Lazer & Cultura

9

Nov

Comando da 7ª Brigada de Infantaria Motorizada recebe participantes do programa Conheça seu Exército

Nesta segunda-feira (8), o comandante da 7ª Brigada de Infantaria Motorizada, General Rocha Lima, recebeu os participantes do programa Conheça o seu Exército, que visa o estreitar os laços do Exército Brasileiro com os representantes de diversos meios de comunicação, profissionais da área de comunicação social, universitários e representantes da sociedade.

O Comandante da 7ª Brigada de Infantaria Motorizada, General Rocha Lima, realizou a abertura oficial da atividade e deu as boas-vindas aos participantes.

A palestra inicial foi realizada pelo oficial de operações da 7ª Brigada de Infantaria Motorizada do Exército, Tenente-Coronel Melo Franco, no 16º Batalhão de Infantaria Motorizado.

O evento ocorre entre os dias 8 e 11 de novembro.

8

Nov

Complexo Cultural Rampa busca personagens e histórias do local para compor acervo

Complexo Cultural Rampa, localizado exatamente na antiga Rampa, uma das edificações mais importantes de Natal, no bairro de Santos Reis, está em processo de pesquisa para construção do acervo. Com o intuito de resgatar memórias sobre o lugar,  o Núcleo Museológico do projeto Rampa - arte museu paisagem busca narrativas e personagens.

Para isso, foi criado um canal de comunicação direta com o Núcleo, via Whatsapp, onde todos podem compartilhar essas histórias. Pessoas que trabalharam na Rampa, viveram momentos marcantes que envolvem o espaço ou possuem qualquer outra lembrança do local, podem entrar em contato  pelo WhatsApp (84 99191-9680). O Núcleo Museológico pede também que as pessoas indiquem conhecidos que possam ter essas informações.

A curadoria do projeto Rampa - arte museu paisagem é de Gustavo Wanderley e Rafael Bicudo e a coordenação do núcleo museológico está à cargo de Marília Bonas, profissional com reconhecido trabalho na área de Museologia, hoje é diretora técnica do Museu da Língua Portuguesa e do Museu do Futebol.

Segundo Marília, o acervo museológico será composto por referências patrimoniais em ambiente digital. “Estamos mapeando e documentando as ocupações do território não só por meio de arquivos históricos e publicações, mas, especialmente, pela voz dos moradores e trabalhadores, formando, assim, um dos principais núcleos de testemunhos de seu acervo museológico, a ser disponibilizado em plataforma digital. Nesse contexto, o protagonismo de pescadores, marisqueiros e de todo comércio pesqueiro é indiscutível - não só na perspectiva histórica, mas como principal cadeia produtiva a ser visibilizada, apoiada e potencializada em seus saberes e fazeres”, explica.

Localizado na antiga edificação - que foi totalmente reformada pelo Governo do Estado -, o Complexo Cultural Rampa é um dos maiores equipamentos culturais em desenvolvimento no país. Sua área de 11 mil m²  compreende duas salas de exposição, salas educativas, espaço para café e restaurante, recepção, bilheteria, área externa para eventos com até 3 mil pessoas, estacionamento e a calçada Potengi, espaço com visão privilegiada do rio, devolvendo à cidade o acesso à paisagem.

A ocupação artística do complexo, com o projeto Rampa - arte museu paisagem, está sob responsabilidade da Casa da Ribeira, instituição independente e com expertise na elaboração e gerenciamento de projetos culturais, e produção executiva da House Cultura. O projeto está dividido em duas fases e será viabilizado através da Lei Câmara Cascudo de renúncia fiscal (onde empresas destinam parte do seu ICMS para patrocínio cultural). A inauguração será em 2022.

Link para Whatsapp: https://abre.ai/projetorampa

Instagram: instagram.com/rampa.cultura
Site: casadaribeira.com.br/rampa

8

Nov

Multifeira Brasil Mostra Brasil fortalece o artesanato potiguar

A Multifeira Brasil Mostra Brasil enaltece o artesanato do Rio Grande do Norte abrindo espaço para empreendedores exibirem seus produtos.

O evento reúne em seus corredores milhares de peças exclusivas de dezenas de artesãos dos mais variados municípios do estado, entre eles Parnamirim, Natal, São José do Mipibu, Macaíba, Nísia Floresta, Cerro Corá, Caicó, Assu, Mossoró, Ouro Branco, Extremoz, Pendências, São Gonçalo do Amarante, Pureza, Timbaúba dos Batistas, Alto do Rodrigues, São Gonçalo, Ceará-Mirim, Currais Novos, Acari e Passa e Fica.

A variedade de produtos expostos é extensa. Dentre os itens estão tapeçaria, artesanato, vestuário, acessórios, jóias, tecidos, brinquedos, cerâmica, escultura, artigos de decoração, obras de arte, redes, entre outros, que ficam expostos durante o horário de funcionamento da multifeira, que vai até o dia 15, das 16h às 22h na Arena das Dunas.

“As peças da produção artesanal potiguar carregam valores e características peculiares do Rio Grande do Norte, que o artesão transpõe em forma de arte, o que torna cada peça exclusiva e única. A parceria da Brasil Mostra Brasil com o Governo do Estado e prefeituras visa não apenas fortalecer a atividade artesanal no Estado, mas também difundir a vasta cultura potiguar”, afirma o diretor da multifeira, Wilson Martinez.

A participação dos artesãos conta com o apoio do Governo do Estado, através da Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (SETHAS), por intermédio do Programa de Artesanato do Rio Grande do Norte (PROARTE), e de alguns municípios.

A Brasil Mostra Brasil respeita todas as medidas e protocolos de prevenção e distanciamento, incorporando medidas de saúde e segurança, com uso obrigatório de máscara, medição de temperatura, disponibilização de álcool em gel em diversos pontos, controle do número de pessoas que acessam o evento e a exigência do comprovante de vacinação.

Histórico

O evento acontece em Natal desde o ano de 1995 e insere a capital potiguar no contexto das feiras de âmbito nacional. Tem no seu público consumidor o maior destaque, pela fidelidade à Multifeira. Diversas instituições apoiam sua realização que impressiona em visitação. É o maior evento do segmento na capital potiguar.

A Multifeira já possui mais de 80 edições quando somadas as edições dos Estados do Rio Grande do Norte, Bahia, Piauí, Espírito Santo, Alagoas, Sergipe, Pernambuco, Ceará, Pará, Maranhão e Mato Grosso. Na linha do tempo desse evento, uma infinidade de negócios, curiosidades, atrações e momentos marcantes, além do incontestável fomento à economia, turismo e geração de emprego e renda.

Fotos: Divulgação/Arquivo

8

Nov

Brasil é o 2º país que mais assiste filmes e séries online do mundo

Com a pandemia, a receita da grande maioria dos negócios caiu significativamente. Não foi o caso da Netflix.

Com o lockdown ocorrendo em grande parte do país, uma das poucas opções de lazer no confinamento das casas, eram assistir filmes e séries via streaming. Isso fez com que a receita da Netflix tivesse um forte crescimento, num valor de mais de 47% no último ano, totalizando mais de U$ 2,7 bilhões de dólares.

É o que revela um estudo realizado pela plataforma de desconto CupomValido.com.br que compilou dados da Statista e JustWatch sobre os serviços de streaming.

Os brasileiros estão em 2ª lugar entre os que mais utilizam serviços de streaming no mundo, somente atrás dos Estados Unidos. Em seguida ficam Reino Unido e Alemanha, em terceiro e quarto lugar, respectivamente.

As plataformas de streaming mais usadas no mundo

A Netflix é a plataforma de streaming mais usada no mundo, com 53,5% do total de usuários. No último ano, mais de 36 milhões de pessoas se tornaram assinantes da plataforma, que atingiu mais de 200 milhões de assinantes no total.

Em segunda posição fica o Amazon Prime Video, com 12,6%. Em seguida ficam as plataformas Hulu (6,3%), Apple TV+ (3,9%), HBO Max (3,6%) e Disney+ (3,6%).

O mais impressionante é que ao levar em consideração todos os 195 países do globo, o Brasil fica em 3º lugar como um dos países em que os serviços de streaming é o mais barato. Somente a Argentina e a Turquia possuem mensalidades mais baratas que no Brasil. Só para efeito de comparação, o custo da Netflix na Suíça, é mais que o triplo que os brasileiros pagam mensalmente.

As preferidas dos brasileiros

Segundo o estudo, a Netflix é a plataforma mais utilizada no Brasil, com 31% de participação de mercado. Em segundo lugar fica o Amazon Prime Videos (24%), e em terceiro lugar, a recente lançada Disney+ com 12% de participação de mercado.

Os 3 principais tipos de séries preferidos pelos brasileiros são: drama (47,8%), ação (18,3%) e comédia (16%).

Com relação ao preço, praticamente todas as plataformas trabalham com várias categorias, desde a mais básica até a mais completa. As diferenças vão desde a qualidade do vídeo, até a quantidade de dispositivos com acesso simultâneo.

Comparando somente os planos mais básicos os preços variam de R$9,90 a R$37,90. A Apple TV+ e o Amazon Prive Video são as plataformas com os preços mais competitivos, com o valor mensal de R$9,90 cada. Na Netflix o plano mais básico custa R$25,90 por mês.

Ao assinar um único serviço de streaming, o valor do plano é consideravelmente menor que os serviços de TV a Cabo. Porém, quem for assinar mais de um serviço, o valor total no mês pode pesar no bolso.

Quem desejar assinar todos os 11 principais serviços de streaming presentes no Brasil, vai ter que desembolsar o valor de R$ 221 por mês (nos planos mais básicos) e R$ 337,30 por mês (nos melhores planos).

8

Nov

Masp terá seminário online sobre histórias indígenas

O Museu de Arte de São Paulo (Masp) realiza na próxima terça-feira (9) o seminário Histórias Indígenas. Ele será transmitido gratuitamente pela página no Youtube do museu. A atividade antecipa a programação temática da instituição para 2023.

Das 11h às 16h30 serão abordados, por oito convidados, diversos temas relacionados tanto à cultura indígena, como a questões ligadas à luta dos povos originários por direitos.

Pela manhã, Dirce Jorge, liderança espiritual da Terra Indígena Vanuíre, localizada no município de Arco-Íris (SP), vai apresentar os aspectos da espiritualidade que sustentam os modos de ser e pensar do povo kaingang. Também vai falar sobre as considerações que devem ser feitas sobre os elementos do sagrado trabalhados por museus.

Na parte da tarde, o curador e escritor Pablo José Ramírez apresentará reflexões sobre a ancestralidade e contemporaneidade. Ramírez é curador adjunto para povos originários e arte indígena do Tate, museu de arte moderna e contemporânea do Reino Unido.

A programação completa pode ser vista na página do Masp.

Fonte: Agência Brasil

8

Nov

Plataforma reúne informações sobre herança negra brasileira

As heranças culturais que fazem parte da formação do Brasil são tema da plataforma Ancestralidades, que será lançada nesta segunda-feira (8), às 17h. A proposta reúne verbetes, biografias, fatos históricos e mapeia organizações importantes para compreender as questões raciais negras no país. A iniciativa é um trabalho conjunto da Fundação Tide Setúbal e do Itaú Cultural.

Para além de apresentar conteúdo próprio, a plataforma vai fazer ligações com informações produzidas por outros grupos e organizações, a partir de um monitoramento dos temas em discussão na atualidade. “A ideia é que a gente possa fazer um espaço mais forte e consistente, que possa ser um hub [conector] que sistematiza esses trabalhos e que você jogue para os diferentes núcleos que estão dispersos”, disse, em enrevista à Agência Brasil, a presidente do conselho da Fundação Tide Setúbal e idealizadora da proposta, Neca Setúbal.

A Ancestralidades vai oferecer ainda cursos e incentivar pesquisas. Junto com o lançamento, serão feitos encontros mediados pelos conselheiros do projeto: pela escritora Ana Maria Gonçalves, a filósofa Sueli Carneiro e o músico Tiganá Santana. Os encontros, que serão transmitidos ao vivo no Youtube do Itaú Cultural, vão abordar eixos do projeto: democracia e direitos humanos; ciência e tecnologia; artes e culturais. A primeira conversa será no próprio dia de lançamento da plataforma (8), às 17h, com o filósofo e professor da Universidade Federal da Bahia Eduardo Oliveira.

Eixos

A navegação na plataforma pode ser feita tanto a partir dos eixos estruturantes quanto através de uma linha temporal apresentada em uma mandala espiral, em um conceito de tempo não necessariamente linear. Os eventos históricos e biografias foram selecionados tendo como ponto de partida os acontecimentos atuais. “É uma plataforma que traz todo o conceito de ancestralidades a partir do momento presente, com seus acontecimentos principais, histórias e biografias que fizeram chegar nesse momento presente hoje”, enfatiza Neca.

Cultura negra

O conteúdo deve servir como base de pesquisa, na opinião de Neca, não só para estudiosos e grupos que já têm interesse nas questões raciais, mas também para setores que começam, agora, a dar atenção para o assunto. “É um tema que está perpassando toda a sociedade brasileira. Óbvio que está longe de mudar a chave, mas está perpassando a sociedade brasileira nos seus diferentes setores: nas empresas, nas escolas, nas universidades”, acrescenta.

O aproveitamento do material e as possibilidades devem, segundo o diretor do Itaú Cultural, Eduardo Saron. ficar mais claros com a plataforma em funcionamento. “A própria plataforma vai caminhar no sentido de cumprir um papel além das nossas organizações ao ser esse hub [conector] de espaço articulador”, ressaltou em entrevista à Agência Brasil.

O conteúdo, apesar de elaborado com cuidado, não pretende, de acordo com Saron, abranger toda a temática. “A gente não tem essa pretensão de ser exaustivo. A gente é parte do processo que a sociedade e alguns setores têm conduzido”, acrescenta.

Aprendizado contínuo

Dentro dessa dinâmica, a ideia é que, em algum momento, Ancestralidades incorpore também os assuntos ligados às questões indígenas brasileiras. A proposta de aperfeiçoamento contínuo é em si, segundo o diretor da instituição, um dos elementos que leva a construção da plataforma. A Ancestralidades se aproveita de experiências práticas do Itaú Cultural, como a enciclopédia de artes visuais, e de discussões feitas ao longo da trajetória do espaço.

Saron relembra da situação, em 2015, com a peça Mulher do Trem, da Cia Os Fofos, que foi acusada de racismo por usar blackface – atores brancos com o rosto pintado para representar pessoas negras de forma caricata. O espetáculo, que estava em cartaz no Itau Cultural, foi duramente criticado na ocasião pelo uso da prática que tem um histórico racista.

O diretor se refere ao episódio como emblemático para a instituição e para ele mesmo. “Um espetáculo que já tinha 11 anos. Prêmio Shell. Um grupo impecável, tinha uma história no teatro e no campo das artes cênicas”, diz sobre a surpresa ao surgirem as acusações de racismo. “A gente transformou aquela peça que iria ao palco do Itau Cultural em um grande debate. E para nós foi um momento bastante divisor de águas no Itau Cultural para que nós pudéssemos, de fato, tratar desse assunto”, acrescenta como a situação foi contornada, com a peça voltando ao palco sem o uso de blackface.

Dessa forma, Saron considera o lançamento da plataforma como um desdobramento das preocupações que ganharam força naquele momento. “O [projeto] Ancestralidades é um momento de reafirmação dessa trajetória, que a gente tenha uma conversa mais orgânica com o campo para que a gente possa fruir, fomentar e criar processos formativos”, diz.

Ancestralidades pode ser acessada na página da plataforma.

A programação com as rodas de conversa e apresentações musicais que serão transmitidas online pode ser vista na página do Itau Cultural. 

Foto e Fonte: Agência Brasil 

7

Nov

Oitava Mostra de Cinema de Gostoso acontece de 26 a 30 de novembro na Praia do Maceió

Com o pé na areia, sob a luz da lua e vento abundante, as cadeiras “espreguiçadeiras” se espalham ao longo da praia, em São Miguel do Gostoso- RN, para receber a 8ª edição da Mostra de Cinema de Gostoso que acontece de 26 a 30 de novembro. O evento, que possui entrada gratuita, entrou para o calendário turístico oficial do Estado; tem o apoio do Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Secretaria de Estado do Turismo, EMPROTUR -  Empresa Potiguar de Promoção Turística e Prefeitura Municipal de São Miguel do Gostoso.

O palco principal da mostra é a sala ao ar livre montada na Praia do Maceió, onde acontecem as sessões com o melhor do cinema atual. 600 cadeiras espreguiçadeiras acomodam o público para apreciar uma projeção 2K e som 5.1 em uma tela de 12m x 6,5m proporcionando uma experiência imersiva como a de uma sala de cinema de alta tecnologia.  Na programação, lançamentos cinematográficos brasileiros, entre mostras Competitiva, Panorama, Infantil e Sessões Especiais.

 A cidade de Gostoso, antes procurada pelos turistas em função do esporte náutico, beach tennis, futebol de areia entre outras atividades, é agora também pelo Cinema ao ar livre!

A Mostra de Cinema de Gostoso é uma realização da Heco Produções, CDHEC – Coletivo de Direitos Humanos, Ecologia, Cultura e Cidadania e Guajirú Produções; com patrocínio da Lei de Incentivo à Cultura, Lei Aldir Blanc Rio Grande do Norte, Fundação José Augusto, Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal. Apoio: Sebrae RN, BrLab, e apoio institucional da Prefeitura do Município de São Miguel do Gostoso.

5

Nov

Coletivo Cida apresenta espetáculo 'Estado Transitório' neste fim de semana

Com um elenco não-hegemônico, formado por artistas com e sem deficiências, o Coletivo Cida (RN) está realizando uma série de lançamentos especiais para comemorar os cinco anos de resistência em solo potiguar. No último domingo, o grupo estreou o novo trabalho “DO OUTRO LADO DO AVESSO”, e estreia no próximo domingo (7), a remontagem do espetáculo “Estado Transitório”. 

Fundado por Arthur Moura, René Loui e Rozeane Oliveira o Coletivo CIDA é um núcleo artístico de dança contemporânea e performance, fundado no ano de 2016 por jovens artistas emergentes das mais diversas regiões do Brasil e radicados na cidade de Natal, no Rio Grande do Norte, com objetivo da profissionalização e subsistência através da dança. 

“Atravessados pelos impactos da tecnologia trazidos devido ao cenário pandêmico, estamos utilizando ainda mais as tecnologias assistivas como propulsão criativa, redescobrindo as relações entre artista e público, agora, prioritariamente mediadas pelas telas. Desenvolver eventos, ações formativas e produções por meio de ferramentas comunicacionais acessíveis,  é uma vontade que acompanha o coletivo CIDA desde sua criação e que agora, graças à soma de muitos esforços, se torna possível”,  pontua Arthur Moura, um dos idealizadores do Coletivo CIDA.  

A programação comemorativa dos lançamentos, que começou no último domingo (31), segue até o dia 28 de novembro, sempre aos domingos o Coletivo CIDA realiza um novo lançamento, que fica ao ar por 48h. 

Estado Transitório

Dando sequência à programação, no dia 7 de novembro, está a exibição da remontagem de ESTADO TRANSITÓRIO, espetáculo criado no ano de 2018 como uma peça coreográfica com assinatura de René Loui e Rozeane Oliveira. Sua remontagem, agora vem pensada pelas vias de uma produção audiovisual de dança com recursos de acessibilidade comunicacional, através de LIBRAS e audiodescrição. Mainá Santana e Diogo Ricardo são convidados para se unirem a René e Rozeane, para que assim, juntos sejam o corpo desta nova produção. 

A obra, também conta com a parceria da Ilha Deserta Filmes e assim como as demais produções do CIDA, ESTADO TRANSITÓRIO conta com recursos de acessibilidade comunicacional. 

Fragilidade, vulnerabilidade e ao mesmo tempo resistência, são alguns dos estímulos coreográficos utilizados para a criação do espetáculo Estado Transitorio, que se concretiza como uma metáfora sobre a vida do artista independente. A obra traz à tona, por meio da linguagem subjetiva da dança produzida pelo Coletivo CIDA, as realidades, instabilidades e identidades de quatro artistas pretos, residentes da cidade de Natal.
Este projeto conta com recursos da Lei Aldir Blanc - Rio Grande do Norte por meio da Fundação José Augusto, Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal do Brasil 
Somando forças com outros artistas


“A ficha técnica de cada destes novos trabalhos que estão sendo lançados, contam com incríveis profissionais do Rio Grande do Norte ou de diversas outras localidades com quem temos a honra de compartilhar experiências criativas.” declara René, outro dos idealizadores do Coletivo.

Uma das forças a que se soma ao Cida, é o Itaú Cultural. Parceiro de outros lançamentos do grupo como Maré Versão Virtual e Acessível, a Instituição contribui no dia 14 de novembro, com o lançamento ao vivo do livro acessível Dança - Residências Artísticas e Composição em Tempo Real, dentro da programação da "Mostra Dança agora: movendo tempos e trajetórias" do Itaú Cultural com participação do autor René Loui e mediação crítico de dança Daniel Kairoz. A obra apresenta, de modo poético, inclinações, diálogos e tangência dos processos criativos do autor René Loui dentro do Coletivo CIDA. 

O Grupo Cena 11 é outra potência que mistura seu jeito de criar com o coletivo sediado em Natal.  Sediado no sul do Brasil, em Florianópolis (SC), o Cia de Dança é considerado uma das mais importantes companhias de dança contemporânea do país. Com interlocução coreográfica e dramatúrgica de Alejandro Ahmed, diretor do Cena 11,  o fragmento de processo da obra “PROTOCOLOS PANDÊMICOS DE DANÇA'', a ser exibido dia 21 de novembro, convida o público para compartilhar impressões e depoimentos diversos, que sirvam como estímulo coreográfico para o desenvolvimento de uma obra híbrida, que a posteriori pretende a mistura dos meios digitais aos presenciais. 

Finalizando as ações de comemoração e participações especiais, no dia 28 de novembro será realizado o lançamento de CORPOS TURVOS, espetáculo com pesquisa iniciada no ano de 2019, a partir da Residência Artística na Odisha Biennale, na Índia. A obra inicialmente pensada como um espetáculo solo para os formatos presenciais, se concretiza em 2021, a partir de uma residência artística virtual entre René Loui e Jussara Belchior (SC), dois pesquisadores das diferenças na dança. 

Todas as informações sobre os lançamentos podem ser acompanhadas através dos canais de comunicação do COLETIVO CIDA. Acesse: www.coletivocida.com.br ou acompanhe o Coletivo no Instagram em: @coletivocida
 

5

Nov

Natal Fest Gourmet volta ao seu formato: presencial e gastronômico. Confira as atrações da edição em Ponta Negra

O Natal Fest Gourmet está de volta ao seu melhor formato, presencial e com um variado cardápio de sabores. A edição será realizada nos dias 25, 26 e 27 de novembro, na Praça Ecológica de Ponta Negra e em seu entorno. Na quinta das 18h às 23h, na sexta até 0h e no sábado até 1h da manhã. Cerca de 1 mil lugares serão disponibilizados para o público se acomodar e apreciar a gastronomia local e a boa música. Serão dez espaços gastronômicos servindo vários pratos da gastronomia regional, nove atrações musicais e um espaço para crianças. Para a segurança dos natalenses e turistas, o festival será delimitado, entretanto o acesso é gratuito.

Já estão confirmados os restaurantes Brás Bar e Restaurante, Levú Drinks, Paçoca de Pilão, Kojin Restaurante, Gran Vinho, Rao Burguer, Espeto do Magão, Banoffes Café, Massa Fina Restaurante. Além do estande da água de coco All Natural Brasil, que fará uma ação inédita: vai distribuir água de coco de graça todas as noites, das 18h às 19h. Todos os restaurantes irão lançar pratos durante o festival. O local ainda terá espaço para cervejaria artesanal e vinhos.

Outra novidade é que o voucher para degustar o cardápio do festival pode ser adquirido antes, pelo site do Natal Fest Gourmet. O valor mínimo é R $50, mas os pratos servidos terão preços entre R $15 e R $50. O acesso ao espaço é gratuito. 

O Natal Fest Gourmet será um dos primeiros eventos a celebrar o recomeço das atividades culturais e integra o calendário do Natal em Natal. Realizado pela Platinum Produções, o festival conta com patrocínio da Prefeitura de Natal por meio do Programa Djalma Maranhão de Incentivos Fiscais, Unimed Natal e apoio cultural das Secretarias de Cultura (Secult/Funcarte) e de Turismo. 

O produtor Habib Chalita destaca a proposta itinerante do Natal Fest Gourmet, desde suas edições em anos anteriores na Praça Augusto Severo, Ribeira, no Terminal Marítimo de Passageiros do Porto de Natal e na Praça Pedro Velho. “Agora o festival chega à Ponta Negra de forma pioneira, como o primeiro evento gastronômico de rua no bairro. Queremos que o evento se solidifique e cresça junto com a variada gastronomia de Ponta Negra”, comentou o produtor. Ações também estão sendo planejadas para tornar o festival um local de participação de turistas e natalenses, aproveitando as melhorias implementadas pelo município, com iluminação potente e paisagismo.

A edição presencial será em área aberta de boa circulação, respeitando todos os protocolos do combate à Covid-19. Segundo a produção do evento, totens de álcool gel serão distribuídos em vários setores de mesa e máscaras estarão disponíveis para quem esqueceu ou perdeu sua proteção. 

5

Nov

Curso de Música da UFRN recebe nota máxima na avaliação do Guia da Faculdade

No dia 25 de outubro, foi publicada a terceira edição do Guia da Faculdade do jornal O Estado de São Paulo, em parceria com a Quero Educação. O Guia da Faculdade é um guia completo dos cursos e faculdades mais bem avaliados do Brasil, são quase 16 mil opções. Nesse universo, o curso de licenciatura em Música da Universidade Federal do Rio Grande do Norte foi o único da classe que obteve 5 estrelas (excelente) em todo país – a nota máxima na avaliação. Por sua vez, o bacharelado recebeu 4 estrelas (muito bom), sendo destaque entre todos os bacharelados qualificados.  

“Além de divulgar e projetar o nosso curso nacionalmente, podendo atrair mais alunos para a UFRN, a nota também reflete o empenho de todos os professores envolvidos, trazendo-nos um feedback positivo sobre nossos esforços, além de ser uma forma de certificar os estudantes quanto à qualidade do seu curso”, afirmou o coordenador do curso, Tarcísio Gomes.

A metodologia utilizada pelo Guia da Faculdade, lançado em 2018, é a avaliação por pares: professores que atuam no Ensino Superior são convidados a avaliar a qualidade dos cursos. Neste ano, pela primeira vez, o coordenador de cada curso avaliado recebeu um questionário no qual pôde apresentar as principais características da graduação, com foco em três aspectos: corpo docente, projeto didático-pedagógico e infraestrutura. 

Acesse o Guia da Faculdade

5

Nov

"Natal do Abraço" é tema de decoração festiva

É chegada a época mais encantadora do ano e, dessa vez, vai ser ainda mais especial. Com o avanço da vacinação, familiares e amigos queridos podem comemorar juntos novamente no que vai ser chamado de “Natal do Abraço”. Com esse tema, o Natal Shopping lança sua decoração festiva na tarde deste sábado (06), a partir das 17h, convidando seus clientes a um reencontro cheio de afeto para as festas de final de ano.

“No ano passado comemoramos em família de forma mais distante, reunindo os parentes mais próximos e fazendo chamadas por vídeo. Agora, podemos finalmente voltar àquele cenário de casa cheia, abraçando quem a gente ama, como o Natal deve ser. É isso que queremos trazer para os nossos corredores esse ano, reconhecendo que essa proximidade é o bem mais precioso que podemos ganhar de presente”, diz Diana Petta, coordenadora de marketing do empreendimento.

Para ilustrar esse abraço aconchegante de reencontro, o shopping decora a praça de eventos com um cenário em tons de outono e ursos gigantes de 3,5 metros de altura, fazendo referência ao “abraço de urso”. O espaço contará com a Casa dos Ursos, um ambiente que promete encantar adultos e crianças com diversos itens no interior, como o berçário dos filhotes e vovô e vovó Urso contando histórias, além de uma decoração externa que remete à casa de vó, sinônimo de acolhimento e conforto. 

O cenário contará ainda com um parque de diversões com brinquedos como escorregador, balanço e um trenzinho que vai passear por toda a decoração, fazendo a alegria dos pequenos. Para ter acesso, é preciso resgatar o cupom por meio do app do shopping.

Papai Noel presencial

E o Papai Noel, que em 2020 conversou com as crianças de forma virtual, estará de volta presencialmente ao mall. Na abertura do evento, na tarde do sábado (06), ele chegará em um cortejo conduzido por uma bandinha,  acompanhado por suas ajudantes e outros personagens encantados, espalhando a magia do Natal pelos corredores. 

A Naty, elefantinha que é mascote do empreendimento, também vai participar e estará na companhia de um novo amigo, o ursinho Sr. Abraço. Os dois estarão presentes na programação natalina, com uma agenda de encontros com as crianças nos finais de semana. A decoração de fim de ano segue até o dia 06 de janeiro. 

O Natal Shopping continua seguindo todas as orientações do poder público para o controle da Covid-19 e adota o protocolo de higienização e segurança sugerido pelos órgãos responsáveis.

4

Nov

Começa amanhã edição de 26 anos da Brasil Mostra Brasil na Arena das Dunas

A Multifeira Brasil Mostra Brasil volta a Natal com a 26ª edição do evento, com início nesta sexta-feira, 05, até a segunda-feira, 15, na Arena das Dunas. Atraindo milhares de potiguares, a mostra sempre foi sinônimo de sucesso na cidade, e neste ano ocupará cerca de 12.000m² de área de exposição com cerca de 400 empresas participantes.

“Mesmo diante das dificuldades relacionadas à pandemia, estamos muito entusiasmados com nossa 26ª edição. Nosso intuito é contribuir com o reaquecimento da economia potiguar, fazendo uma feira focada nos empresários e no mercado local, mas também com algumas atrações regionais, com muita diversidade, programação cultural, enfim, trazendo para o evento os mais variados segmentos, com destaque para as novas tendências de moda, artesanato, móveis, veículos, decoração, entre vários outros”, afirma o diretor da Brasil Mostra Brasil, Wilson Martinez.

Como novidade este ano, entre os dias 6 e 8 de novembro, acontece também, de forma paralela à Mostra Brasil – ocupando 2.000 m2 de área –, dois grandes eventos: a 21ª edição da Natal Hair – Feira Regional de Saúde & Beleza, que é considerada uma das maiores do Nordeste no segmento, reunindo profissionais dos salões de beleza, clínicas de estética, indústrias, fornecedores, distribuidores e público em geral, com exposições, cursos profissionalizantes, palestras, campeonato de barbeiros e preços promocionais em toda a exposição; e o evento de lançamento da Feira Regional de Saúde e Bem Estar Summer Health, que trará para o público presente muitas novidades na área esportiva, de saúde e bem-estar, com aulas e atividades de jump, fitdance, hiit, kangoo, além de diversos shows e workshops com profissionais e artistas da terra.

A Multifeira é consagrada pelas diversas opções de produtos expostos. Com expositores nacionais e locais, são inúmeros segmentos representados, entre eles móveis, roupas, eletrônicos, artigos de decoração, utilidades domésticas, calçados, veículos, artesanato, dentre outros, além de uma extensa programação cultural.

A Brasil Mostra Brasil espera receber milhares de pessoas em seus dez dias de evento. Os visitantes poderão contar ainda com estacionamento rotativo de três mil vagas e praça de alimentação. A Brasil Mostra Brasil deve gerar cerca de 700 empregos diretos e indiretos.

O evento respeitará todas as medidas e protocolos de prevenção e distanciamento, incorporando medidas de saúde e segurança, com uso obrigatório de máscara, medição de temperatura, disponibilização de álcool em gel em diversos pontos, controle do número de pessoas que acessam o evento e a exigência do comprovante de vacinação.

Histórico

O evento acontece em Natal desde o ano de 1995 e insere a capital potiguar no contexto das feiras de âmbito nacional. Tem no seu público consumidor o maior destaque, pela fidelidade à Multifeira. Diversas instituições apoiam sua realização que impressiona em visitação. É o maior evento do segmento na capital potiguar.

A Multifeira já possui mais de 80 edições quando somadas as edições dos Estados do Rio Grande do Norte, Bahia, Piauí, Espírito Santo, Alagoas, Sergipe, Pernambuco, Ceará, Pará, Maranhão e Mato Grosso. Na linha do tempo desse evento, uma infinidade de negócios, curiosidades, atrações e momentos marcantes, além do incontestável fomento à economia, turismo e geração de emprego e renda.

3

Nov

Natal recebe Fest Flores na próxima semana

Fest Flores traz para Natal-RN, de 08 a 14 de novembro, um leque de Rosas do Deserto e Orquídeas selecionadas especialmente para o público potiguar. A feira acontece no espaço do Supermercado Nordestão – Capim Macio, das 8h às 20h, com entrada gratuita e o uso de máscara de proteção é obrigatório.

Com variedade nas cores que vão do branco ao vinho escuro, e diferentes tons de rosa e vermelho, a Rosa do Deserto encanta por sua singularidade nas raízes. Natural do Oriente Médio e da África, se adaptou ao clima brasileiro e é de fácil cultivo, adora o calor e exige pouca água.

As orquídeas também atraem por sua diversidade e beleza. São plantas epífitas – vivem sobre outras plantas, sem retirar seus nutrientes, usando-as apenas como suporte -, se nutrem do material em decomposição que cai das árvores e se acumulam nas raízes. Existem mais de 35 mil espécies diferentes na natureza, espalhadas nos cinco continentes, exceto na Antártida devido ao clima muito frio.

No Fest Flores, além de várias opções de Rosas do Deserto e Orquídeas, pode ser encontrado itens de jardinagem, jarros e adubos.

1

Nov

Ambulatório de Síndrome Pós-Covid oferta atendimentos a baixo custo em Natal

Entre os diferentes procedimentos de saúde realizados pela Clínica Integrada de Saúde (CIS) da UnP em Natal, estão sendo ofertados à população atendimentos a pacientes que sofrem com fadiga e dor pós-Covid. O acompanhamento é voltado para pacientes com sintomas persistentes por mais de 30 dias, após o quadro agudo da doença.

O tratamento é realizado pelo Ambulatório de Síndrome Pós Covid-19, que é uma atividade da Liga Acadêmica de Reumatologia da UnP – LIARP, sob a coordenação do professor e reumatologista, Leonardo Hoff.

Os atendimentos a baixo custo são disponibilizados a toda população e podem ser agendados via whatsapp, pelo telefone (84) 3215-1267, em horário comercial: de segunda à sexta-feira, das 7h às 18h. No dia da consulta, o paciente precisa apresentar documento de identidade com foto e encaminhamento médico.

CIS

O Centro Integrado de Saúde (CIS) da Universidade Potiguar é um cenário de práticas curriculares e atendimentos à população em geral. Envolvendo 15 cursos da Escola de Ciências da Saúde, são oferecidas consultas médicas, exames laboratoriais e clínicos, além de projetos interprofissionais e tratamentos em diversas especialidades.
 
Em Natal, o CIS é localizado na rua Gen. Francisco Monteiro, nº 371, em Lagoa Nova. Os atendimentos são realizados de segunda a sexta-feira.

1

Nov

Projeto Seis & Meia inicia mês de novembro com Cida Lobo em tributo à Jackson do Pandeiro

O Projeto Seis & Meia, em sua edição de 25 anos, inicia o mês de novembro homenageando o Rei do Ritmo brasileiro, Jackson do Pandeiro. O tributo, que ocorre às 18h30 da quarta-feira (3), na praça de alimentação do Praia Shopping, será realizado pela cantora e compositora potiguar, Cida Lobo, com exibição ao vivo pelo canal oficial da Band Natal no YouTube. A gravação tem também os melhores momentos reexibidos em um programa especial aos sábados, das 18h50 às 19h20, no canal de TV aberto da mesma emissora. A abertura do evento é ao som de Giovani Montini e a produção do projeto obedece as atuais normas de biossegurança de contenção da covid-19. 

A retomada do Projeto Seis & Meia é realização da Idearte Produções, com patrocínio da Unimed Natal e Grupo Dunas, via Programa Djalma Maranhão da Prefeitura do Natal e conta também com apoio cultural da Fecomercio/SESC, CAERN, Instituto de Radiologia, Natal Card, Praia Shopping, Band Natal e Universitária FM.

Cida Lobo

É cantora, intérprete e compositora da MPB brasileira, nascida e criada em berço potiguar. Ao sair de Natal em 1997 para tentar a vida e a arte na capital paulista, a artista desenvolveu sua carreira, ao longo de 16 anos, em participações em circuitos culturais, casas de shows e festivais de música. Já se apresentou ao lado de artistas nacionais consagrados como Kiko Zambiachi, Chico César, Baby do Brasil, entre outros. Em 2001, apresentou-se ao lado de Ana Carolina, no Projeto Bem Brasil, do Sesc Interlagos e na capital potiguar já cantou para cinco mil pessoas ao lado do eterno Belchior. Hoje vive em Natal e seu nome exerce peso de reconhecimento na cultura e arte da cidade.

25 anos

Comemorando as bodas de prata, o Projeto Seis & Meia celebra o marco de ser uma das mais antigas programações culturais contínuas do Rio Grande do Norte, iniciada em 1995 pelo produtor cultural Willian Collier. A ideia do projeto -inspirada na série de shows Seis & Meia existente desde 1976 no Rio de Janeiro- é oferecer palco para apreciação e divulgação da música popular brasileira (MPB), símbolo cultural do país. 
De lá para cá, artistas nacionais como Belchior, Fafá de Belém, Geraldo Azevedo, Fagner, Zeca Baleiro, dentre muitos outros, além de diversos artistas locais, já proporcionaram emoções à população natalense, com interpretações musicais de artistas aclamados e em ascensão. 

Mais informações estão disponíveis no perfil do projeto no Instagram: @projetoseisemeia