Lazer & Cultura

11

Jan

Lazer & Cultura

Musicais potiguares são indicados em premiação nacional

Os musicais potiguares ‘Bye Bye, Natal’ e ‘Sapiens e a Ciranda do Infinito’, ambos dirigidos pela diretora cênica, Diana Fontes, estão indicados no Prêmio Brasil Musical na categoria ‘Musical Nordeste’.

O prêmio dedicado ao teatro musical brasileiro tem o intuito de premiar, em 27 categorias, o suprassumo do teatro musical brasileiro em âmbito nacional. Os espetáculos musicais indicados são aqueles que estrearam entre janeiro e dezembro de 2018. Os indicados foram anunciados esta semana e a lista de vencedores sai dia  31 de janeiro.

Bye Bye, Natal de autoria de Racine Santos e Danilo Guanais fala sobre a história de Natal durante a Segunda Guerra Mundial, os romances, os blackouts, os bailes, o Grande Hotel, o Cabaré de Maria Boa e a presença dos militares americanos na cidade. A produção foi contemplada no Edital de Economia Criativa do Sebrae-RN.

Já ‘Sapiens E a ciranda do Infinito’ é de autoria de Danilo Guanais e celebra os 60 anos da UFRN.No roteiro de SAPIENS, Augusto Severo questiona os aspectos da aquisição do conhecimento pelo homem, sendo visitado por personagens ilustres como: Leonardo da Vinci, Câmara Cascudo, Cora Coralina e Maria da Fé que fazem uma análise das ambiguidades do saber. A produção contou com patrocínio da UFRN.

Indicados na mesma categoria das produções potiguares estão os musicais: Ceará Show, Goodspell, Mamma Mia e Peixe Grande.

11

Jan

Lazer & Cultura

Dançando nas Dunas, Bosque Encena e Som da Mata na programação do Parque das Dunas para o fim de semana

Neste sábado (12), às 16h30, o espetáculo “O Oriente em Si”, da Companhia Al Hanna, será a atração do projeto Dançando nas Dunas. Inspirada na pluralidade feminina e na evolução da arte, a companhia levará ao palco a dança do Oriente e do ventre, a partir das músicas tradicionais árabes e fusões com outros estilos musicais.

Na manhã do domingo (13), às 10h, depois de uma temporada fora de Natal, Nil Moura e Gena Leão voltam ao Bosque Encena comoEspaguete & Ferrugem, garantia de riso para todas as idades, num espetáculo que traduz a magia do circo com pitadas de humor e emoção, sem perder de vista a poesia do picadeiro.

Circo, teatro e dança misturados, é assim que a dupla, integrante do Circo Grock, costura a narrativa dessa montagem. A experiência de Nil e Gena nas linguagens artísticas foi construída ao longo da carreira nacional e internacional, o que motivou a inspiração nos palhaços europeus.

Também no domingo, às 16h30, um espetáculo com cheiro de Nordeste é o que o contrabaixista e multi-instrumentista potiguar Sérgio Groove, acompanhado pelo tecladista Eduardo Taufic e baterista Anderson Melo, apresentará no palco do Som da Mata.

“Baião de Todos”, uma homenagem à comida típica Baião de Dois, traz no repertório composições que influenciaram gerações e mantém viva a essência mais pura dessa cultura, entre elas: Feira de Mangaio (Sivuca), Lamento Sertanejo (Gilberto Gil e Domiguinhos), Vem Morena (Luiz Gonzaga e Zé Dantas) e Onde Está Você (Zezum Vinil).

A música nordestina é muito rica pela história, pelos movimentos culturais que envolve todas as classes e de um poder energético grandioso. Esse show garante a tradição, mas também traz um pé na contemporaneidade conquistando diferentes gerações.

Não perca! Os eventos são gratuitos e a entrada no Parque custa apenas 1 real.

9

Jan

Lazer & Cultura

Primeira edição em 2019 da Feira Multicultural acontece nesta semana

Para movimentar esse início de ano novo, o Shopping Cidade Jardim já promove uma programação bastante variada, a iniciar por três dias com muita arte e cultura na primeira edição 2019 da Feira Multicultural. O evento acontece a partir desta quinta-feira (10) e segue até o sábado (12), no horário das 9h às 21h e de forma gratuita para todos os públicos.

O mix de expositores estará distribuído pelos corredores do shopping exibindo o melhor do artesanato local, apresentando produtos como arte em mdf, costura criativa, crochê, mosaico e outros. Os itens são produzidos por artistas, em sua maioria, potiguares. A Feira oportuniza aos apreciadores da arte a compra e encomenda de produtos e é uma ótima oportunidade para os clientes conhecerem a riqueza e diversidade do artesanato local.

4

Jan

Lazer & Cultura

Projeto Som da Mata reinicia temporada no Parque das Dunas a partir deste domingo

Retornam no próximo domingo, 06/01, os consagrados projetos que acontecem aos domingos no Parque das Dunas. A programação inicia às 10h, com o Bosque Encenarecebendo o clássico “Os Saltimbancos”, musical infantil inspirado no conto Os Músicos de Bremen, dos Irmãos Grimm, com letras de Sérgio Bardotti e música de Luis Enriquez Bacalov. No Brasil, o espetáculo ganhou versão em português e músicas adicionais de Chico Buarque de Holanda, que a Companhia Era Uma Vez apresentará no próximo domingo.

De forma lúdica e com linguagem de fácil entendimento para as crianças, o espetáculo conta a história de quatro animais que se encontram numa estrada. Fugidos de seus patrões por maus tratos: o jumento que não aguenta mais carregar tanto peso sem recompensa alguma, um cachorro que está muito velho para guardar a casa, uma galinha que não consegue mais botar ovos e uma gata que está cansada de servir como companhia de luxo para sua dona. Juntos, formam um conjunto musical e através dessa união, conseguem ser felizes. Seguem então um caminho de liberdade, com harmonia e felicidade, rumo a um futuro melhor, onde o amor, o respeito e a amizade é o lema de suas vidas!

No período da tarde, às 16h30, teremos de volta também o projeto Som da Mata, com Diogo Guanabara & Macaxeira Jazz (Ticiano D'amore, Henrique Pacheco e Raphael Bender) que tocaram juntos pela primeira vez no palco do Som da Mata. De lá pra cá já se passaram quase 13 anos. Depois disso, já gravaram CD's e DVD's, além de várias turnês pela Europa e pela Ásia.

E é nesse mesmo palco que eles voltam para apresentar um repertório de choros executados com o peso do Rock'n'Roll, de uma forma própria, passeando pela música popular brasileira e internacional, como os Beatles, por exemplo. E como acontece sempre que eles se apresentam no projeto, falta chão para acomodar a galeria de fãs conquistados durante essa trajetória recheada de sucesso e boa música. Curta o fim de semana no Parque das Dunas! Os eventos são gratuitos e a entrada custa apenas 1 real.

3

Jan

Lazer & Cultura

Peça "Um panorama Visto da Ponte" terá apresentação em Natal

Um Panorama Visto da Ponte é uma peça em dois atos escrita inicialmente em 1955 e reescrita em 1956. Com direção de Zé Henrique de Paula tem sua segunda montagem no Brasil. O espetáculo, que inicia sua nova turnê em 2019, passará por cinco cidades com teatros administrados pela Opus. A primeira apresentação acontece em Natal, seguido por Fortaleza, Recife, Novo Hamburgo e Porto Alegre.

A ação se passa em Nova Iorque e, narrada pelo advogado Alfiere, a peça conta a história de um casal de imigrantes italianos – Eddie Carbone, um trabalhador das docas do Brooklyn, e a dona de casa Beatrice. Os dois criam a sobrinha órfã de Beatrice, a jovem Catherine. O conflito se estabelece quando a família recebe dois primos italianos de Beatrice, Marco e Rodolfo, que estão imigrando ilegalmente para os Estados Unidos. A partir deste encontro o “sonho americano” fica ameaçado e todas as emoções antes camufladas começam a eclodir. Eddie então tomará uma atitude que marcará a sua vida e de todos que o rodeiam.

Em cena duas gerações de atores consagrados, Rodrigo Lombardi e Sérgio Mamberti, em um grande texto do teatro. Unido ao carisma de consagrados atores um texto de excelência com a sofisticação e profundidade, defendidas por Arthur Miller, de um teatro acessível ao grande público, que desperta emoções comuns a todos Arthur Miller (1915-2005) é considerado um dos maiores dramaturgos de todos os tempos. Ao longo de sua extensa carreira escreveu diversas peças que foram premiadas, analisadas e montadas em todo o mundo. Peças que revelam insights profundos e humanos que marcaram toda a sua obra dramática.

Assim como em outras peças de Miller, o texto aborda a sociedade moderna ao mesmo tempo em que oferece uma visão crítica do modo de vida desta sociedade. Ao tema da imigração, da solidariedade social, da fidelidade a um código de honra, se entrelaça o da intolerância.

2

Jan

Lazer & Cultura

Especialista dá dicas para ocupar as crianças nas férias

Durante o período de férias os pais precisam se desdobrar com a criançada em casa, especialmente se falamos das menores, que dependem de um acompanhamento mais próximo. Estas, assim como as maiores, também passam cada vez mais tempo dedicadas a jogos eletrônicos, em geral de cores fortes, o que pode ser prejudicial para seu desenvolvimento psicomotor, de acordo com a professora e especialista em educação infantil da Estácio, Emanuelle Justino dos Santos. É importante, segundo ela, que os responsáveis, durante o tempo em que a criança fica em casa, consigam desenvolver suas habilidades com outras atividades.

A professora sugere que os pais fiquem atentos às brincadeiras dos filhos, para que possam interagir dentro do universo deles. “A partir dessa observação, eles podem entrar na brincadeira e também ensinar os jogos que gostavam na infância. Desse jeito, eles criam uma conexão e permite que os filhos conheçam mais sobre os pais”, explica a professora.

Para aliviar o bolso dos adultos, e de quebra, estimular a imaginação e a consciência ambietal nos pequenos, a educadora indica aos pais realizar oficinas de reciclagem, reutilizando materiais que iriam para o lixo, como garrafas pet, tampinhas, caixas de papelão e deixar a imaginação tomar conta, transformando aqueles apetrechos em aviões, jogo de damas e o que mais a imaginação mandar.

“Devemos lembrar também de incluir atividades que promovam a socialização e façam com o que a garotada se movimente, saindo um pouco do contato indivíduo-tela. Brincadeiras como pique-esconde, pega-pega e suas variações são divertidas e estimulam a atividade física, além da vantagem de que todos podem participar”, recomenda Emanuelle.  

28

Dez

Lazer & Cultura

Ponto estratégico da Segunda Guerra, Complexo Cultural da Rampa é entregue após revitalização

Revitalizado sem perder suas evidências históricas. Assim a obra física do Complexo Cultural da Rampa foi entregue na tarde desta quinta-feira (27) pelo governador Robinson Faria. O equipamento foi ponto estratégico durante a Segunda Guerra Mundial e passará a abrigar as memórias da participação de Natal no conflito internacional.

Com contrapartida do Governo do Estado de R$ 1 milhão e outros R$ 7,5 milhões do Ministério do Turismo, o Complexo conta agora com um auditório para 126 pessoas, bar temático, estacionamento amplo com capacidade para 85 veículos, lojas, píer com vista para o Rio Potengi, ambiente para exposições permanentes e temporárias, além de um Memorial do Aviador construído no local. A área total do espaço corresponde a 13 mil m².

“O Complexo da Rampa representa um dos principais links entre o Brasil e os Estados Unidos. É um equipamento que engrandece muito o nosso turismo cultural como alternativa ao turismo sol e mar que é o nosso principal atrativo”, destacou o chefe do Executivo estadual, lembrando, ainda, que parte do acervo será doado pelo governo americano.

Com a estrutura concluída, segue o processo licitatório para aquisição dos equipamentos, explica o secretário estadual de Turismo, Manoel Gaspar. “Estávamos aguardando a conclusão da obra para ter onde colocar os equipamentos que serão adquiridos. Nossa previsão é que dentro de 30 a 60 dias o Complexo seja aberto ao público”, disse.

A obra do Complexo da Rampa contempla ao todo 28 projetos independentes, desde o paisagismo, concepção visual e acústica até questões envolvendo patrimônio histórico, museologia e restauração. O projeto arquitetônico da obra é assinado pelo arquiteto potiguar Carlos Ribeiro Dantas.

HISTÓRIA

A Rampa para hidroaviões no Rio Potengi foi ponto obrigatório para aviadores que atravessavam o Atlântico Sul entre as décadas de 1920 e 1940. Mais tarde, durante o conflito mundial, sua posição estratégica, situada no “cotovelo” da América do Sul, abrigou a maior base militar dos EUA fora daquele país, se tornando a pista de pouso mais movimentada do mundo para aeroplanos e hidroaviões durante o período.

A data de 29 de janeiro de 1943 é marcada na história de Natal pelo encontro entre o presidente americano durante a Segunda Guerra, Franklin Delano Roosevelt, e o presidente brasileiro Getúlio Vargas. Na ocasião, eles celebraram, na Rampa, a Conferência do Potengi, transformando o local em base militar americana e selando a participação dos EUA no conflito, que resultaria na vitória dos Aliados contra os Países do Eixo.

COMPLEXO SIX SENSES

O município de Baía Formosa, no litoral Sul do estado, vai receber em breve o primeiro empreendimento da rede hoteleira Six Senses na América Latina. O grupo vai construir na cidade o projeto Eco Estrela, formado por dois resorts e uma vila de casas em alto padrão.

Durante o evento do Complexo da Rampa foi entregue a licença de instalação do empreendimento, garantindo segurança jurídica aos investidores para o início da construção. Anteriormente, o Idema já havia liberado a licença prévia de viabilidade ambiental.

O investimento na primeira fase será de 400 milhões de dólares, podendo chegar a 1,5 bilhões de dólares até sua conclusão. O grupo possui, ainda, empreendimentos paradisíacos nas Ilhas Seychelles (próximo à costa da Somália), em Omã (Oriente Médio) e na Tailândia. 

Foto: Ivanizio Ramos

28

Dez

Lazer & Cultura

Festival Cine Verão divulga os curtas selecionados e atrações culturais para público potiguar

O projeto Cine Verão – Festival de Cinema da Cidade do Sol realizará a sua segunda edição na praia de Ponta Negra, um dos principais cartões postais da cidade, nos dias 30 e 31 de janeiro. Idealizado pela produtora cultural Nathalia Santana da Pinote Produções, o festival tem como objetivo principal contribuir com a difusão do trabalho realizado pelos profissionais do audiovisual potiguar e brasileiro.

O Festival recebeu um total de 155 filmes inscritos, 58 de realizadores potiguares e 97 de outros estados do Brasil. Após a análise criteriosa da curadoria, foram selecionados 8 curtas potiguares e 6 curtas nacionais, o que totaliza 2hs de exibição em cada mostra, tanto na Mostra Cine Verão Poti, que acontecerá no dia 30 de janeiro, como na Mostra Cine Verão Brasil, a ser exibida no dia 31 de janeiro.

Os curadores convidados para a mostra local foram Érica Lima, Fernando Suassuna e Gianfranco Marchi, assim como Carito Cavalcanti, Arlindo Bezerra e Rafaela Bernardazzi realizaram a curadoria da mostra nacional. Todos os profissionais atuam na área do audiovisual, com trabalhos relevantes no estado.

Para a Mostra Cine Verão Poti os selecionados foram: A Parteira – Direção: Catarina Doolan; Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte – Direção: Helio Ronyvon; Enquanto o sol se põe – Direção: Marcia Lohss; Memórias roubadas – Direção: Marcelo Buainuai; Tingo lingo – Direção: Wallace Santos; Reflexo – Direção: Felipe Rocha; Somos Todos Um – Direção: Luciano Azevedo e Sem Retrato e Sem Bilhete – Direção: Babi Baracho.

E para a Mostra Cine Verão Brasil os selecionados foram: Carretéis – Direção: Eudaldo Monção Jr.; Entremarés – Direção: Anna Andrade; Majur – Direção: Rafael Irineu; Repulsa – Direção: Eduardo Morotó; Um Café e Quatro Segundos – Direção: Cristiano Requião e Uma Balada para Rocky Lane – Direção: Djalma Galindo.

Além das exibições de curtas metragens o festival terá na programação debates, apresentações musicais, DJs, sessões de lançamento e encontros com os diretores locais das obras exibidas na atual edição.

O projeto Cine Verão é uma realização da Pinote Produções, com o patrocínio da Prefeitura do Natal, Programa Djalma Maranhão e Hospital do Coração. Conta ainda com o apoio da Rádio Jovem Pan, Sollar Comunicação, Top Gráfica, Sopro, Tisck, Quintau, RN Bottons, Astral Sucos, Poti Restaurante, Chocolateria Sandra Maia e Marmitíssima.

26

Dez

Lazer & Cultura

Vai viajar nas férias? Especialistas dá dicas de segurança para evitar transtornos

Após os festejos de final de ano, é comum as famílias aproveitarem as férias escolares para uma temporada nas casas de praia, ou viajar para o interior e outros estados. Nesse momento, é bom incluir no planejamento a segurança da residência que vai ficar vazia, como também de todo o percurso do passeio.

As recomendações do professor do curso de Tecnologia em Gestão de Segurança Privada da Estácio Zona Norte, Vantuil Oliveira, começam com os cuidados para o deslocamento que será feito durante a viagem: é necessário fazer uma revisão no carro antes – para evitar contratempos - e procurar conhecer o percurso previamente: estudar o mapa, escolher o trajeto mais seguro e buscar informações sobre a sinalização do trânsito da estrada.

Já as casas que ficam vazias por longos períodos, segundo o especialista, são mais propensas a assaltos. Para se prevenir, o morador pode solicitar a ajuda de vizinhos, informando-os sobre o período em que vai ficar fora e se alguém irá passar na sua casa ou não. “Peça para manterem contato com você ou com a polícia no caso de perceber se tem alguém rondando a sua casa ou mesmo adentrando-a”, orienta.

Procurar o posto policial mais próximo e informar que vai viajar também é importante. E, se o orçamento permitir, pode também contratar uma empresa especializada em monitoramento de residências. Outra dica é instalar câmeras de vídeo-monitoramento. Inclusive, existem alguns equipamentos no mercado que permitem acompanhar as imagens pela internet e em tempo real. Cerca elétrica e sensores de presença também ajudam a inibir invasões. “Uma boa ideia é instalar sistemas que ligam e desligam as luzes internas através de programação, para dar uma sensação de casa habitada”, acrescenta Vantuil.

É importante também cuidar para evitar incidentes na residência. “Para isso, sugerimos que antes de viajar, o proprietário desligue todos os equipamentos eletroeletrônicos das tomadas, assim como fechar o registro de gás e água”, lembra Oliveira.

Outra sugestão que pode ajudar é “deixar seus números de telefones com os vizinhos, para que possa ser avisado de algo, ou nos de grupos de vizinhos em que faça parte nas redes sociais. A organização dos moradores em grupos tem contribuído para reduzir as ocorrências”, lembra o especialista.

Na dúvida, ou diante da necessidade de dicas mais específicas, orienta Vantuil, basta pesquisar na internet os diversos manuais de segurança disponíveis por lá. E, antes de pegar a estrada, não esquecer de fazer o chek-list da viagem e de cada integrante, tais como: verificar se colocou todas as roupas que vai precisar, remédios, telefones, contatos necessários, água, lanche, etc. 

Tomados os devidos cuidados, dá para aproveitar as férias com tranquilidade, junto com a família.

21

Dez

Lazer & Cultura

Espetáculo que retrata saga do aviador Augusto Severo estreia em celebração aos 60 anos da UFRN

Em celebração aos 60 anos da UFRN estreia esta semana o espetáculo Sapiens E a ciranda do infinito na Escola de Música da UFRN. A ópera musical de Danilo Guanais tem direção de Diana Fontes, conta com alunos da instituição no elenco e será apresentada nos dias 22 e 23 para a comunidade às 20 horas. A entrada é gratuita.

Em “Sapiens”, Augusto Severo, norte-rio-grandense pioneiro da aviação, se vê às voltas com os problemas relacionados ao seu sonho de ver seu balão “PAX” alçar vôo e ser dirigível, representando seu desejo de paz entre as nações. Sua morte, pela explosão do dirigível, em 12 de maio de 1902, em Paris, logo após demonstrar com sucesso seu vôo controlado, tornou-o mártir da tecnologia aeronáutica.

No roteiro de SAPIENS, em meio aos diversos problemas que a personagem tem em sua empreitada, ele é “visitado” por personagens ilustres, como: Leonardo da Vinci (pesquisador) esclarece a ele seu papel como homem pensante, resultado da evolução e sobre o uso de ferramentas. Câmara Cascudo (folclorista) aborda aspectos da aquisição da linguagem, necessidades financeiras e o desenvolvimento da cultura vendo o projeto do dirigível. Cora Coralina (poetisa) discute com ele estética e arte, enquanto Maria da Fé (Maria Felipa, heroína baiana) situa as aflições e conquistas de Augusto Severo no contexto geográfico e técnico da busca pelo saber.

Para Danilo Guanais, a criação da obra representou um desafio. “Lidar com um tema tão abrangente, como a aquisição do conhecimento, num musical com jovens que cantam para jovens representou um grande desafio. SAPIENS é uma ópera-musical que transita entre uma linha erudita e outra popular. Sua estética escapa dos contornos cotidianos para permitir licenças poéticas inesperadas.

Augusto Severo interage com os improváveis Leonardo da Vinci, Câmara Cascudo, Cora Coralina e Maria Filipa (outra grata descoberta histórica) numa trama surreal sobre a descoberta do saber. Um desafio vencido em mais uma parceria com essa diretora genial Diana Fontes, com a energia impressionante desses jovens atores e atrizes de nossa Universidade e de uma equipe técnica e é de criação coesa, dedicada e competente”.

20

Dez

Lazer & Cultura

Natal sem Fome 2018 arrecada alimentos para doação até amanhã (21)

Quem quiser contribuir com o combate à fome no Brasil com doações de alimentos não perecíveis e deixar o Natal de famílias que vivem abaixo da linha da miséria mais feliz, tem até esta sexta-feira (21) para participar. O Natal Shopping conta com pontos de coleta distribuídos em três locais estratégicos: no hall dos elevadores no piso L2, na entrada do estacionamento VIP da Praça de Alimentação e no Espaço Família.

O Natal Shopping está entre os 19 empreendimentos do grupo da Ancar Ivanhoe que participam da ação. A meta é arrecadar 7,5 toneladas de alimentos só no Natal Shopping. Para tanto, além das doações dos clientes, também estão sendo mobilizados para participar da campanha, colaboradores, lojistas, parceiros e fornecedores.

Ao todo em 2017 foram doadas mais de 100 toneladas em todos os centros comerciais que integram o grupo Ancar Ivanhoe, que envolveu seus empreendimentos na campanha Natal Sem Fome da Ação Cidadania, que esse ano tem como tema “A fome não é fake”.

O objetivo da ação é arrecadar a maior quantidade possível de cestas básicas e entregar esses alimentos no Natal às mais de 50 mil famílias cadastradas nos comitês da Ação da Cidadania em 18 estados do Brasil. Ao todo, a meta de arrecadação nacional deste ano será de duas mil toneladas de alimentos não perecíveis.

Além da arrecadação de alimentos não perecíveis, os shoppings ainda incentivarão o Troco Solidário, ação que permite que os clientes doem a quantia excedente do pagamento do estacionamento e do brinde atrelado à campanha promocional de Natal para o movimento idealizado pelo sociólogo Herbert de Souza, o Betinho.

A entrega dos alimentos será feita nos dias 21, 22 e 23 de dezembro em todos os estados participantes através da rede de comitês da Ação da Cidadania em todo o país, fazendo o alimento chegar a centenas de milhares de famílias em situação de insegurança alimentar. Quem quiser participar, pode também doar através do site www.natalsemfome.org.br.

18

Dez

Lazer & Cultura

Burburinho Festival de Artes divulga resultado da convocatória para artistas e produções audiovisuais

O Burburinho Festival de Artes chega à terceira edição mantendo o foco na integração de diversos segmentos artísticos, oferecendo ao público potiguar uma programação cultural de qualidade e com acesso gratuito. O festival acontece nos dias 22, 23 e 24 de fevereiro de 2019, no Bosque das Mangueiras, a partir das 14h. Após receber dezenas de inscrições, via convocatória lançada no mês de novembro, a curadoria do festival selecionou os artistas e produções audiovisuais que irão compor a programação do evento. Toda a programação é gratuita, de classificação livre e conta apenas com artistas potiguares.

Foram selecionados os espetáculos de dança: Um de Nós (Cia de Dança do Teatro Alberto Maranhão), Tromba /Salão (Entre Nós Coletivo de Criação) e Sem Conservantes (Giradança). Na categoria teatro foram selecionados: Mono Circo (Grock Entretenimento); Sal, Menino Mar (Grupo de Teatro Facetas, Mutretas e Outras Histórias) e A Fuga do Espelho (Tropa Trupe).

No segmento musical foram selecionados os pocket shows de Ananda Krishna, Caio Padilha e Joana Knobbe e Maíra Soares e os shows da Orquestra Greiosa, do grupo Skarimbó e Sueldo Soaress e os Grooves.

Já na Mostra Burburinho Audiovisual serão exibidos 6 curtas potiguares:  Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte (Helio Ronyvon); Arredia e tão só  (Augusto Luís);  Catarro – (Paulo Dumaresq); Enquanto o sol se põe (Marcia Lohss);  Para onde os sonhos vão  (Nathalie Alves) e Tingo Lingo (Wallace Santos).

A programação contará ainda com as exposições de artes Filhas e Filhos da Margem (João Oliveira e Pedro Feitoza) e Anatomia Poética (Layanne Santos).

Além da programação artística o festival compõe sua programação com oficinas (stencil, turbante e origami), praça de alimentação recheada de gostosuras, feirinha de empreendimentos criativos e escambo cultural - um espaço para troca de livros, discos, filmes, revistas, entre outros artigos culturais.

O Burburinho Festival de Artes é uma iniciativa da Pinote Produções e conta com os patrocínios da Prefeitura do Natal, por meio do Programa Djalma Maranhão e da Unimed Natal.

18

Dez

Lazer & Cultura

Orquestra Sinfônica do RN faz “Concerto Especial de Natal” na Catedral Metropolitana nesta 5ª feira (20)

O “Movimento Sinfônico Quartas Clássicas”, um dos 20 projetos patrocinados pela Cosern e pelo Instituto Neoenergia por meio da Lei de Incentivo à Cultura Câmara Cascudo, faz na próxima 5ª feira (20), às 19h, na Catedral Metropolitana de Natal, o “Concerto Especial de Natal”. A entrada é gratuita e não há necessidade de retirada prévia de ingressos.

A apresentação será regida pelo maestro Linus Lerner e tem como solistas Alzenir Nelo e Leciana Oliveira (Sopranos); Franz Ribeiro (Contratenor); Cesar Leonardo (Tenor) e José Fernandez (Barítono). Além dos solistas, estarão presentes o coral Canto do Povo (regente Eli Cavalcante) e o Corangelis (regente Paulo Ritzel).

No programa, obras de Johan Sebastian Bach, Albert Hay Malotte, Mykola Leontovych (arranjo Pentatonix), Danny Eleman, John Rutter, Mozart, Cesar Franck, Franz Schubert, Andrew Lloyd Webber, Tchaikovsky, Camille Saint-Saens, Adolphe Adam (arranjo Willames Costa) e Georg Friedrich Händel.

O espetáculo contará também com a participação do projeto Sinfonia Trampolim da Vitória, idealizado pela M.A.P.A. Realizações Culturais com libreto de Tatiane Fernandes e pesquisa do professor Durval Muniz, composta por Willames Costa. A Sinfonia leva o público a conhecer e se inspirar em cada um dos quatro movimentos que traçam em música, a história da Segunda Guerra Mundial, a participação do RN e todas as nuances de mudanças provocadas pelo momento histórico.

17

Dez

Lazer & Cultura

Centro de Convenções de Natal passa a ter capacidade para 13 mil pessoas e poder sediar vários eventos simultâneos

Com investimentos na ordem de R$ 40 milhões, espaço teve sua capacidade ampliada de 6 para 13 mil pessoas.

O Governo do Rio Grande do Norte inaugurou neste sábado, 15, o novo pavilhão do Centro de Convenções de Natal, uma das maiores obras do Turismo no estado. O evento contou com a presença do Governador Robinson Faria e do ministro de Turismo, Vinícius Lummertz, do prefeito de Natal, Álvaro Dias, além de secretários e gestores estaduais e municipais e representantes do trade turístico.

Considerado um dos mais bonitos do Brasil, o Centro de Convenções recebeu um investimento na ordem de R$ 40 milhões, recursos  assegurados  pelo  Programa  de Aceleração do Crescimento - PAC Turismo, com contrapartida do Governo do Estado de R$ 10 milhões.

Com obra executada pelas secretarias estaduais de Turismo e Infraestrutura, o espaço foi requalificado de 14,2 mil m² para 23,6 mil m², ampliando sua capacidade de 6 para 13 mil pessoas. O novo pavilhão agora pode sediar vários eventos simultaneamente, já que sua estrutura, com dois pisos, é modulada, pois possui configuração flexível e uso de divisórias móveis sobre trilhos que podem dividir o espaço em três grandes salas. Também estão previstas 573 vagas de estacionamento. 

O governador Robinson Faria disse que a obra incrementa o turismo no estado, já que o equipamento de grande porte está situado em frente ao cartão postal da capital potiguar e ao lado de uma das melhores redes hoteleiras do país. “É um legado que estamos entregando ao RN, pois vai possibilitar o turismo o ano inteiro, o que conhecemos por turismo de eventos, como congressos. Nós já somos um dos pontos turísticos mais cobiçados do Brasil mas faltava um equipamento como este, maior e melhor equipado, que viesse para dar suporte a grandes eventos”, afirmou.

Ministro do Turismo, Vinícius Lummertz, lembrou do potencial turístico da cidade ressaltando a importância do empreendimento. “Este é um dos maiores vãos livres do país que veio para colocar o Rio Grande do Norte na rota dos grandes eventos. Vocês já tem uma posição geográfica estratégica e histórica, além de uma bela cidade. Cada um de nós tem consciência de que foi um ano difícil, mas acredito que vamos melhorar e devemos acreditar no desenvolvimento do turismo e das relações internacionais dada a posição geográfica do Nordeste e, especificamente, deste estado”, destacou.

Na ocasião, o ministro fez a entrega do Selo Prodetur + Turismo, documento que habilita o Estado a pleitear recursos de até R$ 500 milhões para projetos na área.

11

Dez

Lazer & Cultura

Mostra Cinema e Direitos Humanos chega à cidade de Nova Cruz

A Declaração Universal dos Direitos Humanos, que em 2018 completa 70 anos, será o tema da 12ª Mostra Cinema e Direitos Humanos. A mostra será realizada nos meses de novembro e dezembro nas 26 capitais do país e no Distrito Federal e a programação é totalmente gratuita. Ao todo, serão exibidos 40 filmes, divididos em 4 mostras: Temática, Panorama, Mostrinha, dedicada ao público infanto-juvenil, e Homenagem, que celebra a carreira do ator e diretor Milton Gonçalves. A mostra é uma iniciativa do Ministério dos Direitos Humanos (MDH), com realização do Instituto Cultura em Movimento (ICEM) e produção no Rio Grande do Norte da Mapa Realizações Culturais.

A Declaração Universal dos Direitos Humanos surgiu em 1948 como um grito de liberdade e o clamor por respeito, contra o fascismo e as milhões de mortes da 2ª Guerra Mundial. Segundo a Diretora de Promoção e Educação em Direitos Humanos do MDH, Juciara Rodrigues, a Mostra promove ações públicas que transcendem governos, por isso já está em sua 12ª edição. “Trata-se de uma revolução silenciosa e maravilhosa. Vai até as pessoas para mostrar a elas a importância de ser cidadão e do respeito ao próximo. Chega até elas levando educação amorosa e libertária, para que possam refletir qual o nosso papel no mundo. É uma forma de lutar e resistir a qualquer tipo de opressão, de objeção em relação ao exercício da nossa cidadania e direitos.”, diz Juciara.

Com mais de 70 filmes no cinema, o ator e diretor Milton Gonçalves, homenageado na Mostra, é um dos mais prolíficos artistas do país. Presente nas telas e palcos desde a década de 50, participou da história da televisão, do teatro e do cinema brasileiros. Sua versatilidade dramática e seu talento venceram as barreiras que normalmente são impostas aos artistas negros no país. “Sua atuação no cenário político e sua militância pelos Direitos Humanos e contra o racismo o tornam um desses artistas cuja trajetória precisa ser registrada e cuja história deve ser contada para os jovens. Milton Gonçalves soube como poucos manter um rigor artístico e, ao mesmo tempo, uma atuação e coerência política”, diz a diretora do ICEM Luciana Boal. “Com a proximidade de seus 85 anos de vida, em 2018, é fundamental conhecer o homem, marido, pai, político, ator e diretor Milton Gonçalves”, completa.

De 12 a 14 de dezembro a 12ª Mostra Cinema e Direitos Humanos chega à Nova Cruz com o apoio do IFRN Campus Nova Cruz, da Prefeitura de Nova Cruz e da Secretaria da Juventude Cultura, Esporte e Lazer. Serão três dias de programação com estrutura montada no Largo da Casa de Cultura, oferecida gratuitamente a população, sempre começando as 19h.

Os filmes abordam as diversas temáticas dos Direitos Humanos, como memória e verdade, questões de gênero, população negra, população indígena, população LGBT, imigrantes, direito das pessoas com deficiência, direito da criança, direito dos idosos, direito da mulher, direito à saúde, direito à educação, diversidade religiosa e meio ambiente. Para permitir a acessibilidade, todas as sessões contam com closed caption, e em sessões selecionadas haverá áudio descrição e Libras. Os espaços onde ocorrem as exibições também possuem estrutura acessível para receber os diferentes públicos, além de contar com a programação em Braille para consulta.