Comunicação, educação, mercado e turismo!

Um blog diferente, com a marca da credibilidade, que traz tendências, novidades do mundo corporativo, do universo da tecnologia e mídias sociais, do setor de educação e do mercado publicitário. E como ninguém é de ferro, tem ainda lazer, cultura e turismo! Fale com a gente pelo e-mail blogdajuliska.news@gmail.com. Nos siga no Instagram e Facebook: @blogdajuliska.

10

Jul

O percentual de famílias endividadas aumentou pelo sexto mês consecutivo no país. Em junho de 2019, o endividamento subiu 0,6 ponto percentual em relação a maio. A taxa faz parte da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Foi o maior registro de endividamento mensal desde julho de 2013.

Em relação a junho de 2018, o aumento foi de 5,4 pontos percentuais. Apesar do crescimento do endividamento das famílias, que chegou a 64,0%, a Peic identificou uma queda no número de famílias com dívidas ou contas em atraso, tanto na comparação mensal quanto na anual.

O índice das famílias que declararam à pesquisa não ter condições de pagar as suas dívidas ficou em 9,5%, praticamente estável em relação ao mesmo mês de 2018, 9,4%. Segundo a pesquisa, 32,1% das famílias entrevistadas ficam endividadas por mais de um ano. Enquanto 24,7% acumulam dívidas por até três meses. Em junho de 2019, 21,1% delas afirmaram ter mais da metade de sua renda mensal comprometida para pagamento de dívidas.

Fonte: Agência Brasil

10

Jul

O cyberbullying certamente é uma prática das mais nocivas dentro da internet. Com o crescimento do Instagram e sua popularização, sobretudo entre os mais jovens, foi necessário que a rede social controlada pelo Facebook tomasse algumas medidas a fim de evitar mais casos de bullying e tornar seu ambiente o mais saudável possível.

Como parte desse esforço, o Instagram anunciou nesta segunda-feira (8) duas ferramentas para dar às pessoas que são alvo de bullying a possibilidade de se defenderem. "Podemos fazer mais para evitar que o bullying aconteça no Instagram, assim como podemos fazer mais para dar às pessoas que são alvo de bullying a possibilidade de se defenderem", disse Adam Mosseri, diretor do Instagram, em comunicado.

Alerta de comentário

Evidente que as relações pessoais muitas vezes dão certas liberdades, principalmente entre pessoas muito próximas. Um comentário que muitas vezes possa ser nocivo aos olhos de todos, pode não passar de uma brincadeira ou uma "piada interna". Mas sabemos que os "haters" estão à solta, causando na internet e praticando bullying de maneira frenética.

Já ativo há alguns dias, o alerta de comentário utiliza inteligência artificial para notificar pessoas quando o comentário delas pode ser considerado ofensivo, mesmo antes que ele seja publicado. Essa intervenção dá às pessoas a chance de refletir e desfazer seus comentários, além de impedir que o destinatário receba uma notificação com o comentário nocivo.

Os primeiros testes com esse recurso revelaram que isso incentiva algumas pessoas a desfazerem os comentários e a compartilharem algo menos ofensivo, depois de terem a chance de refletir.

Restringir

O recurso Restringir, por sua vez, é uma nova maneira de proteger o usuário contra interações indesejadas e permite que as pessoas controlem a própria experiência no Instagram, sem notificar alguém que possa estar cometendo bullying.

Quando o usuário restringe uma pessoa que acredita que esteja praticando bullying, os comentários deste infrator só ficarão visíveis para ele mesmo. As pessoas restritas não podem ver quando o usuário está ativo no Instagram ou quando leu as mensagens diretas delas.

Fonte: Portal Canaltech, disponível em: https://canaltech.com.br/redes-sociais/instagram-lanca-ferramentas-para-combater-o-bullying-na-rede-social-143647/

10

Jul

Nesta terça-feira (9) o presidente Jair Bolsonaro sancionou, com alguns vetos, a MP 869/2018, que altera a Lei nº 13709 e cria a Autoridade Nacional de Proteção de Dados Pessoais (ANPD), o primeiro órgão governamental brasileiro voltado à proteção dos dados pessoais de cidadãos do Brasil. Os vetos parciais feitos para que a alteração na Lei fosse aprovada foram decididos pelo presidente após ouvir os ministérios da Economia, da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, a Controladoria-Geral da União e o banco Central do Brasil, e o motivo alegado para esses vetos foram que eles contrariam o interesse público.

No total, foram vetados 14 pontos da MP que altera a Lei nº 13709 e cria a ANPD. Existente desde 2018, a LGPD afirma que, de maneira geral, a transferência de dados entre o poder público e a iniciativa privada é proibida, mas a MP aprovada por Bolsonaro nesta terça (9) cria duas exceções que permitem essa transferência: a primeira delas é quando houver uma previsão legal ou quando essa transferência for respaldada em contratos, convênios ou outros instrumentos do gênero.

A segunda exceção é no caso dessa transferência de dados ter o objetivo exclusivo de prevenir fraudes e irregularidades ou proteger a segurança e integridade do titular desses dados, desde que esse seja o único objetivo da transferência e qualquer outra finalidade além destas seja vetada. Além disso, o texto também cria exceções para o caso do responsável pelo tratamento dos dados ser obrigado a informar outras empresas e entidades que também os possuem sobre correções, eliminações e bloqueios de dados.

Isso, a partir de pedidos do usuários, tirando a responsabilidade dessas empresas de efetuarem esse pedido caso ele seja comprovadamente impossível ou necessitar de esforço desproporcional para ser efetuado. Agora, o texto irá voltar para a Câmara dos Deputados, que fará uma nova Plenária para votar se a MP será aprovada com os vetos ou se esses vetos serão parcial ou totalmente derrubados.

Fonte: Portal Canaltech, disponível em: https://canaltech.com.br/governo/bolsonaro-sanciona-lei-que-cria-protecao-a-dados-pessoais-dos-brasileiros-143699/

10

Jul

O jornalista Paulo Henrique Amorim morreu, na madrugada desta quarta-feira (10), aos 77 anos. O jornalista deixou o legado para a comunicação brasileira. Amorim estava em casa, no Rio de Janeiro, quando sofreu um infarto fulminante — informação confirmada pela mulher dele. Na noite da terça-feira (9), o jornalista havia saído para jantar com amigos. Paulo Henrique Amorim estava na Record TV desde 2003. Antes, passou por diversos jornais, revistas e emissoras de televisão do país.

Nascido em 22 de fevereiro de 1942, Paulo Henrique estreou no jornal A Noite, em 1961. Depois foi trabalhar em Nova York, como correspondente internacional da revista Realidade e, posteriormente, da revista Veja. Na televisão, passou pela extinta TV Manchete e pela TV Globo, também como correspondente internacional em Nova York.

Em 1996, deixou a TV Globo e foi para a TV Bandeirantes, onde apresentou o Jornal da Band e o programa Fogo Cruzado. Depois, foi para a TV Cultura. Em 2003, foi contratado pela Record TV, onde apresentou o Jornal da Record segunda edição. No ano seguinte, ajudou a criar a revista eletrônica Tudo a Ver na emissora. Em 2006, assumiu a apresentação do Domingo Espetacular, onde ficou até junho deste ano. Amorim deixa uma filha e a mulher, a jornalista Geórgia Pinheiro.

 

9

Jul

Considerada a maior competição internacional de Matemática do mundo, a edição 2019 da Olimpíada Canguru de Matemática premiou 26 alunos de uma das mais conceituadas escolas de ensino privado de Natal, o colégio CEI Mirassol. Anualmente, milhões de estudantes de todo o mundo participam do evento que se propõe, entre os seus objetivos, a desmistificar a disciplina mais temida entre a maioria dos jovens.

Entre os 26 estudantes premiados, quatro conquistaram medalhas de ouro, quatro de prata, nove de bronze e nove de honra ao mérito. Os estudantes participam da olimpíada resolvendo testes de múltipla escolha com a proposta de mostrar que os números podem ser interessantes, úteis e divertidos, além de avaliar a qualidade do ensino da matemática oferecido pelo sistema educacional do qual fazem parte.

 O Concurso Canguru de Matemática é uma competição anual destinada aos alunos do 3º ano do Ensino Fundamental até os do 3º ano do Ensino Médio. É a maior competição internacional de Matemática do mundo, com um total de 6 milhões de participantes (todo ano) e realizada em 75 países.

9

Jul

A educação dos jovens potiguares será discutida nesta quarta-feira (10), às 14h, na Assembleia Legislativa. Por iniciativa do deputado Kelps Lima (SDD), o Parlamento realiza uma audiência pública que terá como tema a importância das escolas em tempo integral. Deputados, sociedade, professores e autoridades participarão da discussão.

Desde 2018, um projeto de lei sobre o tema tramita na Assembleia, mas ainda não foi votada em plenário. A proposta prevê, entre outras coisas, a disponibilização de educação de ensino médio em tempo integral em turno único diário de 9 horas e 30 minutos, das 7h30 às 17h, ofertando alimentação aos alunos e com os servidores cumprindo jornada de trabalho de 40 horas semanais, com dedicação exclusiva.

Pela proposta, o currículo a ser implementado será pautado nas normas educacionais vigentes: as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio e a Matriz para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A carga horária mínima será de 2.250 minutos semanais, sendo, no mínimo, 300 minutos para Língua Portuguesa e outros 300 minutos para Matemática. As atividades realizadas extraclasse (como estudo orientado, participação em feiras ou atividades esportivas) também serão contabilizadas em carga horária.

Até 2018, o Rio Grande do Norte contava com 29 unidades de ensino da rede estadual que ofertam ensino médio em tempo integral, sendo 22 escolas e 7 centros de educação profissionalizante, espalhadas em 20 municípios. As escolas estaduais que ofertam ensino em tempo integral atualmente estão submetidas a uma regulamentação federal lançada em 2017 e, agora, o objetivo é estabelecer as normas locais, mas de acordo com as orientações do Ministério da Educação.

"A audiência pública vai ajudar a esclarecer a eficiência do ensino nas escolas em que este modelo já foi implantado e colaborar na celeridade do debate desta nova lei pelos deputados na Assembleia Legislativa", explicou Kelps Lima. O debate sobre o tema, que também aborda a remuneração dos professores, é aberto ao público e será transmitido ao vivo pela TV Assembleia.

9

Jul

O Governo do RN, por meio da Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas), iniciou os testes do aplicativo que será utilizado para fiscalizar e monitorar as entregas do Programa Leite Potiguar. O novo sistema de controle já foi iniciado, de forma piloto, na comunidade tradicional quilombola, Capoeiras, em Macaíba, onde 64 famílias passaram a receber o benefício por meio do novo cartão com QR Code.

“O sistema de controle, desenvolvido pela equipe de TI da Secretaria de Administração (SEAD), consiste em um aplicativo de celular que faz a leitura do cartão do beneficiário que possui um QR Code de identificação. Assim cada usuário antes de receber o leite, deve entregar seu cartão para que a leitura seja efetuada. Dessa forma teremos o controle de que o benefício está sendo entregue”, explica o coordenador do Programa, Sandro Trigueiro.

O sistema ainda está funcionando de forma experimental e após a fase de testes será expandido para todo os postos de distribuição do leite, visando ampliar a fiscalização e controle sobre a distribuição aos beneficiários. A empresa que entrega o leite também fará uso do sistema para comprovar que a quantidade contratada está sendo entregue nos postos.

9

Jul

Deu no Portal no Ar:

O filme Bacurau, dos diretores Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, venceu o prêmio de melhor filme no 37° Festival de Cinema de Munique (Filmfest München), na principal Mostra, a CineMasters Competition. O longa metragem foi filmado em 2018, na comunidade da Barra, em Parelhas, município do Seridó Potiguar. Diversas pessoas da cidade atuaram como figurantes e no apoio para a produção.

Em maio, o filme levou o Prêmio do Júri no Festival de Cannes, onde estreou. No Brasil, Bacurau terá sua primeira projeção no Festival de Gramado, como filme de abertura fora de competição, no dia 16 de agosto. A estreia nas salas brasileiras será no dia 29 de agosto, com distribuição da Vitrine Filmes. O prêmio em Munique prevê 50 mil euros em equipamentos Arri para o próximo filme dos realizadores.

O filme de ficção se passa em um povoado no sertão, chamado Bacurau, e tem como marco a morte de uma moradora conhecida, Dona Carmelita. A partir deste episódio, a trama se desenvolve despertando eventos inesperados. A obra deve estrear em salas de cinema no Brasil no segundo semestre.

“A ideia veio em 2009 e decidimos escrever [o filme] juntos. Nós fizemos algumas mudanças para o que temos agora. Foram oito meses trabalhando de segunda a sexta e foi isso”, disse o realizador Juliano Dornelles na entrevista sobre o filme realizada no festival, falando sobre o processo de gravação. A obra é uma adaptação do livro de mesmo nome, de Martha Batalha, sobre a história de duas irmãs no Rio de Janeiro nos anos 1950.

Foto: Vitrine Filmes / Fonte disponível em: https://portalnoar.com.br/filme-gravado-no-interior-do-rn-ganha-premio-na-alemanha/

9

Jul

Já está nas estatísticas: as tecnologias vestíveis caíram no gosto dos brasileiros. As vendas de wearables chegaram a 87.974 unidades no primeiro trimestre deste ano no Brasil, o que significa um salto e tanto de 51,6% em relação ao mesmo período do ano passado. A informação vem de uma pesquisa realizada pelo IDC, empresa de inteligência de mercado e consultoria, o "IDC Tracker Brazil Wearables".

O resultado mostra que o mercado de dispositivos móveis e smartphones vem ganhando alta projeção no Brasil, com lançamentos de grandes fabricantes para um público que está a cada vez mais interessado em produtos vestíveis.

O analista de mercado do setor mobile da IDC, Renato Meireles, conta que 241,3 mil unidades foram vendidas somente em 2018, sendo um aumento de 44,2% em comparação com o ano anterior, 2017. "O mercado está ficando mais estruturado, e os dispositivos com funções mais inteligentes estão ganhando participação em relação aos gadgets mais básicos, como fit bands", comenta.

A pesquisa mostra ainda que os dispositivos dedicados para o uso fitness e de saúde, com funções como monitoramento do sono e contagem de passos, por exemplo, estão conquistando mais usuários. Estes aparelhos ainda são capazes de baixar aplicativos de terceiros, emitir notificações e realizar chamadas, além de funcionalidades ainda mais aprimoradas, como controle de glicemia, batimento cardíaco e melhor GPS.

Somente no ano passado, segundo a IDC, 110,4 mil unidades de dispositivos básicos foram vendidas, apresentando aumento de 7,2% em relação a 2017, enquanto os aparelhos mais inteligentes contaram com 130,9 mil unidades vendidas, crescimento de 103,3%. Já no primeiro trimestre deste ano, houve um crescimento de 19,5% na venda de dispositivos básicos (39.360 unidades), e 93,7% na categoria mais inteligente (48.614 unidades).

Ainda de acordo com o estudo, o ticket médio para dispositivos básicos foi de R$ 1.069 no primeiro trimestre de 2019, e de R$ 2.156 para os smartwatches catalogados como topo de linha. Segundo Meireles, a tendência do mercado está direcionada a uma massificação gradual de segmentos premium, e redução do ticket médio.

"Enquanto no primeiro trimestre do ano passado os dispositivos wearables de marcas desconhecidas correspondiam a 44% das vendas, neste ano essa participação caiu para 4%. Os consumidores estão dando preferência a produtos com mais qualidade, garantia e suporte", completa o analista da IDC.

A previsão para o restante de 2019 é em um crescimento de 91% nas vendas em relação ao ano passado, chegando a um total de 461,7 mil unidades vendidas, sendo 208,5 mil wearables básicos e 253,2 mil smart.

Fonte: Portal Canaltech, disponível em: https://canaltech.com.br/mercado/brasileiros-estao-mais-interessados-por-wearables-mostra-pesquisa-143605/

9

Jul

O Facebook está bastante preocupado com o que andam falando sobre a empresa por aí. Segundo informações da Bloomberg, a companhia possui um software chamado Stormchaser, desenvolvido para rastrear desinformação — vulgo fake news — envolvendo seu nome. A revelação, segundo a agência, foi feita por três ex-funcionários que não quiseram se identificar.

Criado em 2016, o software Stormtracker vem sendo usado para ir atrás de publicações sobre o Facebook que viralizam, como memes e hoax. O conteúdo encontrado varia entre pegadinhas que dizem mentiras como a que Mark Zuckerberg, o CEO da companhia, iria compartilhar as informações privadas de determinado usuário se ele não compartilhasse algo, ou ainda piadas dizendo que o executivo se parece com um extraterrestre.

Em resposta à descoberta, um porta-voz do Facebook contou à imprensa norte-americana que esta ferramenta em questão não é usada para o combate das notícias falsas e que, se fosse, não teria funcionado. "A ferramenta foi criada com uma tecnologia simples que nos ajuda a detectar publicações sobre o Facebook com base em palavras-chave, então consideramos responder ou não sobre a confusão em nossa própria plataforma", disse o porta-voz.

Mas o Stormtracker é apenas uma das medidas usadas pela rede social para controlar a sua reputação. O Facebook já investiu milhões de dólares para a contratação de relações públicas, que frequentemente coletam dados de pesquisas feitas com usuários para entender o que estão falando sobre ele.

Fonte: Portal Canaltech, disponível em: https://canaltech.com.br/redes-sociais/stormtracker-facebook-cria-software-que-rastreia-fake-news-sobre-a-empresa-143601/