Com mais de 400 inscritos e representantes dos estados da Paraíba, Pernambuco, Bahia, Ceará e Rio Grande do Norte, o Digital Experience Day (DED), terminou na tarde deste domingo (25), com um debate entre o design Ramon Campos e o publicitário Erickson Monteiro. A discussão era bem pratica: quais as formas mais eficazes de produção de conteúdo para web.

Avaliando tendências de mercado e focando no marketing digital, o DED 2018 mesclou workshops e palestras em doze horas de conteúdo para internet. Foram dois dias imersos em temas como Planejamento Digital, Empoderamento Feminino na Tecnologia, Futurismo e oficinas voltadas para o setor.

O organizador do evento Manoel Filho já adianta as novidades para a edição 2019. “Estamos muito felizes com o DED 2018 e vamos inovar ano que vem. O Digital Experience Day vai passar por várias cidades, inclusive na Paraíba”. Durante o congresso foi criada a #TONODED que gerou, segundo ele, cerca de 600 menções no Twitter e Instagram. 

No sábado (24), a palestra sobre Empoderamento Feminino na Tecnologia com Cecília Vilar, Emmanuelle Richard, Alana Cascudo e Caroline Crozara gerou debate em torno do papel das mulheres em áreas predominantemente masculinas. Já no domingo, foram duas horas da oficina Planejamento Digital com Erickson Monteiro que deu dicas de como criar personas e gerar conteúdo assertivo na era digital.

Para Flu Ferreira, coeditora do Diário do Rio, o segredo “é olhar com outros olhos para aquilo que todo mundo faz igual”. Questionada sobre o tamanho da equipe para criar um material com qualidade, ela surpreende dizendo “somos quatro pessoas e temos a terceira melhor audiência no Rio”.

Além dela, passaram também pelo palco do DED falando sobre o Pinterest, Liliane Ferrari; representando o Twitter, Juzão; e Cassiano Ribeiro trouxe o case Conexão Globo Rural. A agência Três1 Digital foi a responsável pela produção do evento.