Comunicação

16

Jun

Pesquisa mostra desigualdade no acesso a internet entre alunos

A “ineficiência histórica” das políticas de telecomunicações no Brasil gerou uma “elite estudantil” na pandemia, acentuando desigualdades no acesso e na qualidade da Educação. A análise está no relatório Acesso à Internet Residencial dos Estudantes, do Instituto de Defesa do Consumidor (Idec), lançado ontem (15).

“O modesto avanço alcançado pelas políticas de acesso à internet focado exclusivamente nas escolas foi de pouca utilidade quando estas foram fechadas e alunos e professores tiveram que ficar em casa”, diz o texto da pesquisa desenvolvida por Jardiel Nogueira. Os dados mostram que conexão estável, sem restrições, e equipamentos adequados seguem restritos.

Nogueira aponta que “o Brasil não está nessa situação por falta de políticas de conectividade, mas pela falta de efetividade das políticas que já foram lançadas”. Desde 1997, com o Programa de Tecnologia Educacional, que levou os laboratórios de informática para as escolas, e atualmente o Programa de Inovação Educação Conectada (Piec), com foco na conexão da internet para as escolas, aquisição de equipamentos e formação de professores. 

Realidade 

Entre os dados compilados, o relatório destaca que, apesar do avanço no número de usuários de internet nos últimos anos, 47 milhões de brasileiros permanecem desconectados, sendo que 45 milhões (95%) estão na classe C e D/E, conforme números da TIC Domicílios 2019.

Sobre a realidade dos estudantes, levantamento do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) estima que cerca de 6 milhões de alunos vivem completamente sem acesso à internet fixa ou móvel em casa. Além disso, na classe A apenas 11% dizem fazer uso da rede exclusivamente no celular. Nas classes D e E, o percentual salta para 85%.

Para o Idec, “apesar de serem úteis em casos extremos, celulares limitam as possibilidades pedagógicas de produção de conteúdo, pesquisas acadêmicas e uso autônomo para aprendizado, tanto do professor quanto do aluno”.

Internet Aplicativos de mensagem

Outro dado destacado no estudo é de uma pesquisa Datafolha de 2020 a qual mostra que o número de lares que possuem celulares chega a 89% dos estudantes, mas 38% deles precisam dividir o aparelho com outras pessoas da casa.

A maioria das soluções emergenciais adotadas por secretarias municipais e estaduais passou pelo acesso à internet: aplicativo com aulas e materiais para download; portal que centraliza as ofertas pedagógicas e orientações oficiais; dados patrocinados para acesso a serviços pedagógicos sem descontar do pacote de dados; empréstimo, subsídio ou doação de equipamentos para uso dos alunos e/ou professores; doação de chips; transmissão de aulas via TV ou rádio; e disponibilização de material impresso.

“Desde o começo da pandemia a gente alertou que não eram aconselháveis políticas públicas emergenciais que não considerassem a realidade de infraestrutura dos domicílios, acesso a insumos por parte dos estudantes e de suas famílias e foi o que aconteceu. Foram construídas políticas públicas emergenciais de base excludente”, avaliou Andressa Pellanda, da Campanha Nacional pelo Direito à Educação, que participou do lançamento.

Saídas

O Idec destaca como uma medida importante a derrubada do veto ao Projeto de Lei 3477, que garante R$ 3,5 bilhões para conectar alunos e professores em suas residências. “É o maior aporte de recursos da história”, aponta o pesquisador. Além disso, a aprovação do Fundo de Universalização de Serviços de Telecomunicações (Fust) para destravar os recursos necessários para expandir a conectividade nas escolas. 

“Apontamos para a necessidade de se garantir a equidade no acesso à internet para além da pandemia. Educação na internet não é só plataforma, acesso à aula, é equidade no acesso ao conhecimento. É um horizonte a ser buscado”, defendeu Diogo Moyses, coordenador da área de telecomunicações e direitos digitais do Idec.

Fonte: Agência Brasil / Foto: Marcello Casal Jr

14

Jun

BlackRocks Startups e Sebrae-RN lançam programa de transformação digital para mulheres negras do Rio Grande do Norte

Lapidar para o digital é a inspiração da BlackRocks Startups no novo programa de aceleração para a transformação digital de até 20 negócios tradicionais no Rio Grande do Norte. Em parceria com o Sebrae-RN, o hub de inovação preto lança o Quartzo, iniciativa exclusiva para mulheres negras potiguares e que abre inscrições para participação de 1 de junho até dia 4 de julho de 2021. O projeto conta com o apoio do Itaú Mulher Empreendedora, que visa conectar e capacitar empresárias, e da International Finance Corporation (IFC), membro do Grupo Banco Mundial.

“O Quartzo é um programa de aceleração focado na transformação digital e de impacto social de empreendimentos tradicionais liderados por mulheres negras. Um projeto especial da BlackRocks em conjunto com o Sebrae-RN e que vai proporcionar troca de experiências e conhecimentos, com acesso a ferramentas e estratégias para modelar negócios mais inovadores e oportunidades no mercado digital”, explica Maitê Lourenço, idealizadora do Quartzo, fundadora e CEO da BlackRocks. “Maximizar as oportunidades e conexões transformadoras que fomentem a inovação dessas mulheres para que exponenciem seus negócios e potenciais de liderança é nossa entrega inegociável”.
 

A participação no Quartzo é gratuita e podem participar organizações de todos os setores, mas há critérios para a validação das inscrições: pelo menos uma mulher negra na equipe da empresa, o responsável pela inscrição deve ser maior de 18 anos e CNPJ ativo e domiciliado no Rio Grande do Norte. Também é preciso que já exista operação mínima de 6 meses e faturamento no mercado tradicional.

Diferentemente do ecossistema de inovação, o programa surge como um potencializador de empreendimentos tradicionais do Estado, contribuindo para o aperfeiçoamento de técnicas e instrumentos a serem ensinados ou desenvolvidos em mentorias, workshops e palestras. Além disso, a metodologia do Quartzo também conta com a preparação de novos modelos de negócio para o mercado, a troca de conhecimentos entre eles, o ecossistema empreendedor e outros potenciais parceiros.

A duração do programa será de quatro meses, iniciando em agosto e finalizando em novembro deste ano. Segundo o Diretor Técnico do Sebrae RN, João Hélio Cavalcanti, o Quartzo é um marco na atuação da instituição de apoio às micro e pequenas empresas no Rio Grande do Norte e um importante agente de mudança nas perspectivas de sustentabilidade e prosperidade das empresas selecionadas pelo programa. “A transformação digital é mais do que inovação e adoção de tecnologia ou modelo de negócio. É um passo relevante para se chegar a novos mercados, aumentar a competitividade e ampliar a geração de lucro nas empresas dessas mulheres empreendedoras. No programa, nossa missão é apoiar, fortalecer e orientar essas empresas, objetivando garantir a presença delas num contexto mais tecnológico e competitivo”, avalia João Hélio Cavalcanti.

Incentivar e contribuir para que mulheres ocupem mais espaço e posições de autonomia, destaque e poder, motivou muito a criação desta edição do Quartzo. Segundo a CEO da BlackRocks, era preciso buscar apoiadores com propósito alinhado e sólido em relação ao público do programa, então, o encontro com o Itaú Mulher Empreendedora e a IFC foi encaixe muito oportuno.

“O programa Itaú Mulher Empreendedora reúne um conjunto de soluções para inspirar, capacitar e conectar empresárias. Buscamos inspirar e incentivar a partir da história e experiência de mulheres que criam novas referências de liderança e sucesso, além de inseri-las aos ambientes adequados para expandir redes de relacionamento, realizar negócios, parceria e troca de informações. O Quartzo é ligado ao nosso propósito e às entregas que pretendemos fazer para as mulheres negras do Rio Grande do Norte”, explica Luciana Nicola, superintendente de Relações Institucionais, Sustentabilidade e Empreendedorismo do Itaú Unibanco, responsável pelo Itaú Mulher Empreendedora.

Desde o lançamento do Itaú Mulher Empreendedora, a IFC contribui com apoio estratégico, técnico e financeiro para estimular a participação feminina nos negócios e na economia. “A igualdade de gênero está no foco da agenda de desenvolvimento da IFC no Brasil. Criar condições para dar oportunidades às mulheres, especialmente às mulheres negras, no ambiente digital e tecnológico é cumprir com nossa estratégia e também apoiar a inclusão e a expansão das oportunidades econômicas no país”, afirma Carlos Leiria Pinto, Gerente Geral da IFC no Brasil.

A inspiração para o nome do programa está nesse que é o segundo mineral mais abundante da Terra, e o Brasil é um dos países mais rico em variedades de quartzo.  Com estrutura cristalina, a pedra preciosa amplia e purifica energias, possui a capacidade de produzir eletricidade quando submetido a pressão e tem uso diversificado - da construção civil à fibra ótica. Essas características se assemelham ao perfil das pessoas que empreendem: versáteis, diversas, dedicadas, múltiplas. Segundo Maitê, o desenho da iniciativa partiu da uma provocação de mão dupla: trazer as oportunidades do digital para o tradicional e levar as especialidades do offline para o mundo digital.

As inscrições ficarão abertas até 4 de julho de 2021.  Para saber os detalhes e preencher a ficha de seleção, acesse www.blackrocks.com.br/quartzo. As empresas selecionadas serão anunciadas dia 15 de julho, no site do Quartzo e perfis das redes sociais da BlackRocks e do Sebrae-RN.
 
Sobre a BlackRocks Startups
 
A BlackRocks Startups é um hub de inovação que promove acesso à população negra em ambientes altamente inovadores e tecnológicos. Desde 2016, a empresa apoia pessoas e negócios inovadores, lucrativos e tecnológicos, como hub de inovação preto que conecta empreendedores a capital e oportunidades no ecossistema de startups.

Nesses cinco anos, a BlackRocks Startups compôs um portfólio diversificado, que inclui Inquímica, Clube da Preta, Genyzs, InovaQA Tecnologia, Double Dash Studis, Edukarnegócios, EdTechLab, FazerOrçamento.com, Goodchef, GoPhone, OnePercent, SmartDispenser, Trampay, Unicainstacia e Viverde Casa.

Com parceira com Banco BTG Pactual e TikTok, a empresa fomenta o ecossistema e fortalece startups potencializando conexões, capital, empreendedores negros e empreendimentos no Brasil todo com um modelo de aceleração robusto, técnico, justo, profissional e focado em efetividade e resultados. A BlackRocks Startups hoje é referência em capacitação de empreendedores, geração de estudos e pesquisas sobre o ecossistema, aceleração de startups pretas e fomento ao desenvolvimento do setor. Saiba mais em www.blackrocks.com.br.
 

14

Jun

Google Workspace agora é gratuito para todos; veja o que muda

O Google Workspace (antes conhecido como G Suite) se tornou gratuito para todos os usuários nesta segunda-feira (14). A experiência integrada do Google que era exclusiva para assinantes foi liberada para contas comuns, oferecendo facilidades interessantes para produtividade e colaboração em projetos através da Conta Google.

Usuários que não viam vantagem na assinatura do Workspace não terão sua experiência afetada de nenhuma forma. Praticamente, o Gmail continua sendo o mesmo para todos, mas quem utiliza a ferramenta com frequência (principalmente para trabalho) aproveitará a integração do cliente de correio eletrônico com Agenda, Chat, Meet, Docs, Planilhas e Apresentações sem gastar nada por isso.

O Google imagina pessoas comuns experimentando a integração de seus serviços para a realização de atividades em equipe. Em exemplos, a companhia sugere que o Workspaces seja usado para promover causas, ajudar em reuniões familiares ou decidir temas para discussão em clubes de livros. Assim como na época em que era exclusivamente pago, a porta para as ferramentas colaborativas está no Gmail. A partir dele, basta habilitar o Google Chat para acessar a experiência integrada.

Além disso, a liberação do Workspaces também inclui as novidades do Smart Canvas, anunciadas durante o Google I/O deste ano. O pacote inclui uma série de ferramentas para facilitar a colaboração em projetos em editores do Google e, como sempre, um grande reforço na integração de serviços da companhia.

Depois disso, o usuário não deve notar mudanças drásticas, contudo, algumas das capacidades do serviço (como mencionar usuários em tarefas e apresentar documentos, planilhas ou slides diretamente em videoconferências do Meet) já estarão disponíveis.

Google Chat renovado

Ainda nesse pacote, o Google anunciou que as salas do Chat evoluirão para “Espaços”. Segundo a companhia, a mudança ampliará ferramentas organizacionais para equipes de trabalho e tornará a interface mais flexível para “ajudar times e indivíduos” a entenderem tudo que é importante.

Os espaços do Google Chat quase se tornam uma ferramenta completa de comunicação corporativa como o Slack e o Microsoft Teams, mas com a vantagem da ligação íntima ao ecossistema da Gigante das Pesquisas. As adições permitem que contatos colaborem em projetos de forma simplificada e sempre com chats à disposição para fazer comentários.

A ferramenta inclui o encadeamento de tópicos, reações com emojis e uma nova disposição de ferramentas para facilitar a atuação em conjunto. Segundo o Google, o Espaços chegará aos usuários ao longo dos próximos meses.

Novo plano do Workspaces para pequenas empresas

Para ampliar o próprio serviço, o Google também introduziu um novo plano de assinatura, o Workspace Individual. A companhia pretende alcançar os proprietários de pequenos negócios com “capacidades premium” e recursos que não foram incluídos na edição gratuita da integração, como reuniões profissionais mais longas e marcações inteligentes de compromissos no Google Agenda.

A opção de assinatura ainda não está disponível, mas chegará “em breve” para usuários dos Estados Unidos. Por lá, o Workspace Individual custará US$ 9,99 ao mês — a novidade foi confimada para Brasil, Canadá, México, Austrália e Japão, mas o preço por aqui ainda não foi confirmado.

Fonte: Canaltech, disponível em: https://canaltech.com.br/internet/google-workspace-gratuito-para-todos-187182/

13

Jun

Dicas para seu planejamento financeiro familiar dar certo

Infelizmente no Brasil criamos a cultura de não falar sobre dinheiro. Em casa, com os filhos, tratamos do assunto como algo que é só de “gente grande”. Já com os amigos, a tendência é tentar esconder qualquer dificuldade financeira. Até mesmo nas escolas, a educação financeira e previdenciária ainda está longe de ser uma realidade. E como consequência disso temos famílias tentando fazer o controle do seu dinheiro apenas de forma mental, o que tem grande probabilidade de dar errado. 

As finanças, assim como tantas outras áreas da vida pessoal, exige planejamento. Só assim é possível conseguir alcançar metas financeiras, como, por exemplo, quitar dívidas, adquirir um imóvel, custear estudos, ou apenas pagar as contas em dia. Pensando nisso, para te ajudar a dar o pontapé inicial, o analista financeiro da CELOS - Fundação Celesc de Seguridade Social, Leonardo Oliveira de Almeida, separou cinco dicas simples que auxiliam no planejamento financeiro familiar. Confira:

1. Faça um orçamento pessoal/familiar

A base para um controle eficaz das finanças pessoais/familiar é ter clareza sobre quais são suas receitas (recebimentos) e suas despesas. Liste todos os possíveis recebimentos, assim como suas despesas, fixas e variáveis, e ajuste sua rotina de acordo com o resultado. Afinal de contas, para seu planejamento dar certo, respeitar seu orçamento é primordial. Existem diversas ferramentas e aplicativos que nos auxiliam nessa tarefa, mas até mesmo uma simples planilha já é o suficiente para um bom controle financeiro.

2.Evite o consumo supérfluo e desnecessário

Uma armadilha comum e que leva muitas famílias ao endividamento são os gastos desnecessários. Chamamos de armadilha porque existem técnicas de vendas e marketing que nos induzem a acreditar que realmente precisamos daquele produto ou serviço. Além de utilizar gatilhos que nos façam decidir sem pensar, principalmente com frases como: “últimas unidades”, “vagas limitadas”, “somente essa semana”. Antes de tomar uma decisão de compra, faça algumas perguntas a si mesmo e procure ser honesto nas respostas. Eu realmente preciso? Por que preciso? Minha compra é uma necessidade ou um desejo? Pode esperar um momento mais favorável?

3.Torne-se um poupador

Geralmente justificamos nossa dificuldade em poupar por não ter “sobrado” parte dos nossos rendimentos ao final do mês. Poupar e investir exige disciplina, que passa por definir metas e eliminar gastos desnecessários. Ao invés de esperar sobrar, defina um valor mensal para poupar, de acordo com suas possibilidades, coloque em seu orçamento e encare como uma de suas despesas fixas. No primeiro momento, mais importante que o valor é criar o hábito de poupar. Além de garantir uma reserva para emergências e imprevistos.

4.Evite dívidas

Principalmente em momentos de tanta incerteza como o que estamos vivendo, evitar dívidas é essencial. Taxas, multas e juros se não forem contratados com consciência podem consumir boa parte do nosso orçamento. Evite, por exemplo, parcelar faturas de cartão de crédito, ou utilizar o cheque especial do seu banco. Os juros altos dessas operações, muitas vezes, criam a chamada “bola de neve” que pode nos levar a sérios problemas financeiros. Caso você já possua dívidas, procure renegociar ou busque alternativas de crédito mais barato. 

5.Não esqueça das despesas sazonais

Ao fazer nosso planejamento financeiro, não basta pensar somente no orçamento mensal, é preciso lembrar também das despesas sazonais, como IPTU, IPVA, materiais escolares e seguros. Ao incluir essas despesas em nosso planejamento, fazendo uma reserva mensal para essa finalidade, evitamos o endividamento com empréstimos ou juros de parcelamento quando o momento chegar.   

Além disso, para quem quiser se informar mais sobre o assunto, a CELOS possui um programa de Educação Financeira e Previdenciária, chamado “A Escolha Certa”. Ele é composto de ações desenvolvidas em conjunto com as demais entidades de Santa Catarina, que visa conscientizar os participantes dos planos de previdência complementar e seus familiares sobre a importância da organização financeira e previdenciária. Conheça mais sobre o Programa acessando o site www.aescolhacerta.com.br. Lá você encontrará: simuladores, planilhas de orçamento, palestras, vídeos, podcasts, concursos e muito mais.

13

Jun

Pela segurança do usuário, Google Chrome volta a exibir URLs completos

Já tem uns 3 anos que o Google Chrome trabalha para reduzir as URLs exibidas em seu navegador, um projeto que vem muito da ideia de simplificar a interface pro usuário identificar com maior velocidade quais sites e domínios são confiáveis ou não na rede mundial. Esse plano mudou, porém.

Um documento interno avistado essa semana pelo Android Police revela que a companhia começou a reintroduzir a exibição de endereços online completos com a nova atualização do Chrome 91, que foi ao ar essa semana. O tradicional “https://” continua oculto, mas o “www” vai voltar a aparecer e usuário sempre pode retomar a exibição completa clicando no endereço eletrônico com o botão direito e selecionando a opção “Sempre exibir URLs completos”.

O mais interessante é que o próprio Google reconhece a derrota no campo. No formulário, a gerente Emily Stark confirma o fim do dito “experimento de domínio simplificado” escrevendo que este “não moveu métricas de segurança relevantes” e por isso a companhia nem oficializou o lançamento da atualização pro Chrome.

Essa fala é importante pois em tese bota um ponto final no teste polêmico da companhia com seu navegador. Tendo simplificado a exibição dos URLs em 2018 argumentando que eles “não funcionariam de uma boa maneira para mostrar a identidade dos sites”, o Google até chegou a considerar apenas exibir resultados de busca no local do endereço para tornar mais amigável o acesso à rede pelo usuário. Desde as primeiras mudanças, porém, a empresa enfrentou críticas de diversas frentes, com muitos apontando a facilitação de golpes com a ocultação de itens essenciais de identificação do endereço – afinal, sem um “www” ou o “m.” que define a versão para celular, fica muito mais difícil diferenciar sites entre si a partir do endereço.

Fonte: B9, disponível AQUI

13

Jun

Acesso à internet e participação em eventos on-line aumentam na pandemia

Com a necessidade do isolamento social, desde o início da pandemia do coronavírus ocorreu um aumento significativo no uso da internet. Segundo a pesquisa TIC Domicílios 2019, realizada pelo Centro Regional para o Desenvolvimento de Estudos sobre a Sociedade da Informação (Cetic.br), três em cada quatro brasileiros acessam a internet, o que equivale a mais de 130 milhões de pessoas.

Esses números aumentaram em decorrência das pessoas estarem mais dentro de casa, ampliando as possibilidades do que fazer no meio digital, indo desde o trabalho (home office), até o lazer e outras formas de aprendizagem. No período, diversas empresas começaram a desenvolver a transformação digital e outras expandiram ainda mais o mercado online.

Dentre cursos, lives, webinars, séries, filmes e outros formatos, os encontros na rede trouxeram a sensação de estar perto, mesmo que não fisicamente. Uma das criações da pandemia, nascida com a proposta de conectar pessoas, foi a Confraria do Saber, uma comunidade digital da VRS, consultoria de aprendizagem corporativa entusiasta do conceito de lifelong learning, aprendizagem ao longo da vida.

Com encontros online uma vez por mês, os confrades são convidados a sair do automático, de modo a compartilharem suas vivências, o que têm aprendido no período de isolamento, além de partilhas sobre séries, filmes, lives, cursos, livros, rotina e outras coisas que podem ser observadas e encaradas como novas ferramentas de desenvolver o saber e a aprendizagem. O foco do grupo é aprender algo novo em comunidade, expandindo e unindo a diversidade de cada um.

Além dos encontros online, a Confraria do Saber mantém um canal no Telegram e distribui uma newsletter quinzenal, chamada de Menu de Saberes. No cardápio de conteúdos, trazem tendências e insights em formato de menu, fazendo uma analogia com os conceitos aperitivo (assunto leve para começar), entrada (tema mais encorpado), prato principal (tópico mais completo) e sobremesa (conteúdo doce para terminar).

De acordo com Vivian Rio Stella, idealizadora da VRS e da Confraria do Saber, os conteúdos vistos na internet podem trazer grandes aprendizados. “Abra-se para esse mundo retratado na tela, reflita sobre ele, busque mais informações, elabore argumentos, trace os paralelos para sua vida. Uma forma lúdica e útil de desenvolver senso crítico e capacidade interpretativa”, destaca.

12

Jun

Projeto arrecada caixas de leite para confeccionar mantas para pessoas em situação de rua em Natal

Em tempos de reuso de materiais, a criatividade faz com que nosso lixo se transforme em algo útil novamente. Nesse contexto, o Projeto Distribuindo Baraka arrecada caixas de leite vazias para transformar em mantas térmicas e depois distribuir para pessoas em situação de rua.

O grupo conta com voluntários na divulgação, na arrecadação de caixas e também na costura, mas incentiva que outras pessoas possam multiplicar o projeto desde a arrecadação e confecção das mantas. 

Segundo o grupo, são necessárias entre 18 e 30 caixas de leite para a confecção de uma única manta térmica, que é usada para aquecer no inverno e refrigerar no verão. Os integrantes do projeto solicitam que as caixas já sejam entregues cortadas e higienizadas, para que em seguida sejam costuradas com viés de algodão e transformadas nas mantas. 

Para doações em Natal o contato pode ser feito com Daluzinha (9.8812-1652) e em Macaíba com Xandy (9.9100-1235). O endereço para entrega das caixas em Natal fica no bairro de Lagoa Nova, na rua dos Potiguares, número 2515.

8

Jun

Diretor do Detran recebe maior honraria deferida a civis pelo Corpo de Bombeiros do RN

O diretor-geral do Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran), Jonielson Pereira, recebeu na manhã desta terça-feira (08), a Medalha de Honra ao Mérito Major José Osias da Silva. A comenda, que é a maior honraria concedida pelo Corpo de Bombeiros a civis e militares, foi entregue pessoalmente pelo comandante da corporação, coronel Luiz Monteiro Júnior.

Na oportunidade, o diretor Jonielson Pereira ressaltou a importante parceria que existe entre o Detran e o Corpo de Bombeiros Militar. Agradeceu a honraria como um reconhecimento do trabalho conjunto desenvolvido pelas duas instituições em prol do desenvolvimento do Rio Grande do Norte. “Recebo com muita satisfação essa comenda, que fortalece a integração das instituições parceiras e nos aponta que estamos no caminho certo. Agradeço ao Corpo de Bombeiros e nos colocamos sempre à disposição das causas que fortalecem o nosso Estado”, comentou.

A Medalha de Honra ao Mérito Major José Osias da Silva foi criada no âmbito da Polícia Militar em 1995, por meio do Decreto nº 12.836, publicado no Diário Oficial do Estado, edição nº 8.658, de 11 de dezembro de 1995.

Quando da emancipação do Corpo de Bombeiros Militar ocorrida em março de 2002, a instituição promoveu alterações nos arts. 1º, 3º, caput e §§ 1º e 2º, 4º e 5º do Decreto nº 12.836 através do Decreto nº 16.323, de 12 de setembro de 2002.

Com as modificações, a Medalha passou a premiar e distinguir personalidades civis e militares que comprovadamente tenham contribuído para o fortalecimento, progresso, desenvolvimento e credibilidade do Corpo de Bombeiros Militar, perante a sociedade potiguar.

8

Jun

WWDC 2021: confira todas as novidades da Apple para o evento de desenvolvedores

Apple apresentou hoje a edição de 2021 do WWDC, seu principal evento anual para apresentar novidades. Apresentado por diversos funcionários da empresa, a cerimônia trouxe novidades para todas as frentes operacionais da empresa. do IOS à Siri, quase tudo da empresa recebeu ou receberá alguma novidade importante nos próximos meses.

Os recursos serão lançados nos próximos meses, juntamente ao iOS 15 e ao macOS Monterrey. O mais interessante é perceber como a Apple está, finalmente, dando abertura para que alguns de seus produtos e serviços sejam integrados a gadgets de terceiros.

É claro que essa novidade vem com um porém, mas o saldo ainda é positivo: enquanto permite que outras marcas sejam integradas aos seus produtos, a Apple parece se esforçar bastante para que você queira ter todos os produtos da marca, já que há inúmeros recursos exclusivos e focados na integração entre eles.

Abaixo, você confere as principais novidades anunciadas durante o WWDC 2021:

Siri

A assistente virtual da Apple, a Siri, passará a ser uma possibilidade para dispositivos domésticos de outras marcas. Sem entrar em detalhes sobre quais gadgets de quais marcas estarão aptos a ter suporte para a assistente da empresa de Tim Cook, a Apple prometeu que, usando o HomePod como uma espécie de roteador, os usuários poderão integrar sistemas conectados em uma mesma rede.

sirib9

Live Text: Uma das principais novidades foi a nova inteligência artificial da empresa fundada por Steve Jobs. O sistema, nomeado Live Text, permitirá que, pela câmera do seu smartphone ou tablet iOS, você digitalize textos contidos em imagens. Com isso, basta você aproximar a câmera do seu iPhone ou iPad de um cartão de visitas ou anúncio para que ele identifique o número e te permita, com um clique, salvar ou entrar em contato com aquele telefone.

livetextb9

Privacidade em foco: Em tempos de Cambridge Analytica, é claro que a Apple não deixou de falar de suas novidades relacionadas a privacidade. A empresa tornou padrão o processamento local da Siri e atualizou o iCloud, o Safari e o Mail para que os aplicativos tenham maior segurança com os dados do usuário.

A Apple também apresentou o Private Relay, uma espécie de VPN que cria camadas de segurança para ocultar a identidade do usuário e seus dados enquanto navega, além do Hide My Email, que gera endereços secundários e ligados ao seu email original para impedir que sistemas de monitoramento tenham acesso aos seus dados para fins de spam.

appleprivacidade

FaceTime para Android e Windows: O FaceTime terá algumas das novidades mais interessantes dos próximos meses. A Apple confirmou que seu aplicativo de chamadas de vídeo será acessível para usuários de dispositivos Android e Windows pelo navegador. Além disso, o app também terá novos recursos, como a possibilidade de agendar reuniões – em um claro esforço para competir com o Zoom.

facetimeb9

SharePlay: Outro recurso que será integrado ao FaceTime é o SharePlay, que permite que as pessoas assistam a vídeos e ouçam músicas durante videochamadas. Portanto, você e seu amigo poderão ouvir uma mesma faixa do Apple Music, por exemplo, enquanto batem papo pelo FaceTime. O SharePlay também poderá ser usado para que você e seus amigos assistam juntos a um filme ou série do Apple TV, ouçam um podcast do Apple Podcasts ou até mesmo joguem juntos algum título do Apple Arcade.

FaceTime-Shareplay-1024×615

macOS Monterrey: Em agosto de 2020, a Apple revelou o M1, seu primeiro chip próprio e que prometia levar os Mac e os MacBooks a um novo nível. Meses depois, a empresa deu seu próximo passo: anunciou o primeiro sistema operacional macOS que já nascerá nesse mundo do M1: o macOS Monterrey. O sistema virá com foco na integração entre os computadores, tablets e smartphones, além de ter inúmeras otimizações de produtos como o Safari.

macOSMb9

Novos recursos para os AirPods: Os fones sem fio da empresa também terão novidades no iOS 15. Em breve, os AirPods poderão isolar sons específicos do ambiente e serem localizados mais facilmente pelo usuário. O Conversation Boost talvez seja a principal novidade relacionada aos fones, já que permite que o fone potencialize o som de pessoas que estejam de frente para você e te ajude a ouvir melhor quando estiver conversando com alguém em um lugar barulhento.

Apple-AirPods-conversation-boost-feature

Notificações otimizadas: Um dos itens mais questionados pelos usuários dos produtos iOs é a central de notificações. Agora, o iOS 15 trará o Notification Summary, que promete finalmente modernizar o sistema. A promessa é que as notificações serão organizadas segundo sua importância e que o usuário terá mais controle sobre quando elas devem ser exibidas.

iOS 15: notificações ganham nova visualização — Foto: Reprodução/Apple

Novo modo Não Perturbe: O modo Não Perturbe também ganhou uma repaginada, e permitirá que você avise seus contatos quando você não quiser ser perturbado. No iMessage, por exemplo, será possível exibir um status informando que seu aparelho está com o modo Não Perturbe ativado. Haverá ainda como personalizar o recurso, possibilitando que mensagens importantes sejam notificadas mesmo durante o silenciamento do dispositivo.

iOS 15: Focus ajuda usuário a não se distrair com notificações — Foto: Reprodução/Apple

Fonte: Portal B9, disponível em: https://www.b9.com.br/145268/wwdc-2021-confira-todas-as-novidades-da-apple-para-o-evento-de-desenvolvedores/

6

Jun

Brasileiros fora do país podem regularizar situação eleitoral pelo Título Net Exterior

O eleitor brasileiro residente fora do país que não estiver em dia com suas obrigações eleitorais, pode acessar o Título Net Exterior, no Portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), para regularizar o documento cancelado, solicitar o alistamento eleitoral, revisar dados cadastrais e transferir o domicílio eleitoral para a  Zona Eleitoral do Exterior, entre outros serviços.

No espaço, além de solicitar a regularização do título mediante pedido de transferência para o país em que está residindo, também é possível para os eleitores que já têm domicílio eleitoral em países estrangeiros solicitar a revisão dos dados (serviços eleitorais/revisão de eleitor inscrito no exterior).

A regularização do título pode ser realizada a qualquer tempo, salvo em anos eleitorais, quando a inscrição só pode ser requerida até 151 dias antes da data da eleição, pois ao término deste prazo o cadastro eleitoral será fechado.

Após preencher o serviço, o requerimento será analisado pela Zona Eleitoral do Exterior (ZZ), vinculada ao TRE-DF. Essa zona atende os brasileiros que possuem domicílio eleitoral fora do país e os brasileiros residentes no exterior que pretendem se alistar ou transferir suas inscrições para outros países.

Saiba mais sobre os serviços eleitorais no exterior.

Voto obrigatório

Todos os eleitores brasileiros que residem no exterior e têm mais de 18 anos – com exceção dos idosos com mais de 70 anos e dos analfabetos – são obrigados a votar. O exercício do voto, para quem mora fora do país, é exigido apenas nos pleitos para presidente e vice-presidente da República.

Caso esteja ausente do seu domicílio eleitoral no dia da eleição ou impedido de comparecer ao local de votação, o eleitor deverá justificar sua falta mediante requerimento dirigido ao juiz da Zona Eleitoral do Exterior, que deverá ser entregue à repartição consular ou à missão diplomática. O requerimento também poderá ser enviado pelos Correios ou pelo Sistema Justifica.

Mais informações

Nas Eleições Gerais de 2018, 500.727 eleitores brasileiros residentes no exterior estavam aptos a votar em 171 localidades eleitorais de 99 países. Um total de 411.123 eleitores votou para os cargos de presidente e vice-presidente da República. Atualmente, são 516.896 brasileiros aptos a votar fora do Brasil.

Atendimento pelo WhatsApp

A Central de Atendimento Telefônico ao Eleitor da Zona ZZ funciona de segunda a sexta-feira, das 12h às 18h. Além de atender por e-mail (eleitor.exterior@tre-df.jus.br) e pelo telefone (+55 61 3048-1770), a Zona ZZ oferece atendimento via WhatsApp (+55 61 9 9293-9773).

6

Jun

Começa amanhã evento online de transformação digital

O TDWC21, maior conferência online de transformação digital do mundo, promovido pelo TransformaçãoDigital.com, ecossistema que conecta pessoas e empresas à transformação digital, está chegando! Online e gratuito, o evento acontecerá de 7 a 11 de junho e será realizado no palco 3D do TransformaçãoDigital.com. Grandes convidados do Brasil e do mundo estão entre as atrações!

A conferência tem como objetivo espalhar o conhecimento sobre inovação digital para toda América Latina e contará com a participação dos 80 maiores nomes de empresas que fizeram grandes transformações digitais nos últimos tempos. A expectativa é atrair 100 mil inscritos, com público-alvo composto por profissionais de médias e grandes empresas que buscam novas inspirações para inovar em seus respectivos negócios.

Igor Lopes, sócio e diretor de Conteúdo do TD, está à frente das entrevistas. “Enquanto vivemos no mundo pandêmico, acredito que a maioria das pessoas – e também das empresas – entenderam que a tecnologia pode ser utilizada para criar elos entre os indivíduos. Esse é o mote desta edição e por isso priorizamos, na curadoria, pessoas e empresas que estão promovendo essas pontes de conexão. Desde o Orkut, criador da primeira rede social que bombou no Brasil, até o Zoom e Whatsapp, ferramentas que se tornaram presentes na vida de todos nós de uma maneira que jamais imaginávamos”, explica.

Entre os conteúdos abordados estão inovação disruptiva, liderança, futuro do mercado, marketing e vendas, sistemas multidisciplinares, era pós-digital, democratização tecnológica, gestão e cultura, startups, novas tecnologias, estratégias de negócios e experiências transformadoras.

Dentre os destaques do TD Web Conference estão nomes como Orkut Buyukkokten, co-fundador e CEO da Hello Network; a jornalista Rosana Hermann; Luiz Meisler, VP da Oracle; Bia Granja, da YOUPIX; Luiz Pacete, editor-contribuinte da Fast Company Brasil e head de conteúdo da MMA Latam; Franklin Luzes, vice-presidente de Inovação, Transformação e Novos Negócios da Microsoft Brasil; Florian Marcus, conselheiro de transformação digital da Estônia; Ariel Grunkraut, CMTO do Burger King; Leandro Esposito, country manager do Waze; Michael Molinari, executivo de Tecnologia e ex-Universal Studios, e muitos outros.

Todas as informações sobre o TD Web Conference 21, como a lista completa de convidados e inscrições estão disponíveis no site do evento.

5

Jun

ONU reforça a urgência da restauração dos ecossistemas da Terra em 10 anos

Atualmente, cerca de 40% da população mundial já sofre com as consequências do desmatamento, pescas desenfreadas e do aquecimento global. É o que diz o novo relatório da Organização das Nações Unidas (ONU), que também pede aos países que se comprometeram com as causas ambientais que cumpram suas metas. No relatório, a ONU diz que o mundo deve reflorestar cerca de 1 bilhão de hectares de áreas devastadas em dez anos, se quisermos reverter ou adiar os efeitos das mudanças climáticas.

Apesar de 196 países terem assinado o Acordo de Paris, o qual visa combater o aumento da temperatura terrestre provocada pelo aquecimento global, são poucos os que mantêm o compromisso. A ONU alerta não apenas sobre a necessidade do reflorestamento, como também a restauração de rios e dos oceanos. “A necessidade de restaurar ecossistemas danificados nunca foi tão grande”, diz o novo relatório. Toda a degradação está ruindo os ganhos e desenvolvimentos conquistados com muito sacrifício nos últimos anos.

Se, de um lado, ameaça o bem-estar da juventude de hoje e das gerações futuras, por outro, torna ainda mais caro e difícil para que as nações consigam alcançar suas metas. Segundo especialistas da ONU, se não acontecer um grande e poderoso esforço de restauração dos ecossistemas pelos próximos 10 anos, seremos incapazes de atingir qualquer objetivo de desenvolvimento sustentável. E, para isso, as ações devem ir muito além do que simplesmente plantar árvores. A restauração deve incluir mudanças que também restaurem a saúde do solo e da natureza em áreas urbanas, além, é claro, de proteger os ambientes marinhos.

A ONU afirma que, se conseguirmos restaurar apenas uma fração do que solicita, os benefícios serão muitos. O relatório prevê que o reflorestamento de 350 milhões de hectares (terrestres e aquáticos) poderia gerar até 9 trilhões de dólares em serviços relacionados ao ecossistema, e também removeria 26 gigatoneladas de gases de efeitos estufa da atmosfera. Para comparação, apenas em 2019, o mundo emitiu 33 gigatoneladas de CO2. "É fácil perder a esperança quando pensamos na magnitude dos desafios que enfrentamos e na avalanche de más notícias que acordamos todas as manhãs", disse Inger Andersen, diretora-executiva do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma, sigla em inglês).

Estudos apontam o aumento de até 1,5 ºC na temperatura média global nos próximos cinco anos (Imagem: Reprodução/NASA)

Toda a destruição pode nos custar não apenas o meio ambiente e, é claro, a nossa saúde, bem como a economia mundial. Cerca de metade do PIB do mundo vem de recursos da natureza; no entanto, a cada ano perdemos mais desses recursos, que poderiam valer mais de 10% da economia mundial. "Se conseguirmos inverter esta tendência, os ganhos enormes nos esperam", aponta o relatório.

O relatório da ONU pode ser integralmente acessado aqui.

Fonte: Canaltech, disponível em: https://canaltech.com.br/meio-ambiente/onu-reforca-a-urgencia-da-restauracao-dos-ecossistemas-da-terra-em-10-anos-186484/

4

Jun

Telefonia fixa da Cabo Telecom chega ao Agreste e Litoral Sul

A Cabo Telecom, empresa referência em tecnologia de ponta no RN e Paraíba, anuncia a chegada do serviço de telefonia fixa, nos formatos residencial e empresarial, nos municípios de São José de Mipibu, Nísia Floresta, Goianinha, Canguaretama, Monte Alegre, Tibau do Sul e Pipa.

Com o plano de telefonia da Cabo Telecom, o cliente pode fazer ligações DDD, DDI e para celular com as melhores tarifas do mercado. Um dos planos oferta 500 minutos por R$14,50 mensais, com a opção de fazer a portabilidade numérica, ou seja, efetuar mudança de operadora mantendo o número de telefone atual.

A empresa já conta com suporte 24h por telefone e atendimento técnico especializado na região, priorizando a mão de obra local. “A Cabo Telecom tem uma presença bastante consolidada em Natal construída ao longo de duas décadas, e agora, no nosso plano de expansão, estamos olhando com mais atenção para os mercados da região metropolitana”, pontua Cláudio Alvarez, diretor-presidente da Cabo Telecom.

Atualmente, a Cabo Telecom atua em oito cidades da região metropolitana por meio dos serviços da recém-adquirida Cortez Online pelo Grupo Conexão, do qual a Cabo Telecom faz parte. Ao todo, são mais de 135 mil clientes no Rio Grande do Norte e na Paraíba com os serviços de TV, Telefonia e Internet oferecidos pela Cabo Telecom e Cortez Online.

3

Jun

Conteúdo informativo como alternativa para impulsionar e-commerce

A forma de se comunicar mudou muito nos últimos anos e coube às empresas se adaptarem à realidade para manter o contato com seu público-alvo. Nesse cenário, o marketing de conteúdo apareceu como um importante pilar para a comunicação corporativa. Ganha quem consegue aproveitá-lo. É o caso da startup Suprevida, uma plataforma de produtos, serviços e informações de saúde. Desde janeiro de 2019, quando lançou o e-commerce, o conteúdo já era uma prioridade. “Acreditamos que informação relevante está em primeiro lugar, ainda mais em um setor como o nosso, de saúde. Conseguimos ajudar quem precisa e criamos uma relação de confiança com nosso consumidor”, explica Rodrigo Correia da Silva, fundador da empresa. 

Em um mundo cheio de fake news, a Suprevida conseguiu se consolidar como referência no assunto. Em pouco mais de dois anos, foram produzidos dois mil materiais, como artigos, vídeos, entrevistas com médicos especialistas, entre outros. Isso representa mais de 20 conteúdos por semana, um número bastante elevado. Mas para Rodrigo não basta apenas produzir textos e publicar em um blog, é preciso mais. “É interessante que a empresa veja que tipo de informação seu cliente está pesquisando na internet para checar como pode contribuir. Outro ponto de atenção é que os conteúdos precisam estar interligados e disponíveis em diferentes canais”, diz. 

Além do blog, a startup criou uma central de atendimento formada por enfermeiros profissionais, que auxiliam nas dúvidas sobre produtos e ainda esclarecem sobre sua utilização. O atendimento omnichannel fez com que a empresa conquistasse a marca de 90 pontos na avaliação NPS, de satisfação dos clientes. Todo o investimento nessa área está valendo a pena, segundo Rodrigo. “Conseguimos um alcance muito maior dessa forma. Nosso tráfego é 80% orgânico e, com isso, não gastamos fortunas em anúncios em redes sociais. É preciso sempre analisar o valor por cliente adquirido e balancear quanto você está gastando para anunciar nas plataformas”, explica. 

A pandemia da Covid-19 e o lockdown também deram uma força para os acessos ao portal da Suprevida. Por mês, ela está recebendo mais de 110 mil visitas, somando a página do e-commerce e a do blog. Em março de 2021, a plataforma registrou um aumento de 100% na busca por informações sobre Covid-19. Já a procura por tratamentos de feridas em casa cresceu 400%. “Esse movimento acompanhou os picos da doença no nosso país. Durante a primeira onda, percebemos um crescimento e, agora na segunda, foi ainda maior”, diz o executivo, que está otimista com os novos investimentos. Em 2021, a startup espera crescer 19% ao mês, claro, impulsionada pelo conteúdo e informação de qualidade ao cliente. 

 

1

Jun

Aplicativo gratuito ajuda empreendedores com novos negócios

Cientistas do Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia – PPGB, da Universidade Potiguar (UnP) desenvolveram um aplicativo gratuito capaz de auxiliar empreendedores a aperfeiçoarem ideias para novos negócios. A ferramenta, chamada STARGET, foi desenvolvida pelo neurocirurgião André Lima Batista, juntamente ao seu orientador, o professor Francisco Irochima, e já está disponível através das plataformas IOS e Android,

O aplicativo foi criado com o objetivo de ajudar empreendedores e inovadores a selecionar e eleger ideias, projetos e novos negócios. A ferramenta avalia de forma distinta ideias desenvolvidas por startups, por empreendedores individuais ou por colaboradores de empresas ou instituições.

STARGET (junção de STAR, que significa estrela e TARGET, alvo) representa um auxílio metodológico para os novos empreendedores. O neurocirurgião André Lima e o seu orientador, o professor doutor Francisco Irochima, ainda pretendem lançar um livro sobre o método desenvolvido em um evento aberto à sociedade, em breve.

Como funciona?

A partir de um conjunto de perguntas que analisa uma série de aspectos fundamentais para o sucesso de uma ideia, o aplicativo gera um gráfico que reflete o desempenho das respostas em cada aspecto explorado.

O gráfico resultante é comparado com uma estrela composta por 5 pontas e 5 recessos, que representa um desempenho perfeito de uma ideia na avaliação. Além da representação gráfica visual comparativa, um score (pontuação) reflete qual o nível da ideia desenvolvida em relação ao que seria considerado perfeito.

Ao final de todo o processo, o aplicativo ainda fornece um diagnóstico explicativo de como a ideia se comportou ao longo da avaliação em cada aspecto explorado, fornecendo informações que favorecem a manutenção de estratégias promissoras e melhoramentos de pontos fracos e deficiências.

O app está na versão beta de teste e já tem pretenção de expandir o mesmo algoritmo para negócio pertencentes a setores específicos.