Comunicação, educação e tecnologia

Fale com a gente pelo e-mail blogdajuliska.news@gmail.com e nos siga no Instagram @blogdajuliska.

14

Nov

Os governos ao redor do mundo recorrem cada vez mais às redes sociais para, por meio de desinformação, manipular eleições e monitorar seus cidadãos, uma tendência preocupante para a democracia, alerta relatório publicado na última terça-feira (05) pela organização norte-americana Freedom House. O Brasil está entre os cinco países que registraram queda mais expressiva na liberdade na internet (o país passou da 17ª para a 20ª posição), diz o estudo, logo atrás do Sudão e Cazaquistão e seguido por Bangladesh e Zimbábue. A liberdade on-line registrou queda em 33 dos 65 países examinados. 

“Muitos governos estão descobrindo que nas redes sociais a propaganda funciona melhor que a censura”, disse Mike Abramowitz, presidente da Freedom House. “Autoritários e populistas de todo o mundo estão explorando a natureza humana e os algoritmos de computador para conquistar as urnas, passando por cima das regras elaboradas para garantir eleições livres e justas”, completou. O documento anual sobre a liberdade on-line da organização destaca evidências de “programas avançados de vigilância nas redes sociais” em pelo menos 40 países.

O relatório afirma que a liberdade na internet registrou queda pelo nono ano consecutivo, com autoridades em alguns países simplesmente eliminando o acesso à rede como parte de seus esforços para manipular, enquanto outros Estados usam exércitos de propaganda para distorcer informações nas plataformas sociais. Em 47 dos 65 países, indivíduos foram detidos por suas opiniões políticas, sociais ou religiosas compartilhadas on-line. E as pessoas foram submetidas a violência física por suas atividades na internet em pelo menos 31 países.

A China permanece como o pior país em termos de liberdade na internet pelo quarto ano consecutivo, com aumentos do controle do governo em meio aos protestos em Hong Kong e antes do 30º aniversário do massacre de Tiananmen (Praça da Paz Celestial), indica o relatório. Nos Estados Unidos, diz o estudo, “funcionários e agências de imigração ampliaram a vigilâncias sobre as pessoas”. 

Fonte: ANJ, disponível em: https://www.anj.org.br/site/component/k2/73-jornal-anj-online/24052-brasil-piora-posicao-em-ranking-que-revela-maior-uso-de-desinformacao-nas-redes-sociais-como-censura-e-manipulacao.html

14

Nov

Pelo segundo ano consecutivo, um estudo patrocinado pela Forbes e pela Just Capital, colocou a Microsoft como a empresa mais ética de capital aberto dos Estados Unidos. Os rankings são baseados em pesquisas com consumidores e analisam áreas como a forma de atender funcionários, clientes, comunidades, meio ambiente e acionistas.

Com a Microsoft na primeira colocação, a lista seguiu com NVIDIA, Apple, Intel e Salesforce.com. O Facebook ficou na posição de número 149. Nas últimas posições se encontram empresas populares como McDonald’s, Uber e Tesla.

Fonte: Olhar Digital, disponível em: https://olhardigital.com.br/noticia/microsoft-e-a-empresa-mais-etica-dos-eua-diz-estudo/92951

14

Nov

As empresas já estabelecidas no Rio Grande do Norte terão um incentivo financeiro para implementar projetos inovadores. O Sebrae no Rio Grande do Norte e a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) vão lançar o Programa Tecnova II, um edital voltado para incentivar financeiramente a adoção inovação tecnológica. Serão disponibilizados recursos da ordem de R$2 milhões para capacitar e apoiar financeiramente essas empresas.

O lançamento e abertura das inscrições ocorre durante café da manhã que será realizado no dia 26, às 8h, na sede do Sebrae, em Natal. O Programa Tecnova II visa promover um significativo aumento das atividades de inovação e o incremento da competitividade nas empresas e na economia. Serão concedidos R$2 milhões a empresas com projetos inovadores – em prototipagem, produtos e processos – desde que estejam constituídas há pelo menos seis meses e com faturamento bruto anual de até R$ 16 milhões. Cada projeto receberá um incentivo de R$ 200 mil.

“Esses recursos são importantes porque vão possibilitar a promoção da inovação tecnológica nas empresas. Com esses recursos, as empresas selecionadas vão poder aprimorar produtos ou serviços ou até mesmo conceber um novo colocá-lo no mercado”, explica a gestora estora do Tecnova II no Sebrae, Algéria Varela. Os setores prioritários para serem atendidos pelo edital são Alimentos e Bebidas, Casa & Construção, Têxtil & Moda, Energias, Turismo, Saúde & Beleza, TI, Economia Criativa e Bioeconomia.

A estratégia é ampliar a quantidade de empreendimentos inovadores nos ambientes promotores de Inovação, incluindo as incubadoras e aceleradoras de empresas, parques e polos científicos e tecnológicos. “As empresas poderão investir em inovações que estejam nas temáticas do edital e que realmente tragam melhorias para sociedade e capazes de gerar faturamento para essas empresas”, diz a gestora.

De acordo com Algéria Varela, o Sebrae vai fazer toda a execução do edital e avaliação dos projetos, monitorando os recursos e acompanhando o desenvolvimento de cada projeto. “É importante salientar que o empresário precisa ter uma contrapartida econômica ou financeira de 5% do valor recebido".

14

Nov

O Viveiro de Mudas é o primeiro aplicativo de doação de mudas e sementes do Brasil. A plataforma digital, que já está disponível para download no Google Play, possui uma navegação intuitiva e a possibilidade de solicitações e de doações de mudas pelos usuários. Para baixar o app basta seguir para o link. O aplicativo pode ser utilizado tanto para solicitação como para doação de plantas.

“Para doar, basta o usuário cadastrar a planta com uma foto com boa qualidade, informar a quantidade disponibilizada e informações adicionais sobre a espécie. Também é possível manter um registro do número de doações realizadas e adotadas”, explica Pollyane Azevedo, criadora e uma das administradoras do grupo Viveiro de Mudas, que é responsável pelo app.

Para solicitar mudas, o usuário pode realizar uma busca por aproximação. O aplicativo tem um mapa que ajuda na localização de doadores próximos de onde o usuário reside. A finalização do pedido é feito via chat dentro do próprio aplicativo

O aplicativo, que ainda está em fase de testes e não possui  propagandas, também conta com outras funções como: favoritar um doador e avaliá-lo proporcionando mais segurança e credibilidade em relação às doações e obtenção de dicas básicas de plantio e reprodução para ajudar os iniciantes na jardinagem.

14

Nov

Os motoristas e motociclistas da Companhia de Águas e Esgotos do RN (Caern) vêm passando por um ciclo de palestras realizados pelo Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) abordando os temas de Direção Defensiva e Pilotagem Consciente. Nesta semana foi a vez dos motoristas lotados na Regional da Caern na região do Trairi a receberam as informações dos técnicos do Detran.

A palestra ministrada pelo instrutor do Detran, Luiz Felipe, abordou o tema Direção Defensiva. O conteúdo focou em medidas práticas que devem ser utilizadas por motoristas e motociclistas cotidianamente para prevenção de acidentes no tráfego urbano.

Os procedimentos são empregados de modo a evitar imprevistos, apesar das ações incorretas de outros condutores e das condições adversas comumente encontradas nas vias de trânsito. Itens importantes como conhecimento da legislação, atenção na condução, previsão de crise, habilidade e decisão foram apontados e explicados pelo técnico do Detran.

No momento foi mostrado que medidas simples como averiguar a situação mecânica do veículo, conduzir de acordo com as situações presentes de luminosidade, tempo, estrada, trânsito e condições apresentadas pelo condutor são elementos primordiais que podem reduzir amplamente o risco do motorista se envolver em acidentes de trânsito.

Pela doutrina defensiva, a direção perfeita é aquela em que o condutor trafega sem ocasionar acidentes, sem cometer infrações de trânsito, não abusa do veículo e age com gentileza e respeito à vida. “O objetivo é preparar melhor o condutor de maneira que ele possa evitar causar ou ser vítima de acidentes de trânsito, como também aprimorar o conhecimento dele em relação a itens de segurança do veículo”, explicou o instrutor.

Estatística

De acordo com informações analisadas pelo setor de Estatística do Detran, no período de 2012 a 2016 veio ocorrendo no Rio Grande do Norte uma redução nos números de vítimas fatais relacionadas a acidentes de trânsito.  Os dados mostram que de 2012 para 2013 a redução foi de 1,4%; de 2013 a 2014 o índice caiu 11,7%; de 2014 para 2015 a diminuição foi de 6,9%; e de 2015 a 2016 a queda foi de 0,5%.

 

14

Nov

O Prof. Dr. Francisco Carlos Carvalho de Melo teve trabalho publicado na revista Health Policy and Planning, periódico de responsabilidade da Oxford University Press. O estudo é fruto da Tese de Doutorado pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR) e foi publicado em coautoria com os professores Rodolfo Ferreira Ribeiro da Costa, do Departamento de Economia da UERN, e Jansen Maia Del Corso, da Escola de Negócios da PUC-PR.

A Universidade de Oxford publica trabalhos da mais alta qualidade, com grande fator de impacto, apresentando pesquisas inovadoras que promovam avanços futuros. “O trabalho inovador preenche lacunas na área de estratégia em saúde pública e contribui para avanços na utilização da abordagem sistêmica, com uso de Determinantes Sociais da Saúde (DSS), para explicar as condições de saúde em municípios brasileiros”, afirma Francisco Carlos.

O professor acrescenta que no estudo detectou evidências que mostram que o status socioeconômico é uma causa fundamental das desigualdades em saúde. “As desigualdades em saúde, portanto, não podem ser reduzidas apenas por políticas específicas de saúde, exigindo ação por meio dos DSS. A literatura apresenta vários modelos conceituais para demonstrar os mecanismos pelos quais os DSS afetam os resultados nas condições de saúde das populações, contudo, são pouco adaptados aos contextos locais e às nuances dos DSS e raramente oferecem aos formuladores de políticas orientações claras para o desenvolvimento de suas ações”, frisa.

Francisco Carlos relata que seguiu o paradigma da Teoria Geral dos Sistemas, com estudo investigando a relação entre mortalidade, saneamento, assistência à saúde, infraestrutura de saúde e investimentos em gestão de saúde pública, envolvendo uma série temporal de 30 variáveis de DSS relacionadas a 192 municípios médios brasileiros, utilizando uma técnica de inteligência artificial denominada Redes Bayesianas para elaborar um sistema empírico, lançando luz sobre os DSS nos municípios brasileiros. “O estudo pode contribuir para a efetividade da gestão estratégica das políticas municipais de saúde, implicando melhores resultados em termos de condições de vida da população”, finaliza.

14

Nov

O número de matrículas de estudantes negros e pardos nas universidades e faculdades públicas no Brasil ultrapassou, pela primeira vez, o de brancos. Em 2018, esse grupo passou a representar 50,3% dos estudantes do ensino superior da rede pública, segundo a pesquisa Desigualdades Sociais por Cor ou Raça no Brasil, publicada nesta quarta-feira (13) pelo IBGE. Embora representem hoje mais da metade dos estudantes nas universidades federais, esse grupo ainda permanece sub-representado já que corresponde hoje a 55,8% da população brasileira.

O levantamento revela ainda que a população negra e parda está melhorando seus índices educacionais, tanto de acesso como permanência. O abandono escolar diminuiu de 30,8%, em 2016, para 28,8% em 2018. Entre a população preta ou parda de 18 a 24 anos que estudava, o percentual cursando ensino superior aumentou de 50,5%, em 2016, para 55,6% em 2018. Apesar do avanço, o percentual ficou bem abaixo do alcançado pelos brancos na mesma faixa etária, que é de 78,8%.

A melhoria dos índices educacionais dessa parcela da população na rede de ensino é, em parte, reflexo de políticas públicas, como o sistema de cotas, que proporcionaram o acesso e permanências da população preta e parda, segundo o IBGE. A Lei Federal de Cotas, sancionada em 2016, definiu que metade das matrículas nas universidades e institutos federais deveriam atender a critérios de cotas raciais.

Desigualdade é histórica e estrutural

Na avaliação do pesquisador Claudio Crespo, do IBGE, a melhora nos indicadores é relevante, mas como a desigualdade é histórica e estrutural, os avanços para a população preta ou parda só acontecem quando há mobilização social e políticas públicas direcionadas. "A intervenção de políticas públicas é um fator essencial para a redução dessa desigualdade. Onde há avanços percebidos, apesar da distâncias que ainda reside, são espaços em que houve intervenção de políticas públicas e também organização do movimento social para a conquista de uma sociedade mais igualitária, como as cotas para acesso ao nível superior", afirmou.

Para a mestra em Direito Winnie Bueno, integrante da Rede de Ciberativistas Negras, o avanço do número de matrículas de negros na universidade é importante, mas é preciso pensar também em políticas de permanência para que esses jovens concluam o Ensino Superior. "Há uma série de outros desdobramentos, por políticas de permanência que não são aplicadas. É preciso olhar para esse dado com profundidade ou se chegará à conclusão que alcançamos o objetivo da política de cotas e que está tudo bem. E está bem longe de estar tudo bem", afirma Bueno.

Ensino privado

Segundo o IBGE, também houve aumento de matrículas de estudantes negros nas universidades privadas, reflexo de programas como o Programa Universidade para Todos (Prouni), que concede bolsas de estudos parciais e integrais a estudantes de baixa renda. O percentual de vagas ocupadas por essa parcela da população nas instituições privadas avançou de 43,2% em 2016 para 46,6% em 2018.

Fonte: El País Brasil

Disponível em: https://brasil.elpais.com/brasil/2019/11/13/politica/1573643039_261472.html

14

Nov

Uma sala heterogênea, com alunos interessados que têm manejo no dia a dia profissional: foi assim que o professor mestrando do Centro de Formação, Treinamento e Aperfeiçoamento da Câmara dos Deputados (CEFOR), Jonas Pereira dos santos, definiu a turma do curso Técnica Legislativa – Legística, realizada pela Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, por meio da Escola da Assembleia.

E completou, “Outros estão aqui por proatividade, curiosidade, buscando o conhecimento, o que é técnico legislativo, legístico, o que isso repercute, qual a importância para a sociedade, em que nível esse conhecimento vai ajudar a melhorar o desempenho profissional, a escrever textos legislativos, projetos de lei, com mais pertinência, eficácia, e eficiência”. O curso, com carga horária de 12h, começou na terça-feira (12) e vai até hoje (14), no horário das 13h30 às 17h30, na sede da instituição.

Além do que já foi explanado pelo professor Jonas, as aulas mostram como os projetos de lei podem refletir na qualidade do trabalho do parlamentar, seja na Câmara Municipal, seja na Assembleia Legislativa, qual a importância de conhecer esse arcabouço de conceitos e técnicas para que isso se reflita na produção legislativa do parlamentar e que isso repercuta também na sociedade, na forma do produto final, que é a lei que vai entrar em vigor.

No objetivo de forma geral, o mestrando busca desenvolver as competências linguísticas e jurídicas necessárias para a produção de atos normativos, em consonância com os parâmetros estabelecidos pela Complementar nº 95, de 1998, e pelo Decreto nº 9. 191/2017, através de aulas expositivas dialogadas, teóricas e práticas. 

 

14

Nov

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) divulgou ontem (13) os gabaritos oficiais do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Também foram divulgados os Cadernos de Questões, em todas as suas versões.  

No total, são seis gabaritos para cada dia de aplicação e seis Cadernos de Questões, de acordo com as cores da prova e opções acessíveis. Os participantes também podem acessar os gabaritos pelo portal do Inep, na página do Enem ou pelo aplicativo do Enem. 

Os participantes devem ficar atentos para conferir o gabarito relativo à cor de prova que fez em cada domingo de aplicação. Mesmo com o gabarito em mãos, os participantes ainda não poderão saber qual nota tiraram no exame, isso porque o Enem é corrigido pela chamada Teoria de Resposta ao Item (TRI). 

Pela TRI, não há um valor fixo para cada questão. A pontuação varia conforme o percentual de acertos e erros naquele item entre os participantes e também de acordo com o desempenho de cada estudante na prova.

O Enem 2019 foi aplicado nos dias 3 e 10 de novembro. Cerca de 3,9 milhões de estudantes de todo o país compareceram ao menos em um dia de prova. Os resultados individuais do Enem 2019 serão divulgados na Página do Participante e no aplicativo do Enem, em janeiro de 2020, a partir de consulta com CPF e senha.

O resultado dos participantes eliminados, segundo o Inep, não será divulgado, mesmo que eles tenham feito o Enem nos dois dias de aplicação. Para os treineiros, que fazem o exame para autoavaliação de conhecimentos, a consulta só será liberada em março do ano que vem.

Fonte: Agência Brasil 

14

Nov

A desarmonia facial em algum nível é um problema enfrentado por cerca de 30% da população do Brasil, segundo a Sociedade Brasileira de Odontologia. A cirurgia ortognática é o caminho que muitos têm buscado para melhorar as condições de saúde e bem-estar, além da autoestima, que muitas vezes é abalada por causa da aparência estética. Neste sábado (16), o cirurgião bucumaxilofacial, Rodrigo Rodrigues, promove o I Encontro de Pacientes Ortognáticos do RN, a partir das 8h, na clínica Oral Estética, em Natal.

No encontro, os pacientes terão a oportunidade de relatar as suas experiências antes, durante e depois da cirurgia. “Será um momento de celebração para as pessoas que passaram pelo procedimento e desfrutam hoje de uma melhor qualidade de vida. Uma ocasião importante também para quem ainda precisa e quer tirar dúvidas sobre a preparação, a cirurgia em si e o pós-operatório”, explica Rodrigo. 

A programação contará com um bate-papo entre os profissionais que atuam com esse público. Além do cirurgião Rodrigo Rodrigues, participarão do momento, a nutricionista Rebecca Maia, o ortodontista Tales Oliveira e a fonoaudióloga Mariafra Soares.