Comunicação

24

Mai

Comunicação

Projeto aumenta penas para crimes contra profissionais de imprensa

Quem cometer crime contra profissionais de imprensa no exercício da sua profissão ou em razão dela pode ter a pena aumentada. Isso é o que estabelece projeto de lei (PL 2.813/2020) do senador Lucas Barreto (PSD-AP), que altera o Código Penal para incluir a circunstância entre as agravantes genéricas.

"As agravantes genéricas são circunstâncias legais, de natureza objetiva ou subjetiva, que não integram a estrutura do tipo penal, mas que a ele se ligam com a finalidade de aumentar a pena. Optou-se pela agravante por alcançar maior espectro de tipos penais, a exemplo da lesão corporal, dos crimes contra a honra e contra a liberdade pessoal, dentre outros”, explicou o autor na justificação.

O senador lembrou que a violência contra profissionais da imprensa tem se tornado cada vez mais recorrente nos dias atuais. Lucas Barreto destacou que, além de atentar contra a liberdade de imprensa e a democracia, viola-se o livre exercício da atividade.

Fonte: Agência Senado/Foto: Waldemir Barreto

 

21

Mai

Comunicação

Conexão Comarket: seminário digital e gratuito vai discutir comunicação, marketing e tendências para o mercado varejista

Você já parou para pensar em como tudo isso que está acontecendo agora vai afetar a sua empresa? Como é possível inovar em um cenário inédito para todos? E mais: quais serão as próximas tendências de mercado? Essas e outras perguntas serão respondidas durante o “Conexão Comarket – Comunicação, Marketing e Transformações do Varejo Atual”, evento totalmente online e gratuito que vai acontecer nos dias 16 e 17 de junho.

O seminário digital vai reunir profissionais da área de marketing, empresários do ramo varejista e palestrantes renomados para debater o cenário atual e o futuro do mercado. Serão seis painéis distribuídos durante os dias de evento, com dois debatedores em cada um deles. A transmissão vai acontecer pelo canal no Youtube da Agência Comarket, com sede em Caicó, que idealizou o evento para comemorar os seus 10 anos de atuação.

As inscrições serão abertas em breve. “O evento é uma oportunidade bacana e gratuita de acompanhar os principais temas ligados ao marketing digital, publicidade e comunicação, com a expertise de grandes profissionais da comunicação e do varejo. Nós estamos fazendo a conexão de vários setores para poder levar o melhor que tem de conteúdo para o nosso mercado”, disse Augusto Catônio, CEO da Comarket. Confira abaixo a programação completa no http://instagram.com/agenciacomarket/.

21

Mai

Comunicação

Engajamento orgânico de marcas cresce até 200% com isolamento

A interação em posts orgânicos de páginas de marcas no Facebook e Instagram chegou a crescer até 200% durante o período de isolamento social, conforme mostra um mapeamento recente da Socialbakers. A empresa vem monitorando a atividade digital das marcas em comparação ao momento anterior ao início de março, quando a pandemia de covid-19 chegou com força ao Brasil.

Com o avanço do coronavírus no País, a Socialbakers notou mudanças no comportamento das marcas. “Houve uma diminuição no investimento em conteúdos de timeline, que pode ser observada pela queda de interações vindas de conteúdos promovidos. Por outro lado, o engajamento orgânico está aumentando, indicando um maior acesso e tempo de navegação dos usuários nas redes sociais”, afirma a country manager da Socialbakers no Brasil, Alexandra Avelar.

A plataforma também lança um estudo com as marcas que mais geraram interações no Instagram e Facebook no primeiro trimestre. A Netflix mostrou o maior engajamento no Instagram, com 36 milhões de interações. Em seguida, aparecem as Lojas Americanas, com 18 milhões de interações, e as marcas Grão de Gente, Santa Lolla e Salon Line, com mais de 2,8 milhões de interações cada.

No Facebook, a agência de viagens Hotel Urbano (Hurb) foi a que teve maior engajamento, com mais de 7 milhões de interações. A Salon Line ficou em segundo lugar, com 4,8 milhões de interações; e em terceiro, a Netflix, com 3,6 milhões. “A grande sacada dessas e outras marcas é entender sua audiência e o tipo de conteúdo que mais engaja, gerando conteúdos personalizados”, afirma Alexandra.

A Ambev, por sua vez, teve um dos post de maior engajamento no mundo durante o primeiro trimestre, uma postagem de março que anunciava a produção de álcool em gel para combater a Covid-19. A postagem alcançou quase 600 mil interações no Facebook, e mais de 700 mil no Instagram. “Os melhores exemplos que vemos nas redes atualmente são de marcas que realmente se envolvem com ações concretas para o bem maior”, acrescenta.

Efeito coronavírus

Algumas indústrias notaram queda mais acentuada em atividade nas redes, como a automotiva, enquanto outras aumentaram a atividade, como o varejo. O cenário de investimento em digital deve voltar a se estabilizar à medida que o país passe pelas fases mais críticas da pandemia. “Os primeiros dados indicam que, à medida que o coronavírus começa a ser controlado em algumas regiões, em especial na Ásia, os investimentos com anúncios também estão se recuperando. Neste momento, os planejamentos deixam de ser a médio ou longo prazo, para focar em medidas e ações mais imediatas”, finaliza Alexandra.

Fonte: Portal Meio e Mensagem

Disponível em: https://www.meioemensagem.com.br/home/marketing/2020/05/20/conteudo-organico-de-marcas-cresce-ate-200-apos-isolamento.html

20

Mai

Comunicação

Grupo Vila realiza webinar sobre os desafios e reflexões da vida no contexto da pandemia

A pandemia da Covid-19 tem provocado um aumento do sofrimento psicológico na população, pelas questões que envolvem o luto, ansiedade e depressão diante da perda de entes queridos e um cenário de incertezas. Por conta disso, o Grupo Vila, empresa do segmento funerário, tem realizado uma série de webinars, no canal do YouTube (www.youtube.com/grupovilaoficial.).

“Com esse momento da pandemia, nosso objetivo é trazer temas relevantes para a sociedade como um todo, levando esclarecimentos e orientações acerca do contexto atual”, destaca a diretora de mercado do Grupo Vila, Vivianne Guimarães. A próxima transmissão será realizada, no dia 26 de maio, a partir das 16h, com o tema “Viver e morrer no contexto da pandemia: desafios e reflexões”.
 
A convidada desta vez é a professora livre docente vinculada ao Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (USP), Maria Júlia Kovácks, que será entrevistada pela psicóloga do luto do Grupo Vila, Simone Lira. Maria Júlia Kovácks também realiza pesquisas na área de luto, morte e bioética, e coordena o Laboratório de Estudos sobre a Morte, na USP. Tem projetos voltados à área de tanatologia, estudo das questões da morte no processo de desenvolvimento dos seres humanos, e costuma ministrar disciplinas com abordagens similares, sobre perdas nas mais diferentes situações e ambientes.
 
Entre os temas das webinars já realizadas estão: “A importância do autoconhecimento na superação da crise”; “Ansiedade, saúde e emoções em tempos de crise”; “Como se adaptar às necessidades do mercado de trabalho” e “O papel da espiritualidade no momento de crise”. Todos os vídeos estão disponíveis para o público no canal do Grupo Vila no YouTube.

20

Mai

Comunicação

Nova ferramenta permite acompanhamento de emendas parlamentares; confira

Desde ontem (19), o cidadão pode acompanhar a execução de emendas parlamentares sem destinação definida, quando o recurso é reservado a uma localidade, mas sem a definição de como será gasto. A Plataforma +Brasil, gerenciada pelo Ministério da Economia, lançou o Painel Parlamentar, que permite o monitoramento desse tipo de emenda, chamada de transferências especiais.

O Orçamento deste ano prevê R$ 598 milhões em emendas sem destinação definida para 1.296 municípios. Segundo a Secretaria de Gestão do Ministério da Economia, a ferramenta aumenta a transparência das informações, ao permitir o acompanhamento das políticas públicas definidas pelos municípios pela população.

As transferências especiais dão mais liberdade aos municípios na execução de ações. A Constituição, no entanto, estabelece limites. Os recursos só podem ser gastos em programas que atendam diretamente ao cidadão, como ações de educação, capacitação profissional, saúde e até artesanato. A modalidade não pode ser usada para pagar o funcionalismo – ativo, inativo ou pensionistas – nem para quitar os encargos de dívidas das prefeituras.

Criada em setembro do ano passado, a Plataforma +Brasil informatiza a prestação de contas de transferências federais voluntárias recebidas pelos entes locais. As transferências especiais são a décima modalidade integrada ao novo sistema. Até 2022, o governo pretende que todas as 30 modalidades de transferências da União estejam registradas na plataforma, totalizando a gestão de aproximadamente R$ 380 bilhões por ano.

Para operacionalizarem os recursos das transferências especiais, os gestores públicos terão de se cadastrar no portal gov.br. A Secretaria de Gestão do ME elaborou um manual para ajudar as prefeituras. O material traz o passo a passo de como deve ser feito o cadastro e de como as transferências da União são registradas na Plataforma +Brasil.

O Ministério da Economia oferece três aplicativos para acompanhamento das transferências federais pelos governos locais. O App Gestão +Brasil é voltado a gestores. O App Fiscalização +Brasil fornece informações sobre obras com recursos da União, com relatórios fotográficos com georreferenciamento (marcação de local). O App Cidadão +Brasil permite o monitoramento por qualquer cidadão das transferências e convênios entre a União, os estados, o Distrito Federal e os municípios.

Os aplicativos estão disponíveis na Play Store, para dispositivos do sistema Android, e na App Store, para dispositivos do sistema iOS, da Apple.

Fonte: Agência Brasil

20

Mai

Comunicação

Estudo: 60% da produção global de séries de televisão deve ser afetada pela pandemia até o fim de 2021

Um novo estudo conduzido pela Ampere Analysis revela que o impacto da pandemia na produção global de séries para a televisão deve continuar até o fim de 2021, segundo o Deadline. A análise indica que até 60% dos programas marcados para ir ao ar este ano no meio devem sofrer atrasos, enquanto 10% de dramas e comédias planejadas para estrear no mercado devem deixar de existir com a crise oriunda do coronavírus.

De acordo com a Ampere, a expectativa é de que no segundo semestre de 2020 as emissoras passem a lançar mensalmente algo em torno de 5% a 10% a menos de novos episódios, com mais da metade dos títulos correndo sérios riscos de passarem por atrasos. A produção de programas não roteirizados (reality shows, por exemplo), enquanto isso, deve retornar à normalidade apenas no fim do ano.

Para fins de comparação, desde o período compreendido entre março e maio de 2019 apenas 51% aprovados ao redor do globo foram ao ar, com a demanda caindo em até 40% no mesmo momento de tempo em 2020. E a oferta de novos conteúdos no próximo ano deve cair ainda mais devido a pandemia, segundo os analistas da Ampere.

“Há apenas uma certeza em meio ao atual clima de incerteza, que a pandemia do Covid-19 vai mudar a produção da indústria da TV até muito depois do fim da quarentena.” escreve o analista sênior Fred Black sobre o estudo, comentando ainda que o dano maior deve rolar no número de comissões de séries.

“Nós inicialmente prevemos que os atrasos gerem intervalos na programação de lançamento de programas roteirizados, com emissoras e serviços de streaming tendo que preencher o período com outros tipos de conteúdo. Porém, conforme estas produções atrasadas comecem a preencher outros vácuos de conteúdo nos meses posteriores, estes intervalos vão começar a fechar. Mas há mais ramificações implícitas nisso tudo.” afirma, ressaltando ainda que o número de realities e programas não roteirizados deve aumentar nos próximos meses exatamente para preencher este tempo vazio.

Fonte: Portal B9, disponível em: https://www.b9.com.br/126355/60-da-producao-global-de-series-de-televisao-deve-ser-afetada-pela-pandemia-ate-o-fim-de-2021/

19

Mai

Comunicação

Projeto que beneficia cuidadores de idosos é aprovado na Câmara de Natal

A capital potiguar poderá contar com o projeto Cuidando do Cuidador. A proposta estabelece que os cuidadores de idosos, deficientes e indivíduos acamados tenham assistência e acompanhamento semanal pelas equipes da rede de saúde do Município, além de atendimento prioritário nas Unidades Básicas de Saúde. A matéria, de autoria da vereadora Carla Dickson (PROS), acaba de receber parecer favorável da Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final da Câmara Municipal de Natal durante reunião nesta segunda-feira (18). A redação ainda será apreciada pelas demais comissões técnicas antes de partir para debate e votação no plenário da Casa.

Também foi acatada uma matéria encaminhada pelo presidente do Legislativo, vereador Paulinho Freire (PDT), que institui o Dia 26 de Março como Aniversário do Conjunto Jiquí, localizado na zona Sul de Natal. Assim, a iniciativa, caso seja aprovada em plenário, será inserida no Calendário Oficial de Eventos do Município. 

Em seguida, o colegiado derrubou um veto do Executivo aplicado ao projeto de lei apresentado pela vereadora Nina Souza (PDT) que cria a Semana Municipal de Incentivo à Adoção de Crianças e Adolescentes. Com isso, a semana, que acontecerá na semana do dia 25 de maio (Dia Nacional da Adoção), passará a integrar o Calendário Oficial de Eventos do Município de Natal.

Ao final do encontro, os parlamentares designaram o vereador Sueldo Medeiros (PROS) como relator do projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) 2021. A matéria é uma das mais importantes a serem analisadas pela Câmara Municipal neste ano, haja vista que estabelece as metas e prioridades para o exercício financeiro seguinte; orienta a elaboração do Orçamento; dispõe sobre alteração na legislação tributária; estabelece a política de aplicação das agências financeiras de fomento.

19

Mai

Comunicação

Escola da Assembleia do RN abre inscrições para painel online sobre Fake News

Seguindo a programação dos cursos oferecidos à comunidade, a Escola da Assembleia abre inscrições para um painel online que terá como tema as fake news, com enfoque no ambiente eleitoral. A palestra acontece nesta quarta-feira (20), às 19h e será ministrada pelo advogado, Felipe Cortez, que abordará questões como: O que é permitido na pré-campanha e a diferença entre propaganda e liberdade de expressão. O curso acorrerá via plataforma Zoom.

Para o diretor da Escola da Assembleia, professor João Maria de Lima, a Escola da Assembleia cumpre o papel de informar e capacitar os cidadãos sobre o processo eleitoral, a fim de contribuir não só com quem participa da eleição como candidato, mas como eleitor.

“Dado o momento em que estamos atuando na modalidade ensino a distância e por se tratar de um ano eleitoral, realizaremos este painel com a intenção de contribuir com esclarecimentos importantes sobre o que rege a legislação eleitoral vigente”, disse João Maria de Lima. As inscrições podem ser feitas pelo link https://forms.gle/4C5DLoe3tWFmxgXn8

18

Mai

Comunicação

Webinar “Gestão de Crise: lições da pandemia” terá João José Forni e Alexandre Macedo nesta quarta-feira, 15h

O Blog da Juliska segue promovendo webinares para discutir questões relevantes e atuais com especialistas. Nesta semana, na quarta (20), a partir das 15h, o tema “Gestões de Crise: lições da pandemia” será debatido com um dos maiores profissionais de gestão de crises do país, o professor João José Forni, autor do best-seller “Gestão de Crises e Comunicação - o que gestores e comunicadores precisam saber para enfrentar crises corporativas; e com um grande nome do marketing político e governamental, o publicitário Alexandre Macedo. 


O webinar pode ser acompanhado ao vivo no Canal do YouTube Blog da Juliska TV. Inscreva-se no link https://bit.ly/2ZcEU7T e acione as notificações para ser avisado do início da transmissão.

15

Mai

Comunicação

Viver Bem completa 18 anos estreando programa com lives

O programa Viver Bem, apresentado por Juliana Garcia e veiculado pela Band RN, completa 18 anos e se renova em tempos de pandemia. Neste sábado, 16, um novo formato irá ao ar 100% realizado com lives. As entrevistas, que eram realizadas em estúdio, foram adaptadas com cenário virtual e agora se transforma no primeiro programa com este formato no país. 

“É um marco pois estamos há 18 anos no ar e nos tornamos o maior canal especializado em saúde do RN. Fico feliz em estrear um novo formato em que podemos garantir as melhores entrevistas e também cuidar da segurança de nossos entrevistados que agora podem falar direto de suas casas” afirma Juliana Garcia.

A novidade foi destaque no UOL, na coluna de Flávio Ricco, uma das mais importantes do universo da TV brasileira.

O programa Viver Bem vai ao ar todos os sábados, 9h, na Band RN.

15

Mai

Comunicação

Defensoria Pública do RN lança espaço de acolhimento virtual para vítimas de violência doméstica

A Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Norte criou um espaço de acolhimento virtual em seu site para atender demandas de mulheres vítimas de violência doméstica e familiar. A iniciativa se chama “Juntas: justiça e atendimento para elas” e já está disponível para acesso através do site www.defensoria.rn.def.br 

Através dessa ferramenta, a vítima terá acesso a um formulário on-line simples e direto em que poderá apresentar sua primeira denúncia, suas dúvidas, bem como reportar descumprimento de decisões judiciais anteriores. A proposta é criar mais um espaço para que a mulher possa entrar em contato com a instituição de forma silenciosa e segura, considerando o contexto de isolamento social. 

“As demandas enviadas pelo site são destinadas diretamente ao Núcleo de Defesa da Mulher Vítima de Violência Doméstica e Familiar (Nudem) para que sejam analisadas e devidamente respondidas”, explica a coordenadora do Nudem Natal, a defensora pública Maria Tereza Gadelha. Além do acolhimento através do “Juntas”, as vítimas de violência doméstica e familiar também contam com uma linha de whatsapp exclusiva para seu atendimento, (84) 99695.8936, como também podem enviar um e-mail diretamente para o nudemnatal@dpe.rn.def.br.

15

Mai

Comunicação

Estudo: público atualmente prefere animações e programas familiares no streaming

Os hábitos e preferências de entretenimento nas plataformas de streaming estão mudando, segundo um levantamento feito pela firma de pesquisa Reelgood. De acordo com os dados, pessoas em quarentena por causa do avanço da pandemia da COVID-19 estão preferindo animações e opções mais familiares de programas na Netflix, Amazon Prime e outros players do setor.

Segundo o estudo, a constante recorrência de más notícias relacionadas ao novo coronavírus (SARS-CoV-2), como novas infecções, atualizações nos números de mortos pela COVID-19 e afins, vem fazendo com que adultos procurem opções mais leves de entretenimento, como se isso fosse uma espécie de “válvula de escape” da realidade atual.

Quebrando em números: animações e programas familiares entre os meses de março e maio de 2020 lideram o ranking de aumento de audiência, com 21,66% e 16,95%, respectivamente. Nesse mesmo ritmo, encontramos também filmes e séries cult (15,30%), musicais (12,59%), ficção científica (9,89%) e, finalmente, comédias (6,32%).

No sentido oposto, filmes policiais e séries baseadas em crimes tiveram a maior queda de audiência nas plataformas de streaming (11,80%), seguido por produções de horror (8,38%), história (8,01%), romances (7,95%), guerra (7,43%), documentários (5,92%) e biografias/biópicos (5,65%).

As conclusões do estudo encontram eco em representantes da indústria: “Nossos clientes estão apostando mais nas animações”, disse à Forbes o presidente e fundador da Titmouse, Chris Prynoski, cujo estúdio é responsável pela produção de séries como Big Mouth e Star Wars: Galaxy of Adventures. “Eles ainda não têm ideia de quando poderão retomar filmagens em live action. Com as animações, ainda que elas levem um tempo enorme [de produção], eles sabem que não haverá cancelamentos”.

O estúdio Titmouse ainda ressalta que a animação traz outra vantagem em relação às filmagens ao vivo: a colaboração online. Uma das razões pelas quais produções em desenho ainda encontram sucesso em um mundo totalmente isolado é porque diversos representantes deste gênero investiram na aquisição ou assinatura de tecnologias de trabalho remoto e automatizado. Tais ferramentas permitem que projetos sejam conduzidos desde o primeiro roteiro, passando pelo storyboard até a edição final de vídeo por vários profissionais que, singularmente, estão trabalhando de casa.

Fonte: Canaltech, disponível em: https://canaltech.com.br/series/estudo-publico-atualmente-prefere-animacoes-e-programas-familiares-no-streaming-164870/

12

Mai

Comunicação

Comissão da Câmara de Natal aprova projetos nas áreas da Educação, Transportes e Direitos Humanos

Nesta segunda-feira (11), a Comissão de Legislação, Justiça, e Redação Final da Câmara Municipal de Natal, presidida pela vereadora Nina Souza (PDT), apreciou projetos legislativos em reunião ordinária realizada no plenário da Casa. Além da presidente da Comissão, estiveram presentes os vereadores Luiz Almir(PSDB), Preto Aquino (PSD), Kleber Fernandes (PSDB), Ana Paula (PL), Sueldo Medeiros (PROS) e Fúlvio Saulo (Solidariedade).

Entre as matérias aprovadas, está uma do vereador Preto Aquino que obriga empresas que operam por concessão pública no transporte coletivo da capital potiguar a informar ano, placa e código Renavam de todos os veículos em circulação. Também foi acatado projeto apresentado pelo vereador Chagas Catarino (PSDB) que institui a Semana de Conscientização e Combate ao Crime na Internet nas escolas municipais.

Duas matérias da vereadora Júlia Arruda (PCdoB) receberam parecer favorável. A primeira cria o Projeto Área Verde no âmbito das bibliotecas municipais e bibliotecas das escolas da rede municipal de ensino com espaços reservados para publicações voltadas para a temática do meio ambiente, entre outras atividades; já a segunda garante isonomia entre homens e mulheres nas premiações concedidas pela Administração Pública Municipal. 

Na sequência, o colegiado aprovou proposições sobre a apresentação de relatório acerca da evasão e abandono escolar aos Conselhos Tutelares do Município e utilização de material publicitário, nos veículos de transporte escolar de Natal, com o intuito de combater o bullying e a pedofilia. 

12

Mai

Comunicação

Ao vivo: Violações contra a mulher será tema de discussão pela OAB/RN

A Comissão de Apoio à Advocacia Iniciante (CAAI) da OAB/RN promoverá nesta quarta-feira (13), a live:“Já aconteceu comigo!: violações contra a mulher nos espaços públicos e privados”, às 19h, via Canal da OAB/RN no Youtube. A programação discutirá a questão do isolamento social e o aumento dos índices de violência doméstica e feminicídios. Na ocasião, as advogadas Carla Coutinho, Mariana de Siqueira e a promotora de Justiça, Érica Canuto debaterão a temática.

O projeto foi idealizado com o objetivo de trazer a discussão de gênero, partindo da premissa que os espaços jurídicos, por serem historicamente ocupados por homens, tornam-se inóspitos ao feminino, assim como outras profissões e espaços públicos de forma geral, nos quais tornam-se cada vez mais evidente as inúmeras expressões de machismo e sexismo que culminam em sua expressão mais feroz: o feminicídio.

12

Mai

Comunicação

Escola da Assembleia inicia novos cursos virtuais com inscrições abertas ao público

Dando sequência às suas atividades, a Escola da Assembleia abre esta semana novos cursos virtuais com inscrições abertas ao público em geral. Na próxima sexta-feira (15), a Escola promove o curso online de Eneagrama das Personalidades, ministrado pelo professor Francisco Dehon, com carga horária de 10h. Estão sendo disponibilizadas 12 vagas.

Outra atividade online é a palestra sobre Inteligência Emocional, com carga horária de 2h, que será proferida pela coach Rafaela Sales, com 30 vagas. As inscrições podem ser feitas pelo aplicativo da Escola da Assembleia. Outra oportunidade que será oferecida esta semana é a Oficina de Planejamento Estratégico, com carga horária de 24h.

A oficina será ministrada pela professora Paulinea Marise Lima de Araújo, com exclusividade para os servidores que integram a Comissão de Planejamento Estratégico da Assembleia Legislativa. Está previsto também, com data a ser confirmada, o curso básico de Excel, destinado ao setor financeiro da ALRN e demais servidores da Casa, com 30 vagas.

“Estamos no aguardo para iniciar um curso básico de excel, on-line, destinado ao setor financeiro da ALRN e demais servidores da ALRN, com 30 vagas”, disse o professor João Maria, diretor da Escola da Assembleia.