Educação

26

Fev

Educação

MEC pede que escolas toquem hino nacional e filmem alunos cantando

Nesta segunda-feira (25), o Ministério da Educação (MEC) informou que enviou uma carta do ministro Ricardo Vélez Rodríguez a escolas brasileiras. No conteúdo do texto, entre vários pedidos, está a solicitação de que as unidades de ensino toquem o hino nacional diante da bandeira do Brasil e que o momento seja filmado por celular. O MEC considera o conteúdo da carta como “um pedido de cumprimento voluntário”. De acordo o Ministério, a iniciativa “faz parte da política de incentivo à valorização dos símbolos nacionais”. Confira, a seguir, o texto da carta na íntegra:

“Brasileiros! Vamos saudar o Brasil dos novos tempos e celebrar a educação responsável e de qualidade a ser desenvolvida na nossa escola pelos professores, em benefício de vocês, alunos, que constituem a nova geração. Brasil acima de tudo. Deus acima de todos!”.

Segundo o MEC, "no e-mail em que a carta foi enviada, pede-se ainda que, após a sua leitura, professores, alunos e demais funcionários da escola fiquem perfilados diante da bandeira do Brasil, se houver na unidade de ensino, e que seja executado o Hino Nacional".

A mensagem também pede o seguinte: "Para os diretores que desejarem atender voluntariamente o pedido do ministro, a mensagem também solicita que um representante da escola filme (com aparelho celular) trechos curtos da leitura da carta e da execução do hino. E que, em seguida, os vídeos sejam encaminhados por e-mail ao MEC (imprensa@mec.gov.br) e à Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom) da Presidência da República (secom.gabinete@presidencia.gov.br). Os vídeos devem ter até 25 MB e a mensagem de envio deve conter nome da escola, número de alunos, de professores e de funcionários".

Fonte: Portal Leia Já, disponível em: http://m.leiaja.com/carreiras/2019/02/25/mec-pede-que-escolas-toquem-hino-nacional/

26

Fev

Educação

Unale abre inscrições para curso de mestrado em poder legislativo

Estão abertas, até o dia 11 de março, as inscrições para o processo seletivo do curso de Mestrado Profissional em Poder Legislativo, oferecido pela União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale) em parceria com o Centro de Formação, Treinamento e Aperfeiçoamento (Cefor) da Câmara dos Deputados.

O curso é direcionado aos parlamentares estaduais e distritais e também aos servidores das 27 Casas Legislativas brasileiras. Os interessados deverão apresentar, no ato da inscrição para o processo seletivo, uma declaração da Unale para ter direito à vaga, conforme Acordo Técnico de Cooperação firmado anteriormente. O documento pode ser solicitado à entidade através do e-mail unale@unale.org.br.

Estão sendo disponibilizadas 6 vagas e ressalta-se que os interessados em participar do processo de seleção deverão cumprir os requisitos estabelecidos pelas instituições e se inscrever até a data limite do dia 11 de março.

Para mais informações entre em contato com a Unale pelo telefone: (61) 3533-7300 ou através do e-mail: unale@unale.org.br.

26

Fev

Educação

Escola de Música oferta vagas para canto terapêutico

O Projeto Soltando a Voz, da Escola de Música da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (EMUFRN), inscreve até o dia 28 de fevereiro para turma de canto terapêutico. O projeto apresenta uma proposta alternativa para aprendizado do canto.

O objetivo do trabalho é que todos os interessados aprendam os conhecimentos básicos da voz para o canto, através de práticas de consciência corporal, exercícios respiratórios e vocais. Ao longo do semestre, o grupo irá trabalhar um repertório livre, popular e em conjunto, desenvolvendo as potencialidades vocais de cada um.

As aulas acontecerão em turma única, uma vez por semana, na segunda-feira, das 19h30 às 21h. São 40 vagas e o valor do investimento é de R$ 600, podendo ser pago através de boleto, integralmente, ou em até duas parcelas. Interessados deverão fazer a inscrição na Coordenação de Extensão da EMUFRN.

26

Fev

Educação

Abertas inscrições para Curso de Mestrado Profissional

A Coordenação do Programa de Pós-graduação em Educação Profissional e Tecnológica (ProfEPT) do Campus Mossoró do IFRN, abriu as inscrições para o Processo Seletivo do Curso de Mestrado Profissional em Educação Profissional e Tecnológica em rede nacional 2019. As inscrições seguem até o dia 7 de março, através do site do ProfEPT. O pagamento da taxa de inscrição é de R$ 70,00 (setenta reais).

O Programa

O ProfEPT é um programa de pós-graduação em Educação Profissional e Tecnológica, com um mestrado profissional em Educação Profissional e Tecnológica em rede nacional, da área de Ensino, reconhecido pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) do Ministério da Educação.

O curso tem como objetivo proporcionar formação em educação profissional e tecnológica, visando tanto a produção de conhecimento como o desenvolvimento de produtos, por meio da realização de pesquisas que integrem os saberes inerentes ao mundo do trabalho e ao conhecimento sistematizado pertinentes à educação profissional de nível básico ou em espaços não-formais.  

Para mais informações e inscrições, clique AQUI.

25

Fev

Educação

Inscrições para bolsas de pós-graduação na Espanha e no Reino Unido oferecidas pela Neonergia vão até 29 de março

A Neoenergia, controladora da Cosern, está com o Programa de Bolsas para cursos de pós-graduação latu sensu nas áreas de Energia, Meio Ambiente e Tecnologia da Informação e da Comunicação em universidades na Espanha e no Reino Unido aberto. A seleção é dirigida a alunos brasileiros ou residentes no Brasil, com título de graduação ou com graduação prevista até junho de 2019 e as inscrições se encerrarão às 11h (horário de Brasília) do dia 29 de março.

Os alunos selecionados poderão estudar em algumas das mais conceituadas universidades da Europa no ano acadêmico 2019-2020. Fazem parte da lista de instituições do Programa de Bolsas da Neoenergia, entre outras: Universidad Politécnica de Madrid; Universidad Politécnica de Valencia; Universidad de Zaragoza; Imperial College of London; University of Cambridge; University of Glasgow; University of Liverpool.

As bolsas contemplam as seguintes áreas de conhecimento: Energias Renováveis; Sistema Energético Sustentável; Meio Ambiente; Tecnologias limpas de carvão e Gestão de Emissões; Eficiência Energética; Armazenamento de Energia; Veículo Elétrico; Redes de Distribuição Inteligentes; Tecnologia da Informação e da Comunicação; Tratamento de Dados (Big Data) e Cibersegurança.

No processo de seleção, a Neoenergia analisará a documentação enviada, o histórico acadêmico, o currículo, o nível de Inglês e o interesse no projeto de estudos, entre outros itens. Para os candidatos admitidos, a empresa custeará o valor total do curso e uma bolsa auxílio mensal, de 1.580 euros para os bolsistas do Reino Unido, e de 900 euros para os bolsistas da Espanha, destinados a custos com moradia, transporte e materiais. As bolsas têm duração de doze meses, de acordo com o país escolhido pelo candidato.

Os interessados podem consultar todas as regras nos editais do Programa de Bolsas e preencher o formulário de inscrição online, disponíveis em: https://www.iberdrola.com/pessoas-talento/bolsas-internacionais-mestrado-iberdrola

Por meio dessa iniciativa, a Neoenergia pretende promover a excelência na formação de jovens talentos, interessados em se aprofundar em temas como energias renováveis, proteção do meio ambiente e na eficiência do sistema energético, e trabalhar em empresas do grupo no Brasil.

Foto: Cosern/Divulgação

25

Fev

Educação

Escritório Modelo oferece serviço gratuito de Arquitetura

A população de Natal ganha em 2019 um espaço para acessar gratuitamente serviços de arquitetura. Com foco nas comunidades excluídas – que não podem arcar com o serviço de um profissional para assinar projetos – o Escritório Modelo de Arquitetura e Urbanismo da UnP (EMAU) atenderá esta parcela social oferecendo serviços que ajudarão a regularizar imóveis ou mesmo organizar legalmente obras. O serviço também estará aberto para toda a comunidade acadêmica: professores, alunos e colaboradores da UnP que desejem usufruir dos atendimentos.

O EMAU é aprovado pelo Conselho Nacional de Arquitetura e Urbanismo (CAU) e começa a receber os primeiros interessados para triagem. Para se inscrever, basta se dirigir pessoalmente à Unidade Roberto Freire portando documentos como RG e comprovante de renda. Para a população, o atendimento é voltado para pessoas com renda familiar de até 3 salários mínimos. As triagens para atendimento serão iniciadas no dia 26 de fevereiro, no próprio Escritório.

Idealizado desde o final de 2018, o EMAU UnP conta com infraestrutura para atendimento em Natal na Unidade Roberto Freire. Será um espaço de prática dos alunos da 10ª série que poderão aplicar, na prática, conceitos como postura corporativa e precificação para clientes reais. Além de laboratório da disciplina que leva o mesmo nome, o Escritório é um projeto de extensão sendo o primeiro de uma Instituição de Ensino Superior privada a ser implantado no RN.

Para receber a clientela, os alunos orientados pelos professores receberão também o apoio do Curso de Serviço Social que atuará, em campo de estágio do estudantes, fazendo a triagem dos candidatos e verificando se eles atendem os requisitos da regulamentação. Além disso, alunos dos cursos de Tecnologia da Informação da UnP estão desenvolvendo um software que dará apoio aos graduandos de serviço social no momento das triagens

25

Fev

Educação

Brasileira é premiada por seu trabalho pela valorização da diversidade

A consultora Liliane Rocha foi a única brasileira, entre 101 lideranças globais, premiada pelo seu protagonismo na luta pela valorização da diversidade no Brasil. O prêmio 101 Top Global Diversity&Inclusion foi entregue durante o 3º Congresso Mundial de Diversidade e Inclusão, realizado em Mumbai, na Índia, durante o Congresso Mundial de Desenvolvimento de Recursos Humanos. Esse evento acontece há 27 anos e reúne lideranças de todo o mundo para discutir o futuro do trabalho. São reconhecidos os líderes globais que contribuem para que as empresas sejam mais inclusivas e valorizem a diversidade entre seus funcionários.

Liliane é presidente e fundadora da consultoria Gestão Kairós, especializada em sustentabilidade e diversidade. Brasileira de origem humilde, enfrenta desde cedo os desafios de ser mulher e negra. Da Índia, Liliane falou à Agência Brasil da honra de ter sido incluída entre os 101 líderes mundiais escolhidos pelo congresso. “Eles acharam que o trabalho que venho realizando é legítimo, um trabalho de referência, um trabalho importante e por isso me convidaram para estar na terra de Mahatma Gandhi, um dos maiores líderes humanitários que já tivemos no planeta, para falar sobre diversidade”, disse.

Capacitação

Ela avaliou que o futuro do mercado de trabalho global tem que ser inclusivo. “A gente está em um momento da humanidade onde as pessoas querem igualdade, querem equidade, querem justiça social”, afirmou. No congresso, Liliane compartilhou a realidade do Brasil e conheceu a realidade de outros países. Desde 2015, a Gestão Kairós realizou mais de 100 palestras e oficinas de capacitação, nas quais participaram mais de 8 mil pessoas.

“Elas começaram a pensar e refletir com a gente sobre o que é diversidade, como ser mais inclusivo na nossa empresa, na nossa sociedade, em nosso dia a dia”, afirmou. O plano de Liliane é consolidar o trabalho da Gestão Kairós no Brasil, em parceria com empresas de vários segmentos, para falar sobre diversidade e inclusão para um número maior de pessoas.

Não é a primeira vez que Liliane representa o Brasil em eventos no exterior. Em 2017, ela compartilhou sua experiência sobre diversidade no primeiro congresso de liderança inclusiva online de Londres. Em 2018, foi convidada pela Comissão Europeia para fazer a abertura do Fórum Nacional de Diversidade de Portugal, que contou com a presença de representantes de grandes empresas da Europa.

Com informações da Agência Brasil

22

Fev

Educação

IFRN é destaque na coleta de dados sobre espírito empreendedor em 2018

O Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) obteve o primeiro lugar entre os Institutos Federais do Brasil, conforme a edição brasileira do estudo Global University Entrepreneurial Spirit Students’ Survey (Guesss). A iniciativa tem como objetivo caracterizar o espírito, as atividades e intenções empreendedores de estudantes universitários, de todos os níveis de estudo e em todos os cursos universitários das instituições de ensino participantes.

O Guesss ainda avalia as condições de ensino e apoio a atividades empreendedoras dos estudantes em numerosas regiões do mundo. O Instituto também ficou em quarto lugar na coleta de dados entre as Instituições de Ensino Superior do Norte-Nordeste e entre os 12 melhores aplicadores do país. Mais de 200 instituições de ensino de todo Brasil participaram do levantamento.

Banco de dados

“É uma grande vitória, visto que instituições de dimensões da Universidade de São Paulo (UsP) e Universidade Federal da Bahia (UFBA) participaram da coleta. Desse modo, teremos um banco de dados bastante rico para análise de diretrizes e diagnóstico do cenário empreendedor do nosso corpo discente”, afirma o professor Dr. Felipe Neves, docente da disciplina de de Empreendedorismo, do Campus Nova Cruz do IFRN e coordenador do Guesss no Rio Grande do Norte.

Felipe destaca a importância de estudos como esses para internacionalização do IFRN: “O Brasil ficou em segundo lugar no ranking internacional, e o IFRN contribuiu substancialmente para este resultado. Iniciativas como essa reforçam a importância de nossa instituição no cenário nacional, mas também permite que a comunidade internacional tome conhecimento sobre a relevância do IFRN”.

Ele também fez questão de agradecer ao apoio da Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação (Propi): "possibilitou a considerável superação da meta inicial de aplicações". O docente destacou, também, sua gratidão a diversos servidores envolvidos no estudo nos demais campi do estado.

Estudo Mundial sobre Empreendedorismo junto aos Estudantes Universitários do Brasil 

O estudo serve como base para se avaliar as condições do ensino ligado ao empreendedorismo em variadas áreas de formação superior (da Matemática à Sociologia, da Medicina à Teologia, da Administração aos Estudos Internacionais, etc.), por meio de comparativos nacionais e internacionais, inclusive propiciando o benchmarking (processo de comparação de produtos, serviços e práticas empresariais, usado para auxiliar na gestão das empresas).

Além disso, contribui para a geração de recomendações de melhoria de práticas e políticas – inclusive políticas públicas – visando o aperfeiçoamento de competências e recursos das instituições de ensino superior para melhor prepararem futuros profissionais, principalmente aqueles que tomarão algum tipo de iniciativa empreendedora.

22

Fev

Educação

Cientista Joana D'Arc apresenta palestra especial do mês da mulher no Teatro Riachuelo

No mês dedicado às mulheres, a cientista Joana D’Arc Félix de Sousa conta a sua história de vida e superação em três capitais brasileiras: Fortaleza, Natal e Rio de Janeiro. Mais informações sobre o serviço e datas ao final do texto.  Aos 53 anos, Joana já possui 103 prêmios por suas pesquisas, dentre eles o “Personalidade 2017” do Prêmio Faz Diferença, concedido pelo Jornal O Globo, em 2018.

Filha de uma empregada doméstica e de um funcionário de curtume, em Franca, no interior de São Paulo, Joana enfrentou a fome, a falta de estrutura e o preconceito. Ainda pequena ela precisou enfrentar as dificuldades sozinha: quando seu único sapato do ano rasgou, no primário, os colegas viram o plástico que cobria o buraco na sola. Quieta, enfrentou as risadas. Na adolescência, ouviu da mãe de uma colega de turma que, por ser negra, deveria utilizar a entrada de serviço do prédio. Não chorou, mas foi embora.

Sua inteligência e dedicação mostraram resultados logo cedo. Aos 14 anos foi estudar Química na Unicamp (Universidade Estadual de Campinas). Morou sozinha em um pensionato. No começo, a única refeição que tinha era o almoço na universidade. Desistir nunca foi uma opção para Joana. Ganhou asas e partiu para os Estados Unidos. Aos 25 anos, era PhD em Química pela Universidade Harvard. Desde 2004, faz pesquisa de ponta com alunos da Escola Agrícola de Franca, onde é professora e coordena o curso técnico de curtimento. Correu atrás de bolsas de iniciação científica para os estudantes e, com eles, registrou 15 patentes nacionais e internacionais.

22

Fev

Educação

UNI-RN celebra 20 anos de atuação no RN

O Centro Universitário do Rio Grande do Norte (UNI-RN) completa 20 anos de atuação acadêmica no próximo dia 25. Para comemorar haverá uma missa em ação de graças, pela manhã, na própria Instituição, celebrada pelo padre Bianor de Lima Júnior, egresso do UNI-RN.

No próximo dia 27, na Câmara Municipal de Natal, acontece uma sessão solene, às 18h, em que serão homenageados aqueles colaboradores que contribuíram para o engrandecimento do UNI-RN ao longo desses 20 e que ainda permanecem na Instituição.

Também serão homenageados alunos que exerceram a presidência do DCE e representantes das turmas dos primeiros cursos da Instituição – Administração, Ciências Contábeis, Direito.  

O UNI-RN nasceu de um projeto educacional idealizado pela professora Noilde Ramalho, que delegou a missão de formular, implantar e conduzir (até hoje) a proposta acadêmica e a gestão da Instituição ao médico e professor Daladier Pessoa Cunha Lima, que também foi reitor da UFRN no período de 1987 a 1991.

A FARN, oficialmente instalada em 25 de fevereiro de 1999, tornou-se Centro Universitário a partir de 2012, por meio de uma Portaria do MEC. Ao longo desses 20 anos, ampliou sua grade de cursos de graduação, pós-graduação e especializações, assim como seus projetos institucionais e de extensão universitária. 

21

Fev

Educação

Metrópole Digital promove Seminário de Bioinformática

Os Seminários de Bioinformática voltam para sua 5ª edição. Realizado pelo Instituto Metrópole Digital (IMD), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), os seminários mensais sempre tratam de temas relevantes, viabilizando intercâmbios de conhecimentos e o diálogo entre discentes, docentes e a sociedade em geral.

Em 2019, o IMD dará continuidade ao projeto e está com inscrições abertas para o primeiro seminário, que acontece nesta sexta-feira, 22 de fevereiro, às 13 horas, na sala B206 do Instituto. Vale ressaltar que um dos objetivos da proposta é estabelecer uma forte interação entre os profissionais da academia e do setor produtivo do Rio Grande do Norte.

Inscrições, programação e informações complementares estão disponíveis na página do Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (Sigaa).

19

Fev

Educação

Secretaria de Estado implementa Educação Profissional para jovens e adultos

Em 2019, a Secretaria de Educação do RN vai ofertar Cursos Técnicos integrados à Educação Básica na modalidade de Educação de Jovens e Adultos. Ao todo, cinco escolas estaduais de Ensino Médio, que já ofertam EJA, vão ter o EJATEC implementado à proposta curricular.

Voltado para alunos concluintes do Ensino Fundamental (anos finais), a partir dos 18 anos de idade, o curso é realizado em três anos, com carga horária de 2.400 horas, dividas igualmente entre os componentes da Base Comum e da Formação Técnica. Ao concluir, o aluno terá certificado de Ensino Médio e Técnico, válido em todo o país.

Para realizar a matrícula no EJATEC, o aluno deve comparecer, preferencialmente no turno noturno, à escola que ofertará a modalidade e efetuar a matrícula na turma da 1ª série e no 1° Período. Abaixo, a lista de escolas e cursos técnicos oferecidos em 2019 para Educação de Jovens e Adultos:

E.E Prof. Crisan Siminéia (Natal) – Técnico em Segurança do Trabalho
E.E Prof. Varela Barca (Natal) – Técnico em Recursos Humanos
E.E Mascarenhas Homem (Natal) – Técnico em Administração
E.E Gal. Dióscoro Vale (Natal) – Técnico em Administração
E.E Prof. Eliah Maia Rego (Parnamirim) – Técnico em Administração

Neste novo ano letivo, a Rede Estadual de Ensino oferta Cursos Técnicos de Nível Médio integrados ao Ensino Médio em 69 unidades escolares: nove Centros de Educação Profissional (sete em Tempo Integral e dois Semi Integral); 55 Escolas de Ensino Médio; e cinco Escolas de Ensino Médio EJA.

Os cursos ofertados estão distribuídos em oito eixos tecnológicos: Gestão e Negócios; Informação e Comunicação; Controle e Processos Industriais; Segurança; Turismo, Hospitalidade e Lazer; Recursos Naturais; Infraestrutura e Ambiente e Saúde.

18

Fev

Educação

Escola de Música oferece iniciação ao piano para crianças e outras vagas para pessoas com deficiência

A Escola de Música da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (EMUFRN), por meio do Setor de Musicografia Braille e Apoio à Inclusão (Sembrain), divulgou o período de inscrição para os projetos de música para pessoas com deficiência e outras necessidades educacionais específicas.

As inscrições podem ser realizadas entre os dias 20 e 22 de fevereiro, de 8h às 11h ou de 14h às 17h, no setor de Musicografia Braille e Apoio à Inclusão da EMUFRN. Os documentos necessários são: cópia da carteira de identidade e CPF; cópia de comprovante de residência; ficha de inscrição preenchida; e laudo médico.

Piano para crianças

Entre os cursos oferecidos também está o de iniciação ao piano para qualquer criança entre 8 e 12 anos. São 14 vagas distribuídas em duas turmas, na segunda-feira, às 17h, para crianças de 8 e 9 anos, e terça-feira, às 15h, para crianças de 10 a 12 anos. As inscrições serão abertas no dia 20 de fevereiro, quarta-feira, na secretaria de extensão da EMUFRN. 

São ofertadas vagas gratuitas e pagas para diferentes modalidades e instrumentos. A quantidade de vagas oferecidas, horários e dias da semana podem ser conferidos em detalhes no edital do processo. Outras informações podem ser conferidas também pelo telefone (84) 3342-2229 ou pelo e-mail: sembrain.emufrn@gmail.com.

Foto: Pixabay

18

Fev

Educação

IFRN se torna Parceiro Associado em pesquisa internacional de Tecnologia e Gestão da Inovação

O Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) é o mais novo Parceiro Associado do projeto de pesquisa internacional EULA-GTEC Technology and Innovation Management Master (Mestrado Profissional em Tecnologia e Gestão da Inovação, em português), que acontece no âmbito do ERASMUS+, entidade da União Europeia que fomenta o projeto. A organização inclui instituições de ensino superior na Europa (Portugal, Espanha, França e Itália) e na América Latina (Brasil, Argentina e Peru). 

A iniciativa visa oferecer um curso de pós-graduação, stricto sensu, reconhecido internacionalmente, para formar Gestores de Inovação e Tecnologia, com o objetivo de promover o desenvolvimento local. No Rio Grande do Norte, o projeto EULA-GTEC ocorre em parceria entre a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e IFRN, com apoio da Inova Metrópole, Parque Tecnológico Metrópole Digital, Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas (FCDL), Parque Tecnológico da UFPA e Kyvo. 

A partir da entrada do IFRN no projeto, já foram implementadas ações de extensão no Campus Canguaretama do IFRN, envolvendo duas alunas do curso superior de Tecnologia e Gestão de Turismo, que mapearam o perfil de inovação de gestores públicos no Estado, tendo seus resultados foram apresentados em Workshops do EULA-GTEC em Lisboa e Bolonha. 

Trajetória

Inicialmente, os professores Paula Wabner e Helber Wagner, de Canguaretama, e a professora Keila Moreira, do Campus Natal-Zona Norte, foram convidados individualmente como professores-pesquisadores. “Desde então, nós vislumbramos a oportunidade de trazer isso para o nível da Instituição, porque identificamos que esse potencial do campo de resultado do projeto atinge todo o estado, e por consequência, os nossos campi”, comenta Helber. O docente ressalta o papel fundamental da Assessoria de Relações Internacionais do IFRN (Aseri), na pessoa do professor Marcelo Camilo, que deu o apoio administrativo necessário para estabelecer o vínculo entre o IFRN e o consórcio do projeto fomentado pela União Europeia. 

Helber conta que Marcelo apontou para um termo de cooperação entre as quatro principais instituições do estado (IFRN, UFRN, UFERSA e UERN), permitindo que, a partir do convite da UFRN, houvesse a vinculação formal ao consórcio do projeto internacional: “o suporte da Aseri nos permitiu formalizar o interesse da Instituição em se relacionar à iniciativa, então nós saímos de indivíduos convidados como pesquisadores, para a instituição participante, por conta da amplitude de possibilidades que ela pode trazer ao projeto”, conclui. 

Perspectivas

De acordo com Paula, além da composição do curso de Mestrado Profissional, uma característica importante será seu caráter interinstitucional e internacional. A docente diz, ainda, que a grade do curso está estabelecida e que já existe um público-alvo estipulado: “o principal ponto positivo disso é a mobilidade e a transmissão de conhecimento entre os professores e os alunos desses vários países e instituições”, conclui.

15

Fev

Educação

Casa Durval Paiva lança cartilha educativa sobre diagnóstico precoce do câncer infantojuvenil

Nesta sexta, 15 de fevereiro é lembrado em todo o mundo o Dia Internacional de Luta Contra o Câncer na Infância. A Organização Mundial da Saúde, a Sociedade Internacional de Oncologia Pediátrica (SIOP) e mais centenas de organizações em 88 países estão comprometidas e empenhadas para atingir a meta global de reduzir a mortalidade infantil causada pelo câncer.

No Rio Grande do Norte, a Casa Durval Paiva – referência nacional no suporte ao tratamento de crianças e adolescentes, desenvolve desde 2002 a Campanha do Diagnóstico Precoce e, neste ano, lança uma cartilha educativa com o apoio da Secretaria da Educação e da Cultura do RN, difundindo os principais sinais de alerta do câncer. A iniciativa faz parte do projeto Aprendendo mais sobre o câncer infantojuvenil, patrocinado pela Confederação Nacional de Instituições de Apoio e Assistência à Criança e ao Adolescente com Câncer – CONIACC.

A cartilha teve a primeira tiragem com 53.000 exemplares, que serão distribuídos em escolas dos municípios de Natal, Macaíba, São Gonçalo e Extremoz. Haverá ainda uma capacitação para 450 professores da primeira DIREC, que se tornarão agentes multiplicadores das informações sobre o Diagnóstico Precoce. 

O manual de orientação à escola, ao professor e ao estudante, também está disponível para qualquer pessoa interessada no tema, no endereço: https://www.casadurvalpaiva.org.br/manual-a-escola