências diferentes e complementares somam mais ao negócio do que sócios com características semelhantes. “Todo empresário tem de ter visão estratégica”, explica Castelo. “É importante que o sócio tenha sua própria visão estratégica e seja melhor do que eu em algum aspecto. Não adianta entrar em sociedade se, do lado de lá, o sócio tem o mesmo tipo de visão do que eu.”

Alinhamento comportamental

Parceiros de negócios têm de estar alinhados em relação ao comportamento que esperam de quem está do outro lado. Neste aspecto, ganham importância temas como dedicação de tempo ao negócio e modo de comunicação e relacionamento interpessoal. “São essas variáveis que, no longo prazo, fazem com que se construa uma relação equilibrada”, diz Castelo.

Admiração recíproca

Uma relação entre sócios funciona melhor quando os componentes de uma sociedade nutrem admiração um pelo outro. Com isso, eventuais erros são melhor entendidos como parte do processo de amadurecimento do negócio, sem que as relações sejam estremecidas. “Ninguém joga na cara quando o outro erra. Toda vez que se erra é tentando acertar”, comenta Castelo. “A gente faz muito teste rápido. E mais erra do que acerta. A cada 10 erros, temos um acerto. Mas, quando algo dá certo, você já sabe as outras nove coisas que não dão certo. E fica mais fácil para corrigir rumos.”

Contratação de pessoas alinhadas com os mesmos propósitos

Não adianta os sócios estarem plenamente alinhados em todos os aspectos se as pessoas que formarão as equipes de trabalho não estiverem também alinhadas. “Devemos procurar contratar pessoas que estejam alinhadas com o nosso propósito e os nossos sonhos”, argumenta o CEO da 300 Franchising. “A coisa mais errada que pode acontecer é, depois de 60 dias na equipe, a pessoa dizer que não acredita no projeto ou não acredita no mesmo sonho dos empreendedores”.

5

Nov

Natal receberá, em breve, a ORATHÓRIA - Fale Bem em Público

Medo de falar em público? Dificuldade de se posicionar em uma reunião importante? Acha que tem perdido oportunidades em função da timidez? Se é o seu caso, saiba que está chegando a Natal/RN uma escola que poderá mudar a sua vida!

A partir de fevereiro/22, a capital potiguar contará com a franquia ORATHÓRIA, uma instituição de ensino especializada em cursos de como falar em público e extrair o melhor do seu potencial. Ao longo de três módulos, você receberá todas as informações, orientações e técnicas de como se posicionar diante de plateias, salas de aula, congressos, seminários, reuniões ou qualquer outro ambiente onde você queira mostrar o quão bom você é! 

A ORATHÓRIA – Fale Bem em Público é mais um empreendimento do Miranda Jr. Negócios, grupo empresarial potiguar de grande credibilidade em nosso mercado. A Orathória estará sob o comando do empresário Etevaldo de Miranda Jr. e a treinadora comportamental Katarina Alcântara. 
Se é sucesso que você busca, logo mais o microfone estará à sua disposição e estaremos prontos para aplaudi-lo de pé. Em breve, divulgaremos novas informações.