Vereadores da Câmara Municipal de Natal participaram, na noite desta sexta-feira (19), das festividades de Nossa Senhora da Apresentação, padroeira da capital potiguar. A missa, que também contou com a presença do prefeito Álvaro Dias, foi organizada pela Catedral Metropolitana de Natal e conduzida pelo Arcebispo Metropolitano de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha.
 
Na ocasião, o vereador Herberth Sena (PL) fez a entrega de uma placa alusiva ao projeto de lei que declara a Festa de Nossa Senhora da Apresentação como Patrimônio Cultural Imaterial. Segundo ele, o evento possui sua importância local e regional. “Considerando a grandiosidade e a importância que tem no município, pensamos que deve ser reconhecido como patrimônio cultural de natureza imaterial”, destacou. Herberth ainda ressaltou a relevância histórica que o projeto possui. “Objetivamos com essa proposta evidenciar a necessidade de preservar costumes e memórias culturais e consequentemente valorizá-las”, falou o proponente.

“É uma manifestação cultural e religiosa. Um ato de confraternização entre as comunidades. A Igreja está de parabéns por esta festa tão importante”, disse o vereador Pedro Gorki (PCdoB). "A festa da padroeira é um período dedicado à fé que promove paz, alegria, união, renovação e solidariedade", declarou o vereador Luciano Nascimento (PTB). 

“Em um tempo de tantas perdas humanas por causa da pandemia, momentos como esse fazem toda a diferença", falou o vereador Eribaldo Medeiros (PSB). "A Igreja está de parabéns por proporcionar esperança para as pessoas", comemorou o vereador Preto Aquino (PSD).

Padre Valdir, pároco da Catedral Metropolitana de Natal, disse que a celebração é um êxito completo. "A população está participando com afinco das atividades da programação, o que demonstra o carinho com a nossa padroeira. Além disso, as festividades constituem o pontapé inicial da campanha para a finalização da reforma da catedral. Em tempo: a Igreja está observando todas as medidas de segurança sanitárias no sentido de proteger a saúde de todos".