Um estudo realizado por um conjunto de universidades norte-americanas chegou à conclusão de que o “usuário médio” do Facebook nos EUA deletaria sua conta na rede social por um ano caso alguém lhe pagasse US$ 1 mil.

O detalhamento completo da metodologia está disponível no artigo do grupo de pesquisadores neste link. Mas, basicamente, uma série de leilões reais foi realizada em algumas localidades para descobrir qual seria o menor valor possível pelo qual as pessoas aceitariam sair do Facebook.

Apesar de alguns elemenots do formato terem variado entre os leilões, o objetivo comum era de fato o mesmo: encontrar o menor valor que grande parte das pessoas aceitaria como justo para ficar longe do Facebook por um ano. O melhor preço, de acordo com o estudo, foi mesmo os US$ 1 mil, o equivalente a R$ 3,85 mil.

Contudo, caso o Facebook começasse a cobrar uma mensalidade de qualquer valor, os usuários abandonariam a plataforma em massa sem que alguém precisasse pagar um centavo sequer para isso.

O estudo foi idealizado após o primeiro escândalo de privacidade do Facebook, que ocorreu no começo deste ano com a Cambridge Analytica, mas foi realizado antes de o New York Times fazer uma denúncia muito pior. Segundo o jornal, a rede social teria permitido que empresas parceiras observassem usuários e até mesmo lessem mensagens enviadas de forma privada.

Fonte: Portal TechMundo, disponível em: https://www.tecmundo.com.br/seguranca/137387-vale-conta-facebook-americanos-deletariam-us-1-mil.htm