Educação

4

Dez

Educação

Faern realiza seminário com ex-ministro da Agricultura e entrega Medalha do Mérito Rural

O Sistema Faern/Senar realiza na próxima quinta-feira (06) o 4º Seminário Cenário Econômico e Político para o Setor Rural em 2019, que terá como palestrante o ex-ministro da Agricultura do Brasil, Alysson Paolinelli. O evento também marcará a entrega das Medalhas do Mérito Rural Senador Moacyr Duarte às personalidades que mais se destacaram no setor rural em 2018.

O prêmio é considerado a maior honraria concedida pela Federação da Agricultura, Pecuária e Pesca do Rio Grande do Norte (Faern) aos nomes que se destacaram em prol do fortalecimento das atividades rurais no RN.

Pela primeira vez esse ano foi incluída na entrega de medalhas a categoria Jornalista. As demais categorias são Política, Científica, e Produtor Rural. Os nomes agraciados foram escolhidos por representantes de entidades que compõe a comissão da medalha.

O evento reunirá autoridades políticas, nomes ligados ao setor agropecuário, produtores rurais de todo o Estado e será realizado a partir das 19h no Boulevard Recepções (Av. Maria Lacerda Montenegro, s/n, Nova Parnamirim).

Confira os nomes dos agraciados por categoria:

Política: Guilherme Saldanha (Secretário de Estado da Agricultura, Pecuária e da Pesca do RN);

Científica: Adriano Rangel (Professor-Doutor – Escola Agrícola de Jundiaí);

Produtor Rural: João Patriota (In Memorian)

Jornalista: Woden Madruga.

3

Dez

Educação

TJRN abre processo de seleção para estagiário de pós-graduação em Ciências Contábeis

Por meio da Divisão de Precatórios, a Contadoria Judicial (Cojud) do Tribunal de Justiça do RN abriu processo de seleção para estagiário de Pós-Graduação em Ciências Contábeis. É oferecida uma vaga, havendo classificação até o 13° colocado, para cadastro de reserva.

Para o estagiário, a jornada consiste em 30 horas semanais, sendo 6 horas diárias. Receberá bolsa-auxílio no valor de R$ 1.874,00 mais auxílio-transporte no valor de R$ 127,60. O edital completo pode ser visto AQUI.

Inscrições e Seleção

É necessário realizar a inscrição pessoalmente, no período de 3 de dezembro a 14 de dezembro, das 8h às 15h, na recepção da Divisão de Precatórios, no 1° andar do prédio Sede do TJRN, localizado em frente à Praça 7 de Setembro, Cidade Alta.

A seleção será feita mediante prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório, com um total de 10 questões e duração de 4 horas. Será aplicada no dia 11 de fevereiro de 2019, na sede da Escola da Magistratura. No dia 20 de fevereiro será divulgada a lista de aprovados no Diário da Justiça Eletrônico.

Os 24 primeiros colocados na prova discursiva passarão por uma entrevista, no dia 25 de fevereiro, quando serão analisados os currículos, esclarecendo- se dúvidas acerca de interesses, expectativas e experiências profissionais anteriores.

Com informações do TJRN

3

Dez

Educação

UNI-RN lança edital com bolsas de estudo para seleção de candidatos aos cursos de graduação

O UNI-RN lançou o Vestibular Prêmio 2019, visando à seleção de candidatos para ingresso nos cursos de graduação presencial no primeiro semestre letivo de 2019.1. Os candidatos inscritos no Vestibular Prêmio UNI-RN 2019 estarão concorrendo a bolsas de estudo de 100%, 60%, 50% e 40%, destinadas aos melhores classificados nas provas.

Serão concedidas ainda bolsas parciais, em níveis percentuais inferiores, aos demais candidatos classificados, a critério do Centro Universitário, considerada a classificação e o ponto de corte. As provas serão realizadas no dia 18 de dezembro de 2018, com início às 18h30, com fechamento dos portões às 18h20.  Clique aqui para conferir o edital.

30

Nov

Educação

Estudantes de direito em universidade privada publicam artigo em revista internacional

As alunas da 10ª série do curso de Direito do Campus Natal Millany Freire, Natália Batista e Thaysa Oliveira, com a orientação do Coordenador do Grupo de Pesquisa em Ciências Criminais da UnP, prof. Fillipe Azevedo, tiveram três artigos publicados na Revista Jurídica Luso-Brasileira. A publicação possui relevância internacional e estimula a produção e o compartilhamento de artigos científicos na área do Direito.

A estudante Millany Freire produziu o artigo “A Administração do Peculato: Insignificância e bagatela como ferramenta de Política Criminal”, que propõe o estudo da origem do princípio da insignificância, no que diz respeito a possíveis injustiças estatais com enfoque nos crimes de peculato. Já a aluna Natália Batista, encabeçou o trabalho “Os Jogos da Leniência: uma análise econômica da Lei Anticorrupção” que fez uma análise objetiva sobre a lei anticorrupção, baseada nas teorias dos jogos, da captura e da agência.

Por fim, a universitária Thaysa Oliveira, escreveu o artigo: “Mercados Proibidos: a falha da Intervenção Penal no Domínio Econômico” que teve o propósito de rediscutir o papel do Direito Penal Brasileiro, identificando normas penais que não atingem a finalidade de pacificação social e, ao contrário, fomentam a criminalidade organizada.

Para o professor Fillipe Azevedo, que orientou a produção dos três artigos, as publicações evidenciam o trabalho de pesquisa, que um dos pilares fundamentais da UnP. “A pesquisa é um pilar importante da nossa Instituição, e isto é uma conquista enorme para a nossa Universidade. O nosso curso de Direito vem se destacando, cada vez mais, frente as universidades públicas”, declarou.

Para conferir os artigos, os interessados podem acessar o site da revista, clicando aqui.

29

Nov

Educação

Especialista alerta que aprendizagem escolar deve ser avaliada além da notas

A partir do mês de novembro as escolas entram em processo de encerramento das atividades do ano letivo. Com o boletim em mãos, os pais avaliam o rendimento escolar de seus filhos, na expectativa de que sejam aprovados. Mas será que apenas as notas quantificadas pela escola são suficientes para a análise da aprendizagem como um todo? Para Elaine Eufrásio, professora de Psicologia da Faculdade Estácio de Natal, a aprendizagem deve ser avaliada em seu sentido mais amplo, não por meio da absorção de conteúdos, pois até o comportamento é um indicador de sua evolução ou não.

A avaliação escolar costuma utilizar parâmetros que classificam o aluno como ‘regular, bom, na média, ótimo’ e essa percepção passou a ser absorvida como conceito dentro das famílias, relata a professora. “Crianças do Ensino Fundamental, por exemplo, que estão na fase de alfabetização, acabam sendo cobradas em excesso pela família quando não atingem o estabelecido como meta da escola, não se levando em consideração, em muitos casos, a socialização, participação nas aulas, interação com a equipe escolar. Todos estes fatores também abrangem o conceito de aprendizagem nesta fase escolar”, pondera.

Segundo a especialista, não é indicado que os pais comparem seus filhos com outras crianças, pois cada uma tem sua fase, seu tempo, sua maneira de aprender. Ela destaca também que o acompanhamento dos pais deve ser contínuo, desde o início do ano letivo, buscando identificar dificuldades que vão além dos conteúdos. “Na minha experiência, percebo que os pais passam a se preocupar com as notas e avaliações apenas no final do ano, quando, se o acompanhamento tivesse acontecido desde o início do período letivo, o progresso do aluno poderia ser mais proveitoso”.

Neste contexto da vida escolar, é preciso observar as mudanças no comportamento dos filhos, se a metodologia utilizada pela escola para a avaliação é considerada justa e procurar comparecer às reuniões de pais para conversar com os professores. “Caso sejam percebidas dificuldades acentuadas, é necessário procurar ajuda especializada como auxílio para vencer as barreiras que podem surgir durante o processo da aprendizagem”, orienta.

28

Nov

Educação

Cursos técnicos gratuitos na área de refrigeração têm vagas abertas pelo Senai

O SENAI/CTGAS-ER está com inscrições abertas gratuitas para formação de turmas dos cursos Boas Práticas em Sistemas e Refrigeração Comercial e Boas Práticas em Sistemas de Ar Condicionado do Tipo Split e Janela. Os treinamentos vão ocorrer com o apoio da agência alemã de cooperação internacional (GIZ, em alemão) e do Ministério do Meio Ambiente, no âmbito do Programa Brasileiro de Eliminação dos HCFCs (PBH).

Com carga horária de 32 horas, os cursos serão realizados nas instalações do SENAI CTGAS-ER, à Avenida Capitão Mor Gouveia, em Lagoa Nova. O pré-requisito dos cursos gratuitos é experiência na área de refrigeração e ar condicionado.

As aulas serão iniciadas na próxima segunda-feira, 03/12. As aulas da turma de Boas Práticas de Manut. em Sist. Ar Condic. Split e Janela acontecerão das 7h30 às 11h30; Boas Práticas em Sistemas de Refrigeração Comercial, no horário das 13h30 às 17h30.

Para realizar a inscrição o interessado deve demonstrar interesse através do e-mail secretaria@ctgas-er.com.br ou procurar o setor de atendimento do SENAI CTGAS-ER, pelos telefones (84) 3204-8000 ou (84) 3204-8114.

Para se inscrever é necessário apresentar os seguintes dos documentos: RG e CPF; Cópia do comprovante de residência atual; Cópia do diploma de ensino fundamental; Cópia de comprovante de conhecimento na área - Carteira de trabalho ou declaração de auto punho informando a experiência na área.

28

Nov

Educação

Rossandro Klinjey apresenta a palestra "Limites na Educação: Uma Prova de Amor" no Teatro Riachuelo

Rossandro Klinjey é palestrante, escritor e Psicólogo Clínico. Fenômeno nas redes sociais, seus vídeos já alcançaram a marca de mais de cem milhões de visualizações. Autor de vários livros, sendo os mais recentes, “As Cinco Faces do Perdão”, “Help: Me Eduque!” e “Eu Escolho Ser Feliz”. Em Natal, a palestra "Limites na Educação: Uma Prova de Amor", ocorre no dia 04 de dezembro, no Teatro RiachueloConfira o serviço completo abaixo.

É consultor da Rede Globo, no programa Encontro com Fátima Bernardes, em temas relacionados a comportamento, educação e família, além de colunista da Rádio CBN. Foi professor universitário por mais de dez anos, quando passou a se dedicar à atividade de palestrante, no Brasil, na Europa e nos Estados Unidos.

Na palestra "Limites na educação: Uma Prova de Amor", ele fala que a personalidade é a soma total das maneiras pelas quais um indivíduo reage e interage com os outros. Ela é geralmente definida como os padrões profundamente arraigados e relativamente duradouros de pensamento, sentimento e comportamento. A personalidade é a soma total de traços psicológicos do indivíduo, características, motivações, hábitos, atitudes e crenças que vão determinar o modo como esse indivíduo vai agir no futuro, sobretudo com relação à assimilação das normas e condutas sociais e da obediência à Lei.

28

Nov

Educação

Alunos de Escola Estadual do RN disputam etapa nacional do 11o Professores do Brasil com revista geográfica

A Escola Estadual Graciliano Lordão, em Natal, produziu a Revista Geográfica GL, produto das aulas e dinâmicas trazidas do Projeto de Inovação Pedagógica (PIP), e está concorrendo à etapa nacional do 11º Professores do Brasil. Os recursos investidos e a metodologia dinâmica interdisciplinar do PIP, são um projeto do Governo do Estado, desenvolvido pela Secretária de Educação, via Governo Cidadão e Banco Mundial

A professora de Geografia Ana Beatriz Câmara Maciel foi a responsável por coordenar a produção da Revista Geográfica GL, o que deu a ela a oportunidade de submeter seu trabalho ao concurso e concorrer ao prêmio, uma iniciativa do Ministério da Educação para reconhecer, premiar e incentivar o trabalho dos professores da rede pública do Brasil.

“O PIP foi de extrema importância para o desenvolvimento do nosso projeto na escola, o que viabilizou o aumento do ensino-aprendizagem aos alunos, como também possibilitou equipar a escola com alguns materiais e também proporcionou a formação continuada para os professores, incentivando-os sempre. Foi plantada uma sementinha no desenvolvimento da leitura, interpretação e escrita dos alunos na Ciência Geográfica, e que almejamos a ampliação dos conhecimentos adquiridos pelos estudantes durante todo o ano de 2017”, declara Ana Beatriz, feliz por ter conquistado a premiação estadual e regional.

Toda a comunidade escolar e familiar foi envolvida na criação da Revista. Ela foi construída em dois momentos diferentes – primeiro o levantamento bibliográfico que contemplava o conteúdo proposto e temas transversais interdisciplinares, com ajuda das demais disciplinas e professores; e segundo, a produção de conhecimento empírico, por meio da coleta de informações e da Mostra Cultural da Escola, em 6 de dezembro de 2017, quando foi lançada a revista oficialmente.

Dentre as disciplinas trabalhadas estiveram Geografia, Língua Portuguesa, Artes, Ciências, Matemática, História, Ensino Religioso e Educação Física. “Uma grande conquista como essa mostra que o PIP está influenciando de forma efetiva a vida dos alunos e dos professores. Não só o reconhecimento da melhora na qualidade de ensino, mas também na figura do professor, que é essencial aos jovens nessa fase da vida”, contempla o secretário e coordenador do Projeto Governo Cidadão Vagner Araújo.

“O PIP vem para desenvolver e melhorar o ensino aprendizagem dos jovens e tem como papel fundamental desenvolver leitura e escrita. A interdisciplinaridade é essencial para que esses alunos aprendam a interpretar e produzir conteúdo nas diversas áreas de conhecimento e também de forma conjunta”, explica a secretária da Educação Claúdia Santa Rosa.

A última etapa do Professores do Brasil ocorre entre os dias 25 a 30 de novembro no Teatro da Escola do SESC, na cidade do Rio de Janeiro. Durante os cinco dias, Ana Beatriz participará de oficinas, amostras e da cerimônia de premiação no dia 29. O valor do prêmio nacional é de R$ 5 mil reais mais o troféu.

PIP na E.E. Graciliano Lordão

A revista geográfica não foi a única atividade do PIP – ao longo de 2017 os 110 alunos do 6º ano do Ensino Fundamental vivenciaram diversas atividades lúdicas e dinâmicas como o estudo e produção de cordel, aula de campo ao Planetário, exposição de artes e fotografia, sarau poético, entre outros. Os estudantes foram contemplados com o campo de desenvolvimento de leitura e letramento, que tinha como principal objetivo desenvolver a criatividade, a leitura, a escrita, a interpretação de texto e melhorar os níveis de ensino-aprendizagem.

Sobre o PIP

O Projeto de Inovação Pedagógica tem como objetivo oferecer apoio pedagógico, técnico e financeiro ao desenvolvimento de propostas de aprendizagem inovadores que possibilitem o fortalecimento dos processos educacionais dentro das escolas públicas estaduais. Desde 2015, o PIP vem mudando as vidas dos alunos do ensino fundamental e médio através de metodologias interdisciplinares e dinâmicas. Até agora, 400 foram contempladas – um total de 53 mil alunos.

Os primeiros resultados já podem ser vistos – na primeira avaliação de impacto, foi observado, nos 6ºs anos, um aumento de 13% na aprovação dos alunos, de 6% nas competências sócio emocionais e de 5% na aprendizagem de Português e Matemática. Houve também a redução da rotatividade dos professores, o que implica diretamente na melhoria do ensino-aprendizagem.

27

Nov

Educação

Colônia de Férias diferente oferece oficina para Youtuber, Games e Robótica em Natal

O ano letivo foi cheio, repleto de atividades e novos conhecimentos que agitaram toda a rotina da criançada. Mesmo assim, nas férias, os pequenos ainda têm muita energia para gastar. Com o novo perfil das crianças, que não esperam o descanso somente para a diversão, mas para aprenderem e associarem conhecimentos no dia a dia, as colônias de férias surgem como uma opção atrativa.

Pensando nisso, a Roboeduc, primeira escola de programação e robótica do país, inicia, a partir do dia 10 de dezembro, o funcionamento de mais uma Colônia de Férias. A programação, direcionada para crianças a partir de três anos de idade até os 14 anos, seguirá até o dia 18 de janeiro, sempre de segunda à sexta-feira, nos horários das 8h30 às 11h30 ou das 14h30 às 17h30.

O projeto tem por objetivo oferecer um ambiente agradável e criativo, propício para adquirir novos conhecimentos e desenvolver habilidades, unindo lazer e diversão, com atividades esportivas, brincadeiras tradicionais, jogos lógicos, games e muita robótica.

“Nossas práticas incentivam a reciprocidade, respeito mútuo e trabalho em equipe”, afirma o coordenador pedagógico da Escola de Programação e Robótica, Eronilson Angelo da Silva.

As dinâmicas funcionarão como missões, incentivando a resolução de problemas ligados à robótica e programação. A colônia de férias ainda contará com oficinas que trabalharão os estímulos sensoriais, como jardinagem, culinária, arte e ilustrações.

Oficinas para YouTuber

Outra coisa que ganhará destaque serão as oficinas para YouTuber. “As férias são sempre especiais para criançada e ficam ainda mais marcantes quando elas se divertem, aprendem muito e fazem novos amigos”, comenta Eronilson.

As oficinas serão coordenadas pelos mediadores de cada turma e, como em outras atividades, acontecerão de forma dividida por níveis, entendendo que toda criança está em uma fase diferente de aprendizagem. “Para as crianças que ainda não fazem parte do universo tecnológico, a programação pode servir como ferramenta de iniciação ao estudo da disciplina, que tem como base o ensino multidisciplinar”, comenta o coordenador pedagógico.

A colônia de férias de dezembro acontecerá entre os dias 10 e 21, já em janeiro será realizada do dia 2 ao dia 18. Os pacotes são semanais, mas, quem quiser, pode optar por adquirir diárias ou a colônia de uma única vez. Para professores e advogados filiados na OAB os descontos são de 20%. Para irmãos ou grupos, acima de três amigos, o desconto é de 10%, ambos não cumulativos. Para matrícula é preciso verificar disponibilidade de vagas para o horário desejado. Mais informações nos telefones (84) 3012-3279 ou (84) 99971-0667.

27

Nov

Educação

MEC libera recursos para educação em tempo integral

O Ministério da Educação (MEC) autorizou a transferência de recursos para estados implementarem a educação em tempo integral no ensino médio. Ao todo, serão liberados R$ 99 milhões distribuídos entre todos os estados e o Distrito Federal, com exceção do Mato Grosso.

A liberação foi feita, no âmbito do Programa de Fomento às Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral, para complementar o pagamento da primeira parcela de recursos correspondentes ao ano de 2019 . Os estados precisaram encaminhar planos de trabalho e a indicar escolas onde o ensino em tempo integral será implementado.

O dinheiro do programa pode ser usado, entre outras coisas, para remuneração e aperfeiçoamento de professores e dos demais profissionais da educação; para aquisição, manutenção, construção e conservação de instalações e equipamentos necessários ao ensino; aquisição de material didático-escolar e manutenção de programas de transporte escolar.

Tempo integral

O programa busca viabilizar uma das ações previstas no novo ensino médio, aprovado em lei em 2017, de ampliar a educação em tempo integral. Os estudantes passam a participar de atividades na escola 7h por dia e não mais 5h ou 4h, como ocorre atualmente na maioria das escolas.

A proposta é seguir iniciativas bem-sucedidas de implantação do ensino integral em alguns estados, como Pernambuco, e atender aos objetivos do Plano Nacional de Educação (PNE).

Uma das metas do PNE é oferecer educação em tempo integral em, no mínimo, 50% das escolas públicas, de forma a atender, pelo menos, 25% dos alunos da educação básica até 2024. Atualmente, a educação tem tempo integral chega a 40,1% das escolas públicas e atende a 15,5% das matrículas. Considerando apenas o ensino médio, a porcentagem é menor, 17,4% das escolas oferecem educação em tempo integral.

Com informações da Agência Brasil/Foto/Arquivo Agência Brasil

26

Nov

Educação

Robótica educacional é tema de mesas redondas no IFRN Zona Norte

A programação da VII Semana de Ciência e Tecnologia do IFRN Zona Norte (SCTZN) vai contar com duas mesas redondas que abordarão o ensino da robótica educacional. O tema, de extrema importância para a educação atual, será debatido pelos sócios-fundadores do complexo tecnológico Roboeduc, Akynara Burlamaqui e Aquiles Burlamaqui, em mesas redondas, que serão realizadas nesta segunda (26) e terça-feira (27).

O primeiro momento de discussão acontece nesta segunda-feira, às 16h, no auditório do Campus. Com a participação de Akynara Burlamaqui, que também é professora da UFERSA, o tema debatido será “Tecnologias Regionais para Redução das Desigualdades”. O objetivo é analisar o atual sistema educacional brasileiro e apresentar o ensino de programação e robótica como uma possível ferramenta para minimizar desigualdades educacionais existentes. “Como exemplo, utilizaremos o projeto de extensão que acontece no centro multidisciplinar de UFERSA de Angicos, que é utiliza o ambiente da robótica para auxiliar na alfabetização de crianças com atraso no processo de alfabetização”, explica.

Na terça-feira (27), às 19h, na sala de audiovisual do IFRN Zona Norte, o professor e doutor da UFRN, Aquiles Burlamaqui, participará da mesa “Robótica na educação”. “Vamos debater o panorama geral do tema, falando do ensino, extensão, pesquisa e empreendedorismo nos cenários local, regional e nacional da robótica”, conta. O objetivo é democratizar o estudo da robótica e fazer com que a disciplina chegue a todos os lugares do país.

A programação da SCTZN é gratuita e aberta ao público em geral. Para parte das atividades, é preciso fazer inscrição prévia tendo em visa a lotação dos espaços. Outras informações podem ser obtidas neste link:https://eventos.ifrn.edu.br/sctzn/.

26

Nov

Lazer & Cultura

Colégios públicos de Natal recebem shows de artistas potiguares com o projeto Nosso Som nas Escolas

O Programa “Nosso Som nas Escolas” tem como objetivo valorizar e difundir o trabalho dos artistas potiguares para as novas gerações, facilitando a articulação entre esses artistas e as instituições de ensino médio e fundamental, fortalecendo a conexão da música com a escola. Na terça-feira (27) Valéria Oliveira se apresentará na Escola Estadual Almirante Newton Braga e na quarta-feira (28) a Escola Estadual Professor Luís Soares recebe a bandaPlutão Já Foi Planeta.

As escolas selecionadas além de receber(em) "pocket shows" de artistas potiguares em suas instalações, trabalham a carreira desses artistas como parte do complemento pedagógico, em várias disciplinas e para que este trabalho pedagógico aconteça, o projeto fornece material conceitual de divulgação.

A Escola Estadual Almirante Newton Braga está se aprofundando na biografia de Valéria Oliveira e nas obras do novo disco “Mirá”, e com foco neste trabalho abriu um Concurso de Fotografia intitulado “Pele Bonita”, para as turmas do 7° ano; concurso de desenho em cartazes, com o tema “Amor Que Eterniza”, para as turmas de 8° ano e dramatização utilizando as músicas (texto/letra) do CD, escolhidas pelos estudantes, para os alunos do 9°ano. Além disso, foi realizada uma atividade alusiva ao Dia da Consciência Negra, denominada Papo Aberto, com todas as turmas do vespertino, cujos temas dos diálogos foram 'racismo' e desigualdade social' e tiveram as músicas “Pele Bonita” e “Vidas” como ilustração e material de trabalho desse processo, devido às temáticas abordadas nas mesmas.

A Escola Estadual Professor Luís Soares está estudando a biografia da banda Plutão Já Foi Planeta com a elaboração de desenhos a partir da canção "O ficar e o ir da gente", trabalhou também a exibição de vídeo clipes das músicas "Viagem Perdida", "Alto Mar", "Você não é mais Planeta" e "O Ficar e o Ir da Gente", a exibição de entrevistas da banda e a realização de atividades relacionadas às músicas. Além disso, na disciplina de ciências o professor trabalhou a construção de foguetes com os alunos.

O programa “Nosso Som nas Escolas” é desenvolvido pela Green Point Produções em parceria com Dois.a Publicidade. Nesta nova etapa, é patrocinado pela Prefeitura do Natal e pelo Colégio CEI Romualdo Galvão, via Programa Djalma Maranhão, e tem apoio cultural do Villa Park Hotel, além da colaboração da 4por4 Música Arte e Cultura.

Histórico do Programa

Em 2017 foram realizados 16 Shows, com a participação de 20 artista potiguares, em 6 escolas, sendo 5 públicas e 1 privada, atingindo cerca de 5.000 alunos. Este ano o programa já recebeu os artistas Daniel GetUp e Sueldo Soaress na Escola Estadual Newton Braga, Jubileu Filho na Escola Municipal Irmã Arcângela, Dodora Cardoso na Escola Municipal Professor Zuza, Carlos Zens na Escola Municipal Iapissara Aguiar, Sueldo Soaress no CEI Romualdo Galvão, Caio Padilha na Escola Municipal Tereza Satsuqui Aoqui de Carvaho, Dani Cruz na Escola Estadual Tiradentes, Família Pádua na Escola Municipal Ferreira Itajubá , Sérgio Groove na Escola Estadual Professor Luís Soares e Laryssa Costa na Escola Estadual Peregrino Júnior.

Sobre Valéria Oliveira

Valéria Oliveira dedica sua vida à música desde 1991 e a partir de 2000 passou a realizar turnês internacionais, ganhando destaque no Japão, onde conheceu o baterista e produtor japonês Kazuo Yoshida, que produziu quatro dos seus nove discos de carreira. Na Europa realizou diversas temporadas de shows em países como Portugal onde participou no Sarau “Rua das Pretas” apresentado por Pierre Aderne; Áustria; Suíça, dentro da programação do Festival de Montreux; e Itália. Nos Estados Unidos cantou no Snug Harbor com a  americana Tricia Boutté. No Brasil, Valéria realizou shows no Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília e João Pessoa. Em shows em Natal convidou Dona Ivone Lara, a Velha Guarda da Portela, Daúde, Leila Pinheiro entre outras grandes expressões da música brasileira. Cantou com as norte-americanas Tricia Boutlé e Michaela Harrison no Projeto MPB Jazz e foi convidada de Leila Pinheiro em seu show no Teatro Riachuelo. Recentemente Valéria lançou seu mais novo CD, “Mirá” produzido por Rildo Hora, com participação de Moacyr Luz.

Sobre Plutão Já Foi Planeta

A banda Plutão Já foi Planeta, formada em setembro de 2013 em Natal, é composta atualmente por Natália Noronha, Gustavo Arruda, Nuno Campos (Sapulha), Renato Lellis e Vitória de Santi. Com influências como John Frusciante, Little Joy, Mutantes, Los Hermanos e grupos do indiepop britânico atual, como BombayBicycleClub e Little Comets, a banda encontra sua assinatura num pop balsâmico. Em 2016, a banda foi vice-campeã do reality show “Superstar”, da Rede Globo. Neste ano lançou seu segundo disco, “A Última Palavra Feche a Porta”, pelo selo Slap, com produção de Gustavo Ruiz e participações de Linikere Maria Gadu. O álbum está disponível em todas as plataformas digitais.

23

Nov

Educação

Cartas ao Papai Noel são utilizadas como processo de aprendizagem para estudantes no RN

Aprendizagem e solidariedade. Enquanto colocam os seus sonhos e desejos no papel, os alunos da Escola Municipal Dalva de Oliveira, do bairro Vale Dourado – zona norte de Natal, são incentivados à escrita e envolvidos em um processo de aprendizagem. A iniciativa é do projeto ‘Gente Alegrando Gente’, da Faculdade Estácio de Natal - unidade Zona Norte, que há cinco anos, em parceria com a campanha Papai Noel dos Correios, atua no incentivo à produção de texto e, em seguida, adota os pedidos de presentes. Desde a primeira edição, em 2013, foram adotadas as cartas de mais de 1.500 crianças por colaboradores, alunos e moradores do entorno da faculdade.

‘Cartas ao Papai Noel’ é uma das ações do projeto composto por alunos e professores dos cursos de Administração e Recursos Humanos da Estácio Zona Norte, que atende crianças da alfabetização até o quinto ano. Em cada ano é escolhida uma escola diferente. O ‘Gente Alegrando Gente’ atua durante o ano inteiro com atividades de cunho social, que envolvem a comunidade onde a instituição de ensino está localizada.

Antônia Siqueira, coordenadora do projeto ‘Gente Alegrando Gente’, explica que além de atuar junto às crianças, o projeto também orienta os professores da escola contemplada neste processo de envio das cartas aos Correios – com adequação aos requisitos, como também verificação do conteúdo, no sentido de identificar se há relatos de violência contra a criança, por exemplo.

 “Em todos esses anos, cem por cento das cartas escritas ao Papai Noel, que ficam na Estácio Zona Norte, são adotadas. Já conseguimos, inclusive, uma doação de cadeira de rodas”, ressalta a professora. Nesse processo, são envolvidos todos os docentes, corpo administrativo, familiares, moradores do entorno e empresas parceiras da Estácio Zona Norte.

Na última quarta-feira, 14, aconteceu o lançamento da ação e locação das 332 cartinhas, que ficam à disposição para adoção nas dependências da faculdade - localizada na Rua Henrique Dias, 305, no bairro Igapó.

23

Nov

Educação

Crianças produzem filme com material reciclado em escola pública da Zona Norte de Natal

Cerca de vinte alunos de 8 e 9 anos de idade, resolveram produzir o próprio filme na Escola Municipal Vera Lúcia Soares Barros, do bairro de Pajuçara na Zona Norte de Natal. O lançamento oficial será apresentado para a comunidade do bairro nesta sexta-feira (23), as 14h, na própria escola. O filme “Um dia mais que especial” é fruto de uma atividade desenvolvida em sala de aula, com a turma da 3ª série do ensino fundamental. 

Aplicada ao longo do ano de 2018, o cinema foi usado na escola como ferramenta lúdica para o aprendizado das crianças. O filme é fruto do resultado da oficina de Stop Motion “CONTANDO E RECONTANDO HISTÓRIAS”, desenvolvido pela pedagoga Vera Freita, o cineasta Rômulo Sckaff, com a colaboração da professora Piedade Pereira. Todo o processo ocorreu de forma voluntária e os alunos ajudaram em todas as etapas.

Eles foram responsáveis por construir o roteiro, montar os cenários com materiais recicláveis, produzir os personagens de massinha de modelar, além de fazer a dublagem dos personagens, dando vida a animação. 

A oficina é aplicada com metodologia e conteúdos direcionados com apoio dos professores, onde o aluno consegue absolver todos os passos da construção do filme, fazendo analogia dos livros didáticos, já utilizados em sala de aula. Durante o lançamento do filme, os alunos e comunidade escolar vão poder conferir o cenário, o material produzido e o resultado final das atividades.

23

Nov

Educação

Santander oferece mais de mil bolsas internacionais a estudantes brasileiros

O Santander Brasil concedeu, nesta quinta-feira (22), 1.200 bolsas de intercâmbio para estudantes brasileiros por meio do programa The Champions, da própria instituição e que durante 2018 destinou um número total de 4.300 bolsas nacionais e internacionais.

Para o presidente do banco no país, Sérgio Rial, este tipo de iniciativa é a melhor forma de contribuir com o futuro dos jovens brasileiros, devido à possibilidade de que conheçam diferentes realidades.

"O grande desafio de vocês é de serem capazes de olhar o mundo em que estão inseridos como brasileiros e brasileiras através do olhar do outro", destacou Rial aos estudantes que estiveram na cerimônia de entrega das bolsas, realizada na sede do banco em São Paulo.

O executivo, que contou as próprias experiências internacionais nos Estados Unidos e na Ásia, desejou aos novos bolsistas que tenham "sorte, humildade, perguntas ilimitadas e que saibam honrar seu lugar de origem".

De acordo com o head do Santander Universidades, Steven Assis, houve um aumento do número de bolsas que o banco concedeu nos últimos anos. Em 2017, foram oferecidas 3.300 mil, e neste ano, mil a mais.

"O banco entende que educação é a melhor forma de investir para o futuro, e é como o banco investe no lado social. E a bolsa de estudo é a forma mais tangível de fazer isso, pois através de uma bolsa internacional, a pessoa muda a vida dela inteira - acadêmica, profissional, familiar e de outros alunos. É transformador para muitas pessoas", disse.

Assis explicou que as bolsas são divididas em três modalidades: nacional, internacional e estágio. As internacionais têm dois programas, Santander Mundi e Ibero-americanas, cujos comtemplados recebem quantias para cobrir os gastos com hospedagem, alimentação e viagem por até seis meses.

O executivo também contou que será lançado até o fim deste ano o Programa Empreenda, que premiará estudantes universitários, universidades e startups com boas práticas e ideias sociais, o que será mais uma iniciativa voltada à educação.

Fonte: Agência EFE