Comunicação, estratégia e mercado

O Blog da Juliska é um espaço para falar sobre os temas acima e ainda trazer dicas, abordar as tendências, acompanhar novidades do mundo corporativo, das mídias sociais e do mercado publicitário. Interaja comentando nos posts ou pelo e-mail juliska.azevedo@gmail.com. Conto com sua companhia!

14

Dez

O número de jornalistas presos pelo exercício de sua profissão no mundo todo aumentou pelo terceiro ano consecutivo, segundo relatório do Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ) divulgado nesta quinta-feira (13). No último dia 1º de dezembro, a entidade registrava o encarceramento de ao menos 251 jornalistas, com os regimes autoritários recorrendo cada vez mais à prisão para silenciar críticas e dissidências. Os últimos três anos registraram o maior número de jornalistas presos desde que o CPJ começou a compilar estatísticas sobre o tema, com recordes consecutivos em 2016 e 2017. Os dados indicam, lamentou a entidade, que a prisão de centenas de jornalistas se transformou na "nova normalidade".

China, Egito e Arábia Saudita aprisionaram mais profissionais do que no ano passado, ao intensificarem a repressão aos jornalistas locais, e a Turquia continuou sendo o pior carcereiro do mundo pelo terceiro ano consecutivo, com pelo menos 68 pessoas atrás das grades. No continente americano, figuram na lista a Venezuela, com três presos, e o Brasil (segundo o relatório, Paulo Cezar de Andrade Prado, responsável pelo Blog do Paulinho), com um, enquanto nos Estados Unidos, "onde os jornalistas enfrentaram uma retórica hostil e violência física", não há profissionais na prisão, mas houve nove detenções ao longo do ano.

Em meio à retórica global contra a imprensa, diz o CPJ, 70% dos jornalistas foram presos por acusações contra o Estado e 28 acusados de divulgar "notícias falsas". A política foi o tema mais perigoso para a cobertura jornalística, seguido pelos direitos humanos. O número de mulheres jornalistas atrás das grades aumentou, com 33 encarceradas em todo o mundo, incluindo quatro na Arábia Saudita que escreveram sobre os direitos das mulheres. O crescimento no número total de jornalistas presos na China este ano é resultado, em parte, da perseguição de Pequim à minoria étnica Uigur.

"O terrível ataque global contra jornalistas que se intensificou nos últimos anos não mostra sinais de diminuir. É inaceitável que 251 jornalistas estejam presos em todo o mundo apenas por cobrir as notícias", disse o diretor executivo do CPJ, Joel Simon. "O custo mais amplo está sendo suportado por todos aqueles que se importam com o fluxo de notícias e informações. Os tiranos que usam a prisão para infligir a censura não podem ficar impunes."

Fonte: Portal ANJ, disponível em: https://www.anj.org.br/site/component/k2/73-jornal-anj-online/15122-ano-termina-com-numero-recorde-de-jornalistas-presos-no-mundo-diz-cpj.html

14

Dez

O mercado brasileiro de e-commerce passa a contar com índice mensal. Desenvolvida pela BigData Corp. sob encomenda do PayPal, a novidade foi apresentada em almoço nesta quinta-feira, 13, em São Paulo. Realizado no L’Hotel Porto Bay, o encontro contou com presença da imprensa e serviu para evidenciar o intuito da novidade: acompanhar periodicamente a evolução do comércio eletrônico nacional.

Ao apresentar o recurso chamado de “Índice Geral do E-Commerce Brasileiro”, executivos de PayPal e BigData Corp. falaram das métricas e dos números atuais do setor. Um dos destaques pontuados foi o montante de sites que são estudados pelo serviço. De acordo com as informações divulgadas pelos idealizadores, mais de 700 mil páginas do país têm (e terão) seus dados analisados frequentemente.

Apesar de o índice ter sido apresentado na reta final deste ano, o serviço já reúne números desde janeiro de 2017. Com o gráfico divulgado é possível perceber que do começo da análise até outubro de 2018, o segmento saltou da casa dos 300 pontos para 702,77. O nível atual é considerado bom e com tendência de alta. A escala vai de zero a mil, considerando que quanto maior o número, melhor.

indice geral do e-commerce brasileiro - paypal brasil - bigdata corp - grafico

(Imagem: divulgação/PayPal)

  • Elementos do índice

Para calcular o “Índice Geral do E-Commerce Brasileiro” mês a mês, PayPal Brasil e BigData Corp. organizam as análises dos sites em quatro itens: tamanho, crescimento, segurança e conveniência. O “tamanho” mensura a grandeza do mercado de e-commerce em relação à economia do país como um todo. “Crescimento” se refere à intensidade de ampliação (ou retração) do segmento. O pilar “segurança” estuda os riscos apresentados aos usuários das lojas virtuais. “Conveniência”, por sua vez, foca em capturar as vantagens da compra online em relação ao varejo tradicional — nessa parte, ter opções de pagamento auxiliam a ranquear bem.

Auxílio à imprensa

Fora a oportunidade de acompanhar os dados da área de e-commerce e ter insights em torno de sua operação no Brasil, a equipe do PayPal informa que o índice surge com intuito de compartilhar “informações com a mídia e o público em geral”, uma vez que os dados serão divulgados de forma pública. “[São] informações relevantes e que ajudam na análise de um segmento que vem crescendo ininterruptamente”, pontua o PayPal, conforme registrado em comunicado oficial.

Balanço do PayPal em 2018

Além de lançar o “Índice Geral do E-Commerce Brasileiro” e fazer questão de demonstrar interesse em ajudar o trabalho da imprensa que cobre o setor, o evento desta quinta-feira serviu para o PayPal reforçar: o ano de 2018 foi positivo para a empresa. Em setembro, a barreira de 250 milhões de usuários ativos pelo mundo foi ultrapassada. Grandes parcerias, como a com o Itaú Unibanco, foram iniciadas. Aquisições foram feitas e o prêmio Época/Reclame Aqui de “pagamentos online” foi mais uma vez conquistado. Por fim, em novembro, a diretora-geral da empresa no Brasil, Paula Paschoal foi a única executiva latina a figurar na lista das “Rising Talents do Women’s Forum”.

Fonte: Portal Comunique-se, disponível em: https://portal.comunique-se.com.br/paypal-lanca-indice-mensal-do-e-commerce-no-brasil/

14

Dez

A Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (Progesp), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), abre, a partir do dia 26 de dezembro, as inscrições para concurso público destinado ao provimento de cargos para professores do magistério superior nas classes adjunto e auxiliar.

Estão sendo oferecidas 52 vagas, sendo 11 reservadas para pessoas com deficiência. As vagas são distribuídas por unidade de lotação, área, cargo/classe/padrão, regime de trabalho e requisitos para investidura no cargo, conforme o quadro de distribuição anexado no edital.

Os profissionais que assumirem estas funções devem atuar em jornadas de 20 ou 40 horas semanais ou em regime de dedicação exclusiva. As remunerações variam de R$ 2.236 a R$ 10.058 ao mês.

As inscrições ficam abertas até dia 24 de Janeiro de 2019, pelo portal do Sistema Integrado de Gestão de Recursos Humanos (SIGRH), no menu Concursos, onde se encontram disponíveis o edital e o formulário de inscrição. A taxa de inscrição varia de R$ 50 a R$ 220, dependendo do cargo. Os candidatos que desejam pedir isenção devem se inscrever até 18 de janeiro de 2019.

As avaliações consistem em: prova didática, avaliação de títulos e produção intelectual, as quais têm aplicação prevista para acontecer a partir do dia 28 de abril de 2019. O cronograma completo com as demais datas pode ser consultado no edital.

14

Dez

YouTube anunciou hoje (13) que está fazendo uma grande limpeza na plataforma para deletar contas falsas. A empreitada é tão grande que o site resolveu avisar aos youtubers que suas contagens de inscritos podem cair dramaticamente.

Essas contas falsas estão sendo chamadas de spam pelo YouTube, mas o fato é que a Google chegou à conclusão de que elas são ilegítimas e estão sendo usadas para inflar os números de seguidores de determinados canais.

“Nós verificamos regularmente a legitimidade de contas e ações no seu canal do YouTube”, diz o comunicado oficial. “Como parte dessas conferências regulares, nós identificamos e vamos remover dos nossos sistemas um número de inscritos que são, na verdade, spam”.

O objetivo do YouTube com essa ação, além de eliminar contas falsas, é promover um “ambiente justo”, uma vez que criadores podem de fato comprar seguidores para inflar suas contagens de inscritos.

Pior para os pequenos

Grandes canais devem perder uma quantidade absoluta maior de inscritos, mas, na verdade, essa limpeza é mais perigosa para pequenos criadores, especialmente aqueles que estão com cerca de mil inscritos. 1.000 é o número mínimo que o YouTube aceita para que canais possam ser monetizados na plataforma.

“Canais que tiverem uma alta porcentagem de spam e caírem para menos de mil inscritos não poderão mais participar do YouTube Partner Program (monetização). Nós encorajamos esses canais a solicitar novamente a participação no programa assim que tiverem reconstruído sua audiência organicamente”, disse a postagem do YouTube.

Fonte: Portal Tecmundo, disponível em: https://www.tecmundo.com.br/internet/137169-youtube-deleta-contas-falsas-avisa-canais-contagem-inscritos-cair.htm

14

Dez

Facebook anunciou que entregou a maior recompensa já paga a um pesquisador de segurança digital por encontrar um bug em suas plataformas. A recompensa de US$ 50 mil (R$ 194 mil) foi entregue para um de seus mais engajados pesquisadores. As informações são do portal Tecmundo.

Esse profissional conseguiu evidenciar uma forma como apps de terceiros poderiam obter informações sobre postagens específicas sem autorização dos usuários ou mesmo do Facebook. Um exemplo seria uma aplicação receber notificações e contabilizar a quantidade de curtidas em determinado post.

O pesquisador ganhou o prêmio máximo por ter revelado não apenas isso, mas uma série de outros problemas que poderiam ser explorados por agentes mal-intencionados. Dessa maneira, com apenas um reporte, a empresa conseguiu reverter uma brecha de privacidade que poderia afetar milhões de pessoas ao redor do mundo.

O programa de recompensa para pesquisadores de segurança que encontram bugs em plataformas do Facebook é um dos mais antigos e bem estabelecidos da indústria atualmente. Ele foi inaugurado em 2011 e, desde então, já distribuiu mais de US$ 7,5 milhões em premiações como essa.

Contraste

Isso é interessante especialmente considerando que o Facebook teve um 2018 terrível, com múltiplos escândalos. Primeiro veio o problema com a Cambridge Analytica, que se aproveitou de dados obtidos no Facebook para influenciar as últimas eleições norte-americanas para presidência. Depois, foi revelado o primeiro vazamento de dados da história da empresa.

Tudo isso vem corroendo a confiança dos usuários na companhia, o que tem se revertido em números em vários mercados-chave, como os EUA, onde a quantidade de usuários ativos mensalmente no Facebook já indica o início de uma queda.

Fonte: Portal Tecmundo, disponível em: https://www.tecmundo.com.br/seguranca/137171-pesquisador-encontra-bug-recebe-maior-recompensa-paga-facebook.htm

13

Dez

As influências nordestinas transformaram o erudito em uma singular composição apresentada pela primeira vez nesta quarta-feira, 12, em audiência geral com o Papa Francisco, no Vaticano. O momento contou com a participação da Orquestra Sinfônica e do Madrigal da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), cujos acordes, sopros, toques e vozes realizaram a estreia mundial da obra Regina Coeli, do compositor e professor da UFRN Danilo Guanais. Baião, maracatu, modinha, ciranda, samba, lundu e galope foram mesclados em uma mesma peça, criada especialmente para o encontro com o pontífice.

A apresentação incluiu outras composições brasileiras, entre elas Grande Missa Nordestina, do pernambucano Clóvis Pereira, e Magnificat, de Heitor Villa-Lobos. O autor da Regina Coeli, Danilo Guanais, esteve presente no evento que marca o dia de Nossa Senhora de Guadalupe, padroeira da América Latina, comemorado com um repertório rico em brasilidade. A safra musical italiana também foi lembrada, a partir da execução de artistas como Verdi e Ottorino Respighi.

Esse foi o terceiro compromisso da turnê “UFRN 60 anos na Itália: Orquestra Sinfônica e Madrigal”, iniciada dia 9 de dezembro com apresentação na basílica de São Pedro, no Vaticano, e que também passou pela embaixada brasileira em Roma na última terça-feira, 11, com espetáculo conjunto da Orquestra Sinfônica da UFRN (OSUFRN) e do Madrigal. A turnê será encerrada nesta quinta-feira, 13, no Conservatório Licinio Refice da província de Frosinone, onde a OSUFRN dividirá o palco com estudantes locais.

A OSUFRN e o Madrigal da UFRN são projetos de extensão permanentes, em atividade desde 2009 e 1966, respectivamente. A orquestra é formada exclusivamente por alunos provenientes dos cursos técnicos e profissionalizantes, de graduação, mestrado e doutorado da instituição. O Madrigal, por sua vez, agrega estudantes da UFRN e pessoas da comunidade externa.

13

Dez

Estão abertas as inscrições para o Citi Journalistic Excellence Award 2019. O prêmio é promovido pelo Citi há mais de 30 anos, em todos os 98 países onde o banco tem presença. O CJEA reconhece os melhores jornalistas de economia, negócios e finanças do mundo. Os vencedores de cada país participarão de seminários durante duas semanas na escola de jornalismo da Columbia University, além de visitar as sedes de algumas das principais instituições financeiras do mundo, como o Banco Mundial, a Bolsa de Valores de Nova York, o Federal Reserve Bank (Fed) e o Fundo Monetário Internacional (FMI).

A reportagem ganhadora será definida a partir da análise feita por uma comissão formada por profissionais de cinco áreas: acadêmicos, agentes do mercado financeiro, economistas, jornalistas especializados e representantes de associações da área de comunicação. Podem se inscrever editores, repórteres, colaboradores e freelancers com mais de cinco anos de profissão, atuantes na área e que tenham inglês fluente. As matérias inscritas precisam ter sido publicadas entre os dias 1° de janeiro e 31 de dezembro de 2018.

Para mais informações, acesse cjea.com.br.

 

13

Dez

A economia brasileira crescerá 2,7% no próximo ano, impulsionada pela expansão de 3% da indústria e de 6,5% do investimento. O consumo das famílias, outro importante motor do crescimento, aumentará 2,9% em 2019. As previsões estão na edição especial do Informe Conjuntural – Economia Brasileira, que a Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulga nesta quarta-feira (12). No entanto, esse cenário só se confirmará se o governo eleito fizer o ajuste duradouro nas contas públicas, avançar nas reformas estruturantes, como a previdenciária e a tributária, e adotar medidas para melhorar o ambiente de negócios, entre as quais estão a desburocratização.

“O país deve se unir em favor de medidas que impulsionem o desenvolvimento econômico e social”, afirma o presidente da CNI, Robson Braga de Andrade.

Além das estimativas positivas para o próximo ano, o Informe Conjuntural destaca que há espaço para um crescimento maior e sustentado. “Se os avanços na agenda da transformação e das reformas forem substantivos, a resposta dos agentes econômicos poderá ser mais rápida e potencializar o crescimento”, avalia a CNI. “Os consumidores terão confiança para suas decisões de consumo e os empresários maior disposição para investir e contratar”, afirma o estudo. Com esse cenário, a taxa anual de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) poderá alcançar 3% ou mais no segundo semestre.

Por isso, Robson Andrade destaca que não há tempo a perder. “As tarefas são urgentes. É hora de avançarmos mais decididamente na total remoção dos obstáculos ao crescimento, com o enfrentamento de questões antigas, como as graves distorções do atual sistema previdenciário, que está à beira da inviabilidade financeira, e a complexidade do sistema tributário”, diz o presidente da CNI.

Essas e outras medidas prioritárias para o Brasil voltar a crescer estão na Agenda dos 100 Dias – Brasil 2019, que a CNI apresentou à equipe de transição do governo de Jair Bolsonaro. As sugestões foram selecionadas nos 42 documentos que a CNI apresentou aos candidatos à Presidência da República, em julho deste ano. “Há uma expectativa muito grande que o governo Bolsonaro fará  a reforma da Previdência”, afirma Robson Andrade. “Se o governo não conseguir reformar a Previdência terá de apontar outros caminhos para reduzir o déficit público”, completa.

DESEMPREGO E INFLAÇÃO – Outras previsões da indústria para o próximo ano indicam que a taxa de desemprego cairá para 11,4%, a inflação ficará em 4,1%, a taxa nominal de juros básicos da economia alcançará 7,50% ao ano no fim de 2019 e a cotação média do dólar será de R$ 3,78.  A balança comercial fechará 2019 com um saldo positivo de US$ 45 bilhões. A dívida pública continuará subindo e alcançará 79,5% do PIB.

Mas há riscos, sobretudo internos, à concretização do cenário virtuoso previsto pela indústria. De acordo com o Informe Conjuntural, se o país optar por reformas limitadas ou incompletas, a confiança dos empresários e consumidores diminuirá, o que conduzirá o país à estagnação da economia, como ocorreu em 2017 e 2018. O pior, no entanto, é o adiamento ou a opção por não fazer as reformas.

“Essa situação poderá ter um afeito devastador na confiança dos agentes, causando rápida deterioração dos indicadores de risco-país, ativos financeiros e taxa de câmbio, com reflexos na taxa de juros doméstica. Nesta situação, seria possível até mesmo o retorno do quadro de recessão que marcou o meio da década atual”, adverte a CNI.

13

Dez

Toda semana a Netflix retira alguns títulos do catálogo, mas também recebe novas séries e filmes quase que diariamente. É por isso que separamos a lista completa do que entra no serviço de streaming nos próximos 7 dias, para você não precisar perder tempo na hora de procurar as novidades.

Podem comemorar, ó insistentes fãs de Lucifer, a 3ª temporada da série finalmente fica disponível na Netflix Brasil esta semana, assim como a 4ª temporada da comédia Fuller House e o 3° ano de Travelers. Outra novidade é a estreia de Tidelands, a primeira série original australiana da Netflix, que conta com o ator brasileiro Marco Pigossi.

Para finalizar os destaques do mundo das séries: o especial natalino O Mundo Sombrio de Sabrina: Um Conto de Inverno. Mas também chega à plataforma o filme ROMA, do diretor Alfonso Cuáron, a grande aposta da Netflix para conquistar estatuetas na temporada de premiações de 2019.

Confira abaixo os destaques, as datas e a lista completa dos recém-chegados entre os dias 13 e 19 de dezembro.

  • Tidelands

Cal McTeer é uma jovem que volta para casa, na pequena vila de pescadores Orphelin Bay, após dez anos em centros de detenção juvenil e na cadeia. Mas Orphelin Bay está rodeada de mistérios. Quando o corpo de um pescador local é encontrado na praia, a relação clandestina da cidade com contrabando de drogas se torna pública. Cal busca desvendar os segredos da cidade enquanto investiga uma comunidade marginalizada que vive em um local afastado da baía: um grupo de seres sensuais e perigosos metade sereia e metade humanos, os 'Tidelanders'.

  • ROMA

Roma acompanha Cleo (Yalitza Aparicio), uma jovem empregada doméstica que trabalha para uma família em Roma, bairro de classe média na Cidade do México. Como uma declaração de amor em homenagem à mulher que o criou, o diretor Alfonso Cuarón (de Gravidade Filhos da Esperança) revisita sua própria infância para criar um retrato intimista e comovente de uma família tentando manter o equilíbrio em uma época de conflitos pessoais e turbulências políticas na Cidade do México dos anos 70.

  • Fuller House

O clã Tanner-Fuller retorna dia 14 de dezembro para uma nova temporada de amor, risadas e confusões.

  • O Mundo Sombrio de Sabrina: Um Conto de Inverno

"Um Conto de Inverno" é o episódio especial de Natal da série O Mundo Sombrio de Sabrina (Chilling Adventures of Sabrina) e estreia no dia 14 de dezembro na plataforma de streaming. O coven da Igreja da Noite se prepara para o Solstício de Inverno – a noite mais longa do ano –, quando as famílias bruxas se reúnem ao redor da fogueira para cantar canções pagãs e contar histórias de fantasmas. Por outro lado, os amigos de Sabrina e o resto de Greendale celebram o Natal cristão, sem imaginar "as coisas terríveis que podem descer por suas chaminés".

Lista completa de entradas no catálogo da Netflix:

  • 13/12/2018

  1. (2012) K
  2. (2018) Wanted: 2ª temporada
  • 14/12/2018

  1. (2012) A Bala Desaparecida
  2. (2014) Ameaça em Chamas
  3. (2018) Cante e Dance com a Vera (infantil original)
  4. (2018) Cuckoo: 4ª temporada
  5. (2018) Cante e Dance com a Vera: Dance & Sing with True: Canções (infantil original)
  6. (2007) Férias de Verão com Coo
  7. (2018) Fuller House: 4ª temporada (série original)
  8. (2018) Inocente - Uma história real de crime e injustiça (documentário original)
  9. (2018) Narcos na Vida Real
  10. (2007) O Amuleto Sagrado
  11. (2018) O Mundo Sombrio de Sabrina: Um Conto de Inverno (especial de Natal original)
  12. (2018) O Último Guardião (série turca original)
  13. (2018) Por Dentro Das Prisões Mais Severas do Mundo: 2ª temporada
  14. (2018) ROMA (filme original)
  15. (2018) Sin Senos Sí Hay Paraíso: 3ª temporada
  16. (2018) Sunderland Até Morrer (série original)
  17. (2018) The Fix (talk-show original)
  18. (2018) Tidelands (série australiana original)
  19. (2018) Travelers: 3ª temporada (série original)
  20. (2018) Voltron - O Defensor Lendário: 8ª temporada (infantil original)
  • 15/12/2018

  1. (2018) A Voz De Um Sonho
  2. (2017) All of You
  3. (2018) F.R.E.D.I.
  4. (2018) Lucifer: 3ª temporada
  5. (2017) Sad Hill Unearthed
  • 16/12/2018

  1. (2018) Assassinato às Cegas
  2. (2016) Mais Forte que o Mundo - A História de José Aldo
  3. (2018) Springsteen on Broadway (documentário original)
  • 17/12/2018

  1. (2018) O Príncipe de Peoria e o Milagre de Natal (filme original)
  2. (2016) Star Trek: Sem Fronteiras
  • 18/12/2018

  1. (2018) Baki - O Campeão (anime original)
  2. (2018) Ellen DeGeneres: Bem Relacionada (stand-up original)
  3. (2018) Terrace House - Opening New Doors: 5ª temporada

Fonte: Portal Tecmundo, disponível em: https://www.tecmundo.com.br/internet/137114-agenda-netflix-35-series-filmes-estreiam-semana-streaming.htm

13

Dez

Estimativa do Ministério do Turismo aponta para a realização de 75,5 milhões de viagens entre dezembro deste ano até fevereiro de 2019. O resultado é cerca de 2% maior em relação aos números do verão passado. A Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav) também projeta crescimento nas vendas em percentuais entre 18% e 20% no mesmo período.

São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Santa Catarina e Minas Gerais estão entre os estados que serão mais visitados no período das festas de fim de ano (Natal e Réveillon) e das férias escolares em todo o país. Outros destinos que também receberão expressivos volumes de turistas, segundo a projeção do MTur, são Rio Grande do Sul, Paraná, Ceará, Pernambuco e Goiás.

“Tenho batido muito nesta tecla, de que o turismo é um celeiro de respostas positivas pois tem uma capacidade incrível de influenciar positivamente a economia. O aumento do número de viagens gera mais oportunidades de geração de empregos temporários e movimenta o comércio e equipamentos turísticos nas nossas cidades”, avalia o ministro do Turismo, Vinicius Lummertz.

Segundo a Abav, as vendas devem manter a mesma proporcionalidade do verão passado. Ou seja, 60% das vendas para destinos nacionais e 40% para o exterior. “Tivemos uma instabilidade cambial importante este ano, revertida agora, e a projeção é de que a demanda reprimida dos meses anteriores se concretize em vendas para a alta temporada”, comenta a presidente em exercício da entidade, Magda Nassar.

Os destinos de sol e praia lideram a preferência na maior operadora de turismo do país para o período. No Nordeste, estão na dianteira destinos como Porto Seguro, Fortaleza, Maceió, Salvador e Natal. Em outras rotas destacam-se atrativos sem e com litoral, como Foz do Iguaçu, Caldas Novas (GO) e Balneário Camboriú, os dois últimos “devido aos parques aquáticos e de diversão”.

Outra grande empresa do setor, a agência de viagens online Decolar, coloca Rio de Janeiro, Porto Alegre e Natal como destinos nacionais preferidos para o Ano Novo. Entre os dez mais buscados pelo público estão também Foz do Iguaçu, Recife, Florianópolis, São Paulo, Fortaleza, Vitória e Salvador, reforçando a tese de que sol e praia ainda é o segmento mais demandado no país.

MUDANÇA – A operadora CVC identificou nesta temporada uma mudança de comportamento de viagem do brasileiro: “diferente de anos anteriores, quando os brasileiros deixaram a decisão da viagem para a última hora, neste a CVC percebe que o consumidor voltou a se planejar e tem fechado a viagem com maior antecedência, aproveitando as promoções do mercado” comenta a assessoria de comunicação da empresa.

RANKING – Segundo as estimativas do Ministério do Turismo, o estado de São Paulo deverá receber o maior contingente de turistas no período, cerca de 18% do total ou 13,65 milhões de viagens realizadas. Já o Rio de Janeiro, na segunda posição, ficará com 10,3% do volume de viagens, seguido da Bahia, com 9,5%. Santa Catarina e Minas Gerais devem ser destino de 5,86 milhões e 5,3 milhões das viagens que serão realizadas no próximo verão, que começa em 21 de dezembro próximo

Fonte: Fecomércio RN, disponível em: http://fecomerciorn.com.br/noticias/brasileiros-farao-755-milhoes-de-viagens-domesticas-no-verao/