Comunicação, educação e tecnologia

Fale com a gente pelo e-mail blogdajuliska.news@gmail.com e nos siga no Instagram @blogdajuliska.

11

Set

A coordenação do Núcleo de Estudo e Ensino de Línguas (NEEL), do Departamento de Letras Estrangeiras da Faculdade de Letras e Artes (DLE/FALA) da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) publicou nesta quarta-feira (11) os procedimentos de matrícula para os cursos de idiomas referentes ao semestre 2019.2.

Serão oferecidas ao todo 125 vagas, distribuídas entre os cursos de Língua Inglesa, Língua Espanhola, Preparatório de Proficiência Leitora em Inglês, Preparatório de Proficiência Leitora em Espanhol e LIBRAS.

As inscrições nos cursos deverão ser efetuadas on-line, neste endereço, das 8h do dia 21 de outubro às 23h59 do dia 28 de outubro de 2019. Os horários das turmas serão divulgados na página do NEEL até as inscrições. Mais informações podem ser acessadas no EDITAL.

11

Set

O campus do Fundão da UFRJ, Universidade Federal do Rio de Janeiro, ganhou o primeiro laboratório do país de bioengenharia de tecidos que vai disponibilizar pele reconstruída para testes em produtos. O material produzido pela unidade será utilizado em substituição ao uso de animais como cobaias em testes de produtos.

O processo começa com a doação de restos de cirurgias plásticas para o laboratório. Daí se extraem os chamados queratinócitos. Essas células são cultivadas em placas de cultura e, depois de 17 dias em contato com o ar, se proliferam, formando múltiplas camadas de pele.

O laboratório, situado no campus da UFRJ, será gerido pela Episkin, uma subsidiária da L’Oréal. Sua inauguração constitui antecipação do prazo do dia 24 de setembro dado pelo CONCEA, Conselho Nacional de Controle de Experimentação Animal, para o fim do uso de animais em testes de segurança sempre que haja uma alternativa validada.

Em três anos de atividade da Episkin no Brasil, mais de 5 mil tecidos de pele reconstruídos foram gerados e utilizados no treinamento de mais de 100 pesquisadores no país e no Mercosul, o que possibilitou a implementação de métodos alternativos em diversos laboratórios interessados em reduzir ou substituir os testes em animais. Com a inauguração de sua nova unidade de produção, essa capacidade aumentará para 10 mil unidades por ano.

Fonte: Agência Brasil

11

Set

As inscrições para o "Curso de Astronomia Fundamental", promovido pela ANRA (Associação Norte Riograndense de Astronomia), em parceria com o IFRN seguem até o dia 13/09 e estão sendo realizadas através do link: http://encurtador.com.br/ixzO8

O curso, que é voltado para alunos do IFRN e para pessoas que tenham interesse no tema, não exige do público vínculo com a instituição. As aulas serão de 14/09 até dia 23/11, aos sábados, das 8h às 12h, na Sala de Capacitação do NIT. O curso tem carga horária de 40 horas e não tem custo para os participantes.

11

Set

Até o próximo dia 20 de outubro, Natal recebe a maior mostra de arquitetura, design de interiores e paisagens das Américas, a Casa Cor RN, no Aeroclube da capital. Assinada por 43 profissionais, a mostra reúne 31 ambientes diferentes. O grupo O Borrachão está presente em oito ambientes, com o que há de melhor em revestimentos acústicos, pisos e estruturas em dry wall. “A Casa Cor permite que a gente apresente o nosso produto de uma forma diferenciada. As pessoas vão ver como ele é usado na prática. Isso faz com que elas se inspirem, tenham ideias e possam deixar a sua casa mais bonita, funcional e confortável”, disse Renalle Diniz Costa Gurgel, diretora de relacionamento do O Borrachão, que participa do evento desde a primeira edição, em 2012.

Este ano, o grupo vai promover encontros com arquitetos e fornecedores para discutir tendências e demonstrar produtos. “A mostra é uma espécie de ‘Fashion Week’ do mundo da arquitetura. É quando esses profissionais ousam e lançam bons produtos. A gente procura sempre fazer parceria com esses profissionais para oferecer o melhor para o mercado”, completou. Em 2019, a mostra veio com um ambiente ousado, montado em formato de contêiner. O “Estúdio HW Automação”, dos arquitetos Bernardo Morais e Roberto Rocha, é inspirado em um jovem guitarrista que gosta de se isolar do mundo para curtir uma boa música, em um local tecnológico e cheio de personalidade.

Na parte interna, conta com artifícios de automação e uma sonorização digna de cinema. Isso graças a um revestimento acústico de alta qualidade. “Nós resolvemos apostar nesse projeto porque ele tem tudo a ver com a gente. Usamos o que havia de melhor em revestimento acústico para permitir a alta performance ao ambiente, como foi idealizado pelos arquitetos”, explicou Renalle Gurgel. O espaço ainda é sustentável. Tudo é alimentado por placas solares. A energia gerada abastece também patinetes elétricos disponibilizados na área externa do evento.

Outros ambientes também contam com produtos de alta padrão: O “Tetto Afeto” é um living projetado pela arquiteta Marília Bezerra e conta com estruturas de dry wall; o “Refúgio Oásis”, de Maria Luiza Negreiros, é um recanto de paz e aconchego montando também com dry wall, assim como "O Loft da Influencer", de Cecília Sales e Flávia Furtado. Na “Cozinha Deca”, assinada pela arquiteta Samara Gosson, foram utilizados revestimentos de parede, piso porcelanato e dry wall; a “Varanda das Dunas”, de Renata Matos, ficou muito mais bonita com o revestimento em pedra natural, lançado durante a Casa Cor; o “Estúdio Pedra”, de Gracita Lopes e Sheila Lopes, conta com a funcionalidade dos revestimentos acústicos; e a “Casa Eva”, de Matheus Bulhões, tem a beleza dos pisos vinílicos e a tecnologia do dry wall.

11

Set

Deu na Exame: 

Ao realizar o download de um aplicativo, o usuário é notificado de que o programa está solicitando alguma permissão, seja para acessar a câmera ou o microfone do celular, por exemplo. O problema é que softwares usados apenas para simular uma lanterna no aparelho estão abusando a privacidade alheia ao solicitar acesso até mesmo para enviar mensagens para os contatos da lista do celular.

Um estudo realizado pela empresa de segurança digital Avast revelou que uma série desses aplicativos, alguns com mais de 1 milhão de downloads, pedem até 77 permissões dos usuários para funcionarem. A análise foi feita com aplicativos de lanterna para exemplificar como até mesmo um programa simples pode coletar tantos dados desnecessários.

Dos 937 aplicativos avaliados e disponíveis da Play Store, a loja do Google, 408 solicitaram menos de dez permissões – em geral para utilizar a câmera e ativar o flash, por exemplo. Enquanto isso, 262 apps pediram entre 50 e 77 tipos de acesso diferentes.

“Algumas das permissões solicitadas pelos aplicativos de lanterna que examinamos são realmente difíceis de explicar”, afirma Luis Corrons, especialista de segurança da Avast. Em alguns casos, os programas querem autorização para a gravação de áudios e para o envio de mensagens de texto para contatos da lista do aparelho.

A situação fica ainda mais delicada quando é sabido que esses dados podem ser enviados para terceiros. Neste caso, o usuário estaria ainda mais exposto e dificilmente conseguiria saber quem está tendo acesso às suas informações e se elas foram anonimizadas antes do envio. Confira abaixo os cinco aplicativos de lanterna que mais coletam dados no Android:

  1. Ultra Color Flashlight – 77 permissões – mais de 100 mil downloads

  2. Super Bright Flashlight – 77 permissões – mais de 100 mil downloads

  3. Flashlight Plus – 76 permissões – mais de 1 milhão de downloads

  4. Brightest LED Flashlight – 76 permissões – mais de 100 mil downloads

  5. Fun Flashlight – 76 permissões – mais de 100 mil downloads

Fonte disponível em: https://exame.abril.com.br/tecnologia/aplicativos/

11

Set

Uma iniciativa protagonizada por alunos do Centro Estadual de Educação Profissional Dr. Ruy Pereira dos Santos (CEEP), localizado em São Gonçalo do Amarante (RN), está ultrapassando os limites da escola e ganhando o mundo. Intitulada de Projeto Missão Galo a iniciativa, integralmente realizada pelos estudantes do centro, foi um dos projetos vencedores do “Desafio Criativos da Escola 2019”, cujo prêmio é uma viagem à Roma, na Itália.

Ação vinculada ao Design for Change, movimento internacional presente em 65 países, o “Desafio Criativos da Escola” tem por objetivo encorajar educadores e educandos (do ensino fundamental I e II ao ensino médio) a transformarem suas realidades por meio de projetos que envolvam a educação, e já contemplou mais de 2,2 milhões de crianças e jovens no mundo todo.

Concorrendo com 1.443 propostas oriundas de diversos estados do Brasil, o Missão Galo está entre um dos sete selecionados brasileiros à viagem, que acontece em dezembro deste ano e contará com a presença do líder mundial da Igreja Católica, o Papa Francisco. No itinerário em Roma, os estudantes participarão de uma conferência global, chama da “Eu posso”, que reunirá jovens e adolescentes de 43 países diferentes.

Além disso, também estão previstos dois dias de passeios turísticos aos alunos que realizarem a viagem. No caso do Projeto potiguar, as alunas indicadas a irem à Itália são Maria Clara Oliveira, Maria Bruna Acciole e Patrícia Camila da Silva, que serão acompanhadas pelo professor Wesley Petrosa. Além da viagem cada escola premiada ganhará 1.500 reais, que devem ser aplicados no desenvolvimento e expansão do projeto, e 500 reais aos educadores envolvidos.  

11

Set

A Agência de Inovação (AGIR) da UFRN e o Parque Científico e Tecnológico Augusto Severo (PAX) serão dois dos destaques no stand da Universidade durante a 37ª edição do Encontro Econômico Brasil-Alemanha (EEEBA), de 15 a 17 de setembro de 2019, em Natal (RN). Considerado o mais importante evento focado nas relações entre os dois países, a programação contempla painéis, fóruns, encontros de negócios e visitas técnicas à empresas e instituições. 

Segundo o diretor da AGIR, Daniel Pontes, a oportunidade servirá para que a Agência mostre aos participantes as potencialidades da UFRN no quesito inovação. “Temos o propósito bem forte de estimular a transferência de tecnologia da Universidade para o setor produtivo. Para isso, desenvolvemos estudos de prospecção tecnológica e de inteligência competitiva, no campo da propriedade intelectual, de forma a orientar as ações de inovação na UFRN”, colocou o diretor.

Ele acrescentou que, além de planejar e coordenar as transferências de tecnologia, know-how e licenciamentos de tecnologias da UFRN, a AGIR é responsável pela gestão dos ambientes promotores de inovação, como as incubadoras e os parques tecnológicos. O Encontro Econômico Brasil-Alemanha é anual e acontece alternadamente no Brasil e na Alemanha, com o objetivo de fortalecer as relações bilaterais e aprofundar a parceria estratégica.

O EEBA é organizado pela Federação das Indústrias Alemãs (BDI) e pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), e, na edição de 2019, com a Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte (FIERN). O EEBA é aberto oficialmente pela cerimônia de entrega do Prêmio Personalidade Brasil-Alemanha que, em 2019, acontecerá na noite do dia 15 de setembro. No stand da UFRN, também estarão presentes equipes da Secretaria de Relações Internacionais (SRI), Instituto Metrópole Digital (IMD), Instituto do Cérebro (ICe) e Instituto Ágora.

11

Set

Uma das mais importantes linguagens da arte no século 21, o audiovisual, as novas plataformas e a capacidade de transformação das cidades entram em discussão no Seminário Audiovisual e Mercado, que será realizado no período de 24 a 28 de setembro, no auditório do Sebrae no Rio Grande do Norte. A ideia é debater sobre as estratégias para alavancar o potencial da capital potiguar para esse setor.

Isso porque Natal tem uma singularidade visual e cultural capaz de atrair diretores e produtores de cinema, publicidade e televisão na busca de locações para suas produções de filmes de longa-metragem, documentários e comerciais de tevê. A abertura do evento ocorre no dia 24, às 19h30.  As inscrições podem ser feitas pelo Sympla.

O seminário é uma iniciativa do Goiamum Audiovisual por meio da Casa de Produção, em comemoração aos dez anos do festival potiguar, e foi um dos projetos selecionados no Edital de Economia Criativa do Sebrae em 2019. Um dos objetivos do evento é também ampliar noção de audiovisual como negócio.

Estão programadas palestras, debates, painéis, workshops e mesas redondas com profissionais de prestígio e de alcance internacional na área do audiovisual, economia criativa e cidades inteligentes. Algumas atividades são abertas ao público e gratuitas, e outras voltadas para profissionais, estudantes de cinema, tevê e publicidade, games e também interessados em marketing e economia criativa em geral.

Entre os temas que encabeçam o Seminário Audiovisual e Mercado está a palestra de abertura, “Audiovisual, economia criativa e cidades: aliados em busca de um futuro”, proferida pela economista Ana Carla Fonseca Reis, da Garimpo Soluções. Ana Carla tem atuação mundial em economia criativa, cidades criativas, negócios e o futuro do trabalho. Também participa do evento André Faria, que é representante da Rede Brasileira de Film Comission (REBRAFIC).

Ele vai abordar o tema “Os benefícios trazidos pelas Film Comission”, no dia 25. As redes de Filme Comission são responsáveis por apoiar e atrair os produtores nacionais e internacionais para promover as regiões do Brasil, trazendo desenvolvimento econômico através de produções audiovisuais. Hoje, o setor do audiovisual reúne 13 mil produtoras e cerca de 300 mil empregos diretos.

11

Set

Durante o mês de agosto e a primeira semana de setembro, os alunos da escola SESI Natal, Dailton Lima, Renata Custódio, Elton Santos e Ana Paula Rodrigues, sob a orientação do professor Diego B. Cavalcante, participaram da 4° fase da Olimpíada Brasileira de Cartografia – Obrac. Nessa etapa, a equipe deveria desenvolver um trabalho com a temática refugiados, que consistia em fazer um “story map”, um documentário e um relatório de todas atividades inerentes a essa fase.

Diante desse desafio, eles recorreram ao auxílio do professor José Rodrigues, que apresentou o grupo a Cáritas (organismo da igreja católica que dá assistência aos refugiados no RN em todo país) para colher informações e se aprofundarem sobre a temática. Por intermédio da diretora da Cáritas, Kilza Gomes, os alunos conheceram um casal de refugiados venezuelanos — Yankelys Arguirre e Félix Malave — que migraram para nossa cidade e receberam apoio nesse processo da Cáritas.

Num primeiro momento, o grupo realizou uma entrevista com o casal, e a partir daí, sabendo das dificuldades e necessidades deles, encabeçaram um trabalho nas redes sociais e na escola, através de divulgação de vídeos e palestras objetivando sensibilizar as pessoas no que concerne a causa dos refugiados no mundo e em nosso país. Em seguida, com a ajuda da supervisora Luciana Gouveia, foi desenvolvida uma campanha na escola para arrecadar donativos visando formar um enxoval para Yankelys, gestante de sete meses.

Na culminância do projeto, foi realizada uma palestra na escola com a Senhora Kilza Gomes sobre a temática, e a entrega do enxoval a Sra. Yankelys. Segundo o professor Diego, ao final de todo o trabalho, pode-se observar uma maior empatia e sensibilização dos alunos para com a causa não só dos refugiados venezuelanos estudados pelo grupo, mas por todas pessoas que se encontram nessa difícil situação.

A competição teve início em maio, com aproximadamente 1300 equipes participantes de todo o Brasil, sendo dividida em quatro fases. Nas duas primeiras, a equipe da Escola SESI Natal ficou bem classificada, avançando de fase entre as melhores ranqueadas do Brasil. Na terceira fase, a equipe obteve a melhor média do país (99,1667), fato que nos deixou em primeiro dentre as 104 equipes que participam desta quarta fase. As três melhores equipes classificadas, irão participar da final brasileira no mês de novembro na cidade do Rio de Janeiro, na Universidade Fluminense. Diante de todo trabalho realizado, a equipe está confiante na possibilidade de ir disputar a final.

11

Set

Com a chegada de setembro, chega também a campanha do Setembro Amarelo, o mês da prevenção do suicídio que aproveita a data do 10 de setembro, o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio. E é justo em tempo do 10 de setembro que o Facebook anunciou um conjunto de medidas para contribuir com a campanha. A companhia promoverá três mudanças em sua plataforma para contribuir para um debate mais franco sobre o tema e tornar sua plataforma um ambiente mais seguro para pessoas com tendências suicidas.

Entre as ações, o Facebook vai contratar um especialista em saúde mental e bem-estar para trabalhar junto com a equipe de políticas de segurança da rede social. Além disso, a empresa também pretende compartilhar sua ferramenta de monitoração de redes sociais, a CrowdTangle, com pesquisadores acadêmicos selecionados, que explorarão como o Facebook e o Instagram podem ajudar na prevenção.

O terceiro e último passo consiste em adicionar as orientações #chatsafe da Orygen em seu Centro de Segurança e em seções de ajuda do Instagram, caso algum usuário pesquise conteúdos relacionados ao suicídio ou à automutilação. O trabalho da Orygen baseia-se na criação de um pacote de recomendações para falar sobre suicídio de forma sadia.

Fonte: Portal B9, disponível em: https://www.b9.com.br/113874/facebook-anuncia-mudancas-para-ajudar-na-prevencao-de-suicidios/amp/