Comunicação, educação e tecnologia

Fale com a gente pelo e-mail blogdajuliska.news@gmail.com e nos siga no Instagram @blogdajuliska.

12

Nov

Imagine lançar um negócio no mercado e conseguir em apenas dez dias o número de clientes que normalmente levaria anos para se conquistar. Isso é o que promove o growth hacking, uma nova tática de crescimento acelerado de negócios, surgida entre as startups de alto crescimento do Vale do Silício, nos Estados Unidos, e que está ganhando o mundo. Essa metodologia é considerada a nova arma para o marketing digital porque usa os canais digitais para maior performance e distribuição da mensagem visando a aquisição e conversão de novos clientes.

O tema é difundido no Brasil pelo matemático, empreendedor e co-fundador da primeira agência de growth hacking do país, a Growth Team, Bráulio Medina. Ele vem a Natal participar da Arena Sebrae de Transformação Digital, que será realizada nos dias 19 e 20, na Arena das Dunas. O professor do IBMEC-RJ e fundador da Vortio será um dos palestrantes do evento. “Vamos falar ao público sobre metodologias e ferramentas do mundo digital que propiciam os melhores resultados a nível de produtividade e gestão da comunicação e do marketing”, diz Bráulio Medina.

Ele, que é especialista em marketing de conteúdo e mídias sociais, garante que o growth hacking serve não apenas para startups mas para qualquer tipo de negócio, incluindo micro e pequenas empresas. “O aspecto central é que a mentalidade de hacker aplicada a qualquer tipo de crescimento de negócio é bem recebida e muito valiosa”.  A Arena Sebrae de Transformação Digital pretende trazer a Natal as principais novidades em termos de inovação em marketing e gestão de pequenos negócios.

O evento vai apresentar ferramentas inovadoras e acessíveis aos pequenos negócios, informações de mercado, tendências, palestras, mostrando de maneira prática como a empresa ou futuro negócio pode se inserir no novo cenário de transformação digital. As inscrições podem ser feitas pela internet no site www.arenadigitalsebrae.com.br/ e informações pelo 0800 570 0800.

O evento terá seis espaços. Um deles é de aplicativos voltados para gestão de empresas. O espaço vai oferecer informações sobre diversas ferramentas digitais e aplicativos para a gestão eficiente do negócio, nas áreas de vendas, finanças, organização, orçamentos, controles para o MEI.

12

Nov

Nesta segunda-feira (11) o Google revelou os vencedores da edição 2019 do Google News Initiative, projeto criado para impulsionar digitalização e a inovação de veículos jornalísticos em diversas partes do mundo.

Desta vez, a iniciativa selecionou 30 projetos criados por diferentes veículos de diversos países da América Latina, sendo 12 deles criados por empresas brasileiras. Ao todo, serão distribuídos R$ 16,5 milhões para a aplicação e o desenvolvimento de todas essas ideias.

De acordo com o Google, o Brasil foi a nação da América Latina com o maior número de projetos contemplados. Receberão recursos da companhia projetos de O Globo, Piauí, Associação Desenrola, Grupo Bandeirantes, AzMina, Congresso em Foco, Abraji, Aos Fatos, Jornal do Commercio, JOTA, Estadão e Agência Pública. Os detalhes de todos os projetos contemplados estão no site oficial do Google News Initiative.

Fonte: Portal Meio e Mensagem

Disponível em: https://www.meioemensagem.com.br/home/midia/2019/11/11/google-ia-fomentar-12-projetos-jornalisticos-brasileiros.html

12

Nov

O Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) realizou mais uma conquista Nacional. O Instituto recebeu, na etapa nacional da Olimpíada Brasileira de Astronomia (OBA), seis medalhas de ouro. Além da premiação ouro conquistada por estudantes dos campi Mossoró, Apodi, Santa Cruz e Parnamirim do IFRN, alunos dos campi Ceará-Miriim, Nova Cruz, Caicó e Currais Novos receberam medalhas de prata e bronze. A OBA é realizada anualmente pela Sociedade Astronômica Brasileira (SAB) em parceria com a Agência Espacial Brasileira (AEB) entre alunos de todos os anos do ensino fundamental e médio, em todo território nacional.

A Olimpíada possui uma única fase que consiste na realização de uma única prova com 10 questões. O exame é realizado, simultaneamente, em todas as escolas participantes e, anualmente, pela Sociedade Astronômica Brasileira (SAB) em parceria com a Agência Espacial Brasileira (AEB), entre alunos de todos os anos do ensino fundamental e médio em todo território nacional.

A professora de Física do Campus Parnamirim, Aline Gomes, parabenizou todos os alunos que participaram da OBA e destacou que as olimpíadas de ciências "contribuem para a formação científica dos estudantes através de resolução de problemas teóricos e práticos". Aline espera ainda que esse destaque nacional "sirva de incentivo para outros estudantes do Instituto". 

O representante da OBA no Campus Apodi e também professor de Física, Francisco de Assis Souza, comentou a importância do evento para os alunos e para o IFRN. "Esperamos que o contato dos alunos com atividades teóricas e práticas de Astronomia e Astronáutica desperte, cada vez mais, o interesse e o prazer em estudar ciências, a fim de que essa premiação sirva de incentivo para mais alunos participarem da competição", disse. 

12

Nov

O Programa de Geologia e Geofísica Marinha (PGGM), uma das redes de pesquisa mais antigas do país, que acaba de completar 50 anos de atuação, reconheceu a contribuição da UFRN nas áreas de geofísica, geologia e oceanografia. A comenda, entregue ao vice-reitor Henio Ferreira de Miranda, foi recebida pelas pesquisadoras Helenice Vital (Departamento de Geologia), Iracema Miranda (Museu Câmara Cascudo) e Zuleide Carvalho (Departamento de Geografia) durante evento em Porto Alegre (RS), com as presenças da Marinha do Brasil, Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM), CAPES e CNPq.

Para o professor Henio, é um orgulho receber esse reconhecimento. “Só temos a nos orgulhar dessa comenda, agradecer e elogiar toda equipe dos departamentos de Geologia, Geografia e do MCC pela pela bonita participação nesse congresso e pelo trabalho que vem realizando nas Ciências do Mar”, destacou.

Henio disse ainda que a Universidade tem atuado na vanguarda da pesquisa e da luta pela preservação do Meio Ambiente que, inclusive, é um dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS). “Neste momento que passamos por essa crise, por causa do derramamento de óleo que tem chega à nossas praias, a Universidade tem sido fundamental com relação as pesquisas da dosagem de óleo e da contaminação da fauna e da flora marítima”, reforçou o vice-reitor.

No Rio Grande do Sul, a UFRN foi a universidade que mais levou participantes, sendo a maioria do grupo constituída por alunos. A comemoração do meio século de atuação do PGGM foi realizada durante o 2º Simpósio Brasileiro de Geologia e Geofísica Marinho, reunindo os estudiosos das várias áreas envolvidas com a pesquisa marinha.

12

Nov

Nesta terça-feira, dia 12 de novembro, a Classe Hospitalar do Hospital Infantil Varela Santiago - primeira do Rio Grande do Norte - completa 10 anos de atividades e para comemorar lança, o livro “Os Super Heróis do Hospital” escrito por crianças participantes do projeto. O evento tem homenagens, apresentação musical e sessão de autógrafos com os pacientes autores do livro. A iniciativa da Classe Hospitalar permite que crianças e adolescentes internados continuem sua formação escolar. O projeto é uma parceria com a Secretaria de Estado da Educação e Cultura (SEEC/RN) e Secretaria Municipal de Educação (SME/Natal) através da parceria firmada com o Termo de Cooperação Técnica.

A ideia surgiu há dez anos, por iniciativa da Professora Simone Maria da Rocha, que implementou no Hospital Infantil Varela Santiago o projeto denominado “Escola no Hospital” com o objetivo de realizar atendimento pedagógico educacional para as crianças internadas, de maneira voluntária. Considerando tamanho impacto das ações educativas, iniciou-se no mesmo ano um movimento de mobilização da Instituição para responsabilização dos entes públicos no tocante a escolarização hospitalizada.

Embora não tenha havido naquele momento respostas positivas ao pleito, O Hospital Varela Santiago compreendendo e valorizando o serviço educacional realizado, implementou por conta própria a Classe Hospitalar, em 1° de junho de 2009. Somente no ano de 2010, após engajamento da Defensora Pública Elisângela Moura, do Departamento da Procuradoria da União e, por conseguinte do Comitê Interinstitucional de Resolução Administrativa de Demandas da Saúde – CIRADS o serviço foi legalmente reconhecido e se formalizou a primeira parceria com o município de Natal.

A classe hospitalar do Varela Santiago tornou-se referência no Rio Grande do Norte na garantia do direito básico à educação para crianças e adolescentes, mitigando as desigualdades sociais de maneira inclusiva, igualitária e com qualidade. O serviço de educação hospitalar do HIVS é desenvolvido por uma equipe docente concedida pela SEEC/RN e SME/Natal. O quadro docente é coordenado por uma pedagoga contratada pelo HIVS e assessorado por técnicas das secretarias. As aulas acontecem em cinco enfermarias da instituição nos períodos matutino e vespertino.

12

Nov

Uma boa notícia para os jovens praticantes de basquete em Natal. A partir do próximo ano, a NBA (National Basketball Association), a principal liga do esporte do mundo, vai estar representada na cidade. A presença se dará por meio de parceria estabelecida com o Complexo Educacional Contemporâneo, onde um núcleo de escolinha será instalado.

Trata-se do NBA Basketball School, programa da própria liga que vai instituir dentro da escola a capacitação e a metodologia aplicadas nos Estados Unidos. O propósito é promover o desenvolvimento da modalidade entre meninos e meninas de 9 a 17 anos, com a implantação de núcleos de escolinha de basquete ao redor do mundo.

Os treinamentos são ministrados pelos próprios instrutores da NBA para seguirem a cartilha da liga à risca. Tudo para preparar atletas, lapidar talentos e apresentar valores que são fundamentais para a formação dos jovens praticantes da modalidade como seres humanos.

11

Nov

A necessidade de garantir a segurança familiar e profissional tem levado cada vez mais pessoas a investirem em proteção pessoal, sem perder de vista a alta performance e um maior nível de exigência na qualidade dos serviços e materiais. É nesse contexto que Natal passa a contar, a partir deste mês, com a melhor tecnologia disponível para blindagem automotiva. A Exotic Blindados inicia suas atividades trazendo a expertise das melhores blindadoras de São Paulo, com 20 anos no mercado e mais de 5 mil carros blindados, alto padrão de qualidade e acabamento impecável.

“Há uma necessidade cada vez maior das pessoas investirem em segurança. Com isso, a blindagem passou a ser vista como uma garantia de maior tranquilidade para a família. Por outro lado, questões que preocupavam quem pretendia investir em blindagem - como a desvalorização e depreciação do veículo -  hoje ficaram para trás, diante da tecnologia oferecida”, afirma Rodrigo Nahas, diretor de produção da Exotic.



Para se ter ideia, somente nos primeiros quatro meses de 2019, Natal teve 2.300 veículos alvo de bandidos, sendo uma média de 19 carros roubados ou furtados por dia, de acordo com a Delegacia de Defesa e Propriedade de Veículos. O carro blindado protege o motorista e os passageiros de uma eventual troca de tiros, de uma ação mais violenta por parte dos bandidos.

Mais resistência e menor peso

A Exotic Blindados trabalha com a Blindagem Nível III A, que é a maior resistência autorizada pelo Exército para o uso civil. “Nosso diferencial é a tecnologia dos produtos como os vidros, que são mais leves. A nossa blindagem é 95% em manta balística de Aramida impermeável, o mesmo material utilizado em coletes à prova de balas, e é feita sob medida”, explica Rodrigo. Ele complementa, explicando que a manta apresenta mais resistência do que outros compostos do mercado e o vidro utilizado pela Exotic é 20% mais leve do que os vidros convencionais. Com isso, a Exotic já nasce tornando-se referência para os mercados do Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco.

Além da blindagem de carros dos mais variados modelos, a Exotic oferece o serviço de manutenção de veículos blindados com qualquer tecnologia, garantindo a segurança e a valorização do carro. A revisão de blindagem visa avaliar pontos estratégicos do veículos – como vidros, portas, amortecedores – e, se necessário, realizar ajustes fundamentais para o prolongamento da vida útil do veículo e da blindagem.  “Além de garantir a efetividade da blindagem”, explica Rodrigo.

11

Nov

Estudantes do curso de Medicina e dos programas de pós-graduação da UERN foram premiados no XXV Seminário de Iniciação Científica da UFERSA. Os alunos Eduardo Câmara (Medicina), Marcelo Castro (Medicina), Dayane Paiva (aluna do doutorado do Programa Multicêntrico de Pós-Graduação em Bioquímica e Biologia Molecular) e Valéria Almeida (aluna do mestrado do Programa de Pós-Graduação em Saúde e Sociedade) foram premiados com a Menção Honrosa de 1° lugar na área de Ciências da Saúde, com o trabalho orientado pelo professor Micássio Fernandes de Andrade.

O trabalho consiste na “Avaliação da Liberação de NETs por Neutrófilos, de Sangue Periférico de Pacientes com a Doença de Chagas, Estimulados com o Antígeno Solúvel do Trypanosoma cruzi”. O estudante Eduardo Câmara fala sobre o estudo: “Nós vimos que neutrófilos de pacientes com a forma clínica cardíaca liberam menos NETs do que neutrófilos de pacientes com a forma indeterminada. Quanto menor a liberação de NETs por neutrófilos de pacientes com a forma clínica cardíaca, maior é o risco de morte desses pacientes”.

Outro trabalho, de autoria do aluno João Paulo da Silva Liberalino, orientado pelo professor Thales Allyrio Araújo de Medeiros Fernandes, recebeu Certificado de Menção Honrosa de 2° lugar na área de Ciências da Saúde. O projeto de iniciação científica teve como título: “Análise da associação entre polimorfismos no gene da interleucina-10 (IL-10) e a evolução clínica da Doença de Chagas”.

11

Nov

A abertura oficial da 6ª Mostra de Cinema de Gostoso, na noite da última sexta-feira (08) em São Miguel do Gostoso, reuniu um grande público de quase mil pessoas entre autoridades, moradores locais, convidados e turistas. Mais uma vez a estrutura montada nas areias da Praia do Maceió, com uma tela de 12 m de comprimento por 6,5m de altura, projeção em resolução 2K, som Dolby 5.1, surpreendeu.

Este ano são 650 espreguiçadeiras diante do telão, onde são exibidas as sessões especiais, além das oficinas, debates e outras sessões que acontecem no Centro Cultural e na Pousada dos Ponteiros. Tudo gratuito. Os diretores da Mostra, Eugênio Puppo e Matheus Sundfeld, iniciaram a solenidade de abertura falando sobre a sexta edição, agradecendo o público e apresentando os integrantes do coletivo Nós do Audiovisual, diretores e atores presentes, além da equipe da mostra.

A noite de exibições começou com a exibição dos filmes da mostra competitiva curta “Júlia porrada”, com direção de Igor Ribeiro, do coletivo Nós do Audiovisual. Depois foi a vez da apresentação de “Em reforma”, com direção de Diana Coelho. O encerramento aconteceu com a exibição longa “Pacarrete”, dirigido por Allan Deberton, que retrata a vida de uma bailarina idosa, considerada louca, que vive em Russas, cidade do interior do Ceará. A atriz protagonista, Marcélia Cartaxo, está em Gostoso e participou da abertura.

O filme tem recebido elogios dos críticos e estreia nos cinemas em março de 2020. A Mostra segue até terça-feira (12), com programação diária e dividida em quatro momentos paralelos: Mostra Infantil, Mostra Competitiva, Mostra Panorama e Sessões Especiais. Confira a programação no site: www.mostradecinemadegostoso.com.br

11

Nov

Engenheira aeroespacial formada pela Universidade de Brasília, Ana Paula Castro de Paula Nunes poderá ser a primeira mulher astronauta brasileira. Ela foi selecionada para participar de uma missão simulada da Agência Espacial Europeia (ESA). Dos seis jovens escolhidos, entre profissionais de várias nacionalidades, cinco são mulheres.

Atualmente, Ana Paula faz mestrado em Direito Espacial pela Beihang University, na China. “Gosto do espaço porque ele me dá uma perspectiva muito realista e ampla sobre nossa vida aqui na Terra. Ser uma astronauta de simulação vai me permitir experimentar como é viver na Lua ou em Marte, de um ângulo muito realista”.

“Espero poder participar desse projeto e trazer oportunidades para futuros estudantes ou jovens profissionais no setor aeroespacial do Brasil, mostrando que eles também podem fazer parte de grandes projetos”, completou.

A missão para a qual Ana Paula foi selecionada é a segunda campanha do projeto EuroMoonMars in Hi-Sea, da Agência Espacial Europeia, local onde alguns astronautas da Nasa, agência espacial norte-americana, também treinam para suas missões. A etapa de simulação será realizada no deserto do Havaí, durante duas semanas, em dezembro.

A equipe deve se reunir na Holanda para workshops e treinamentos e, no dia 5 de dezembro, se encontra novamente no Havaí para o último treinamento. A partir de 9 de dezembro, por duas semanas, eles passam a vivenciar uma espécie de missão lunar simulada.

“Isso quer dizer viver como astronauta, comer comida de astronauta, deixar o habitat só com traje espacial para atividade extra veicular e realizar vários experimentos científicos. Nós vamos fazer alguns estudos abordando fatores psicológicos em um habitat lunar. Por exemplo, ficar isolado, interagindo apenas com seis pessoas, falta de ar fresco, banhos curtos, além de outros fatores.”

Fonte: Agência Brasil