Comunicação, educação, mercado e turismo!

Um blog diferente, com a marca da credibilidade, que traz tendências, novidades do mundo corporativo, do universo da tecnologia e mídias sociais, do setor de educação e do mercado publicitário. E como ninguém é de ferro, tem ainda lazer, cultura e turismo! Fale com a gente pelo e-mail blogdajuliska.news@gmail.com. Nos siga no Instagram e Facebook: @blogdajuliska.

20

Mai

O Ministério da Educação (MEC) confirmou para o próximo dia 28 de maio a posse do reitor eleito da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), José Daniel Diniz Melo. A cerimônia acontecerá na sede do MEC, a partir das 11h, momento no qual Daniel Diniz assina o termo de posse para seu mandato no quadriênio 2019-2023.

Atual vice-reitor da UFRN, José Daniel Diniz, docente do Departamento de Engenharia de Materiais, adiantou que sua gestão prezará pela qualidade acadêmica, eficiência, transparência, diálogo com os diversos segmentos, valorização humana e planejamento estratégico.

A consulta à comunidade universitária aconteceu no mês de novembro de 2018 e contou com a participação de chapa única, representada pelos professores José Daniel Diniz Melo e Henio Ferreira de Miranda, que obteve 8.988 votos de um total de 9.537 votantes. Enquanto a posse acontece ainda em maio, a solenidade de transmissão do cargo será realizada na noite do dia 3 de junho, em Natal.

20

Mai

A Organização Mundial do Comércio (OMC) iniciou uma rodada de negociações para debater acordos relacionados ao comércio eletrônico. O Brasil participa dos debates. O tema já vem sendo tratado há pelo menos duas décadas na organização, mas agora as nações querem avaliar a necessidade de acordos para lidar com os novos desafios de uma economia cada vez mais digitalizada.

Entre os temas em debate estão regras para trocas de dados entre empresas e prestadores de serviço de países diferentes, a tributação de serviços e bens transacionados entre distintas nações e formas de assegurar os direitos do consumidor em situações como na compra de bens e serviços em países distintos do seu.

A OMC já tinha um programa de trabalho sobre o tópico. Na reunião ministerial de Buenos Aires, em dezembro de 2017, foi definido o início de “discussões exploratórias” sobre o assunto. Durante o Fórum Econômico Mundial deste ano, em Davos, 76 países decidiram avançar as discussões rumo a uma rodada de negociações, processo de maior força institucional.

Propostas

Nesta primeira etapa das negociações, países apresentam suas propostas. Segundo o chefe da Divisão de Promoção de Serviços do Itamaraty, George de Oliveira Marques, os países não devem avançar em uma definição de comércio eletrônico, mas trazer propostas específicas para atender aos seus interesses.

Os Estados Unidos, exemplifica, estão mais preocupados em definir regras para serviços prestados por meio eletrônico e para produtos digitais, como filmes, softwares e impressores 3D. Um dos objetivos seria tratar os produtos digitais de forma semelhante aos bens de comércio "normal", evitando a criação de exigências e tarifas adicionais. O país é sede das maiores empresas de tecnologia do mundo, como Apple, Microsoft, Amazon, Google e Facebook.

Já a China estaria mais focada no estabelecimento de normativas para o comércio de bens por plataformas de comércio eletrônico, como roupas, calçados e equipamentos eletrônicos. Lá estão grandes conglomerados do setor, como Alibaba e JD.com.

De acordo com George Marques, as transações de bens e serviços já são cobertas por acordos sobre esses dois tipos de atividade econômica. Mas o vácuo a ser avaliado seriam os novos negócios baseados em dados, como os de plataformas digitais.

“O que existe de novo e não está coberto é a questão de dados, informação. Hoje o que interessa a empresas de internet como Google, Facebook e Amazon é poder acessar informação de outros países, armazenar e processar para vender serviços ou bens”, disse o chefe da divisão de Serviços do Itamaraty.

Outro tema de interesse da representação brasileira são direitos do consumidor. “Com o comércio eletrônico, o consumidor está num país e o prestador em outro território. Se o consumidor está se sentindo lesado, qual legislação vai valer?”, questiona Marques. Segundo ele, a preocupação é que valham padrões mínimos, como troca de produto defeituoso e fornecimento de informações com clareza sobre condições de pagamento.

Fonte: Agência Brasil

20

Mai

O Rio Grande do Norte vai ganhar sua primeira especialização em Direito Notarial e Registral. O Curso de Pós-Graduação será ofertado pela Universidade Potiguar, em Natal e Mossoró, com uma grade curricular pensada para capacitação dos profissionais que atuam em um dos 206 cartórios do estado. No dia 15 de maio, o Reitor da UnP, Prof. Gedson Nunes, assinou um convênio com a Associação dos Notariais e Registradores do RN (Anoreg RN) para a oferta de condições diferenciadas para associados, funcionários e familiares.

“A Universidade está sempre inovando e pensando em contribuir para o crescimento da sociedade e dos profissionais do RN”, afirmou o Prof. Gedson em reunião com os representantes da Anoreg, da área Acadêmica e Comercial da UnP para assinatura do convênio.

O segmento cartorial é promissor. Atualmente, com o estímulo à desjudicialização, os cartórios são palco de resolução de muitos direitos e serviços são cada vez mais oferecidos neles garantindo solução rápida aos processos. Esse novo cenário, traz a necessidade de profissionais cada vez mais capacitados para atuarem não só nos cartórios, mas também para atender as demandas dos clientes.

A Coordenadora de Cursos de Pós-Graduação na área de Direito, Profa. Danielle Freitas, explica que a grade curricular foi construída para atender à necessidade de capacitação do público formado em Direito e também na área de Negócios e Gestão. “Este será o primeiro curso de Direito Notarial do estado e teremos essa parceria importante com a Anoreg que representa os cartórios do RN”, afirma.

20

Mai

O quão “saudável” é a internet no mundo? De que maneira os desenvolvimentos recentes impactam e melhoram (ou pioram) a “saúde” da web? Segundo a Fundação Mozilla, mudanças na inteligência artificial, na publicidade digital e na coleta e no processamento de dados são necessárias, afetam o estado da rede mundial de computadores e precisam ser discutidas pela sociedade.

As tendências estão no relatório “Internet Health Report 2019”, uma compilação de estudos e análises para identificar periodicamente os principais problemas da internet, mapear o que influencia esse ecossistema e discutir estratégias a serem adotadas por diversos atores (como governos, empresas e organizações da sociedade) para enfrentá-los e construir o que a fundação chama de uma web “mais saudável”.

Uma das principais preocupações é com o avanço da inteligência artificial (IA), cada vez mais disseminado no ambiente online hoje. “Sem necessariamente saber, qualquer um que use internet hoje está interagindo com alguma forma de automatização de IA”, registra o relatório.

Segundo o estudo, é preciso entender essas tecnologias, decidir o que se quer para elas e prestar atenção aos riscos. Grandes empresas de tecnologia vêm direcionando os avanços no tema a partir de sua imensa base de dados (como as plataformas Amazon, Facebook, Google e Microsoft). Entre as inovações dessas companhias estão sistemas de reconhecimento facial vendidos a governos para repressão, ainda que haja registros de erros graves nesses sistemas e riscos à privacidade.

Em abril deste ano, o Google anunciou a criação de um “conselho de ética” para supervisionar o desenvolvimento dessas soluções técnicas. A iniciativa foi recebida com críticas tanto de trabalhadores quanto de indivíduos e organizações, que apontaram a falta de efetividade no projeto. Diante disso, a companhia abandonou a proposta.

Um caso citado como exemplo no relatório foi a decisão de um grupo de pesquisadores (OpenAI, IA aberta, no termo em inglês) de não divulgar uma tecnologia de IA que podia escrever automaticamente textos realistas baseados no conteúdo existente na web. A decisão ocorreu pelo receio dos pesquisadores com usos negativos do sistema. Os autores defendem uma maior autonomia dos indivíduos em relação a esta tecnologia.

Publicidade digital

O relatório indica como tema central da internet contemporânea o crescimento da publicidade digital. O grau intensivo de personalização (direcionamento dos anúncios a partir do perfil do usuário) vem estimulando a coleta cada vez maior de informações sobre os usuários, sem que eles saibam quais dados estão sendo registrados ou como estão sendo combinados para convencê-los a comprar produtos.

O modelo de negócios de oferta de serviços “grátis” (como interagir em uma rede social ou fazer uma busca por uma palavra) tem por trás esses mecanismos de vigilância. Conforme os autores, tal lógica aumenta as ameaças às liberdades e aos direitos humanos. Outro problema é a concentração no mercado: Google e Facebook controlam 84% do setor, à exceção da China.

Cidades inteligentes

A internet tem avançado cada vez mais como infraestrutura de conexão das experiências nas cidades. Mais da metade das pessoas do mundo está nessas unidades geográficas, percentual que pode chegar a 68% até 2050. O emprego de tecnologias digitais conectadas nesses espaços tem sido discutido sob a alcunha de “cidades inteligentes”.

Um movimento citado pelo relatório foi a emergência em prefeituras dos Estados Unidos de iniciativas de regulação local da neutralidade de rede após a autoridade regulatória da área das comunicações do país (a Comissão Federal de Comunicações) ter acabado com a exigência. Essa norma prevê que operadoras não podem interferir no tráfego (como uma empresa de telecomunicações “piorar” a qualidade de uma ligação por serviços como Whatsapp ou Skype).

O relatório aponta, contudo, que há críticos que veem na “moda” das cidades inteligentes justificativas para investimento em tecnologias de vigilância dos cidadãos, como câmeras com reconhecimento facial.

“Tanto em cidades ricas como pobres em recursos, há câmeras, sensores, microfones e enormes contratos de aquisição de larga duração, com empresas que têm práticas questionáveis de gestão de dados”, diz o documento.

Fonte: Agência Brasil

20

Mai

No mês de abril, a Bolsa de Valores de São Paulo (B3) alcançou mais de 1 milhão de investidores pessoa física no mercado de renda variável. Foram 1.046.244 investidores, mais de 63 mil novos CPFs quando comparado ao número de março. Em abril no ano passado, eram 663.270 investidores pessoa física.

De acordo com Felipe Paiva, diretor de Relacionamento com Clientes Brasil da B3, não se pode ignorar que há uma mudança em curso no mercado financeiro. Além dos investimentos em produtos de bolsa, o Tesouro Direto também atingiu a marca de mais de 1 milhão de investidores. Já o Ibovespa, índice do mercado, atingiu os 100 mil pontos neste ano.

“Esse número é o resultado, em primeira instância, da questão do cenário macroeconômico; então, a questão da taxa de juros em um dígito, os contratos futuros apontando a manutenção dessa taxa de juros em um dígito, têm feito as pessoas que têm recursos em poupança a sair da zona de conforto, eles não têm mais aqueles rendimentos garantidos que tinham no passado, esse é um movimento constante”, disse Paiva.

Para ele, as pessoas estão percebendo outros instrumentos financeiros que trazem retornos melhores do que a poupança, por exemplo. “O resultado de 1 milhão é muito positivo nesse sentido, de que está havendo uma mudança comportamental no país em relação a comprar investimentos”.

Paiva destaca que o crescimento é uma tendência e não apenas um fenômeno isolado. “Mês a mês, vem crescendo, então é uma tendência sim de crescimento no número de pessoas físicas, também em outros produtos, não só em bolsa”.

Foto: Rovena Rosa / Fonte: Agência Brasil

20

Mai

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) informou que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) registrou 6.384.957 inscritos para a edição de 2019. As inscrições terminaram nessa sexta-feira (17).

Os estudantes têm até o dia 23 de maio para pagar a taxa, no valor de R$ 85. O total de participantes confirmados será divulgado no dia 28 deste mês.

Quem teve direito à isenção do pagamento da taxa e concluiu a inscrição no prazo tem participação garantida. As provas do Enem 2019 serão aplicadas em dois domingos, 3 e 10 de novembro, com quatro provas objetivas e 180 questões, além da redação.

O Enem é realizado anualmente Inep, vinculado ao Ministério da Educação. Em 21 edições, o exame recebeu quase 100 milhões de inscrições.

O exame avalia o desempenho do estudante e viabiliza o acesso à educação superior, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Programa Universidade para Todos (ProUni) e instituições portuguesas.

Fonte: Agência Brasil

17

Mai

Orquídea do RN : A governadora Fátima Bezerra, sancionou ontem (16) a Lei 10.508/19, reconhecendo a orquídea Cattleya Granulosa Lindley como a flor símbolo do RN.

Aprovada pela Assembleia Legislativa, a nova legislação - publicada hoje (17), no Diário Oficial, foi proposta pela Associação Orquidófila do Rio Grande do Norte. 

Reforço policial

A Polícia Militar informa aos motoristas em deslocamento à Praia de Pipa que evitem desviar pela estrada que passa na ponte sobre o Rio Jacú no sentido Sumaré. (prolongamento da RN 061). O motivo é que essa rota, sugerida como a mais curta pelo GPS, passa por uma área de canaviais cuja ponte se encontra danificada, facilitando, portanto, a ação de criminosos.

Plano Nacional de Turismo

Foi aprovado esta semana o Plano Nacional de Turismo 2018-2022. Entre as metas do plano, além de aumentar a entrada de visitantes internacionais para 12 milhões, está ainda o aumento da receita gerada pelos visitantes internacionais no País, de US$ 6.5 bilhões para US$ 19 bilhões.

E mais...

Das diretrizes e estratégias do Plano Nacional de Turismo destacam-se soluções de segurança pública que envolvam o setor de turismo; promover e facilitar a atração de investimentos e a oferta de linhas de crédito para o turismo; aprimorar a oferta turística nacional; intensificar a qualificação no turismo. Entre outras.

Novos voos

A GOL anunciou a terceira fase de ampliação de voos no Estado de São Paulo que, desta vez, contempla 10 cidades que estão localizadas nas regiões sul e nordeste do país: Fortaleza (CE), Recife (PE), Salvador (BA), Maceió (AL), Petrolina (PE), Juazeiro do Norte (CE), Porto Alegre (RS), Manaus (AM), Aracaju (SE) e Foz do Iguaçu (PR).

Maratona da Cidade do Natal

Domingo é dia de corrida. Com a largada marcada para as 6h da manhã deste domingo, a Maratona da Cidade do Natal, está movimentando a cidade com atletas de todas as partes do Brasil e do mundo. O percurso, que inclui parte da Via Costeira, será de 5km, 10km, 21 km e 42km.

Avianca – de mal a pior: Pilotos e comissários  da Avianca Brasil iniciaram hoje (17) uma greve até que suas reivindicações sejam atendidas. Entre os pedidos estão a regularização dos salários e verbas rescisórias. Parte dos voos da companhia em Congonhas (SP), Santos Dumont (RJ), Brasília e Salvador serão cancelados ou sofrerão atrasos.

Que vergonha...

Durante sua delação premiada, Henrique Constantino, um dos donos da Gol afirmou que as principais companhias aéreas do Brasil criaram um fundo de R$ 2,5 milhões para repasses de caixa dois a parlamentares em troca de bom relacionamento com o Poder Legislativo.

Turismo educativo: O Complexo Educacional Contemporâneo realizou na última quinta-feira (16), uma aula de campo na comunidade indígena, Catu dos Eleotérios, no município de Canguaretama. Oportunidade na qual os alunos tiveram contato com os índios e a ampliação de conhecimento sobre a sua cultura. É o turismo de experiência aliado a educação.

17

Mai

Comunicação

Minuto da Câmara

Com o objetivo de evitar mortes por afogamento na capital potiguar, foi apresentado o Projeto de Lei que cria regras de segurança nas piscinas em ambiente público. A matéria da vereadora Nina Souza (PDT) foi aprovada em Sessão Ordinária. Essa e outras notícias, você acompanha no Minuto da Câmara, o seu resumo semanal do trabalho realizado no legislativo municipal de Natal. Acompanhe:

O Projeto de Lei da vereadora Eleika Bezerra (PSL), apreciado e aprovado em primeira discussão, dispõe sobre o procedimento de localização e recuperação de crianças e adolescentes desaparecidos no município de Natal. Essa e outras notícias, você acompanha no Minuto da Câmara, o seu resumo semanal do trabalho realizado no legislativo municipal de Natal. Acompanhe: 

17

Mai

Entre os dias 20 a 31 de maio, o colégio CEI Romualdo e o Espaço Infantil Primeiros Passos promovem as “Semanas de Artes Literárias 2019”, com programação artística e cultural voltada para os alunos de todos os níveis de ensino.

O tema deste ano é: “Quem não valoriza as pequenas coisas, não saberá valorizar as grandes; se é que chegará lá”, inspirado no poeta potiguar Antônio Francisco,que fará a abertura oficial na segunda-feira, a partir das  7h30, no  Centro de Atividades  Culturais  do CEI.

Durante os dias de  programação  os alunos  irão interagir com diversos  artistas potiguares como Francisco Eduardo, Bia Madruga e Gabriela Barbalho, além de  presença de livrarias convidadas que estarão em stands.

Os alunos também serão protagonistas em apresentações de recitais, exposições  artísticas, sebo literário e  produção em sala de aula.

17

Mai

Às margens da rodovia BR -232, no município de Moreno, em Pernambuco, será construído o mais moderno centro de compras voltado a cidades médias do Nordeste, o Recife Outlet Premium. Inspirado nos modelos norte-americanos, o primeiro outlet do Estado será voltado à comercialização das grandes marcas e implicará em um aporte de R$ 60 milhões, com perspectiva de geração de 2 mil novos empregos já na primeira fase de operação.
 
O empreendimento é assinado pelo Grupo BCI, que atua há mais de 20 anos no mercado pernambucano, por meio dos empresários Paulo Perez, Marcos Menezes e Rômulo Pina. A  terraplenagem da área de 11,2 hectares será iniciada até o fim deste mês. As obras, por sua vez, terão início em agosto de 2019 e a entrega aos lojistas está prevista para julho de 2020, dois meses antes da inauguração para o público, planejada para setembro do ano que vem.

“Mais uma vez, Pernambuco exerce esse protagonismo no Nordeste, ao receber o mais moderno outlet de marcas premium da região. É um equipamento importante, tanto para quem faz turismo de negócios quanto para quem faz turismo de lazer. Ganhamos mais um atrativo que, certamente, vai aumentar o tempo de estadia do visitante por aqui”, enfatizou o secretário de Desenvolvimento Economico de Pernambuco, Bruno Schwambach.