Comunicação, educação, mercado e turismo!

Um blog com assuntos diferentes e com a marca da credibilidade, que traz tendências, novidades do mundo corporativo, do universo da tecnologia e mídias sociais, do setor de educação e do mercado publicitário. E como ninguém é de ferro, tem ainda lazer, cultura e turismo! Fale com a gente pelo e-mail juliska.azevedo@gmail.com. Acompanhe a gente também no Instagram e Facebook, no @blogdajuliska.

12

Mar

Representando o Rio Grande do Norte, a diretora cênica, Diana Fontes, está no Perú participando como curadora do Festival de Artes Cênicas de Lima (FAE Lima). A terceira edição do festival envolve sete países e conta com uma programação bem diversificada.

O FAE tem a missão de ser uma plataforma para propostas, idéias, estéticas, bem como experiências, técnicas e métodos de trabalho. O evento é também um espaço para conectar os artistas e produtores internacionais, e conta com workshops, mesas de debate, encontro com produtores, além de apresentações de dança e performance. Este ano, representantes do Brasil, Cuba, Chile, Equador, Argentina, Estados Unidos e Peru participam do festival.

Para Diana Fontes é uma honra participar do evento. “É a primeira vez que recebemos o convite para participar deste do FAE. O evento tem uma extensa programação e estes dias de trabalho tem sido muito puxado, mas é uma importante única para estabelecer conexões com produtores e artistas de outras partes do mundo. Estamos felizes com o convite e já estabelecemos uma parceria com um curador peruano para o Encontro de Dança, que acontece em abril”, declara a diretora Diana Fontes.

A programação do FAE é realizada em vários centros culturais da capital e acontece até o dia 13 de março. Seis obras internacionais integram a programação do festival: "Democracia" (Brasil / Chile); "Gala" (França); "Josefina, la gallina pôs um ovo na cozinha" (México); "Lítost, la frustración" (Uruguai); "Electronic Medea" (Reino Unido) e "Tudo faria sentido se não houvesse morte" (Argentina).

11

Mar

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) retomou na última sexta-feira (08) o processo de avaliação de teste prático de direção veicular dos candidatos a motoristas cadastrados no interior do Estado. A equipe de examinadores do Órgão se encontra hoje nas cidades de Macau e Alto dos Rodrigues.

No decorrer deste mês outros 20 municípios estarão tendo candidatos a habilitação avaliados pelo Detran. O cronograma contempla as cidades de Patu (11); Caraúbas (12); Apodi (13); Pau dos Ferros e São Miguel (14); Alexandria (15); Caicó e Parelhas (18); Santa Cruz e Jaçanã (19); Currais Novos (20); Lagoa Nova (21); Acari e Jardim do Seridó (22); Nova Cruz e Passa e Fica (25); Canguaretama e Goianinha (26); São José do Mipibu (27); e São Paulo do Potengi (28).

Além dos municípios polos, a ação dos examinadores atende também a demanda de candidatos a primeira habilitação que residem em municípios vizinhos aos contemplados pelas avaliações. O cronograma de exame de direção veicular é planejado observando a necessidade de abranger todas as principais cidades de cada região.

Os peritos analisam o conhecimento prático de volante dos alunos que já foram considerados aptos nos exames médico e psicológico, e que também já concluíram a carga horária de aulas prática e teórica ministradas pelo centro de formação de condutor de sua escolha.

Para que o candidato seja aprovado no teste é necessário que ele não cometa nenhuma falta eliminatória e que a soma dos pontos negativos seja menor do que três. No caso de reprovação o candidato só poderá repetir o exame decorrido 15 dias da divulgação do resultado.

De acordo com informações coletadas no setor de Estatística do Detran, durante o ano de 2018 foram realizados no Estado 57.390 testes práticos de direção veicular. A média mensal do ano correspondeu a 4.783 avaliações por mês. Atualmente, estão cadastrados no registro de condutores do Rio Grande do Norte 851.725 motoristas habilitados.

11

Mar

As mulheres formam a maioria da sociedade brasileira, conforme dados de 2017 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No jornalismo, contudo, tal regra não se aplica. A força feminina ainda representa menos da metade do setor. Atualmente, 15.654 mulheres jornalistas estão empregadas em veículos de comunicação.

Apesar de estar na casa dos milhares, o número representa somente 36,98% do mercado da imprensa no país. Isso porque há empregos ativos para 26.678 jornalistas do sexo masculino. Os dados foram colhidos do Workr, plataforma de comunicação corporativa desenvolvida pelo Comunique-se, em plena manhã desta sexta-feira, 8, Dia Internacional da Mulher.

Na proporção de mulheres trabalhando em meio de comunicação, televisão e rádio estão em lados opostos. A mídia de TV é a única em que representantes do time feminino compõem mais da metade dos campos disponíveis de trabalho. Entre canais abertos e pagos são 4.040 mulheres jornalistas empregadas, contra 4.007 homens — fechando a conta em 50,21%.

Em emissoras radiofônicas espalhadas país afora, o resultado é totalmente diferente. São 11.182 homens trabalhando, enquanto há apenas 2.284 comunicadoras (20,5% do total). O mapeamento se refere apenas a cargos relativos a funções jornalísticas, como repórter, apresentadora e diretora de redação.

Depois da televisão, o meio online é o que mais emprega jornalistas mulheres no Brasil – levando em consideração números absolutos. Nessa divisão, elas são 3.838. Número que representa 42,46% do total da área, já que eles somam 5.202 empregados. Porém, quem proporcionalmente está mais próxima da presença feminina como na TV é a parte de revistas.

Dos 3.366 jornalistas que atualmente estão atrelados a alguma empresa do setor, 48,46% são mulheres. São 1.736 homens e 1.631 comunicadoras. Com mercado incipiente por aqui, o núcleo de agências de notícias figura com equilíbrio entre gêneros, pois elas representam 47,67% (276 mulheres X 303 homens). Por fim, a divisão em jornal é a seguinte: 4.962 homens e 3.117 (38,58%) mulheres.

No geral, contabilizando todos os meios de comunicação a soma de empregos de mulheres ultrapassa o número de 15.564. O fato ocorre porque há jornalistas com mais de um emprego ativo na mídia. É o caso de Míriam Leitão.

Integrante da galeria de “Mestres do Jornalismo” do Prêmio Comunique-se nas divisões falada e escrita da categoria ‘Economia’, ela colabora com quatro veículos mantidos pelo Grupo Globo. É comentarista do ‘Bom Dia Brasil’, na TV Globo. É apresentadora na GloboNews. Mantém coluna – impressa e online – em O Globo. E também é responsável pelo boletim diário ‘Dia a Dia da Economia’, que é veiculado pela rádio CBN.

Foto: Pixabay/ Fonte: Portal Comunique-se, disponível em: https://portal.comunique-se.com.br/mulheres-jornalistas-minoria/

11

Mar

O Serviço Social da Indústria (SESI-RN) está com edital aberto para credenciamento de prestadores de serviços de educação. Os credenciados integrarão o cadastro de professores do SESI/RN, e poderão ser chamados para prestarem serviços quando houver demanda.

Podem se cadastrar os profissionais que atenderem aos perfis de instrutoria em educação exigidos pelo edital. Terão prioridade os profissionais que preencherem os requisitos técnicos previstos no edital e que não tenham prestado serviços nos últimos seis meses ao SESI.

Válido por 12 meses, a partir da sua data de publicação, em janeiro desse ano, o credenciamento não gera para os cadastrados qualquer direito de contratação, tem como objetivo, tão somente, a construção de um banco de dados de credenciados.

Para se credenciar o interessado pode acessar o link https://www.rn.sesi.org.br/trabalhe-conosco/

11

Mar

Com o objetivo de fortalecer o network da inovação em Mossoró, hoje, segunda-feira (11), uma equipe do Núcleo de Apoio à Gestão da Inovação (NAGI), da FIERN, estará na cidade para divulgar editais de inovação para startups e discutir o cenário da inovação no Rio Grande do Norte.

O evento é coordenado pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA) e Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte (FIERN) e será realizado no auditório da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da UFERSA (PROPPG/UFERSA).

A programação tem início às 19h, com mesa-redonda com o tema “O Cenário da Inovação e das Startups no Rio Grande do Norte”, coordenada pelo pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da UERN, Prof. Dr. José Rodolfo Lopes de Paiva Cavalcanti.

Durante o evento também serão apresentadas as chamadas abertas na Categoria “C” (Empreendedorismo industrial) do Edital de Inovação para a Indústria, que tem como objetivo conectar médias e grandes empresas, e também investidores, a startups de base tecnológica, microempreendedor individual (MEI) ou micro e pequenas empresas (MPE).

As empresas de maior porte (instituições âncoras) apresentam desafios industriais para que as empresas menores desenvolvam soluções inovadoras, compartilhando os riscos financeiros e tecnológicos.

Atualmente existem 3 chamadas abertas:

-Chamada da ENEL – inscrições abertas até dia 29/3 com os desafios:  Acesso à água, Emissão de particulado e gestão de resíduos sólidos;
-Chamada da ENGIE – inscrições abertas até dia 29/3, com os temas: Inteligência Operacional/Monitoramento SLA, Análise de perfil e desagregação de carga, Saúde e Segurança do Trabalho em atividades descentralizadas;
-Chamada da TERNIUM – inscrições abertas até dia 15/3, com os temas: Eficiência Operacional, Mobilidade com Segurança e Sustentabilidade.

11

Mar

Em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, comemorado na última sexta-feira (8), o cemitério e crematório Morada da Paz anuncia o início oficial do projeto Morada da Memória Nísia Floresta. A empresa financiará a iniciativa "Nísia Floresta: um mulher à frente do seu tempo", que entre suas atividades contempla a biografia de Nísia Floresta, a ser escrita por Constância Lima Duarte, pós-doutora pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

A proposta do projeto Morada da Memória é perpetuar o legado de quem faz a história e a cultura potiguar, resgatando e valorizando figuras que se destacaram no Rio Grande do Norte. Entre as personalidades já homenageadas, estão o jornalista Aluízio Alves e a escritora Auta de Souza. “Fazemos questão de apoiar projetos que valorizam e resgatam a memória do povo potiguar. Nísia Floresta é um símbolo de luta, resistência e vitória, não somente para as mulheres, mas para a toda a sociedade por meio da contribuição cultural e social”, relata o diretor do Grupo, Ibsen Vila.

Viabilizado por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura Djalma Maranhão e produzido por Mariana Hardi, o projeto “Nísia Floresta: uma mulher à frente do seu tempo” é uma iniciativa da professora Constância, apoiado pelo Morada da Paz e pela Prefeitura do Natal. Nísia é conhecida como a primeira educadora feminista do Brasil. O projeto está em desenvolvimento e o lançamento do livro será realizado ainda este ano.

11

Mar

O Colégio CEI Romualdo Galvão completou, nesta sexta-feira, 8 de março, 47 anos de atuação na educação potiguar. A escola que tem por lema o “Educar para o Pensar” mantém a tradição de oferecer um ensino de excelência, aliada ao pioneirismo em práticas pedagógicas na educação básica referência no estado.

“São 47 anos de busca constante por qualidade e atualização pedagógica. Vivemos um momento de mudanças profundas nas relações sociais e perfis profissionais, o que exige da escola estar em constante busca para adequar-se às novas exigências do mundo. O CEI tem como meta formar o aluno na sua integralidade, para usufruir das possibilidades desta nova realidade”, destacou a diretora pedagógica, Ana Flávia Azevedo.

Durante seus 47 anos de existência, o CEI Romualdo tem uma extensa implementação de iniciativas pioneiras que vão desde a pedagogia de projetos, o programa de formação ético-social, ambiente virtual de aprendizagem. Além disso, a associação da escola à Unesco  e os projetos de internacionalização de currículo High School e Middle School, com a Univesidade de Missouri – EUA, são iniciativas que valorizam o processo educacional na missão do CEI Romualdo.

Entre as novidades adotadas pela escola em 2019, está o STEAM, uma proposta integradora no ensino de ciências que tem por bases conceituais a aprendizagem desenvolvida em projetos para resolução de problemas. O projeto envolve as áreas de Ciência, Tecnologia, Engenharia, Matemática e Artes, tendo como premissas a construção ativa, aprendizagem contextualizada, interação social e ferramentas cognitivas.

11

Mar

O Programa de Formação Continuada para Magistrados do Poder Judiciário do RN, desenvolvido pela Esmarn, está com inscrições abertas para o curso “Soluções Criativas de Resolução de Conflito a partir do Paradigma Restaurativo e das Constelações Familiares” até 12 de março de 2019. As vagas remanescentes serão destinadas aos servidores que podem efetuar a inscrição nos dias 13 e 14 de março de 2019.

A formação será ministrada pelo juiz Fábio Welligton Ataíde Alves e pela juíza Virgínia de Fátima Marques Bezerra, sendo voltada para magistrados que trabalhem em áreas de conflitos sensíveis no âmbito do direito de família, criança e adolescência e criminal. O objetivo é oferecer mais capacitação aos juízes com novos métodos na gestão do conflito no qual ele precisa interferir.

As inscrições deverão ser realizadas por meio do link http://ead.esmarn.tjrn.jus.br/course/index.php, através de cadastro no Moodle (opção “criar uma conta”) e, após, proceder à inscrição no curso. Os interessados que já possuem cadastro no Moodle precisam apenas digitar os respectivos login e senha (opção “acessar”) e, em seguida, fazer a respectiva inscrição.

Mais informações no edital n.º 005/2019. Acesse: https://bit.ly/2IYmZLv

11

Mar

O Hemocentro do RN, por meio do Núcleo de Educação Permanente (NEP) promove na próxima quarta-feira (13), às 9 horas, no auditório da unidade, a palestra “Nome Social, o que isso tem a ver com meu trabalho?”, com a Presidente da comissão de Diversidade Sexual e Combate à Intolerância da OAB/RN, Paula Fernanda Santos.

A palestra tem como objetivo qualificar os servidores que atuam no ciclo do sangue sobre os requisitos legais para utilização do nome social por doadores, tendo como base o Decreto n° 8.727/2016, que dispõe sobre o uso do nome social e do reconhecimento da identidade de gênero de pessoas travestis e transexuais pelos órgãos e entidades da administração pública federal direta, autárquica e fundacional.

11

Mar

A Secretaria Estadual de Tributação (SET) convoca  empresas do Rio Grande do Norte que têm alguma pendência fiscal,  as chamadas obrigações acessórias, para regularizar a situação até o dia 31. As empresas que não normalizarem a situação dentro do prazo poderão ficar com inaptidão da inscrição estadual, o que as impede de emitir nota fiscal eletrônica e fazer compras de mercadorias.

O processo de regularização das obrigações é todo digital e feito pela internet. Os editais de intimação foram publicados no Diário Oficial do Estado dos dias 27 e 28 de fevereiro e a relação das empresas irregulares  pode ser conferida no site www.set.rn.gov.br/.

Estão sendo convocados aqueles empreendimentos que apresentam alguma pendência relativa à falta do Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS-D e DASN-Simei), falta de contador, Número de Identificação de Registro de Empresa (Nire) cancelado na Junta Comercial do Rio Grande do Norte (Jucern), envio da Escrituração Fiscal Digital (EFD), entre outras. Essas obrigações pendentes podem ser regularizadas eletronicamente sem precisar o comparecimento à SET.

De acordo com dados da secretaria, 15.671 empreendimentos estão nessa condição e precisam se regularizar para não ter a inscrição cancelada.

Os empreendedores terão um prazo de até 30 dias a contar da data de publicação no DOE para apresentar a documentação e quitar a situação. Quem perder o prazo terá a inscrição tornada inapta, ficando a empresa impedida de operar comercialmente até que restabeleça a regularidade da inscrição estadual. Isso porque, na condição de inapta, a empresa fica descredenciada para emissão de nota fiscal eletrônica e também impossibilitada de comprar mercadorias, além de ficar sujeita à autuação caso continue funcionando.

Em caso de cancelamento da inscrição estadual, o pedido de reativação é via site da Redesim (http://www.redesim.gov.br), ferramenta usada para solicitações de alterações cadastrais de empresas.

Foto: Pixabay