Um Instituto Juvino Barreto totalmente renovado para abrigar, como em um abraço, seus ilustres moradores: os mais de 60 idosos e idosas que têm o abrigo como lar. A união de mais de 80 profissionais – entre arquitetos, jornalistas e empresários – e de amigos do Juvino permitiram a realização de uma das mais completa reformas já feitas em uma instituição filantrópica, totalmente a partir de doações.

Nesta quarta (28), às 19h, esse grupo de profissionais – sob o comando e organização de Chrystian de Saboya, da Casa de Ideias – abrirá a Mostra Elos de arquitetura, uma espécie de Casa Cor social realizada a partir do desprendimento de quem doou tempo, objetos, dinheiro, trabalho e criatividade. São mais de 30 novos ambientes que serão expostos ao público com o capricho impresso por De Saboya, conhecido pelo altíssimo nível e elegância que imprime em todos os seus eventos. “Nós vamos abrir um Juvino totalmente novo”, afirma.

A exposição ao público segue até o dia 11 de dezembro. Para conhecer o novo Juvino, a entrada será R$ 20 ou um pacote de fraldas geriátricas. O Juvino Barreto tem 76 anos de história com todo o seu funcionamento feito de forma filantrópica. Tudo o que foi construído até hoje foi feito exclusivamente através de doações, trabalho voluntário e apoio da sociedade.