Comunicação

11

Set

Comunicação

Feira Vida Mais RN trata de desafios do envelhecimento ativo com programação voltada para a terceira idade

A 3 Feira Vida Mais RN - Desafios do Envelhecimento Ativo deverá receber a visita de quatro mil pessoas nos dois dias de realização. A previsão é dos organizadores, que afirmam que quase todos os estandes de produtos e serviços já foram comercializados e que restam poucas vagas no auditório para as palestras. O evento será realizado nos próximos dias 27 e 28 de setembro no Holiday Inn Natal, das 9h às 20h, e antecipa a comemoração do Dia do Idoso (1º de outubro).

Entre as atrações, haverá feira com estandes de produtos e serviços, lounge interativo com dinâmicas de grupo e oficinas, espaços com aferição de pressão e check-up vascular, entre outras oportunidades. Paralelamente à feira, em auditório formatado para 400 pessoas, haverá palestras, debates e mesas-redonda, nos dois dias, pela manhã e à tarde, sobre temas voltados para o envelhecimento ativo.

Alguns temas que serão abordados: "Pilares para a longevidade saudável", "Planejamento para uma aposentadoria com qualidade de vida", "Riscos do sobrepeso e da obesidade após os 50 anos", "Depressão no envelhecimento: estratégias para preservar a saúde mental", "A saúde bucal e seus impactos na autoestima", "Dor e fragilidade: reconhecer e tratar", "A influência da visão nos acidentes domiciliares" e "Ressignificar a arte de envelhecer".

Uma das palestras do evento tratará da "Violência contra a Pessoa Idosa" e estará a cargo de Fábio Moassab, diretor do Departamento de Políticas Temáticas dos Direitos da Pessoa Idosa, vinculado ao Ministério dos Direitos Humanos. Trata-se de um dos nomes mais respeitados, em Brasília, na questão que envolve os direitos dos idosos.

Além da feira e das palestras, o evento terá uma interface festiva. No encerramento dos dois dias, entre 18h e 20h, haverá apresentações culturais a cargo do grupo folclórico do Sesc, Coral de João Câmara, espetáculo de dança da Casa Séfora, performances da Tuareg Casa do Oriente e show do grupo da Associação Brasileira do Clube da Melhor Idade (ABCMI-RN), entre outras atrações.

Mais um momento relevante do evento estará a cargo das oficinas vivas de artesanato, com artistas de vários municípios do Rio Grande do Norte. O material produzido in loco será exposto e colocado à venda. Vale lembrar que, embora voltado para o público com mais de 50 anos, o evento também recebe jovens que já planejam um envelhecimento saudável.

A 3 Feira Vida Mais RN é uma realização da Argus Eventos e da Agência Lar, com apoio da Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas), Secretaria de Esporte e Lazer da Prefeitura de Natal, Unimed Natal, Simbios Care e DataShow. Inscrições através do site www.vidamaisrn.com.br

10

Set

Comunicação

Pesquisa sobre segurança realizada pela Adepol e incubadora IN-Pacta será entregue a candidatos

A Associação dos Delegados de Polícia Civil do RN (Adepol/RN) irá entregar no próximo dia 11, a todos os candidatos ao governo do estado, o estudo proveniente da campanha “Eu Decido a Segurança do RN”. Foram muitas avaliações e propostas registradas em todas as mesorregiões do estado e tudo está sendo compilado num grande documento a ser disponibilizado aos governadoráveis. “A campanha foi uma surpresa positiva para nós, já que não imaginávamos que o engajamento da população seria tão grande”, avaliou a delegada Paoulla Maués, presidente da Adepol/RN.

A pesquisa esteve à disposição do público em um site, durante todo o mês de agosto. Nela as pessoas respondiam a simples perguntas objetivas sobre a violência que acomete o nosso estado e no final podiam escrever em linhas livres suas ideias para melhorar a situação da segurança pública. “O mais interessante é que por reiteradas vezes observamos pedidos de participantes no sentido de que suas opiniões fossem de fato ouvidas e o resultado da pesquisa fosse levado à sério pelos candidatos ”, contou a delegada. Todos os dados estão sendo analisados e descritos por professores da Universidade Federal do RN que compõem a incubadora IN-Pacta.

Segundo o professor do mestrado profissional de tecnologia e inovação da UFRN e coordenador da pesquisa, Gláucio Brandão, da forma como foi abordada, a pesquisa tende a ser um marco no que diz respeito à Estatística Inteligente. “A metodologia usada, baseada em Inteligência Artificial (IA), foi capaz de apontar correlações não perceptíveis pela estatística convencional.”

Segundo o especialista, a pesquisa conseguiu correlacionar dados aparentemente distantes como IDH, gfênero, aixa etária, a infraestrutura policial e os tipos de crimes como nunca antes havia sido feito. “Além disso, conseguimos gerar um árvore de decisão capaz de sugerir diretrizes para os gestores no tocante à segurança”, observou Gláucio Brandão.

No dia 11, na Assembleia Legislativa, os pesquisadores irão apresentar os relatórios da pesquisa e em seguida os candidatos ao governo receberão em mãos os estudos. Foram convidados para a ocasião advogados, promotores, magistrados, auditores fiscais, membros de instituições religiosas, entidades representativas de classe, FIERN, CDL, policiais civis e militares e representantes da classe política do nosso estado como deputados federais, estaduais e vereadores, entre outras autoridades políticas.

A entrega do relatório está marcada para as 10h30 e todos os candidatos foram convidados.

10

Set

Comunicação

Rádio Rural de Natal torna-se a primeira emissora católica transmitida em FM na capital

A Rádio Rural de Natal passou a ser a primeira FM católica da capital entrando para a história da radiodifusão da Arquidiocese, no Rio Grande do Norte. A migração, que já vinha sendo preparada há cerca de três anos tanto do ponto de vista da infraestrutura quanto da programação, foi concluída neste início de mês e a rádio já pode ser sintonizada na frequência modulada 91.9 FM.

O desligamento do sinal AM 1090 foi realizado pelo arcebispo metropolitano, Dom Jaime Vieira Rocha, marcando também os 60 anos de história da emissora. A grade de programação tem novidades como os programas “Café das 7”, no gênero jornalístico; “Amigos da Rural”, que marcou o retorno do apresentador Duarte Júnior à programação da Sintonia do Bem; além do “Festa da Rural”, que traz o som do forró raiz para o ouvinte.

Do ponto de vista estrutural, a rádio adquiriu novos equipamentos e construiu novos estúdios, que foram batizados com os nomes de “Dom Eugênio Sales”, fundador da emissora (estúdio ao vivo), e “Dom Jaime Vieira Rocha”, atual arcebispo metropolitano (estúdio de gravação). A emissora tem como diretor geral o Padre Antônio Nunes.

5

Set

Comunicação

Vendas de celulares básicos, sem internet, crescem 5% mostra pesquisa

As vendas dos feature phones - aqueles celulares sem acesso à internet - estão crescendo à medida que as pessoas ficam cansadas de serem constantemente incomodadas pelas mídias sociais. De acordo com uma pesquisa recente da empresa Counterpoint Research, foram comercializados 450 milhões de dispositivos deste tipo em 2017, um salto promissor de 5%.

O estudo mostra que o mercado global de smartphones cresceu 2% no ano passado, com 1,6 bilhão de aparelhos vendidos. Mas, surpreendentemente, no último trimestre, houve queda considerável de 5% na venda de celulares com internet.

O analista da Counterpoint Research, Shobhit Srivastava, sugeriu que as pessoas estão menos dispostas a pagar por novos smartphones caros - quando seus celulares atuais funcionam bem.

Já a psicóloga Daria Kuss, que estuda o uso compulsivo dos smartphones, explica que o aumento das vendas dos celulares mais simples pode estar associado à maior consciência dos consumidores.

"Eles [usuários] têm medo de perder qualquer coisa que esteja acontecendo nas redes sociais, e essa é uma das razões pelas quais usam-nas compulsivamente, e isso pode levar a sintomas associados ao vício, como desistência, preocupação e perda de controle", disse a especialista, em entrevista ao site Sky News.

As empresas de tecnologia estão muito conscientes sobre o fato de que seus clientes estão preocupados com o uso do telefone. No início deste ano, a Apple lançou um novo recurso que permite rastrear o tempo gasto no iPhone.

O recurso também permite que o usuário defina limites, fazendo com que o telefone bloqueie aplicativos viciantes, como o Facebook ou o Instagram, após um determinado período de tempo. O Google introduziu um recurso semelhante para seus telefones como parte da nova atualização do Android 9.0 Pie.

Fonte: Portal Leia Já, disponível em: http://www.leiaja.com/tecnologia/2018/09/03/vendas-de-celulares-basicos-sem-internet-crescem-5/

4

Set

Comunicação

Band Natal realiza debate com candidatos a governador com retransmissão da 94FM Rádio Cidade

Os candidatos ao governo do Rio Grande do Norte serão sabatinados sobre a Segurança Pública do Estado nesta quarta-feira (05). O debate será transmitido ao vivo, pela Band Natal e 94 FM- Rádio Cidade. Foram convidados os oitos concorrentes ao cargo. 

O programa tem início às 22h e contará com perguntas dos dirigentes das associações representativas de militares estaduais, dos associados e ainda haverá interpelação entre os candidatos.

O projeto ‘Segurança Pública em Debate’ é promovido pela Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais e Bombeiros Militares (ASSPMBMRN), Associação dos Oficiais Militares do Rio Grande do Norte, Associação dos Cabos e Soldados (ACS PM/RN) e Associação de Praças da Polícia Militar de Mossoró e Região (APRAM).

3

Set

Comunicação

Justiça Eleitoral lança campanha para estimular eleitor a votar

A Justiça Eleitoral lançou a campanha contra o absenteísmo nas Eleições 2018. A iniciativa, que será veiculada em emissoras de TV, rádios e redes sociais, tem o objetivo de sensibilizar os eleitores para a importância do voto como instrumento de participação do cidadão na definição do destino do país. A ação vai alertar o cidadão que optar não ir às urnas ou votar em branco gera impactos no processo eleitoral, contribuindo para a escolha de governantes e legisladores com legitimidade reduzida e baixa representatividade.

A campanha contra o absenteísmo também pretende desfazer mitos que envolvem o processo eleitoral, tais como a ideia equivocada segundo a qual a eleição poderá ser anulada se a maioria votar em branco. Isso porque tanto o voto branco quanto o nulo não são levados em conta para a apuração do resultado das eleições. As peças publicitárias também buscarão enfatizar que voto em branco – aquele em que o eleitor não manifesta preferência por nenhum dos candidatos – não é mecanismo de protesto e só contribui para a escolha de políticos com um número menor de votos.


As ações publicitárias da Justiça Eleitoral contra o absenteísmo nas Eleições 2018 reforçarão, junto ao eleitor, a ideia de que o voto é a manifestação de maior relevância na democracia, sendo fundamental para sua consolidação.

Com informações do Tribunal Superior Eleitoral, foto/divulgação

3

Set

Comunicação

Brinquedoteca e berçário promovem interação familiar e resgate de vínculos em complexo penal

A Secretaria de Justiça e Cidadania do Rio Grande do Norte (Sejuc/RN) entrega nesta segunda-feira (03/09), a partir das 9h30, o berçário e a brinquedoteca do Complexo Penal João Chaves, ala feminina, localizada na Zona Norte de Natal.

Os ambientes forma projetados para atender as internas e suas crianças (residentes e visitantes), fortalecendo o vínculo da mãe com o filho, humanizando e descaracterizando o ambiente da prisão.

O berçário atende 04 bebês (hoje há dois na CPJC) e possui, berços, cadeira específica para amamentação e banheiro específico. Já a brinquedoteca vai atender cerca de 15 crianças que frequentam semanalmente o Complexo, nos três dias de visita. É dotada de espaços lúdicos e brinquedos diversos, para as mais variadas faixas etárias infantis.

Os recursos para a implementação de ambos foram da própria Sejuc, doações e do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), totalizando R$ 25 mil. Além disso, as presas classificados em serviços de implementação dos espaços, obtiveram remissão de pena, graças ao trabalho empreendido e que colabora com o novo projeto de ocupação de apenados da secretaria. A cada três dias de serviço diminuíram um de permanecia na unidade. 

“Com a implementação da berçário e brinquedoteca na João Chaves, avançamos no aspecto de prestar melhor assistência a este público privado de liberdade, com espaços para interação familiar e também resgate dos vínculos,numa ação sócio educativa”, explicou o titular da Sejuc, Mauro Albuquerque.

Para a Diretora da João Chaves, Jacinta Maria da Costa, os espaços valorizam as internas, e pode até influenciar no índice de reincidência. “O berçário e principalmente a brinquedoteca, no sentido do trabalho sócio educativo, também busca prevenir a não marginalização da população infanto juvenil, filhos das internas”.

A exemplo de todo o Sispern, a Complexo Penal João Chaves também passa por transformações significativas baseadas na reestruturação física, valorização de agentes e adoção de procedimentos padrão. A unidade, que integra o Sistema Penitenciário do Rio Grande do Norte (Sispen), gerido pela Sejuc, teve os espaços comuns reformados e deve formar cerca de 30 presas este mês, alfabetizadas em parceria com a Secretaria Estadual de Educação. Também desenvolve o projeto  de economia solidária Flor de Mandacaru com ensino de artesanato variado e produção de peças em crochê, pintura, bordados, macramê e confecção de bonecas, produtos que trazem satisfação e orgulho também para as famílias das internas.

1

Set

Comunicação

Setembro Verde, mês de conscientização pela doação de órgãos, contará com ações do Instituto do Bem

O Instituto do Bem (iBEM), instituição que atua na promoção da cultura da doação de órgãos e na viabilização de transplantes, dá início hoje ao ciclo de atividades do Setembro Verde, mês de conscientização sobre a doação de órgãos e transplantes em todo o Brasil. Para marcar o período, o iBEM lançou uma nova campanha nos meios de comunicação, com histórias reais de pessoas que receberam órgãos, para destacar o valor não somente da doação, mas de declarar-se doador. No dia 27 de setembro, celebra-se o dia nacional da doação de órgãos.

A campanha tem como tema “A melhor coisa que alguém pode herdar de você é uma nova vida” e já está no ar em diversas emissoras de televisão, rádio e em veículos impressos. Além da campanha, o iBEM estará presente nos dois maiores shoppings de Natal – Natal Shopping e Midway Mall – no período de 27 a 30 de setembro, com ações de divulgação e esclarecimento sobre transplantes e doação de órgãos. Será realizada a distribuição da carteirinha de doador, que tem efeito simbólico, e ainda de folders explicativos. Os estandes vão contar também com ações de saúde, como verificação da pressão arterial e glicemia.

Doação de órgãos na pauta nacional

A presidente do Instituto do Bem, Raquel Macedo, explica que o Setembro Verde levanta a bandeira da doação de órgãos nacionalmente. “O iBEM aproveita esse momento de atenções à causa para levar essa conscientização para a população de quão generoso e importante é esse ato de doar, e mais importante ainda, de comunicar às suas famílias a intenção de doar”, afirma.

Raquel Macedo lembra que, com a mudança da legislação, não é mais permitido declarar-se doador na carteira de identidade. “A legislação atual remete a decisão à família, então se torna ainda mais importante que as pessoas declarem o seu desejo de serem doadores às suas famílias, pois são elas que vão decidir”, explica.

Ela informa ainda que a carteirinha de doador que será distribuída nas ações não tem efeito jurídico, mas é importante para informar a parentes e amigos próximos sobre o desejo de ser doador. “Dentro das ações do Setembro Verde, as pessoas poderão emitir a carteirinha de doador de órgãos que tem esse efeito simbólico”.

31

Ago

Comunicação

Número de linhas pós-pagas chega a 40% do mercado de telefonia móvel

O número de linhas móveis pós-pagas alcançou, em julho, 40,01% do total de celulares no país. Os números, divulgados pela Agência Nacional e Telecomunicações (Anatel), confirmam a tendência de queda no percentual de linhas pré-pagas e crescimentos do pós-pago.

Nos últimos 12 meses, as linhas pós-pagas cresceram 13,47%, fechando o mês de julho com 93,922 milhões de acessos, um crescimento de 0,79% na comparação com junho.

As linhas pré-pagas representam 59,99% da base total de linhas móveis, mas apresentaram uma redução de 11,56% nos últimos 12 meses, terminando julho com 140,826 milhões de linhas ativas, uma redução de 18,409 milhões de linhas. Na comparação com o mês de junho, a redução foi de 0,75%, com 1,064 milhão de linhas desligadas.

De acordo com a Anatel, apesar do crescimento da base pós-paga, os números gerais confirmam a tendência de queda geral no número de linhas. Em julho, o país registrou 234,75 milhões de linhas em operação redução de 3% na comparação com o mesmo mês do ano passado, fechando o período com 7,26 milhões de linhas a menos. Na comparação com junho de 2018, a diminuição foi de 327 mil linhas, queda de 0,14%.

Empresas

A Vivo é a principal operadora em atividade, com 32,12% de participação do mercado. Em julho de 2018, a Vivo totalizou participação de 75,40 milhões de linhas; seguida da Claro que registrou 25,05% de participação com 58,80 milhões de linhas. A TIM ocupa o terceiro lugar com 23,96% do mercado e 56,24 milhões de linhas; a Oi vem depois com 16,54% e 38,84 milhões de linhas.

“No entanto, nos últimos 12 meses, as maiores taxas de crescimento foram registradas por operadoras com participação inferior a um por cento do mercado móvel. A Datora apresentou crescimento de 96 mil linhas (+57,84%), seguida pela Nextel com mais 556 mil (+21,65%) e pela Porto Seguro com mais 120 mil (+21,48%). Das grandes, apenas a Vivo com mais 881 mil (+1,18%) registrou aumento”, informou a Anatel.

Com informações Agência Brasil

30

Ago

Comunicação

Mercado Livre cria canal para facilitar acordos e promover a desjudicialização

O MercadoLivre, empresa líder na oferta de tecnologia para o e-commerce na América Latina, inovou na comunicação com seus clientes para reforçar os canais de contato do consumidor com a empresa. As ações, de acordo com o Portal Migalhas fazem parte do projeto chamado Empodera, criado da parceria entre as áreas do Jurídico, Atendimento ao Cliente e Marketing da empresa.

Segundo a matéria, o Projeto Empodera surgiu a partir de um estudo realizado em 2017 pelo Jurídico da companhia. A análise mostrou que 40% dos usuários que propunham uma ação judicial não tinham realizado qualquer tipo de contato anterior com a empresa - embora tratassem de temas que poderiam ter sido solucionados de forma prévia e consensualmente.

Em entrevista ao Migalhas, o Diretor Jurídico Sênior do MercadoLivre no Brasil, Ricardo Lagreca afirmou que  "o Empodera foi criado com a intenção de dar maior autonomia e poder aos usuários do site para que – a partir de ferramentas simples, gratuitas e já disponíveis na plataforma – possam solucionar suas demandas com mais rapidez e eficácia e de forma muito mais sustentável, já que não exige o deslocamento de pessoas, por exemplo”.

Ainda de acordo com o texto, para contribuir na divulgação do Projeto, o Mercado Livre produziu um vídeo com linguagem bastante atual e moderna que mostra os caminhos para a abertura de uma reclamação ou mediação no site.

Além disso, desde agosto de 2017, a empresa passou fazer parte do Consumidor.gov.br, como mais uma inovação no seu segmento de provedor de aplicações e marketplace. A plataforma do Consumidor.gov integra o Sindec - Sistema Nacional de Defesa do Consumidor, gerido pela Senacon - Secretaria Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Ao Portal, Ricardo Dalmaso Marques, Gerente Jurídico Sênior de Resolução de Disputas do MercadoLivre no Brasil disse que "o Empodera é uma forma inovadora de resolução online de demandas de consumidores, corroborando o espírito do Mercado Livre de melhorar a experiência do seu usuário também no momento de resolver problemas e conflitos, ao dar importância e preferência aos métodos consensuais e sem a necessidade de se buscar o Poder Judiciário”.

Neste primeiro ano de aplicação, o projeto já obteve importantes resultados, a partir dos altos índices de resoluções nos canais de reclamação e mediação. "Logo nos primeiros meses, menos de 1% dos casos levados aos canais oferecidos foram judicializados posteriormente", destaca Dalmaso. Esse é um aspecto importante do Empodera: a contribuição para a desjudicialização, evitando a necessidade de atuação de autoridades administrativas ou judiciais em temas que podem e devem ser resolvidos por meio do diálogo.

Fonte: Portal Migalhas, disponível em: https://www.migalhas.com.br/Quentes/17,MI286497,71043-MercadoLivre+cria+canal+para+facilitar+acordos+e+promover+a

27

Ago

Comunicação

Cartilha produzida pela Assembleia Legislativa sobre condutas é utilizada para orientar ações do MPE e TRE

A cartilha produzida pela Assembleia Legislativa com orientações sobre as condutas que devem ser adotadas por agentes públicos nas eleições deste ano foi utilizada pela Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) para servir como instrumento orientador para servidores da Justiça Eleitoral do RN.

O material vem repercutindo entre as instituições ligadas ao processo eleitoral. A PRE decidiu utilizar o material produzido pela Assembleia Legislativa pela praticidade e utilidade do material, que agrega diversas orientações jurídicas em um único dispositivo.

"Sem dúvida se trata de um material que está sendo utilizado pela relevância e contribuição que dá para o processo eleitoral. Tivemos a preocupação em produzir um material que pudesse ser utilizado por todos aqueles interessados em saber o que pode o que não pode ser feito nesse processo de eleição", destacou o procurador-geral da Assembleia Legislativa, Sérgio Freire.

A cartilha está disponível em formato impresso para os órgãos e poderes que estarão envolvidos na eleição. O material é dividido em capítulos, pontuando situações destacadas pela Lei Eleitoral, voltada para as Eleições de 2018.

Entre outros itens, ela contém o calendário eleitoral, prazos para concorrência e, de forma inovadora, situações feitas pela nova reforma no sentido de divulgação nos municípios. Como, por exemplo, a proibição da circulação de carros de som com jingles de candidatos durante o período eleitoral. “A nova legislação permite a circulação desses carros somente 1 dia antes da eleição”, diz Klebet Cavalcanti Carvalho, assessor da Procuradoria.

O tema já foi abordado pela Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, quando em maio deste ano, o procurador-chefe da Procuradoria da União no Rio Grande do Norte, Francisco Livanildo Silva, tratou das condutas vedadas aos agentes públicos durante as eleições de 2018 em palestra proferida na Casa. O evento foi resultado de uma parceria entre a instituição e o legislativo estadual, por meio da Escola da Assembleia.

27

Ago

Comunicação

Oitava Feira de Livros e Quadrinhos de Natal acontece na Arena das Dunas

O jornalista Eduardo Spohr, o maior escritor de literatura fantástica do Brasil e autor da trilogia “ Os Filhos de Éden “ , é uma das atrações da  8ª  Feira de Livros e Quadrinhos de Natal, que vai acontecer na Arena das Dunas, no período de 31 de agosto a 04 de setembro.

A abertura da FLiQ acontece na sexta-feira, dia 31, às 19h, com Fábio Brazza. Na ocasião, ele vai lançar seu primeiro livro “ Pensamento Inverso “. Quem também vai participar da FLiQ é a jornalista paulista Flávia Gasi. Ela tem mais de 15 anos de experiência em comunicação do mercado gamer e de cultura pop, sendo a fundadora do grupo de estudos chamando JOI- Jogos Imaginários.

A Feira de Livros e Quadrinhos vai contar ainda com a participação do Cuscuz HQ. No sábado, dia 01 de setembro, às 19h, haverá uma apresentação do poeta Antônio Francisco com crianças cordelistas. No domingo, a FLiQ terá um concurso de Cosplay. Muitos escritores e quadrinistas do RN participarão do evento, como  Glácia Marillac, Milena Azevedo, Manoel Cavalcante, Paulo Delage, Gabriel Andrade Júnior, Renata Nolasco, Wendell Cavalcanti, Wanderline Freitas, Dorinha Timóteo, entre outros.

Durante cinco dias,  serão desenvolvidas mais de 100 horas de atividades culturais gratuitas. São palestras, debates, cordel, oficinas, lançamentos de livros, quadrinhos,  games, robótica, sessões de autógrafos e apresentações artísticas.  As atividades são realizadas durante todo o dia, envolvendo um público diverso e dinâmico.

A FLiQ se consolida como um dos principais eventos de Quadrinhos do Nordeste, atingindo, ao longo de sua realização, uma marca de mais de 15 mil visitantes por edição,  entre escolas públicas e privadas, universidades e a sociedade civil.

A 8ª Feira de Livros e Quadrinhos de Natal tem a patrocínio da Arena das Dunas, Prefeitura de Natal, através da Lei Djalma Maranhão, Banco do Nordeste-Governo Federal, Sistema Fecomércio-Senac, e apoio do Governo do Estado, Secretaria de Educação do RN,  Universidade Potiguar, Café Santa Clara e Roboeduc.

24

Ago

Comunicação

[VÍDEO] Instituto do Bem lança campanha e promove ações durante o Setembro Verde, mês de conscientização sobre a doação de órgãos

O Instituto do Bem (iBEM), instituição que atua na promoção da cultura da doação de órgãos e na viabilização de transplantes, está lançando uma nova campanha nos meios de comunicação, com histórias reais de pessoas que receberam órgãos, para destacar o valor não somente da doação, mas de declarar-se doador. Com o tema “A melhor coisa que alguém pode herdar de você é uma nova vida”, a campanha já está no ar em diversas emissoras de televisão, rádio e em veículos impressos. O mês de setembro é marcado pela iniciativa “Setembro Verde”, que promove ações em todo o país para a conscientização sobre a doação de órgãos.

Além da campanha, o Instituto do Bem estará presente nos dois maiores shoppings de Natal – Natal Shopping e Midway Mall – no período de 27 a 30 de setembro, com ações de divulgação e esclarecimento sobre transplantes e doação de órgãos. Será realizada a distribuição da carteirinha de doador, que tem efeito simbólico, e ainda de folders explicativos. Os estandes vão contar também com ações de saúde, como verificação da pressão arterial e glicemia.

A presidente do iBEM, Raquel Macedo, explica que a carteirinha de doador não tem efeito jurídico, mas é importante para informar a parentes e amigos próximos sobre o desejo de ser doador. “Dentro das ações do Setembro Verde, as pessoas poderão emitir a carteirinha de doador de órgãos que não tem efeito jurídico, mas tem efeito simbólico, de informar à família que se tem o desejo de doar. Com a mudança da legislação brasileira, hoje não há mais como informar essa condição na carteira de identidade. Portanto, quando alguém morre, a decisão de doar é da família. Por isso é importante que a família saiba que a pessoa deseja ser doadora”, explica.

Responsabilidade social e presença

O Instituto do Bem foi criado em setembro de 2011 com o propósito de melhorar a qualidade de vida de pacientes com doenças crônicas, por meio de assistência multidisciplinar à saúde e programas de conscientização, promovendo a cultura da doação e transplante de órgãos e viabilizando transplantes. A instituição realiza atendimento multidisciplinar, contemplando ações nas áreas de medicina, odontologia, fonoaudiologia, farmácia, enfermagem, nutrição, psicologia, serviço social, fisioterapia, educação física, estética e assistência jurídica. Além disso, atua na conscientização quanto à doação de órgãos e no incentivo à pesquisa científica na área de transplante de órgãos.

O projeto PROTransplante, do Instituto do Bem, foi reconhecido pelo prêmio internacional "Here for Good – Global Corporate Social Responsibility Iniciatives”, da Laureate International Universities, na edição 2013, como uma das três melhores iniciativas de responsabilidade social, dentre os projetos sociais apresentados pelas unidades da Laureate International Universities no mundo.

Desde 2013, quando teve início o programa Protransplante, até junho de 2018, foram realizados 346 transplantes renais no Rio Grande do Norte. Desse total, 173 de pacientes foram preparados pelo Instituto do Bem, ou seja, 50%. No entanto, se considerado somente o ano de 2017, o Instituto do Bem preparou 70% dos pacientes que foram transplantados no RN, o que aponta para uma ação crescente da instituição junto aos pacientes.

24

Ago

Comunicação

Consumo: 47% dos internautas sempre buscam informações online antes de comprarem em lojas físicas

Consultar a internet antes de ir às compras já se tornou um hábito comum. Dados de uma pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) em todas as capitais do país mostram que 47% dos consumidores com acesso à internet assumem o costume de sempre fazer pesquisas online antes de concretizar uma compra em loja física. Os tipos de informações mais buscadas são os preços (30%), os detalhes e as características dos produtos ou serviços (12%) e a opinião de outros clientes (5%). Apenas 13% dos entrevistados compram em lojas físicas sem fazer qualquer consulta prévia no ambiente online. Outros 40% recorrem à consulta eventualmente, a depender do tipo de produto ou serviço a ser adquirido.

Os celulares (59%) são os que mais geram pesquisas eventuais na internet antes de se efetivar a compra na loja física. Em seguida aparecem os eletrodomésticos (54%), eletrônicos (50%) e acessórios para celulares, tablets e computadores (25%). Os livros são citados por 19%, assim como as viagens. Itens de vestuário, calçados e acessórios, como bolsas e cintos têm 17% de menções.

Os sites que oferecem ferramentas de comparação de preços e de características dos produtos são os mais procurados pelos internautas (62%) nessas horas, seguidos pelos sites que mensuram o índice de reclamação de determinada marca ou produto (54%). As lojas online de grandes varejistas e os sites ou aplicativos de marcas concorrentes são consultados por 50% e 35%, respectivamente. As redes sociais (23%) e os blogs especializados (20%) completam a lista dos mais acessos na busca por referências.

Se consultar a internet antes de realizar uma compra em lojas físicas tornou-se um hábito do internauta brasileiro, o inverso também acontece, embora em uma proporção menor. Quase um quarto dos internautas (23%) sempre visita uma loja física antes de adquirir um produto pela internet. Nesses casos, os itens que os entrevistados mais procuram ver presencialmente são eletrodomésticos (48%), eletrônicos (47%), celulares (44%), vestuários e calçados (25%) e perfumes e cosméticos (18%).

“Cada vez mais os consumidores se utilizam da internet não apenas para adquirir produtos e serviços, mas também para comparar, informar-se e buscar a opinião de outros compradores, pesquisando a reputação das marcas e lojas. Esse processo vem ocorrendo já há algum tempo e já alterou profundamente o equilíbrio de forças entre lojistas e clientes. As lojas físicas precisam ficar atentas as necessidades dos clientes, que são multicanais. Ou seja, transitam simultaneamente por plataformas online e físicas ”, afirma o presidente do SPC Brasil Roque Pellizzaro Junior.

Preço e comodidade são destaque para compras online, mas relacionamento no pós-venda e facilidade de troca são ponto forte das lojas físicas
O estudo revela também, em detalhes, em que circunstâncias as lojas físicas ganham a preferência do consumidor e em quais momentos a compra virtual se sobressai. No geral, a internet é o meio preferido de 60% dos internautas na hora de fazer compras, enquanto 14% ainda preferem as lojas físicas e 26% se dizem indiferentes.

Dentre os que tem preferência pelo ambiente online para fazer compras, mais da metade (55%) justificam ter a impressão de que os produtos tendem a ser mais baratos na internet do que nas lojas físicas. Outras razões ainda mencionadas são a comodidade (51%) e a rapidez (26%). Já os que preferem comprar em lojas físicas argumentam que, dessa maneira, evitam, decepções com o produto, pois veem tudo pessoalmente (49%). A satisfação de ter o produto em mãos imediatamente após a compra é citada por 43% desses entrevistados e 35% gostam de aproveitar a compra como momento de lazer.

Para 79% dos internautas os preços das lojas online são melhores do que os das lojas físicas e 79% disseram que há mais comodidade quando se comprar pela internet. O ambiente online também se sobressai quando os entrevistados respondem sobre a maior variedade de produtos (70%), disponibilidade de informações (61%), possibilidade de personalização da compra (61%), rapidez na aquisição (60%), facilidade para escolher produtos (60%) e melhores formas de pagamento (47%).

O quadro, contudo, se altera no momento em que os consumidores refletem sobre a segurança e o pós-venda. Neste caso, 38% apontam o predomínio das lojas físicas quando se analisa a qualidade do relacionamento que se estabelece entre lojistas e clientes (38%) e a facilidade de realizar eventuais trocas (69%). Além disso, 50% se sentem mais seguros e menos ansiosos quando fazem compras físicas do que online.

“As lojas físicas precisarão investir cada vez mais na qualidade do tempo que o cliente passa dentro delas, oferecendo meios mais criativos de testar os produtos, por exemplo. O grande diferencial ainda é o aspecto material e sensorial. Ou seja, a possibilidade de ver, trocar, experimentar. Ao mesmo tempo, o atendimento deve ser de qualidade, com vendedores tecnicamente bem preparados, capazes de aconselhar e tirar dúvidas dos compradores”, afirma a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti.

Metodologia
A pesquisa ouviu 673 internautas de ambos os gêneros, acima de 18 anos e de todas as classes sociais das 27 capitais. Em seguida, continuaram a responder o questionário 611 casos, que fizeram alguma compra ao longo dos últimos 12 meses. A margem de erro é de 3,4 pontos a uma margem de confiança de 95%.

Baixe a íntegra da pesquisa em https://www.spcbrasil.org.br/pesquisas

16

Ago

Comunicação

Edição atualizada do MAIS RN será lançada hoje, na Casa da Indústria

A edição atualizada do MAIS RN será apresentada hoje, às 16 horas, pelo Sistema FIERN, na Casa da Indústria. O evento contará com a presença de lideranças empresariais, de instituições, dirigentes e gestores de entidades dos setores produtivos, autoridades dos três Poderes e representantes dos candidatos ao governo estadual.

Na semana seguinte — nos dias 21, 22 e 23 — a atualização, que detalha um diagnóstico sobre a situação do Estado e apresenta sugestões de medidas para enfrentar os principais desafios que o governo terá a partir do próximo ano, será entregue aos candidatos a governador nas eleições deste ano.

Elaborado pela Macroplan, o estudo revisado está dividido em quatro eixos: o RN numa perspectiva comparada – com outros estados; Pontos fortes, potencialidades e melhorias recentes do RN; Debilidades, vulnerabilidades e estrangulamentos críticos; Propostas dos empresários para 2019/2022.

O MAIS RN aponta a posição em que o Estado em relação a diversos indicadores como educação, segurança pública, infraestrutura, saúde, emprego, entre outros, no ranking dos estados brasileiros. Em que evoluiu e no que precisa avançar, com sugestões e propostas para gestão e investimentos.

Esta visão ampla do Estado, numa perspectiva comparada, aponta potenciais e desafios que o próximo Governo terá pela frente, além de fornecer uma agenda estratégica para o crescimento da economia e reequilíbrio das contas públicas do RN nos próximos quatro anos.

O presidente do Sistema FIERN, Amaro Sales de Araújo, ressalta que a maior contribuição do MAIS RN ao ser atualizado, quatro anos depois do lançamento, é subsidiar os candidatos ao Executivo e gestores públicos com um conjunto de diagnósticos, análises e dados comparativos, além de propostas embasadas, para o crescimento da economia e a criação de um ambiente de negócios mais favorável.

“É muito oportuno, às vésperas do pleito eleitoral, a entrega para os candidatos ao Governo do Estado de um estudo, que traz o retrato real da economia do Rio Grande do Norte. Esperamos que essa atualização possa dar uma visão de futuro dos próximos 20 anos para um Estado mais forte”, ressalta.

Entre os pontos prioritários apontados na versão revisada, que, na avaliação do presidente da FIERN, devem ser incorporados aos programas de Governo dos candidatos, estão a eficiência da gestão e do gasto público, a retomada do investimento em infraestrutura pública e o Pacto dos Poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário) em prol do desenvolvimento do Estado.

Foto: Divulgação