Poder Público

9

Nov

Vereadores debatem inclusão de alunos com deficiência com secretária de Educação

Os vereadores da Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência e Mobilidade Reduzida da Câmara Municipal de Natal receberam, nesta segunda-feira (8), a secretária municipal de Educação, Cristina Diniz, que apresentou um balanço sobre o trabalho de inclusão de estudantes com deficiência na rede de ensino.

"Foi uma convocação fruto de visitas às escolas nas quais verificamos a falta de acessibilidade e precisamos saber quando estarão adaptadas, de acordo com a Legislação Federal. Além disso, questionamos sobre denúncias que apontam para estagiários assumindo turmas sem professor auxiliar e recebemos a garantia que haverá a substutição desses cargos. A inclusão precisa ser pensada em todos os aspectos e estamos cobrando que isso aconteça", declarou o vereador Tércio Tinoco (PL), presidente da comissão.

Também participaram do encontro a vereadora Divaneide Basílio (PT) e os vereadores Robson Carvalho (PDT), Herberth Sena (PL), Anderson Lopes (SDD) e, de modo remoto, Pedro Gorki (PT). Eles questionaram sobre como os alunos com deficiência foram atendidos durante a pandemia da covid-19, como está ocorrendo o retorno às aulas presenciais, a questão da acessibilidade e a presença de profissionais especializados. "É importante termos um relatório com o diagnóstico das escolas e CMEIs para termos um norte e continuarmos verificando a estrutura das escolas e a questão da acessibilidade. Dessa forma podemos continuar cobrando a execução dos projetos de inclusão de forma mais célere", destacou o vereador Robson Carvalho, vice-presidente da comissão.

De acordo com a secretária Cristina Diniz, a rede municipal atende a 1.857 alunos com alguma deficiência, sendo a maior parte formada por estudantes com o espectro autista ou deficiência intelectual. Ela também disse que desde 2008 as matrículas desses alunos são feitas de forma antecipada, que o município dispõe de transporte de ônibus escolares adaptados e que conta com professores de libras.

"A Secretaria faz um trabalho não apenas para inclusão na sala de aula, mas também de forma individual, nas salas multifuncionais que temos na rede. O número de alunos com deficiência vem crescendo a cada ano, especialmente os autistas e crianças com microcefalia. Temos trabalhado para diagnosticar esses alunos que são também referenciados para outros serviços necessários, além da escola", destacou a gestora.

Dentro do que foi apresentado pela secretária, a vereadora Divaneide Basílio sugeriu que a comissão retornasse às escolas para conferir o que já está sendo executado e o que ainda é está na previsão . "Foram apresentadas muitas coisas, mas algumas ainda estão sem previsão. Por isso, precisamos ir in loco saber se essa estruturação das escolas é um projeto, se já está concretizado ou ainda em andamento. Além disso, não dá para pensar na escola inclusiva sem valorização profissional, por isso, é importante discutirmos e acompanharmos o cumprimento do piso dos professores", defendeu a parlamentar.

Foto: Francisco de Assis

9

Nov

Minuto da Câmara: Comissão derruba veto à construção de unidade de saúde veterinária

Confira, no Minuto da Câmara, as principais novidades e iniciativas dos vereadores da Câmara Municipal de Natal:

8

Nov

Minuto da Câmara: Comissão da CMN debate preços dos combustíveis

Confira, no Minuto da Câmara, as principais novidades e iniciativas dos vereadores da Câmara Municipal de Natal:

5

Nov

Detran orienta sobre o serviço de renovação online da CNH

Uma das ações do Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Norte (Detran) para facilitar a vida dos cidadãos que dependem da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), foi a possibilidade desse serviço ser realizado de forma online através do site www.detran.rn.gov.br.
 
O cidadão  que antes precisaria se deslocar a uma unidade para realizar o serviço, agora poderá iniciá-lo totalmente online , basta acessar o site, clicar no botão “CNH”, preencher os dados solicitados e agendar o exame na clínica médica.
 
No próprio site será gerado as guias ou código para pagamento via Pix. O cidadão poderá optar por fazer o pagamento da forma que achar melhor. A compensação de pagamento feito pelo Branco do Brasil é imediata, já por outras instituições não. Lembrando que os débitos precisam estar baixados no dia do atendimento para realização dos exames. Por isso, recomenda-se fazer o pagamento o quanto antes. 
 
“O cidadão não precisa mais ser atendido em uma unidade do Detran para iniciar o procedimento, somente precisará se deslocar para fazer os exames nas clínicas credenciadas ao órgão”, explica Rafael Soares gerente do registro nacional de condutores do Detran. Na clínica médica deverá apresentar a CNH( no caso de extravio apresentar Boletim de ocorrência e documento de identificação com foto) , comprovante de endereço, comprovante de agendamento e formulário Renach.
 
Prazos e períodos para Renovação 
 
A resolução nº 862/2021 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) determina a retomada e apresenta os cronogramas com prazos de renovações. A renovação das CNHs e ACCs vencidas nos anos de 2020 e 2021. 
 
Nas duas situações foram especificados prazos distintos compreendendo as vencidas em 2020: meses de fevereiro, março e abril (renovação até 31 de agosto de 2021); maio, junho e julho (renovação até 30 de setembro de 2021); agosto, setembro e outubro (renovação até 31 de outubro de 2021); novembro (renovação até 30 de novembro de 2021); e dezembro (renovação até 31 de agosto de 2021).
 
Para as CNHs e ACCs vencidas durante este ano de 2021, os prazos estabelecidos para as renovações começam a valer a partir de janeiro de 2022, seguindo o seguinte cronograma: vencidas em janeiro (renovação até 31 de janeiro de 2022), vencidas em fevereiro (renovação até 28 de fevereiro de 2022); vencidas em março (renovação 31 de março 2022); vencidas em abril (renovação até 30 de abril 2022); vencidas em maio (até 31 de maio 2022); vencidas em junho (renovação até 30 de junho 2022); vencidas julho (renovação até 31 de julho 2022); vencidas em agosto (renovação até 31 de agosto 2022); vencidas em setembro (renovação até 30 de setembro 2022); vencidas em outubro (renovação até 31 de outubro 2022); vencidas em novembro (renovação até 30 de novembro 2022); vencidas em dezembro (até 31 de dezembro 2022).

5

Nov

Câmara aprova projeto que estabelece regras para ocupação de espaços públicos

Em regime de urgência, a Câmara Municipal de Natal aprovou, durante a sessão ordinária desta quinta-feira (04), o Projeto de Lei n° 382/2021 encaminhado pelo Executivo sobre regras para o uso e ocupação de espaços públicos para instalação de sinalização de vias e logradouros públicos, prestação de serviços, exercício de atividade econômica e realização de eventos diversos de curta duração, mediante os instrumentos da autorização, permissão e concessão. A proposta recebeu emendas individuais da vereadora Brisa Bracchi (PT) e dos vereadores Raniere Barbosa (Avante) e Anderson Lopes (Solidariedade), além de uma emenda coletiva assinada pelas vereadoras Nina Souza (PDT) e Brisa Bracchi, e o vereador Raniere Barbosa.

A iniciativa busca regular, dentre outros pontos, as atividades econômicas informais. Em tempo: considera-se que são espaços públicos municipais as áreas livres pertencentes ao Município, os passeios e as vias públicas e aqueles destinados à realização de atividades comerciais (como mercados públicos e similares). 

"Sem sombra de dúvidas, este é o projeto mais importante que aprovamos este ano, pois regula todos os espaços públicos de Natal condições para que os trabalhadores, sobretudo os informais, possam se organizar. São muitas famílias que sobrevivem por meio de atividades informais, mas sem qualquer segurança jurídica, o que gera preocupações diante da fiscalização efetuada pela Prefeitura", explicou a líder da bancada governista, vereadora Nina Souza.

"Agora, estes comerciantes serão cadastrados, assinarão um termo de compromisso e poderão trabalhar dentro das regras. Da forma que estava o trabalhador estava vulnerável; a qualquer momento poderia ser retirado do local. Com este projeto, todos terão segurança para aguardar o processo licitatório. Cabe ressaltar que o termo de compromisso terá vigência de três anos com a possibilidade de prorrogação por mais três", completou.



O plenário também deu parecer favorável ao texto de autoria do vereador Luciano Nascimento (PTB) que cria a Comenda de Honra ao Mérito Artístico Cantor Carlos Alexandre a ser conferida para personalidades que, reconhecidamente, tenham prestado relevantes serviços para o desenvolvimento da cultura e da arte, em especial a arte musical, na capital potiguar ou que tenham se destacado pela atuação.

"É de conhecimento geral que os movimentos culturais e artísticos, em suas mais variadas formas, representam importantes elementos indutores do desenvolvimento social, familiar, educacional. Neste cenário, trazemos a proposição da criação da Comenda de Honra ao Mérito Artístico Carlos Alexandre, como uma forma de trazer a valorização de tão importante expressão artística, personificada num conterrâneo nosso que, infelizmente, partiu tão cedo, porém em tempo de deixar valorosa produção", defendeu o vereador Luciano Nascimento. 

Foto: Elpídio Júnior

4

Nov

9 startups do Nordeste que você precisa conhecer

O surgimento e amadurecimento das startups na região Nordeste vem diminuindo o antigo “êxodo nordestino” para o Sul e Sudeste do Brasil – e a pandemia foi um dos grandes catalisadores desse processo, devido à popularização do trabalho remoto. As capitais nordestinas têm polos de tecnologia com cases de sucesso relevantes, capazes de atrair investimentos, gerar oportunidades e reter os talentos locais, gerando emprego e renda para profissionais de todos os estados brasileiros.

Hubs como o Manguezal, em Recife; Rapadura Valley, em Fortaleza; e Jerimum Valley, em Natal, são alguns exemplos. Igualmente relevantes, o Caju Valley, em Aracaju, e o Sururu Valley, em Maceió, também movimentam os mercados regionais do Nordeste, que estão consumindo cada vez mais soluções digitais.

Segundo a Associação Brasileira de Startups (Abstartups), o papel dos hubs é unir a maior quantidade possível de startups e entidades relacionadas (como investidores, aceleradoras e especialistas). Dessa forma, os hubs criam densidade para os negócios, um dos pilares essenciais para um ecossistema corporativo saudável.

“Reter negócios é, talvez, o grande fator de sucesso das nossas comunidades. Ver a evolução de um bom volume de empresas que criam oportunidades para que os talentos permaneçam é reflexo de como a região se tornou uma das mais interessantes para negócios digitais, inclusive para as que operam em outras regiões”, afirmou Luiz Gomes, head de estratégias da aceleradora Overdrives, no relatório Mapeamento de Comunidades – Nordeste, realizado pela Abstartups em 2021.

O relatório, inclusive, trouxe dados sobre os impactos da Covid-19 nas startups do Nordeste, constatando que mais de 50% delas não tiveram o faturamento diminuído pela pandemia – pelo contrário: graças a aceleração digital mandatória provocada pelo isolamento social, as barreiras físicas dos negócios e serviços prestados foi eliminada, possibilitando a essas empresas uma maior capilaridade pelo país.

Outros dados interessantes trazidos pela Abstartups: no Nordeste, 22,9% já receberam investimentos, sendo destes 42,3% via investidor anjo. Os faturamentos variam: enquanto 19% faturam de R$ 50 mil a R$ 250 mil, enquanto 4,8% das startups já faturam de R$ 500 mil a R$ 1 milhão.

A seguir, 9 startups nordestinas que você precisa conhecer:

Robox (Natal/RN)

Robox é uma plataforma de e-commerce focada em negócios por assinatura. Focada em atender principalmente o mercado editorial, a Robox é uma plataforma estruturada a partir de uma longa experiência de seus founders no desenvolvimento de softwares para clubes de assinatura. Com pouco mais de 1 ano de operação, a Robox atende clientes como Carta Capital, Revista Elle, Portal Administradores, Revista Exame, dentre outros.

“Antes da Robox, nós já atuávamos num modelo onde nossa base operacional estava em Natal e nosso polo comercial em São Paulo. Com a experiência do trabalho remoto por grande parte do mercado, tudo ficou mais fluido. Tanto na contratação de mão de obra – já temos profissionais espalhados por 6 estados brasileiros, entre capitais e cidades do interior – quanto na prospecção de novos clientes”, afirmou Thiago Lins, diretor de crescimento da Robox.

A startup é acelerada pelo InovAtiva Brasil, o maior programa de aceleração da América Latina, com mais de 1.100 startups brasileiras aceleradas com o apoio de entidades como o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e o Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES).

Agilize Contabilidade Online (Salvador/BA)

Os sócios da Agilize descobriram seu nicho de mercado entre 2012 e 2013, quando perceberam que as empresas de contabilidade não estavam inovando na área. Insatisfeitos com a morosidade dos serviços prestados por essas empresas, os contadores resolveram desenvolver um produto digital que otimizasse serviços contábeis, como abertura de empresas, apuração de impostos e envio de declarações.

Hoje, a empresa conta com um time experts e app gratuito, em que os clientes podem acompanhar seus processos com mais facilidade. “Nossa assessoria contábil economiza mais de R$ 3 milhões por mês para os nossos mais de 10.000 clientes”, afirmou o CEO Rafael Caribé no site da Agilize. A empresa já recebeu investimentos da Google Developers Launchpad Accelerator e tem faturamento mensal de mais de R$ 1,5 milhão.

 

T.I Saúde (Recife/PE)

Com a necessária aceleração digital imposta pela pandemia, a área de saúde passou por imensos desafios. Entre eles, a necessidade de consolidar a telemedicina como prática recorrente em consultórios e hospitais. Nesse cenário, a healthtech recifense T.I Saúde deslanchou, atuando em parceria com os setores de saúde pública e na rede privada. Além de viabilizar um ambiente de consultório virtual que supria as necessidades impostas pela pandemia, com agendamento, fila de espera e teleconsulta, a empresa também atua na digitalização de receitas e prontuários.

Em 2017, a startup contou com um investidor anjo do Porto Digital, o parque tecnológico de maior capilaridade na capital pernambucana. Em 2020, conseguiu aumentar a equipe em 100% e hoje atende mais de 7.000 profissionais da área de saúde, com mais de 5 milhões de pacientes ativos em seu sistema. “Nossa tecnologia surgiu com a necessidade de uma gestão eficiente de clínicas, automatizando processos que antes eram feitos manualmente, simplificando o dia a dia do trabalho desses profissionais”, afirmam os sócios no site da empresa.

Tallos (Maracanaú/CE)

Utilizando Inteligência Artificial e Análise de Emoções, a startup Tallos é uma startup de atendimento digital que oferece serviços omnichannel. Sua plataforma integra todos os canais de comunicação entre negócios e clientes em um só lugar, para que as empresas realizem um atendimento ao cliente 100% digital, humanizado e encantador. A Tallos atua nos 26 estados do Brasil, com mais de 7 milhões de atendimentos realizados desde o início da operação, que hoje conta com clientes como o Grupo Camed e o Banco do Nordeste.

A empresa surgiu em 2017 e hoje é parceira do CESAR (Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife), um dos mais relevantes centros de pesquisa e inovação sem fins lucrativos do Nordeste. Além disso, a Tallos conquistou, em 2020, um lugar no hub Cubo Itaú, um dos mais importantes ecossistemas de inovação da América Latina.

Pagcerto (Aracaju/SE)

Diretamente do Caju Valley, hub de startups sergipanas, a Pagcerto é uma plataforma white label que recebe pagamentos, movimenta dinheiro e gera receita para empresas. Focada em integrar negócios à soluções de pagamento, a startup oferece desde cobranças recorrentes e split de pagamentos a links para pagar com cartão de crédito por meios digitais. Assim, as empresas podem oferecer mais formas de pagamento aos seus clientes, diminuindo as taxas de abandono dos carrinhos em e-commerces.

“Nosso foco são empresas que tenham ou estejam criando soluções para ERP, marketplace, e-commerce e aplicativos e desejem integrar às nossas APIs de pagamento para oferecer aos clientes serviços financeiros”, afirmou a Pagcerto, que é a primeira empresa sergipana a receber aporte do fundo de investimento em venture capital Criatec 2, criado pelo BNDES com o objetivo de alavancar empresas voltadas à inovação.

Dome Ventures (João Pessoa/PB)

Dome Ventures surgiu com o desejo de desenvolver GovTechs, startups cujo propósito é gerar inovação para a gestão pública, unindo recursos públicos e soluções tecnológicas para movimentar a economia. Pensando neste nicho, a Dome, que é a primeira Corporate Venture Builder com foco em GovTechs no Brasil, oferece infraestrutura, know-how, acesso a canais de mercado, rede de mentores, modelagem de negócios, serviços contábeis e jurídicos, além de suporte nas áreas de marketing, vendas e produto para startups que desejam gerar um impacto social positivo.

“Somos um ecossistema de inovação que cria soluções, conecta empresas e compartilha conhecimento”, afirma a Venture Builder no seu site. Criada em setembro de 2021, a empresa recebeu um aporte de R$ 10 milhões em investimentos, que serão destinados ao desenvolvimento de mais de 30 startups do segmento GovTech. Além da sede em João Pessoa (PB), a Doma contará com filiais em Recife (PE), São José dos Campos (SP) e Brasília (DF).

Compra Ágil (Teresina/PI)

A partir das experiências do CEO Thiago Nunes, que trabalhou por dez anos como vendedor de materiais hospitalares, surgiu a piauiense Compra Ágil, plataforma que agiliza a compra de materiais e insumos para clínicas e hospitais. A ferramenta possui um banco de dados, que relaciona as instituições médicas e os fornecedores, permitindo que as cotações aconteçam de forma mais rápida e menos burocrática.

Solucionando a alta demanda por produtos hospitalares com um produto 100% digital, a startup já fez mais de 1.650 cotações entre 90 fornecedores e 120 compradores. O sucesso da plataforma veio graças ao impulsionamento do Sebrae, que aprovou a Compra Ágil no desafio Sebrae Like a Doctor, que buscava soluções de tecnologia voltadas para a saúde.

ImaginaKIDS (São Luís/MA)

Estimular crianças a escreverem mais pode ser desafiador no ambiente educacional, principalmente na era digital. Mas foi nesse cenário que a EdTech maranhense ImaginaKIDS viu a oportunidade de deslanchar. A plataforma da startup utiliza a tecnologia como ferramenta pedagógica, em que as crianças escrevem seus próprios livros infantis. A empresa oferece uma capacitação aos professores, que orientam os alunos a estimularem a imaginação por meio da contação de histórias no próprio app.

Depois, o material é salvo automaticamente, revisado e impresso pela ImaginaKIDS, que entrega os livros produzidos para as escolas realizarem uma noite de autógrafos com os escritores mirins. A startup, que já ajudou mais de 5.000 crianças a escreverem histórias, foi uma das selecionadas para a etapa final do Startup Invest Summit, ação do Sebrae com a Bossanova Investimentos que investirá R$ 15 milhões em até 50 startups brasileiras.

Doity (Maceió/AL)

Não importa o formato: se o assunto é evento, a Doity está pronta para viabilizar a melhor experiência. O nome da empresa vem da expressão em inglês “Do It Yourself”, ou “Faça Você Mesmo”. E isso não é por acaso: a startup alagoana  oferece a possibilidade de criar eventos em até 5 minutos, empoderando produtores e clientes/usuários com sua plataforma inovadora. Seja a ocasião online ou presencial, a Doity busca tornar sua organização mais fácil, otimizando cadastros, criando sites para os eventos e possibilitando diversas formas de pagamento na inscrição, bem como credenciamento digital e até emissão de certificados.

De simpósios e exposições a shows e feiras de entretenimento, a Doity já realizou mais de 100 mil eventos em mais de 1.500 cidades, acumulando mais de 7 milhões de inscrições na plataforma. A startup contou com um investidor anjo que hoje é sócio da Bossanova Investimentos, uma das maiores venture capitals da América Latina.

Investimento em inovação

Nas últimas décadas, a Confederação Nacional da Indústria (CNI) tem se empenhado para o fortalecimento do ecossistema de inovação e tecnologia no país. Nesse sentido, desenvolve iniciativas como a Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI), criada em 2008, a Plataforma Inovação para a Indústria, além da própria atuação do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e do Serviço Social da Indústria (SESI), por meio de sua rede de institutos e centros de inovação e tecnologia.

Mais recentemente, foi estabelecida uma parceria com o SOSA – empresa global de inovação aberta –, com o objetivo de integrar a indústria e as startups brasileiras aos mais avançados ecossistemas de inovação tecnológica global (saiba mais sobre a parceria). CNI e SOSA entendem que as corporações estão cada vez mais olhando para fora e engajando as startups como um meio de inovar para sobreviver.

4

Nov

Chamada Pública SENAI e CTG Brasil para projetos de hidrogênio verde tem procura aquecida no país

“Missão Estratégica Hidrogênio Verde”, maior chamada pública no país para apoio a projetos de Pesquisa, Desenvolvimento & Inovação (PD&I) com foco em hidrogênio verde – o chamado “combustível do futuro” – foi lançada em outubro pela CTG Brasil em parceria com o SENAI e já está na mira de empresas e instituições de ao menos seis segmentos, dentro e fora do Rio Grande do Norte. O termômetro foi divulgado nesta quinta-feira (3) pelo Instituto SENAI de Inovação em Energias Renováveis (ISI-ER), que coordena nacionalmente a ação.

A Chamada tem R$ 18 milhões, com recursos da CTG Brasil e do SENAI, para financiamento de projetos. Instituições de Ciência e Tecnologia públicas ou privadas, empresas de diferentes portes, startups e agências de fomento de todos os estados do país podem participar. As inscrições seguem até 19 de novembro por meio da Plataforma Inovação para a Indústria: http://www.portaldaindustria.com.br/canais/plataforma-inovacao-para-a-industria/.

Procura

De acordo com Rodrigo Mello, diretor do ISI-ER e do Centro de Tecnologias do Gás e Energias Renováveis (CTGAS-ER), empresas e instituições brasileiras e europeias, ligadas a potenciais projetos, buscam diariamente informações e a procura é considerada aquecida.

“Recebemos provocações de distribuidoras de energia, de empresas de automação de processos, de produção de biogás, de infraestrutura e do setor de combustíveis, além de institutos de pesquisa. O interesse está chegando, por enquanto, de grandes empresas e instituições, mas também esperamos manifestações de pequenas empresas e de startups, com dúvidas e efetiva participação no processo”, disse ele.

Sem revelar detalhes como nomes que já expressam interesse pelo edital, Mello afirma que apenas uma das candidatas é do Rio Grande do Norte e que o momento atual é principalmente de consultas para formatação de propostas.

“As possíveis proponentes estão nos procurando para saber mais sobre o edital, principalmente sobre o que cabe em termos de projetos e limites de financiamento. A nossa resposta nesses casos é: o edital tem R$ 18 milhões, mas não existe limite para os projetos, ou seja, as interessadas podem propor ideias em que elas complementam os recursos necessários, em que entram com contrapartidas ”, observa.

“Da nossa parte, buscamos enxergar nos projetos resultados que gerem negócios na cadeia do Hidrogênio após a fase de desenvolvimento. As melhores ideias serão escolhidas”, ressalta ainda.

Chamada Pública

A Missão Estratégica Hidrogênio Verde foi lançada em 14 de outubro em Natal, durante inauguração do Habitat de Inovação do Hub de Inovação e Tecnologia (HIT) do SENAI-RN. A CTG Brasil foi a primeira empresa do setor de energia a instalar um escritório de inovação no espaço, criado pelo SENAI para estreitar relacionamentos e fomentar projetos de pesquisa, desenvolvimento, inovação e educação em conjunto com as indústrias.

A companhia, parte da China Three Gorges Corporation (CTG) – maior produtora de energia hidrelétrica do mundo – é uma das líderes nacionais em produção de energia limpa.

Uma de suas áreas de interesse, o hidrogênio verde é um gás produzido com o uso de energias renováveis e é apontado mundialmente como alternativa para reduzir os impactos do efeito estufa – substituindo, por exemplo, combustíveis fósseis em meios de transporte e insumos usados na linha de produção da indústria.

A Chamada Pública Missão Estratégica Hidrogênio Verde tem como objetivo impulsionar soluções de PD&I em energia limpa com foco na produção, armazenamento, distribuição e novas fontes, mas também em outras áreas que fazem parte da cadeia de hidrogênio, como mobilidade, indústrias e agricultura.

Os projetos terão prazo máximo de execução de 36 meses, a partir da assinatura do contrato de desenvolvimento de trabalho técnico e científico. Um vídeo disponível no YouTube detalha o edital e outras informações podem ser conferidas na Plataforma Inovação para a Indústria.

4

Nov

LAIS apresenta Plataforma ADA; sistema vai integrar 40 centros de pesquisa e principais fabricantes de vacinas do Brasil

Mais de 60 mil brasileiros já estão totalmente imunizados contra a covid-19, mas não integram o banco de dados e as estatísticas nacionais. Isso porque, até o momento, o país não possui um sistema de identificação, unificado, para os casos de pesquisa. Para resolver esse problema, o Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS/UFRN) lança, no próximo dia 8 de novembro, às 9h, no Hotel Holiday Inn, em Natal, a Plataforma ADA para a Integração de Pesquisas Clínicas, que vai reunir informações de centros de pesquisa e dados de fabricantes de vacina.

O desenvolvimento da plataforma acontece em uma parceria do LAIS junto ao Centro de Pesquisa do Hospital Federal dos Servidores do Estado do Rio de Janeiro (HFSE/RJ), mas já motivou o interesse da Associação Brasileira de Pesquisa Clínica, reunindo mais de 40 centros de pesquisa em todo o Brasil, e dos principais fabricantes de imunizantes, como a Pfizer, AstraZeneca, Sinovac, Janssen. Representantes de todas essas instituições estarão presentes no evento do dia 8. 

Por meio da Plataforma ADA será possível registrar todo o trabalho de pesquisa clínica, realizado com imunobiológicos no Brasil, incluindo o gerenciamento de TCLEs (Termo de Consentimento Livre Esclarecido, assinado pelos voluntários em pesquisa), fases do estudo clínico, cadastro de pesquisadores e participantes, central do pesquisador, central do participante, importação automatizada de dados da pesquisa, cadastro de credenciais para a Rede Nacional de Dados em Saúde , cruzamento de dados clínicos, registro de vacinação, gerenciamento de estoque e incidentes, relatórios gerenciais, declarações de participação e vacinação, alertas e notificações, integração com RNDS e Cartão Nacional de Saúde .

Neste primeiro momento, a Plataforma ADA terá como foco a produção de vacinas, integrando todos os dados de pesquisa clínica para qualquer tipo de imunizante que venha a ser testado no Brasil, com pacientes voluntários, à Rede Nacional de Dados em Saúde, interconectado ao barramento de dados em saúde do Governo Federal. 

De acordo com o professor Ricardo Valentim, diretor executivo do LAIS, essa integração permitirá  ao estado brasileiro e ao Ministério da Saúde, conhecer todos os dados de pesquisa com vacinas, de maneira integrada em uma única base de dados. Um outro benefício é emitir o certificado de imunização para aqueles voluntários que não tomaram placebo, no decorrer da pesquisa e que estão devidamente imunizados, após a comprovação da eficácia do imunizante pesquisado.

“É mais um marco importante do desenvolvimento da ciência, mostrando a qualidade do desenvolvimento de tecnologia e inovação e a importância disso para o Sistema Único de Saúde no Brasil, algo sendo desenvolvido no Rio Grande do Norte para todo o país, e neste momento, em cooperação com grandes instituições, em âmbito nacional e internacional para o desenvolvimento de imunizantes”, finalizou o diretor do LAIS. 

"Mãe" da Computação

A plataforma ADA foi desenvolvida pelo LAIS e faz uma homenagem à Augusta Ada Byron, também conhecida como a condessa Ada Lovelace, considerada a mãe da computação por ter sido a primeira pessoa a realizar a programação computacional na história. 

Ainda muito nova,  Ada Lovelace ficou amiga e trabalhou com o cientista Charles Babbage, participando de seu projeto sobre a Máquina Analítica - evolução da Máquina Diferencial (que foi criada para executar e imprimir cálculos matemáticos). Entre 1842 e 1843, ela traduziu um artigo italiano sobre o motor e complementou o estudo com um conjunto de observações de sua autoria. Essas notas continham um algoritmo criado para ser processado por máquinas, sendo considerado o primeiro programa de computador já criado. 

Além disso, Ada desenvolveu uma visão sobre a capacidade dos computadores conseguirem realizar muito mais além de meros cálculos, em uma época em que todos os matemáticos estavam focados nesse tipo de ação. 

As notas de Lovelace a respeito da máquina analítica de Babbage foram republicadas em 1953, quase cem anos após sua morte. Essa máquina foi reconhecida como o primeiro modelo de computador já construído, e as notas da matemática ficaram marcadas como a primeira descrição de um computador e de um software.

RNDS

A Rede Nacional de Dados em Saúde (RNDS) é uma plataforma nacional de integração de dados em saúde e é um projeto estruturante do Conecte SUS, programa do Governo Federal para a transformação digital da saúde no Brasil.  O Web Service da RNDS foi desenvolvido para permitir que os Laboratórios de Análises Clínicas compartilhem os resultados de exames de detecção do COVID-19 para a RNDS disponibilizando resultados confiáveis para quem precisa no momento que precisa. A API tem como principais usuários os Laboratórios de Análises Clínicas públicos e privados.

4

Nov

Federações empresariais e CODERN vão elaborar Agenda Propositiva para Porto de Natal

As Federações que representam os setores produtivos do Estado e a Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN) vão apresentar uma Agenda Propositiva para o desenvolvimento do Porto de Natal. A definição da Agenda deverá ser nas próximas semanas. A dinâmica para elaboração das prioridades do Porto e os principais pontos que serão destacados, em uma iniciativa conjunta das entidades e da Companhia, foram definidos nesta quarta-feira (3).

Durante reunião na sede da CODERN, o presidente da FIERN, Amaro Sales de Araújo, sugeriu que, na próxima semana, técnicos das Federações e da estatal que administra o porto se reúnam para um levantamento técnico do que pode ser defendido como prioridade para o terminal portuário. Com isso, os presidentes das entidades e diretores da CODERN voltariam a se encontrar, em aproximadamente 15 dias, para a decisão sobre a Agenda mínima a ser levada aos Poderes Públicos, instituições e sociedade.

“Houve uma excelente receptividade para a elaboração desta Agenda Propositiva, com as Federações da Indústria, do Comércio, do Transporte e da Agricultura alinhadas no sentido de termos essa ação para melhorarmos as condições portuárias do Estado”, disse Amaro Sales.

“O avanço do funcionamento do Porto é importante para o Rio Grande do Norte e seus diferentes setores econômicos, por isso, esse diálogo é positivo e vai ter prosseguimento a partir desse encontro que foi bastante proveitoso”, acrescentou.

O diretor-presidente substituto da CODERN, Ulisses Almeida, destacou que o diálogo com os presidentes das Federações deve ter continuidade com a discussão e detalhamento da Agenda Positiva do Porto. “Vamos avançar nesta Agenda e o sucesso do porto passa por essas parcerias. Essas tratativas serão levadas adiante”, comentou.

Durante a apresentação sobre o potencial portuário do Estado, ele citou que a aprovação da BR do Mar, que está em tramitação no Senado, abre novas possibilidades para a navegação de cabotagem. Também apontou a vocação do Porto de Natal no transporte das frutas frigorificadas e dos equipamentos de energia eólica - o que não impede que pelo terminal passem outros produtos exportados e importados pelo RN.

Os presidentes da FETRONOR (Federação dos Transportes), Eudo Laranjeiras, e da FAERN (Federação da Agricultura), José Vieira, e o diretor da FECOMÉRCIO (Comércio), Luiz Antônio Lacerda também participaram da reunião.

4

Nov

Energias Renováveis: Programa Indústria Mais RN entrevista diretor do CTGAS-ER e do ISI-ER, Rodrigo Mello

O diretor do Centro de Tecnologias do Gás e Energias Renováveis (CTGAS-ER) e do Instituto SENAI de Inovação (ISI-ER), Rodrigo Diniz de Mello é o entrevistado desta quarta-feira (3), do Programa Indústria Mais RN.

A entrevista aborda o protagonismo do Rio Grande do Norte nas áreas de energias renováveis e destaca a alta empregabilidade do setor, trazendo ainda informações importantes sobre inovação na indústria e qualificação profissional.

As novas perspectivas de investimentos em energias renováveis no Rio Grande do Norte se abrem em um momento em que o estado tem a maior potência eólica instalada e prevista no Brasil para os próximos anos, segundo dados da Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEEólica).

Apresentado pela Gerente de Comunicação da FIERN, jornalista Juliska Azevedo, o Indústria Mais RN traz convidados que abordam assuntos relevantes da economia e da indústria, sobre o desenvolvimento do Rio Grande do Norte e também temas nacionais.

O programa acontece quinzenalmente, no canal da FIERN no YouTube. Para assistir, acesse o link: https://www.youtube.com/c/SistemaFIERN.

O Indústria Mais RN também é transmitido todo o sábado na Band Natal, às 13h. Neste sábado (06), o entrevistado será o diretor de Inovação da FIERN, Djalma Barbosa Cunha Jr.

4

Nov

Assembleia Legislativa do RN realiza 2ª Corrida e Caminhada do Servidor

Em comemoração ao Dia do Servidor Público, a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte promove a 2ª Corrida e Caminhada do Servidor, que acontece dia 07 de novembro, com a largada no anexo da Jundiaí, às 6h30.

As inscrições podem ser feitas na Sala de Videoconferência, na sede da Casa Legislativa, entre 8h e 12h. Os servidores interessados devem levar 2 kg de alimentos não perecíveis no ato da inscrição.

Assembleia Legislativa do RN realiza 2ª Corrida e Caminhada do Servidor –  Antenado – Por Eugênio Bezerra

4

Nov

Governo do RN lança concurso voltado à valorização do servidor e ao olhar fotográfico

O Governo do Rio Grande do Norte lança nesta quinta-feira (4) o 1º Concurso de Fotografia “Clique Servidor”, direcionado à valorização do servidor público e ao olhar fotográfico. A iniciativa é da Secretaria de Estado da Administração (Sead), em consonância com o Programa Estadual de Qualidade de Vida e Saúde no Trabalho (PQVST) e com apoio da Secretaria de Estado da Tributação (SET), através do Programa Nota Potiguar. 

A primeira edição do concurso fotográfico tem como tema “Um Olhar sobre o Serviço Público”. O objetivo é retratar a temática proposta sob a ótica dos servidores públicos, através de perspectivas diversas e criativas. Aberto para profissionais e amadores, os participantes poderão explorar em suas fotografias os cenários, recursos humanos ou materiais, situações do cotidiano, manifestações e expressões artísticas, entre outras ações que se relacionem com o tema. 

Podem participar do concurso servidores públicos do Executivo Estadual da administração direta e indireta, autarquias e fundações, entre ativos e aposentados. As fotografias serão avaliadas por meio de júri popular e também por uma comissão julgadora, que analisará as imagens com base nos seguintes critérios: fidelidade ao tema, composição da imagem, criatividade e originalidade. As três selecionadas pela comissão e as três selecionadas por voto popular serão premiadas.

A inscrição deve ser feita, exclusivamente, por meio digital, no endereço www.cliqueservidor.rn.gov.br ou diretamente em https://abre.ai/cliqueservidor. Os interessados deverão preencher o formulário, anexando suas fotografias para concorrer no concurso.

A versão digital de cada imagem deve ser anexada em formato JPG / TIFF ou RAW, colorida ou em preto e branco, com a melhor resolução possível e nomeada com um título sugerido. No formulário, também será preciso escrever um breve relato sobre a fotografia submetida e o local onde foi tirada.

Conforme regulamento do concurso, o prazo para envio dos arquivos é 24 de novembro. A premiação acontecerá em evento previsto para 16 de dezembro de 2021.

Dúvidas sobre o concurso podem ser esclarecidas através do e-mail cliqueservidor@gmail.com.

4

Nov

Projeto que valoriza os líderes comunitários é aprovado na Câmara de Natal

Durante a sessão ordinária desta quarta-feira (03), a Câmara Municipal de Natal aprovou em discussão única o Projeto de Resolução n° 04/2021, de autoria do vereador Milklei Leite (PV), que dispõe sobre a criação no âmbito do município de Natal, a comenda Porta Voz do Povo, a ser outorgada pela Casa anualmente aos líderes comunitários da capital potiguar. Cada vereador poderá indicar para receber a comenda dois líderes de sua preferência que tenham prestado serviços relevantes à sociedade.

"A iniciativa propõe evidenciar os líderes comunitários à sociedade, como dirigentes de associações de moradores e de entidades afins, bem como os cidadãos notadamente considerados importantes em suas comunidades, que, por meio de um trabalho altruísta e compromissado com seus representados, buscam constantemente a melhoria na qualidade de vida das pessoas, sempre colocando os interesses coletivos acima de seus interesses individuais", justificou o vereador Milklei Leite.

Em primeira discussão, foram acatadas as seguintes matérias: PL 111/2020, da vereadora Ana Paula (PL), que institui o Prêmio Empreendedorismo Feminino, PL 90/2021, da vereadora Brisa Bracchi (PT), sobre a inclusão no calendário oficial do município de Natal o “Julho das Pretas”, e o PL 317/2021, do vereador Hermes Câmara (PTB), que cria o Programa Comunidade Participativa. 

Frentes Parlamentares

Os parlamentares também aprovaram, em discussão única, o Projeto de Resolução n° 09/2021 encaminhado pela vereadora Divaneide Basílio (PT) que cria a Frente Parlamentar de Promoção e Defesa das Comunidades Tradicionais e Povos de Terreiro. Na sequência, dois requerimentos do vereador Pedro Gorki (PCdoB) reinstalaram as Frentes Parlamentares da Juventude e em Defesa da Gestão Pública.
 

4

Nov

Minuto da Câmara: Vereadores debatem nova lei relacionada ao transporte público

Confira, no Minuto da Câmara, as principais novidades e iniciativas dos vereadores da Câmara Municipal de Natal:

 

3

Nov

Câmara de Natal retoma atividades presenciais com exigência de comprovante de vacinação

Mais de um ano e meio depois da adoção do Sistema de Deliberação Remota por causa da pandemia de Covid-19, a Câmara Municipal de Natal está retomando as atividades presenciais com a exigência de comprovante de vacinação. O ato da Mesa Diretora da Casa foi publicado no Diário Oficial Município da última segunda-feira (1). 

De acordo com o texto, a medida foi tomada em face da necessidade de estimular a adesão dos servidores da CMN ao plano nacional de vacinação contra o novo coronavírus como forma de garantir um cenário epidemiológico favorável, haja vista que o combate à pandemia e a adoção de ações de prevenção são questões que devem ser enfrentadas por toda a sociedade, e que o esforço para a superação da crise é de responsabilidade conjunta de governos, de empresas e de cidadãos.

Desta forma, além da continuidade dos protocolos sanitários de combate à Covid-19, como o uso da máscara facial, higienização das mãos e distanciamento mínimo, o acesso do público às dependências da Câmara, bem como aos gabinetes parlamentares está liberado para pessoas comprovadamente vacinadas contra a covid-19, em conformidade ao calendário de imunização. 

Os servidores da instituição deverão apresentar no prazo de 15 dias úteis a contar da publicação do ato a comprovação do esquema vacinal. O comprovante de vacinação deverá ser apresentado por meio de qualquer dos seguintes documentos oficiais: aplicativo Mais Vacina; certificado de vacinas digital, disponível na plataforma do Sistema Único de Saúde – ConectaSUS; comprovante/caderneta/cartão de vacinação impresso em papel timbrado, emitido no momento da vacinação pelas Secretarias de Saúde, estadual ou municipal, institutos de pesquisa clínica ou outras instituições governamentais, nacionais ou estrangeiras. O servidor que não atender ao disposto, incorrerá em falta disciplinar passível de sanção, podendo ir da advertência até a suspensão ou mesmo a demissão.

Apesar da volta presencial, os servidores que se enquadrem no grupo considerado de risco, devendo estes, quando possível, ser direcionados para o teletrabalho, todavia, deverão enviar os laudos médicos que atestem sua comorbidade para o seu chefe imediato, juntamente com o requerimento de afastamento das atividades presenciais, que serão decididos pela Coordenadoria de gestão de pessoas.

O presidente da Casa, vereador Paulinho Freire (PDT), frisou que o momento exige responsabilidade e colaboração de todos. "O nosso objetivo é garantir um ambiente de trabalho com reduzido risco de contaminação, preservando a saúde coletiva dos servidores e assegurando um cenário epidemiológico favorável no âmbito do Estado do Rio Grande do Norte. Estamos atentos e continuaremos guiados pelas orientações das autoridades de saúde, como temos feito desde o primeiro dia da pandemia", destacou.